terça-feira, 21 de abril de 2015

E ao Intervalo já estavam 5



“Com esta vantagem irá o Porto defender o resultado em Munique? Mas isso não será favorecer o jogo alemão? Isso não será abdicar de, tal como no Dragão, exploro o "Ouro"? Então a melhor solução será arriscar com pressão alta?”

Estas foram as perguntas que deixei após o jogo do Porto no Dragão com o Bayern. 

A qualidade do Bayern de Guardiola é inquestionável, apesar de muitos terem dedicado muito tempo de antena a questioná-la. Apesar do 3-1 no Dragão era muito difícil o Porto não acabar eliminado no Allianz Arena. 

Nestes 5 há um tremendo mérito da equipa Bávara mas claro que também tem de haver algum demérito da equipa do Porto. 

A equipa portista talvez não tenha capacidade para melhor, principalmente sem Alex Sandro e Danilo. Não esquecer que o Ricardo pouco tem sido utilizado e é um jovem em adaptação e que o José Angel nem inscrito está na Champions. 

O Bayern empurrou o Porto para a sua defesa mas a equipa de Lopetegui também não mostrou querer contrariar isso. O Porto entrou com o autocarro e um autocarro de tal forma estacionado que nem tinha possibilidade de tentar criar jogadas de contra ataque. 

Com Reyes e Martins Indi a equipa não conseguiu qualquer profundidade nas laterais e para dizer a verdade o mexicano pareceu-me apresentar-se como um terceiro central com o Quaresma a jogar a lateral direito. Uma coisa é um extremo defender e outra é jogar a defesa direito. 

Lopetegui não quis arriscar com uma pressão alta, que tão bem funcionou no Dragão, e optou por abdicar totalmente da bola e de atacar.
Nem o Porto tem uma equipa para esse estilo de jogo nem o Bayern tem problemas em abrir colectiva e individualmente esse tipo de defesas.

Como é que o Helton continua sem ganhar a titularidade? 

Quando uma equipa abdica totalmente de sua identidade e processos de jogo e se apresenta em campo recheada de adaptações ao adversário, há uma grande probabilidade de os seus jogadores se tornarem meros espectadores do futebol jogado pelo adversário. 

Ao intervalo já estavam 5, imaginem se no ataque do Bayern estivesse o Jonas…
 

7 comentários:

Águia Preocupada disse...

Hoje a amarelinha está estragada... Ah! Ah! Ah! Ou então o organismo já está tão viciado, que aquilo deixou de fazer efeito!
Eles não contavam era que Guardiola lhes descobrisse a careca... Ah! Ah! Ah! Eles pensam que fazem tudo o que querem e que ninguém percebe!

ULTRAVIOLENT disse...

Continua a dar dicas aos andrades acerca do Helton não ser titular. Não sabem quando estar calados?

Basta a merda da CS pegar nisso durante a semana, e ainda joga o Helton contra nós.

Enfim.

Daniel Oliveira disse...

ULTRAVIOLENT,

Achar que o Lopetegui é mau treinador é uma coisa mas achar que ele anda em blogs benfiquistas a tirar ideias para a preparação dos jogos do Porto...

Henrique Ponte da Luz disse...

Viva

O Benfica da Alemanha fez o que teve a fazer.
Espero sinceramente que o nosso treinador tenha assistido ao jogo, e que perceba que a pressão alta do FCP começa logo na maquina Jackson, que não vai ter a vida facilitada pelas alas como no jogo de Munich, que não deixe a construção de jogo na mão dos centrais, mas de Pizzi ou Nico, e mais do que nada, suplico, que não faça o que o Flop fez, ou seja jogar para o empate ou qqoisa do género.
Não jogues para o empate Jota!
Pleeease!!
Ganhamos aos gajos e mandamo-los para outra realidade nas profundezas. FORÇA BENFICA!

mnlopes disse...

Este blog atravessa, claramente, a sua pior fase. Tenho pena, pois como leitor assíduo, cada vez tenho menos vontade de passar por aqui. Nada de relevante é escrito, nada de novo é transmitido aos benfiquistas. Veja-se o exemplo do Daniel Oliveira: dois posts este mês e os dois cujo tema é a prestação do Porto na Champions... E num mês em que tanta coisa aconteceu no universo Benfica.

DeVante disse...

mnlopes
Disseste aquilo que eu queria dizer. Pelos vistos o Benfica não ganhou os seus jogos.

Daniel Oliveira disse...

mnlopes e DeVante,

Felizmente foi-me dada a liberdade para escrever somente quando tenho disponibilidade.
Contudo convido-vos a passarem pelos textos dos meus camaradas deste blog e também pela nossa página no facebook.

Abraço