sexta-feira, 20 de março de 2015

Larga os Livres Cristiano


http://www.record.xl.pt/Futebol/Internacional/real_madrid/interior.aspx?content_id=937698

Têm sido vários os anos em que me interrogo no porquê de Cristiano Ronaldo ser o responsável pelos livres tanto na Selecção como, e principalmente, no Real Madrid.

Claramente não é nem nunca foi um especialista nos lances de bola parada. Muito dificilmente algum dia virá a ser.

Não há qualquer dúvida que os treina, não há qualquer dúvida que apresentou um modo muito próprio de bater livres.

Isso chega para um jogador ser o dono dos livres directos?

Os números de eficácia entre os 5% e 8% já dizem muito mas nem dizem tudo. Uma coisa seria ter uma percentagem de pelo menos 70% de livres perigosos, além dos que resultam em golo, e outra é ter uma percentagem de 10% ou 15%.

Cristiano Ronaldo não é especialista em livres directos. Mesmo assim já teve anos em que qualquer livre (directo) de qualquer zona do campo era pretexto para ele rematar.

O que irá na cabeça dos treinadores para aceitarem tal situação?

Por um lado temos o constante desperdício de bolas paradas e por outro lado temos o benefício do marketing CR7 e a cedência à constante necessidade de alimentação do ego do jogador português.

O que traz mais benefícios ao clube e à equipa?

Percebo que o Cristiano precise destes "mimos", precise sentir este destaque para elevar o seu rendimento em campo e que isso é benéfico à equipa. Mas e o desperdício de lances? E a posição em que ficam jogadores mais capacitados ao ver estes desperdícios?

De Kaka a Xabi Alonso, de Modric a Bale, de Kroos a Isco, de Di Maria a Ozil e até de Simão a Nani.

Juninho, Ronaldinho, Pirlo e Beckham talvez hoje em dia não tivessem o reconhecimento pela sua qualidade nos livres directos se tivessem jogado no Real de CR7.

Cristiano Ronaldo é uma potência física e uma máquina de fazer golos. Com 30 anos já não deveria necessitar destes mimos.



3 comentários:

Anónimo disse...

Entretanto, continuam as coincidências e o colinho. O Estoril, próximo adversário do porto, já teve 2 penalties contra em casa contra o todo-poderoso penafiel... e o jogo já leva 5 cartões, ou seja, o critério é mostrar cartões a tudo... pois é. Quantos jogadores do estoril vão ser suspensos para o próximo jogo? (além da gastroentrite que vai dar ao kléber e ao tozé...)

José Ramalhete disse...

Também tens o especialista Talisca.

Anónimo disse...

Nunca mais me esqueci de quando, nos oitavos de final do mundial 2010, no jogo que Portugal perdeu 1-0 com a Espanha, sua excelência decidiu rematar directo um livre a mais de 40 metros, junto à linha lateral.

Muita da decadência e da selecção portuguesa vem da incapacidade dos seleccionadores darem um par de berros à vedeta, e dos portugueses aceitarem bovinamente tudo o que o menino faz.