sábado, 7 de março de 2015

O clube mais amado e odiado do país

Nem sequer é o penálti não assinalado que faz confusão (com alguma abertura de espírito, podemos admitir que Jorge Sousa não viu bem o lance); o que causa estranheza - e, já agora, nojo - é a forma completamente distinta com que o Braga entra em campo contra o Porto e contra o Benfica. É a diferente reacção de Sérgio Conceição contra o Benfica e contra o Porto - imaginam os gritos e a histeria do treinador do Braga se aquele penálti tivesse ficado por assinalar nos últimos minutos de jogo contra o Benfica?; é o público do Braga, que contra o Benfica passa o tempo a apoiar a sua equipa e que contra o Porto passa o tempo calado. 

Enfim, ser o clube mais amado e odiado do país tem destas coisas. Ganhar amanhã em Arouca e mandá-los a todos para o caralho.

4 comentários:

Luis Matos disse...

Assino por baixo.

Minha Chama disse...

Ora nem mais Ricardo. E que o rúben micael, ao caír numa disputa de bola ao pé do banco do braga, parta os dentes ao conceição.

Red_Devil#44 disse...

Vê a comparação que o Pedro Ribeiro fez ontem no mais futebol!! Que Boss! Faço menção a isso hoje no meu tasco:
http://transicao-ofensiva.blogspot.pt/2015/03/basicamente-e-isto.html

Sandro disse...

Ricardo sempre se confirma que o monte de merda do pedro guerra vai ser o diretor de conteúdos da BTV??? a confirmar-se é nojento e devia haver um movimento para as pessoas cancelarem as assinaturas.