segunda-feira, 27 de março de 2017

Estavam à espera do quê?


A FPF quando decidiu trazer para a Seleção Nacional o pior que o futebol português tem, leia-se as claques e o seu fanatismo estúpido, estava à espera do quê? As cabecinhas pensantes da FPF queriam o quê quando abriram as portas a gente que de futebol gosta bola?

E Sr. Marta Soares - que para o exemplo, representa a classe dirigente do nosso futebol - estava à espera do quê quando se desloca ao estádio do rival, depois do terrorismo verbal que os clubes e seus representantes implementaram entre si? Ah sentiu a vida em perigo? Então mas que ideia faz das pessoas que os dirigentes insistem em educar como tontas e acéfalas? Temo desiludi-lo, mas o que o Sr. experimentou no sábado passado, é corriqueiro cá por baixo, e só não chega à cúpula, porque os senhores das gravatas lançam a gasolina, mas nunca descem do pedestal para lhe sentir o cheiro. Desta vez, incauto, desceu e teve um "lamiré" do ambiente que TODOS vocês semearam no futebol.

Estavam à espera do quê?

10 comentários:

Anónimo disse...

Realmente, estavam à espera do quê?! Foi como a minha prima que na semana passada andava por aí de mini saia com este frio e logo a seguir foi violada, mas ela queria o quê?!

José Moreira disse...

Lamento que não tenha entendido o que se escreveu. Lamento, mas não lho explico, porque se não percebeu, nem com desenhos.

Ace-XXI disse...

Eu entendi tudo o que escreveu mas tudo isso perde validade quando não se usa as primeiras palavras para criticar a postura dos dirigentes do nosso clube...

Este ataque feroz a FPF em vésperas de receber a seleção no estádio da Luz se calhar foi o rastilho para isto tudo ou não?

Criticar os cânticos ofensivos das claques e não condenar os que os receberam com ofensas é de uma hipocrisia brutal e ignorar tudo o que aconteceu com JMS antes do jogo é descer baixo porque quando houver uma resposta do mesmo nível não vão gostar.

...... disse...

nem mais ...

Sempre foi e sempre sera , QUEM SEMEIA VENTOS COLHE TEMPESTADES , como diz o ilustre e distinto dr Rui Gomes Silva OLHO POR OLHO DENTE POR DENTE
tem de ser o lema dos do Glorioso ..

José Moreira disse...

Também não entendeu nada do que disse.

José Moreira disse...

Ace

Mas de onde infere que não critico? Aliás, critico e ferozmente. Falo no Jaime Marta Soares como exemplo, como digo no texto. JMS serve como exemplo da classe dirigente em Portugal, e classe dirigente é extensível ao nosso clube. Porque nesta m... bosta em que se transformou o ambiente em torno do futebol, não há inocentes, bem pelo contrário.

Anónimo disse...

Esquece José Moreira não se pode querer educar todos os adeptos de futebol mts deles tem palas seja em que lado da barricada se encontrem.

O que se passa no futebol Português e os principais responsáveis são a Liga a FPF e a instância que deve dar puxões de orelhas a estas duas o secretário de estado do desporto!

Mas eu sou da opinião que isto servirá para abafar algo mt grave, será que outro banco vai abrir falência!? Ou será que Portugal vai sair da União Europeia!?

O mundo da bola são indissociáveis nos dias que correm.

Mas quem dá a cara e incita ou simplesmente apoia o ódio, só terá atitudes merecedoras como a que se passou, é que faltar uma gala ou fazer um comunicado é mt diferente do que ter um presidente de um clube a chamar nomes e a incitar a violência a tudo e todos, mas que se pode esperar quando temos um menino de claque como presidente num lado e no outro um corrupto de primeira do velho regime!?

Ass: REdskinn

Águia Preocupada disse...

Jaime Marta Soares, montou o circo para depois se armar em coitadinho que é o que aquela gente gosta e sabe fazer melhor!
Marta Soares, se fosse um homem de bem e se fosse ali em paz, entrava pela porta dos VIPs e estacionava o carro na garagem do estádio!
Marta Soares quis caldinho, mas não o teve. INCENDIÁRIO!

Anónimo disse...

José Moreira, a culpa é do Bruno!

Afinal apenas és mais um a cuidar de escrever o manifesto Anti-Bruno. Afinal ele é o culpado de tudo embora ainda exista quem acredite que o culpado é o Inácio, não o Augusto, o outro, o Hugo!


Rui Gomes

joão carlos disse...

quem semeia ventos, normalmente colhe tempestades.
o pior é que cada vez somos menos um pais de brandos costumes e se todos não param de incendiar o ambiente um dia isto dá para o torto.