terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

"É fácil arranjar clube a Jesus"


Difícil é arranjar um que lhe pague 4 milhões de euros por ano.

Depois de em 2010 ter chantageado Luís Filipe Vieira com a proposta que recebeu do FC Porto, desta vez a estratégia de Jesus e do seu empresário passa por utilizar o jornal com o qual Jesus tem uma excelente relação para apressar a renovação de contrato.

Fica a questão: se Jesus é um treinador com tanto mercado como o seu empresário diz, qual a necessidade de querer acelerar uma negociação que poderia ser muitíssimo mais vantajosa ao homem da Reboleira se esta se fosse arrastando? Ou será que apesar de ser "fácil arranjar clube a Jesus" não há assim tantos clubes interessados no Jorge? É que se esses clubes forem os Mónacos e Valências por onde Jorge Mendes costuma colocar os seus agenciados, a verdade é só uma: nenhum destes clubes paga 4 milhões de euros ao seu treinador e nenhum destes clubes está tão perto de poder ganhar títulos nacionais quanto o SL Benfica.

Pensem nisso.

4 comentários:

chakra indigo disse...

Cada um utiliza as armas que acha melhor para melhorar ou manter um contrato-chama-se negociação profissional. O Mourinho fez muito pior ao Vilarinho, e com um pouco de tacto não se andava a discutir o que teria sido o Benfica com Mourinho...

Águia Eterna disse...

Suspiro pelo dia em que esse FALSO COMPETENTE do j.jesus esteja a LÉGUAS do Nosso BENFICA.

BENFICA SEMPREEEEEE O MAIOR E O MELHOR

O BENFICA É UMA CIVILIZAÇÃO. Eterna.

Anónimo disse...

Não fosse eu censurado e dizia-te umas coisas...

Fred Astaire

JNF disse...

Diz lá, Fred Astaire, estou a morrer de curiosidade.