sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

"Deves querer voltar aos tempos do Vale e Azevedo"


3 comentários:

Anónimo disse...

Qual? aquele que deixou um passivo de 40M Euro?

Anónimo disse...

o futebol em portugal é uma gigantesca experiência psicológica, ao estilo do experiência de milgram, aquela dos choques eléctricos, que visava perceber quem é que, obedecendo a ordens superiores, neste caso um cientista que dizia estar tudo bem, dava mais choques eléctricos e choques mais fortes a um desconhecido sem questionar o que estava a fazer - pesquisem na net que eu agora não tenho tempo de explicar melhor! (os resultados não foram bonitos, como devem calcular...)

mas é a mesma coisa na bola! quem é que, obedecendo a ordens superiores, neste caso vindas de um "presidente" qualquer, que em portugal é invariavelmente uma personagem de passado duvidoso, presente rocambolesco e futuro imprevisível - futuro esse que inclui sempre problemas com polícia e justiça - cuja autoridade advém do facto de ser seguido por gente que consegue ser pior que ele, que chegou à "presidência" do clube através de meios opacos que se caracterizam por comprar votos aos pouquíssimos sócios que se dão ao trabalho de ir votar nas "eleições" dos clubes, quem é que, dizia eu, consegue ser mais acéfalo, mais boçal, mais seguidista, quem é que vende o seu espírito crítico por menos, quem é que, finalizando, consegue dar mais choques eléctricos ao vizinho do lado só porque ele, ou não é do seu clube, ou, mesmo sendo, não alinha com a opinião vigente (como devem calcular, os resultados não são famosos).

isto vale para tudo, desde a base, com o 1º de maio de sarilhos, até ao topo, com o benfica, porto, sporting.

alucardscorner disse...

Não Ricardo, só é corrupção quando se comprar um iate. ahaah