domingo, 20 de março de 2016

O génio salva o pavoroso futebol.


6 comentários:

Miguel Ferreira de Araújo disse...

Em 24 anos de vida, não tenho dúvidas em afirmar que é, com larga margem, o melhor jogador que vi com a camisola do Sport Lisboa e Benfica

cards disse...

Não que sirva de desculpa, mas hoje jogamos ser Júlio César, Jardel, Lisandro, Fesja, Gaitân e Mitroglou, já não falo de Luisão, porque é uma lesão prolongada, e sem esquecer que para Samaris joga a central mexemos com a posiçao dele no meio campo.
Se o Sporting jogar no Restelo com Azbe Jub, Esgaio, Semedo, William, Schelotto, Paulista, Adrien, João Mârio, Gelson, To e Barcos, não acha que eles iriam baixar a nota artística.

Anónimo disse...

Ó pázinho,

Vai para o caralho que te foda, ok?

O teu lugar é pendurado por um gancho num açougue qualquer. Mas que grande canalha e filho-da-puta tu me saíste.

Nunca me apareças à frente identificado com este blogue canalha. Se isso acontecer não me responsabilizo pelo que possa vir a acontecer.

Ricardo disse...

Cards, o problema é estrutural. Fraco treinador.

Anónimo, agora faz o mesmo comentário mas na página fb do blogue. Ganha alguns colhões, "pázinho".

Marco Rego disse...

Um dos poucos benfiquistas capaz de assumir o que muitos de nós vimos. Não jogámos nada, o Rui Vitória inventou um pouco, houve jogadores em sub-rendimento mas felizmente ganhámos.

fui disse...

Calma! Ainda viste o Aimar e o Rui Costa!