domingo, 14 de agosto de 2016

André Horta, um de nós no relvado



Quando Franco, “o Argentino sonhador” - que, dependendo dos desenhos animados que viu na manhã do jogo, umas vezes é Cervi e outras é Chuky -, correu para festejar o seu primeiro bombom oferecido aos benfiquistas, não contava ser atropelado por um adepto enlouquecido que, vindo de dentro do campo, o placou a uma velocidade gloriosamente supersónica e molhou o golo com uma onda de Mística.

O pequeno jogador, durante 30 segundos amolgado entre o chão e uma montanha de camisolas do Benfica, com as vértebras doridas e o espanto de não saber de onde viera aquela maluqueira, a custo e depois de muita relva comida conseguiu levantar-se e ver André Horta aos uivos loucos para a câmara, parecendo possuído.

- “Adeptos com acesso ao relvado e a festejar com os jogadores? Isto nem em Buenos Aires!”, pensou ainda preso de pensamentos, enquanto Pizzi o abraçava e lentamente o mareava na emoção benfiquista. O primeiro golo de águia ao peito tem direito à praxe feita de amassos e abraços desvairados. Fogo-de-artifício às cores vermelhas e brancas.

Mas Franco Chuky Cervi não deixava de ter a sua razão: as rigorosas medidas de segurança da Federação Portuguesa de Futebol não haviam conseguido evitar que André Horta, sócio do Sport Lisboa e Benfica, se tivesse intrometido entre os jogadores e festejasse como se o golo também fosse dele, abraçando e abalroando jogadores uns atrás dos outros, incluindo o pequeno mago que havia rematado para dentro da baliza comilona de bolas queimadas pelo sol de Agosto.

André Horta festeja golos como adepto e joga como craque. Quando não está a treinar ou a jogar, o craque vai ao SerBenfiquista acompanhar os comentários do faneca sobre o 20-13 que a equipa de vólei está a dar no pavilhão em Angra; e mete-se num carro com mais 1904 amigos e vai a cantar até  Tondela as músicas gloriosas; e comenta os blogues; e pede ao Pai para o levar à Luz; e viu dezenas de jogos em Casas do Benfica com uma senhora a servir os nossos golos em tachos a levantar fumos que se intrometem na visão dos clientes e alguém grita: “’tá a desanuviar”; e anda doido, lembra-se das finais europeias perdidas, confessa a uma namorada que o amor pelo Benfica justifica ir num Sábado a Olhão, num Domingo a Paços de Ferreira, numa Quinta a Londres, numa Quarta a Munique, numa Terça ao fim do mundo.

E depois, em outros dias iguais ou parecidos, compra a camisola na nova loja da Rua Augusta até alguém o lembrar de que já não precisa porque já é jogador e já tem um cacifo com o seu nome e já há quem compre a camisola de um craque chamado Horta, que é um de nós no relvado. Ele esquece-se porque está sempre entre uma margem e a outra: nunca sabe deixar de ser adepto. Chama amigos para casa, compra marisco e febras, decide-se por três grades de Sagres, vai ao YouTube ouvir o Nuno Matos a cantar os golos do Benfica e vai continuar a marcar golos como o de hoje porque é o um de nós dentro do relvado.



10 comentários:

Rusty Ryan disse...

É isso tudo mesmo. E quem já privou com ele, como eu, no pavilhão ou nas deslocações por este Portugal fora, não pode deixar de sentir aquele orgulho extra de vê-lo no relvado com o Manto Sagrado.
Falta ainda o irmão...

Benfica365Dias disse...

O post é simplesmente DIVINAL!

Saudações Gloriosas

Anónimo disse...

Fantástico!
É o Hortinha a viver o sonho dele e de todos os Benfiquistas!
Que seja feliz porque nós também seremos!

Anónimo disse...

Fantástico texto!
É o Hortinha a viver o sonho dele e o de todos os Benfiquistas!
Que seja feliz porque isso far-nos-á muito felizes também!
Obrigado pelo belíssimo texto
Mike SLB 1904

Rui dos Santos disse...

Parabéns pelo post Fantástico,Fabuloso e Sublime.
O puto Horta, sócio,adepto e jogador, representa a Alma Benfiquista,
a Chama que o ex-treinador tentou extinguir.
Já imaginei este meio campo: André Gomes,Renato Sanches,André Horta e Bernardo Silva.

Minha Chama disse...

Excelente Ricardo, excelente!

Saudações TRIGloriosas

gonçalves Jorge disse...

Texto comovente. Obrigado, Ricardo.

Paulo Reis disse...

Munta bom!

Benfiquista Tripeiro disse...

Um golo à Rui Costa!

Aquila Imperiale disse...

Muito bom o post , muito bom o Horta! Agora eu acho que ele não é um 8 , tenho a ideia que como segundo avançado vai rebentar o mundo! É o nosso Dybala.....