terça-feira, 3 de dezembro de 2013

A força do Sistema

«Luís Filipe Vieira absolvido no processo movido por Antero Henrique»

Uma vergonha, este país. Uma vergonha, a Justiça neste país. Há muito tempo que conhecemos a impunidade de que os agentes do Sistema que conspurca o futebol português vão beneficiando. Hoje foi apenas mais um caso. Luís Filipe Vieira - antigo homem de confiança de Pinto da Costa, sócio do Porto durante 24 anos, assídua visita no camarote presidencial das Antas onde festejou golos portistas contra o Benfica, apoiante inequívoco de um corrupto do Apito Dourado - saiu absolvido pelo já famigerado Tribunal do Porto, controlado pela sombria teia de interesses que vão do futebol à política. Mais um exemplo de que este país iliba e idolatra os aldrabões e despreza os honestos.

Verdadeiramente espantoso neste caso foi o facto de o advogado do Benfica ganhar um caso em tribunal, anos e anos depois de ter entrado no clube.. É certo que com a ajuda substancial da mãozinha corrupta do Sistema; ainda assim, parabéns a Paulo Gonçalves, esse grande boavisteiro. 

6 comentários:

luis disse...

"Estado siciliano" em águas de bacalhau.

Normalíssimo os papagaios falarem e a caravana passar. Passa o tempo, passam as escutas, não se largam as confianças,os acordos, os silêncios.
Pela saúde, aqui as escutas foram em directo pela tv. Referindo-se ao "estado siciliano" afinal era verdade ou mentira??

Que bela anedota, uma por dia.
Ontem era o ladrão dos PCs, atenção PCs não é pinta nas costas.

Mais uma história para a pedra de gelo.

Toc toc, deixem o Benfica lutar contra o sistema.


B T T

rui disse...

Des que o Lis flop Bieira esta no benfica,o porto ja ganhou mais taças internacionais,do que o benfica marcou presenças no jamor.

O porto so nao faz uma estatua do vieira,e coloca no museu para não parecer mal.

joão carlos disse...

só existe um erro no teu post o paulo gonçalves não era o advogado neste processo.

Zé de Fónes disse...

Injusto tratar assim Vieira, o homem que impediu a ida de Jota Jota para os Andrades e permitiu a contratação do flop Paulo Fonseca. Astuto, sagaz na antecipação, dava um "caso de estudo". Amigalhaço do burlão Salvador da Britalar, o nosso Santo, a vida dele dava uma novela, "O Pai Herói", guru da bola e da gestão. Pena o Al-Carhai-Mayz-Velhu da Arábia Xau Dita andar atrás dele. Génio. Qual bigode Movember qual catano. Nós temos o Vieira. Morram de inveja.

Conde de Vimioso disse...

Tudo bons rapazes.

luis disse...

@Zé de Fónes,
" Amigalhaço do burlão Salvador da Britalar",

-Oh Zé, fdx, são sócios!!

B T T