terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Até no Natal

O Natal é tradicionalmente uma época em que nos juntamos aos familiares mais próximos, trocamos presentes, carinhos e conversas sobre as vivências mais recentes e perspectivas mais imediatas. É essencialmente uma época de recato e alheamento de tudo o que extravase as 4 paredes de nossa casa.

Seria suposto e até expectável por parte de quem me é mais próximo, que desligasse um pouco do Benfica, deixasse essa minha paixão um pouco de lado por 2 dias que fosse e fingisse por algumas horas que o Benfica não existe.

Porém, é-me impossível aceder a tais pretensões, seja porque há sempre alguém que me oferece algo com o símbolo do glorioso – e não me lembro de algum Natal em que não me tenha sido oferecido algo relacionado com o Benfica, uma toalha de mesa que seja e eu adoro – seja porque, como este ano, passando o Natal longe da família, o farei entre amigos e namorada, sendo inevitável que em algum momento surja a palavra “Benfica”, seja tão só por fazer questão de passar junto ao Estádio da Luz em pleno dia 25, algo que me leva de volta à minha origem e a algum dos presentes impregnado de Benfica, atenuando assim a falta que os que nos são mais queridos nos fazem.

Mas nem no Natal me esqueço do Benfica também porque o Natal é Benfica, não há outra época do ano em que tanto se fale na paz do nosso branco, não há outra época no ano em que surjam mais bravos e heróis do nosso vermelho, não há outra época do ano em que a nobreza da nossa águia seja tão repetida e não há outra época do ano em que se purgue tanto pelo “E PLURIBUS UNUM” entre os nossos.

Natal é Benfica, e o Benfica é todo o ano!

A todos deixo os meus votos de um feliz e Glorioso Natal.

3 comentários:

Rusty Ryan disse...

Feliz Natal. Tudo de bom para ti e para os teus. Viva o Benfica!!!

Fehér 29 disse...

Igualmente. Abraço!

Conde de Vimioso disse...


Que seja Natal...todos os dias.