quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

Onde andas tu Benfica?



De há uns tempos a esta parte têm sido revelados sinais preocupantes quanto à exigência dos adeptos face ao rendimento desportivo da equipa de futebol do Benfica. Desde o conformismo com que se encaram as derrotas sucessivas em competições obrigatórias ao apoio da renovação com um técnico que ficará na história do clube como o treinador que mais perdeu e em cenários de vitória mais do que favorável, os exemplos de conformismo e alegria pelo medianismo têm sido mais que muitos.

O mais recente prende-se com a eliminação (mais uma) da Liga dos Campeões na sua fase mais prematura. Os argumentos têm sido muitos e escabrosos, mas o mais patético e anti-adn Benfica de todos tem sido o de que fizemos 10 ponto enquanto o FC Porto se ficou apenas pelos 5.

Se já é mau que se aceite uma eliminação destas na Liga dos Campeões - com o tal plantel que os mesmos apelidaram como o melhor dos últimos 30 anos (que Cosme Damião lhes perdoe, pois não sabem o que dizem) e com o ou um dos maiores orçamentos da história do clube - é ainda pior desvalorizar a eliminação com a comparação com outro qualquer emblema que não pertencesse ao nosso grupo, piorando com a ridícula comparação com o FCP.

Como é possível acharmos que o plantel do Benfica não exige uma presença na fase a eliminar da Liga dos Campeões? Como é possível compreender a eliminação face ao Olimpiakos? Como é possível entender que não temos plantel de Liga dos Campeões e ao mesmo tempo ver na fase a eliminar o Olimpiakos? Como é possível medir a nossa capacidade com a mediocridade alheia?

Isto não é Benfica, isto não é o Benfica que eu conheço e fiz por conhecer. O Benfica de Cosme Damião não toleraria 3 eliminações destas, o Benfica de Cosme Damião não argumentaria de forma acéfala e estupida, o Benfica de Cosme Damião não mede o seu sucesso pelo insucesso alheio, o Benfica de Cosme Damião vence por si e para si, no Sport Lisboa e Benfica de Cosme Damião, tudo o que não seja vencer é intolerável. 

Onde andas tu Benfica?

17 comentários:

Águia Eterna disse...

Totalmente de acordo, grande Benfiquista José Moreira.

BENFICA.SEMPREEEEEEEEEEEEEEEE

Benfiquista de Maputo disse...

Nao tenho muito pra comentar blogs, mas leio este desde q o conheço. Jose Moreira, Ricardo, JNF, e outros, continuem com o excelente trabalho

Bernard öZilva disse...

Um "elefante adormecido"...

Anónimo disse...

A renovar com o BERNARDO Silva

José Moreira disse...

Este anónimo consegue ser a anedota das anedotas... a última bolacha do pacote no que a estupidez diz respeito. Parabéns, quando eu acho que já vi tudo apareces sempre para me fazer achar um gajo com mais de dois neurónios. Parabéns e obrigado.

paulo Chagas disse...

Espero sinceramente que nas próximas eleições suga um candidato forte que possa fazer frente ao vieirismo instalado no nosso clube...está é a unica via para mudar as coisas no nosso clube...o comodismo na minha opinião não é só dos adeptos é tb de muita gente que poderia se alternativa ao actual presidente e não se chega à frente esses para mi m é que são os verdadeiros culpados da actual situação a que chegou o Benfica...tenho votado vieira mas para mim acabou o seu ciclo acabou e tem de sair...

luis disse...

Perdido no tempo...

Tempo perdido, caminhos trocados, furos, buracos... muito pó. Areia a entrar por orifícios da nossa história. Poros entupidos, respiração ofegante a minar o bombear do coração. O Benfiquista desidratado de vitórias, já nem consegue manifestar-se... bebe a água que lhe dão. Não é uma água límpida, existe muitas dúvidas da sua pureza... muitas vezes nem se sabe a origem da fonte. Como Bem essencial à vida o Povo depende do vendedor desse Bem...
Transpira-se muito e como acabei de ler a mensagem de uma Mulher que percebe mais de bola que muitos presidentes, Homens ou garotos...gostava de lembrar que na 1ª época do nosso 33º, também ficamos em 6º. Essa coisa de apostar na formação tem o seu tempo, assim como as derrotas serem ´só dos treinadores, árbitros e afins ... passando por entre as gotas daquela água sem se molhar, o imaculado 33º, sempre o mesmo naquela esperteza duma equipe maravilha.

Nota: vou reflectir os post anteriores durante a mastigação, olhando para os copos de água.., o meu e o do vizinho.

"Nem tanto ao mar, nem tanto à terra". Cá para mim até de baixo de água, Benfica Todos Tempos !!! ( só vai 3 exclamações, deve chegar;)

luis disse...

Perdido no tempo...

Tempo perdido, caminhos trocados, furos, buracos... muito pó. Areia a entrar por orifícios da nossa história. Poros entupidos, respiração ofegante a minar o bombear do coração. O Benfiquista desidratado de vitórias, já nem consegue manifestar-se... bebe a água que lhe dão. Não é uma água límpida, existe muitas dúvidas da sua pureza... muitas vezes nem se sabe a origem da fonte. Como Bem essencial à vida o Povo depende do vendedor desse Bem...
Transpira-se muito e como acabei de ler a mensagem de uma Mulher que percebe mais de bola que muitos presidentes, Homens ou garotos...gostava de lembrar que na 1ª época do nosso 33º, também ficamos em 6º. Essa coisa de apostar na formação tem o seu tempo, assim como as derrotas serem ´só dos treinadores, árbitros e afins ... passando por entre as gotas daquela água sem se molhar, o imaculado 33º, sempre o mesmo naquela esperteza duma equipe maravilha.

Nota: vou reflectir os post anteriores durante a mastigação, olhando para os copos de água.., o meu e o do vizinho.

"Nem tanto ao mar, nem tanto à terra". Cá para mim até de baixo de água, Benfica Todos Tempos !!! ( só vai 3 exclamações, deve chegar;)

Anónimo disse...

Dói não dói ó parolo

José Moreira disse...

Doi? o quê? És tão ridiculo que nem sequer entendes a ridicularidade do que dizes... O nível de "parolismo" está evidente nos "pensamentos" que fazes questão de publicitar ;)

Anónimo disse...

concordo em boa parte com o texto e tb com o último comentário. apareça alguém que se mostre como alternativa credível e terá o meu voto.

deixo só a nota, e para seguir até parte do que é defendido neste texto: gostava que os NN deixassem de cantar o foder lagartos, comer dragões. tb aí se veria a diferença. e gostava de ver isso escrito nalgum lado. nada tenho contra a claque, antes pelo contrário - excepto neste caso e quando decidem começar a limpar gajos de outros clubes só por isso. e já me vi no meio de, pelo menos, duas situações do género a ter que chamar a atenção para a estupidez que aquilo era.

ainda assim não posso deixar de apontar duas ou três coisas: apesar do falhanço desportivo, é verdade que o clube de um ponto de vista geral tem melhorado - excpetuando esta época em que o afastamento dos adeptos é evidente, embora pense que a razão não seja só e apenas o momento desportivo da equipa de futebol; o jj já meteu muitas argoladas - e o jogo com o arouca, por exemplo, foi uma desgraça a partir do banco ou da bancada - mas também foi o que mais empolgou o estádio desde que vou regularmente ver jogos ao vivo (tv fernando santos o conseguisse igualar. já agora, só vou ao estádio regularmente de há pouco mais de dez anos para cá pq antes n vivia em lisboa); este relaciona-se com o primeiro ponto, mas penso que é injusta a forma como é normalmente referida a formação do benfica. na verdade (e exceptuando o nelson oliveira - q mm assim, se no empréstimo do ano passado tivesse jogado n acharia mal gerido tendo em conta os jogadores no plantel) só agora começam a aparecer jogadores como o ivan cavaleiro ou o bernardo silva. por exemplo, a aposta no andré almeida foi mt bem gerida: recordo que no início quase ninguém dava um chavo por ele e foi possível pô-lo a jogar a um nível muito assinalável. quanto ao andré gomes, por exemplo, não partilho o entusiasmo de muita gente. poderíamos ainda referir outros da geração do nelson oliveira, mas infelizmente, os melhores preferiram contratos mais altos para n jogar.

espero que n tomem estas notas da pior maneira: simplesmente acho que as coisas são para discutir tendo em conta os prós e os contras. para mim, houve ambos, mas parece cada vez mais que vieira e a sua equipa não conseguem passar o que de bom fizeram noutras áreas para o campo desportivo.

Augusto Baptista Ferreira disse...

Tenho pena que o Benfica não tenha passado. E não, não é por causa das tretas do patriotismo ou por causa do ranking - estou pouco interessado nisso. O que eu queria mesmo era que os jogadores, equipa técnica e dirigentes do FC Porto tivessem que ler, ver e ouvir a dizer que o Benfica é a única equipa portuguesa na Champions (e mais aquelas tretas todas que a comunicação social diz sempre que o Benfica faz qualquer coisa melhor que o FC Porto) de cada vez que abrissem um jornal, ligassem o rádio ou a televisão, ou de cada vez que saíssem à rua.

Tanto FC Porto como Benfica estão uma miséria e ambos por causa dos treinadores. Ambos têm lacunas nos planteis, é certo, mas isso não justifica ficar em 3º em dois grupos de treta ou andar no campeonato atrás de uma equipa que tem como melhor defesa o Rojo.

Assim sendo, tanto portistas como benfiquistas, terão de pedir satisfações aos dirigentes, porque o treinador é um simples empregado e só é incompetente enquanto o patrão lho permitir.

José Moreira disse...

Anónimo das 20h24, parabéns, assim dá gosto discutir.
Não sei qual a periodicidade com que visita aqui o “Ontem”, caso o faça de forma regular e há algum tempo, reconhecerá que esse tipo de comportamentos da claque já aqui foram abordados e criticados sem “mas” nem “se”, seja da nossa ou doutra claque qualquer.
Ainda nesse sentido, também reconhecerá que não criticamos por criticar, pelo contrário, já elogiamos acções tomadas quer por Vieira quer por JJ, apenas consideramos que o que há para elogiar é infinitamente mais curto que o criticável. Aqui procuramos questionar e ajudar no alerta das hostes para que os adeptos pensem por si próprios, para que as gentes não tomem tudo por fantástico o que uns fazem ou dizem e terrível e “anti” qualquer coisa o que outros pensam.
Quanto a Vieira e JJ, numa opinião muito pessoal, penso que ambos conseguiram dar um passo em frente em relação às realidades que ambos encontraram no clube, no entanto, e de forma repetida e sistemática, revelam-se incapazes de dar novo passo em frente naquilo que deve ser a grandeza do Benfica (na vertente da presidência) e na capacidade competitiva (na vertente de JJ).
No que diz respeito ao presidente ele é ainda responsável primeiro e último da descaracterização que o Benfica tem sofrido ao logo dos últimos anos. Um clube sem moral, valores e que se esquece da história (de toda a história, não apenas a que interessa), no fundo, Vieira, se nada for feito, se ninguém questionar, se ninguém alertar, está perto de transformar o Benfica e os Benfiquistas noutra coisa qualquer que em nada se relaciona com Cosme Damião.

luis disse...

@o anónimo das 20.24 escreveu,
"aposta no andré almeida foi mt bem gerida: recordo que no início quase ninguém dava um chavo por ele e foi possível pô-lo a jogar..."

Uma pequena nota: Almeida, jogador que passou pela escola do Benfica e foi comprado ao belém por 200 mil, pago em 2 vezes. Caso similar teve o Amorim e o futuro dirá se haverá mais Rosas. Coisas de sad´s amigas dos negócios...

B T T

Anónimo disse...

José Moreira, de facto Vieira corre esse risco, o de tornar o benfica numa coisa diferente. Mas a responsabilidade não será só dele - o envolvimento dos sócios e adeptos, ou a falta dele, também ajuda. por mim falo, que não dedico tempo nenhum ao clube para além de ir ver jogos, em casa ou no estádio. aliás a falta de alternativas é um sintoma disso mesmo. o sporting criou um bruno carvalho vindo sabe-se lá de onde - da claque, sim - mas e depois disso? o benfica não tem massa humana que o possa fazer? mas n pode ser com um candidato que aparece de repente antes de umas eleições como apareceram o outro carvalho ou o rangel. tem que ser algo mais fundo. tv cumprir a tradição do benfica fosse o surgimento de um grupo de adeptos, capaz de fazer oposição, mas sem andar a bradar aos céus que é tudo mau porque sim e porque não e porque talvez. e daí talvez surgisse uma opção válida para uma equipa directiva. na minha inocência, até propunha que não tivesse presidente - embora tivesse que haver um por razões estatutárias. mas os estatutos mudam-se. seo o vieira o fez, pq n fazê-lo depois?

No entanto, relembro por exemplo o trabalho da fundação benfica. Talvez tenha qualquer coisa a ver com a origem casapiana do clube. Foi aí que nasceu- e tb com o ciclismo, mas falemos apenas do futebol aqui - a implantação nacional do clube. Por aqui, talvez o ideal fosse a fundação alargar horizontes geográficos, mas n deixa de fazer um trabalho assinalável.

Quanto à história, mal ou bem, há um museu - que infelizmente n tive ainda a oportunidade de ver, por isso n posso ver de que forma é ou não rasurada a história do benfica. Mas, por exemplo, recebendo a mística em casa - que é um antro de vieirismo, n se esperava outra coisa. em todo o caso, apesar de n saber muito do assunto, parece uma revista minimamente bem construída para ter uma visão do benfica como clube (modalidades, formação, história, entrevistas, etc. faltava publicarem um anexo com relatórios de contas, já agora.) - a secção que apresenta peças do museu já me ensinou muita coisa.

Onde vejo que este período pode alterar mais a tradição do clube é na participação dos sócios no dia-a-dia e, também, na herança democrática, se assim quisermos.
Isto talvez se veja mais nas assembleias. Mas recordo igualmente, que se a ordem de trabalhos é x, não é para ir discutir y - e a confusão que isto me faz, mas temos que conceder que se não funcionar desta forma, dificilmente funcionará. Pergunto-me: se é assim tão urgente discutir temas que não estão na ordem de trabalhos das assembleias, porque não procurar as assinaturas para um assembleia extraordinária com um ordem de trabalhos definida por outros que não a direcção? Aqui estaria uma primeira tarefa para o tal grupo de sócios, por exemplo.

Para terminar, retribuo o cumprimento.

Ia-me esquecendo da questão da claque. Tem toda a razão. Depois da chamada de atenção, recordo que na verdade já aqui falaram disso. É repetir até entrar pelos olhos dentro.

Luís: quando falo do andré almeida, refiro-me apenas e só à forma como foi integrado na equipa A. não me recordava sequer que ele tinha vindo do belenenses. mas de qualquer forma, fico esclarecido e não posso deixar de achar estranho. a n ser que a mudança para belém tenha sido por vontade do jogador ou qq razão alheia ao benfica ou, porque não, por na altura se achar que n tinha potencial para se manter nas escolas. desconheço. mas era de tentar saber.

anónimo das 20.24

José Moreira disse...

Anónimo

Vejo em si uma lucidez e clarividencia de pensamento que faz falta a todos no clube, desde sócios a "meros" simpatizantes. Nesse sentido, exorto-o a que esteja atento aos próximos dias, talvez algum dos desejos que formula esteja próximo de se concretizar e aí meu caro, todos seremos poucos e espero contar consigo. Em tempo oportuno perceberá o verdadeiro alcance das minhas palavras.

Abraço.

Anónimo disse...

ficarei atento.

um abraço,
ainda o mesmo anónimo.