domingo, 8 de dezembro de 2013

Os 3 problemas do Benfica (e duas soluções)

O problema do Benfica são três: ter Vieira como Presidente; ter Vieira como Presidente; ter Jesus como treinador.

O que originam estes três problemas? Uma liderança acéfala, incompetente, ruinosa em termos financeiros; destruição dos princípios fundamentais do benfiquismo, espoletando uma segunda cria de ideologia benfiquista, esta passando por uma sã convivência com o "quase"; total insucesso desportivo; pelas acções sobranceiras, arrogante e despropositadas, cada vez mais ódio por parte dos outros clubes e adeptos em relação ao Benfica.

A maior parte desta lista que vai matando o Benfica é responsabilidade exclusiva de Vieira e dos seus dirigentes comprados a peso de ouro para acreditarem no que há pouco tempo já não acreditavam - e são exemplos deste tachismo vira-casacas Vice-Presidentes como Gomes da Silva, Moniz ou Varandas. Como pode o Benfica ser bem representado e defendido se tem na Direcção um bolo que mistura vendidos, oportunistas, interesseiros, incompetentes e adeptos de outros clubes? Alguém que acredite que tal misturada pode fazer algo pelo Benfica já não está apenas cego; está morto. De actividade cerebral.

Por fim, Jesus. Os erros cometidos não são, na sua generalidade, novos. Desde que chegou que os comete. Porém, neste último jogo, com a alucinante escolha de partir o futebol que, ainda assim, naquele momento tinha alguma coerência, e decidir meter 8 jogadores à frente da bola, num caos completo em que em vez de decidir potenciar o futebol inteligente procurou o regresso ao chuveirinho praticado nas ilhas britânicas em 1914, Jesus demonstrou que ou já não quer saber ou está de má-fé. Qualquer uma não serve, tem de sair. 

Como Vieira é idolatrado por uma massa em coma e Jesus, por lhe ter sido renovado estupidamente o contrato (só mais uma de Vieira), está atrelado ao Grande Líder, resta procurar o melhor dentro da lama. Há que tentar o que ainda é possível. E o que é possível mudar passa pelo factor mentalidade. Este grupo vem destruído desde a época passada, só um tonto não o percebe. Há que injectar sangue novo que não só melhorará as possibilidades de um futebol melhor e mais seguro como dará sinais para dentro de que todos têm de estar a 100 por cento com os objectivos do clube; caso contrário, serão afastados.

Por ora, duas grandes mudanças se impõem: a substituição de Artur por Oblak - o brasileiro não tem estado bem, é evidente, mas passa esta passagem de testemunho mais pelo efeito-choque e pela necessidade de apostar na qualidade do último do que qualquer outra razão; integrar imediatamente, já no próximo jogo, Bernardo Silva na equipa, fazendo dele o terceiro médio, com Enzo e Matic nas suas costas. Com isto, o Benfica muda radicalmente a sua disposição no miolo, procura um novo e melhor equilíbrio, e aposta num jogador que, pelas capacidades e talento que tem, pode elevar o futebol da equipa a um patamar que este ano ainda nunca atingiu. 

Enquanto tivermos Vieira a liderar o clube, perderemos 4 em 5 campeonatos, é certo. Mas ao menos façamos por ver bom futebol. Os títulos ficarão para quando a maioria em coma decidir abrir os olhos e iluminar o coração.

6 comentários:

JotaPê disse...

Ricardo,

Deixa-me corrigir-te. O problema do Benfica são três: ter Jesus como treinador; ter Jesus como treinador; ter Jesus como treinador.

Não vejo porque mencionas aqui Vieira. Basta ver como estava o clube em 2000 e como está hoje...

Além disso, não é possível que 83% dos votantes esteja em coma!

Anti-benfiquista, pá! Temos é que apoiar! Vivó glórias! Vivó Eusébio!

Fehér 29 disse...

Alguém me diga que o Jotapê está a ser irónico, por favor...

Caso esteja, peço desculpa.É por às vezes uma pessoa lê com cada coisa...

Pedro Moutinho disse...

Eu rezo para que o JotaPê esteja a ser irónico!!
Fodax o vieira é tão mau que doi.
Tudo o que fez de bom está por pagar

M. Silva disse...

JotaPê: é sarcasmo, com certeza. Basta ler a frase (dita por Vieira recentemente) "basta ver como estava o clube em 2000".

José Oliveira disse...

O problema maior do Benfica não é Vieira, é ter sócios que se acomodam ao seu reinado, e outros que não conseguem reunir uma única alternativa válida

luis disse...

Meus caros o Jota está a defender a letra J. J, J ... J, J :)

Mas aqui o imbecil do luis vai corrigir os 2, o fantástico nº10 do ontem e o nosso camarada JotaPê, e só pelos motivos óbvios,

-Bastava o 33º presidente ser outro e o JJ estava a treinar o barcelona com o nº 7 a ponta de lança..., bem no natal a playstation 4.

Nota:... acho que até já deixou de ser um problema.

- O 33º à muito tempo que é um pesadelo.
Por isto ou por aquilo, mas principalmente pelos factos. Julgo que nem preciso bater...toc toc confiança.

B T T