quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Péssima prestação em Istambul

Foi um choque com a realidade. Talvez importante para voltar tudo a ter os pés na terra, tanto para a recepção ao Sporting como para o que falta desta fase de grupos.

O jogo de Madrid já lá vai e voltámos ao que tem sido este início de época.

Bom arranque com um golo fenomenal do Nico. Aos poucos o jogo foi equilibrando até ao penalty "amador" do Almeida.

A partir daí a nossa prestação foi sempre abaixo da média.

Má primeira parte, estivemos perto de levar o terceiro no arranque da segunda e depois tentámos ir para cima deles e o jogo andou mais próximo da baliza do Muslera. Apesar disso o perigo praticamente só apareceu em remates fora da área.

Depois de um lance ou outro que podia ter sido melhor finalizado, o Júlio voltou a ser chamado para uma grande defesa e no cair do pano um fora-de-jogo mal tirado ao Gala pode ter-nos salvo do 3-1.

Se é verdade que na última meia hora fomos para cima deles, não é menos verdade que tal foi deliberadamente consentido por um Galatasaray em vantagem no marcador.

As substituições foram uma salganhada e ficamos sem perceber o papel de jogadores como o Carcela, Cristante, Djuricic e Taarabt.

Foi péssimo perder mas no que a contas diz respeito estamos ainda bem encaminhados. É preciso é cumprir com a nossa obrigação de jogar mais e ganhar os 3 jogos que faltam.

No campeonato estamos a 5 da liderança. Não sei se o jogo na Madeira iria manter a distância em 2 pontos ou se seria mais um jogo fora perdido, confirmando a regra (Loulé, Aveiro e Dragão) e não a excepção (Madrid). Barcelos não entra para estas contas porque foi com o Vianense e ainda cheirou a Tomba Gigantes.

Não há outro resultado possível que não seja a vitória contra o Sporting.

No Estádio da Luz temos sempre de vencer e no Estádio da Luz o Sporting tem sempre de sair derrotado. Ficar a 5 pontos do Sporting e talvez 8 do Porto é péssimo. Ficar a 8 de ambos é já um pesadelo, para o Rui e para todos nós.

Madrid foi maravilhoso mas não ficou tudo fantástico depois desse jogo. Hoje foi mau, não é tudo péssimo mas há muito que o treinador se tem de apressar a melhorar.

O ataque não se pode resumir às combinações e individualidades do Nico e do Jonas. A restante equipa continua muito desligada dos processos ofensivos

Hoje foi provavelmente o jogo em que pior defendemos.

Os nossos laterais não existiram, os nossos defesas eram constantemente apanhados fora de pé e foi o jogo todo a ver o desespero entre o Luisão e o Sílvio e entre o Jardel e o Eliseu.

Se o Eliseu sempre foi isto, o Sílvio já fez muito melhor (ainda falta de ritmo competitivo??).

Ainda não apareceram 15M pelo Rebocho pois não?
Numa de desespero talvez era aproveitar que estamos na Turquia para colocarmos o Marçal no voou de regresso com a equipa.

Hoje o jogo valeu pela postura de luta da equipa, pelo esforço constante dos jogadores e principalmente pela enorme exibição do Júlio e o golo de antologia do Nico.
Também o V.Andrade entrou muito bem.

Podemos fazer mais. Sabemos fazer melhor.
 

8 comentários:

Anónimo disse...

Infelizmente prevaleceu ainda o ADN JJ...como nos velhos tempos a equipa partiu-se desnecessariamente, em busca do segundo golo, logo após o 0-1. Na minha opinião, muito por culpa da dupla eliseu/gaitan acelerando o jogo sempre que tinham a bola (Não sei se fizeram um passe para trás ou para o lado entre o 0-1 e o 1-1!).
Já antes do 1-1 o RV não parecia muito satisfeito com toda aquela "euforia" e, pelas palavras dele no final, acredito que não era aquilo que ele pretendia da equipa.
Vamos com calma com o treinador. Ele não tem culpa de todas as limitações do plantel bem como das contratações "random" (Carcela, Cristante, Taarabt, etc) do benfica.
E ainda levou, ele e todos nós, a facada da lesão do Nelsinho!
Vamos parar de bater no ceguinho! Acho que já se percebeu que o homenzinho não é burro de todo!

João Antunes

ATF disse...

Boa análise, sobretudo os niveis de assertividade contra o Benfica mas esqueces um penalty que nos tiraram e, pronto, de que ninguém fala pq é o Benfica. Quanto ao campeonato, outra boa aálise no que respeita à assertividade contra o Benfica mas eu corrijo: o Benfica se tivesse jogado na Madeira teria este domingo a possibilidade de ultrapassar um rival na classificação. Como não jogou e toda a gente diz, aliás fabrica, que é um jogo derrota (contra o união, vejam lá - acham que o Benfica tinha obrigação de ganhar ao Galatassaray mas entendem que pode perfeitamente perder com o União)esta a 5 pontos, portanto fora da luta pelo titulo.

Para terminar um apelo: larguem a internet e vejam os jogos!

tomates, magnusson disse...

Importas-te de elaborar sobre essa do penalty "amador"?

Daniel Oliveira disse...

tomates, magnusson,

Penalty amador pelo facto de tentar cortar um remate com um braço no ar. Ao mais alto nível é uma situação cada vez mais rara.

Daniel Oliveira disse...

ATF,

Parece-me que se enganou no post, só por isso por agora não lhe responderei.

Anónimo disse...

vamos ser verdadeiros - este treinador é ridículo
e domingo perderá naturalmente porque é um perdedor nato
LC

tomates, magnusson disse...

Imagino que tenhas jogado muitas vezes à bola, e ao mais alto nível. Mas sempre de braços amarrados, não fossem eles terem movimentos involuntários, quando te atiras para tentar cortar um remate adversário.
Ainda há pouco tempo houve 4 ou 5 lances de bolas nos braços, dentro de areas, num único Barça - Atl. Madrid, nenhum foi assinalado, mas ninguém se lembrou de amarrar os braços aos jogadores.
Calhou a ter batido no braço numa altura em que este estava mais elevado. Foi assinalado.
"Amador"? É para rir.

o mau da fita disse...

http://www.maisfutebol.iol.pt/arbitragem/24-10-2015/marco-ferreira-vitor-pereira-so-ligava-antes-dos-jogos-do-benfica

São prendas, são telefonemas... Alô Ricardo, onde andas rapaz? Tens de denunciar isto! É uma vergonha, estes corruptos do Porto continuam a manobrar esta merda toda! :))))))