quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Sport Amor e Benfica

Não é nem pode nunca ser criticável que os benfiquistas que não sabem o que se passa no Benfica amem desmesuradamente o Presidente Vieira. A Internet não chega a toda a gente, o facebook pode de vez em quando parecer o mundo todo mas é só uma pequena ilha do planeta real. A maior parte dos seres humanos do Benfica só conhece o jornal A BOLA, as conversas de café, as notícias do Correio da Manhã. Por isso é normal que, ganhando o Benfica, amem o Presidente Vieira como, mesmo não ganhando o Benfica, amaram o Presidente Vale e Azevedo. Se no poleiro presidencial estivesse um grande cagalhão amariam o grande cagalhão porque seria um grande cagalhão do Benfica. Um grande cagalhão glorioso que exalaria um glorioso cheiro a merda. Um cheiro glorioso a Benfica.

Estas pessoas merecem-nos toda a consideração porque têm mais que fazer ou não têm nada para fazer mas para elas a equação é simples: é do Benfica, é bom; não é do Benfica é mau. A matemática que parece demasiado singela acaba por fazer sentido se entendermos que nem tudo é Tolstoi. Aliás, esse russo, se vier armado em intelectual, leva logo com três cachecóis gloriosos que é para não se armar em herói. O Tolstoi deve ser um lagarto que trabalha num jornal qualquer para dizer mal do Benfica.

O que já faz confusão é assistir à podridão humana de quem consegue ligar sinapses gloriosas, saber que Vieira é ilegítimo Presidente (o único da História do Benfica!), saber que maltrata opositores até os convidar para a Direcção. Gente que dá exemplar educação aos seus filhos e finge que o Benfica não merece o mesmo tipo de amor. Gente que, afinal, só quer ganhar títulos, gente que criticava os portistas por não se importarem de vencer de forma corrupta. Esta gente, engravatados, semi-engravatados, funcionários públicos, médicos, jornalistas, advogados, juristas, sem-abrigo, gente com dinheiro, gente sem dinheiro, anda a falhar ao Glorioso Sport Lisboa e Benfica.

Esta gente que anda por aí a moralizar o mundo, falando em sobretaxas, pensões, esquerdas, direitas, a vergonha que o Trump é, a indecência da Hillary, o saco azul da Felgueiras,  o bolo-rei do Cavaco, o sorriso nefasto do Isaltino Morais. Esta gente vai votar em Vieira ou, não votando em Vieira, anda pelo facebook e pelo twitter e pelos cafés do bairro a defender que "eh pá, até pode ser, mas o gajo ganha!".

Esta  merda desta gente faz mal ao Benfica. Esta merda desta gente faz mal ao mundo. Esta merda desta gente é pior do que aquela gente que aceita ter um cagalhão glorioso a Presidente desde que seja um cagalhão glorioso que é elogiado na CMTV. No coração têm uma poia que bombeia merda para o resto do corpo. Os filhos desta merda de gente vão crescer a aprender que não importa se as pessoas são aldrabonas, corruptas, indecentes, mal-educadas, ignorantes, maldosas. Vão aprender que o importante é ganhar ou, no caso do Vieira, nem sequer ganhar grande coisa. Vão aprender que os pais só querem é poleiro e ganhar dinheiro  e apoiar o medíocre mealheiro.

Esta merda de gente é verdadeiramente a responsável por ser impossível mudar o mundo para melhor. Com diplomacias de vão de escada, com "ah, mas as pessoas aprendem, pá", com hipocrisias, com cobardias, sem colhões para assumirem uma posição no mundo. Esta merda de gente é a vergonha dos seus pais, dos seus avôs, do país, dos mares.  É a merda de gente que, por se vender ao desbarato, permite que a outra merda de gente domine os outros. Nunca haveria Holocausto nem Gulag sem esta merda de gente, estes subalternos da razão, medíocres de espírito, escravos do medo. Parasitas sociais. Gente à qual foi facultado um cérebro usado para deixar de usar o coração.

O único Presidente ilegítimo da História do Benfica. Quem não luta diariamente para expulsar do Benfica esta trampa é meu inimigo.


21 comentários:

jorgen80 disse...

Neste momento é o Presidente que necessitamos. O futebol está demasiado competitivo para o seguir apenas com o coração. Um bom adepto sabe isso.

Ricardo disse...

Boa citação de um adepto portista em 1997.

Anónimo disse...

De facto, o futebol torna as pessoas mais inteligentes (algo que és verdadeiramente) em seres irracionais. Ad tuas comparações são no mínimo escabrosas e, ainda que com mais classe e cultura, roçam os argumentos do maior cretino do futebol nacional actualmente.

Os teus argumentos acerca da presidência ilegítima, ainda consigo entender.. Agora da corrupção, é a parte que pareces ter a tua sanidade turva.

Diz-me lá, é os vouchers? O Vieira é que manda nisto tudo? Conselhos de disciplina, arbitragem, clubes de menor dimensão? Ou andas a ouvir demais os lagartos-parvalhistas (não confundir com Sportinguistas) ou lá está... O Benfica tira-te a razão.

Até que tens uma desculpa, o amor torna a mais clarividente das pessoas, completamente cega. Nem tudo ao mar. Nem tudo à terra.

Saudações benfiquistas

Carlos Santos

Ricardo disse...

Carlos, eu não tenho culpa que os seus pais não lhe tenham ensinado o princípio simples e bonito da decência. Se quer patrocinar aldrabões, tem vários blogues benfiquistas para tal. Aqui mora o Benfica, bateu à porta errada.

R.B. NorTør disse...

cor·rup·ção
(latim corruptio, -onis, deterioração, sedução, depravação)
substantivo feminino
(...)
3. Alteração do estado ou das características originais de algo. = ADULTERAÇÃO
4. Comportamento desonesto, fraudulento ou ilegal que implica a troca de dinheiro, valores ou serviços em proveito próprio (ex.: os suspeitos foram detidos sob alegação de corrupção e desvio de fundos).
5. [Figurado] Degradação moral (ex.: corrupção de valores). = DEPRAVAÇÃO, PERVERSÃO

"corrupção", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, http://priberam.pt/dlpo/corrup%C3%A7%C3%A3o [consultado em 19-10-2016].

Alguma destas definições se ajusta ao comportamento de Vieira? Houve alguma adulteração da Natureza, com tentativas de inventar nomes ao fundador, ou patrocínio de datas de fundação erradas, sob a égide de Vieira?

Houve algum aproveitamento de dinheiros, para negócios na área da construção ou em transferências esquisitas sempre para o mesmo empresário/clube (exemplos aleatórios), por parte de Vieira?

Há alguma degradação moral, por exemplo um presidente ausente nos maus momentos e em bicos de pés nos bons, sob a égide de Vieira?

Acho que quando se fala de corrupção tendemos a assumir imediatamente casos que não o são, como os vouchers, e a esquecer quem era o presidente do Alverca no caso Ovchinikov.

Anónimo disse...

Caro Ricardo,

É muito bom "ouvir" uma voz como a sua. Não se cale.
Não sei porque sou benfiquista, sei que acompanho o Benfica desde os anos 60, sim já sou muito "antigo", e lamento deveras o facto de ter um individuo daqueles como presidente.

Saudações benfiquistas!
J. Mendes

Ricardo disse...

Nortor, não é costume um vieirista conhecer decentemente a língua portuguesa. De qualquer forma, fosse esse o seu único mal.

J. Mendes, alguém vai ter de continuar a defender o nosso clube porque eu, confesso-lhe, já estou cansado de tanta idiotice. Abraço glorioso.

Anónimo disse...

boa tarde
o comentário parece me um bocado vago. seria possível concretizar algo mais sobre as graves "acusações" que são feitas, pelo menos aquela que me parece mais simples que é de o Vieira ser um Presidente ilegítimo.
a propósito não me revejo minimamente nos comentadores TVI e CMTV, Guerras, Venturas e ...
um Abraço
Joaquim

JAX KAN disse...

Mais um excelente texto que aborda a realidade nua e crua do que se está a passar.

Anónimo disse...

As uvas são boas mas tens que crescer para lá chegares...

Anónimo disse...

É com grande satisfação que leio as suas palavras, palavras de uma mente sã e sábia que se recusa a ter palas em frente dos olhos e prefere encarar a realidade de frente deixando para trás toda e qualquer hipocrisia, tudo em nome de um amor de vida superior a qualquer vigarista em segunda mão que por aí apareça. Verdade que é triste e causa mágoa no mais comum dos benfiquistas. Apenas não causa em quem sofre de uma falta de inteligência dantesca que não consegue entender o porquê das suas palavras. Eu respondo porquê: por estarmos fartos de ver um mentiroso, cobarde, aldrabão, corrupto que subiu na vida a roubar e a enganar tudo e todos à frente do nosso grande amor. E por tudo isto e muito mais... o meu grande obrigado pelas suas palavras.
Juntos lutaremos contra quem nos quer destruir!

JAX KAN disse...

hehehe

Um anónimo a passar-se por importante.

Vai lamber os tomates ao aldrabão-mor, vai, que eu só defendo o Benfica não defendo os aldrabões que se servem dele.

Anónimo disse...

Bem vindo ao Portugalzinho dos aldrabões.

José Ramalhete disse...

Penso que a ilegitimidade se refere ao facto de não cumprir as condições que ele próprio instituiu para ser elegível para o cargo que ocupa. 25 anos ininterruptos como sócio do Benfica.

José Ramalhete disse...

Talvez devas rever o comentário do Nortor, eu entendo-o como sarcástico.

jorgen80 disse...

Este é tricampeão sem favores arbitrais. Tenho orgulho em ser deste Benfica.
Procuras focar toda a tua tese no Vieira, mas podias muito bem, fazer o inverso. Se o Vieira é um aldrabão e mentiroso, então o que são os outros, alguns ilustres Benfiquistas que decidiram sair do clube em desavença com a direção, para depois, após convite do Presidente, voltarem ao clube?
Pois é. Não te podes deixar toldar pelo ódio. Se Vieira é um sacana sem lei, então a nossa direcção está cheia delas.

RedMist disse...

1. Ainda aqui há uns dias, dei por mim a só ter memória de um presidente defendido com tamanha sagacidade: precisamente Vale e Azevedo.

Contudo, com este último era uma defesa cega, incondicional, quase visceral, levada a cabo por tantos quantos hoje negam tê-lo alguma vez feito. Com LFV, a defesa é de outra índole: um misto entre conformismo e lavagem cerebral. Se questionado sobre o assunto, o adepto encolhe os ombros.

“É o que há. E vamos na frente! Querias o VA, não?”

Conclusão: relativamente ao que verdadeiramente importa, não nos limitámos a largar âncora e estagnar – mas conseguimos, enquanto adeptos, clube e sociedade, o feito desconcertante de regredir.

2. Regredir? És louco? E Não tens olhos na cara? Tenho. E um cérebro: que me permite interpretar e avaliar além da espuma dos dias, imediata e passageira. Resistir a reflexos pavlovianos. A tácticas de publicidade e marketing ao nível das de uma qualquer margarina.

Porque, espera-se, há vida além do hoje. Assim como mais do que uma só via para o sucesso: sendo a base dessa mesma pirâmide princípios e valores sobre os quais o desporto, futebol e o Benfica foram fundados. Sem estes, resta o quê ao certo? Que de mais valoroso haverá a proteger e defender?

3. O potencial da modalidade e clubes enquanto via de transmissão dos mais fundamentais valores sociais é, provavelmente, ímpar. Nos dias de hoje, ultrapassando provavelmente religião e, seguramente, a política. Parte-me o coração ver quer os respectivos intervenientes, quer a forma como estes (por inerência da sua mediocridade) desbaratam todo esse potencial.

Neste capítulo, podia-se aspirar ao divino. Enquanto manifestação imediata dos melhores princípios. Valores. Ética. Virtudes da prática desportiva numa sociedade sedentária. Estimular crianças a pegar numa bola, a virem para a rua, a fazerem amigos. Mesmo enquanto mero entretenimento, um tido de forma saudável, castiça, estimulante.

Prefere-se, contudo, o lamaçal, a crispação, a guerrilha. Um milagre como, em panoramas desta índole, tudo isto ainda se vai aguentando de pé.

4. Quando não houver mais nada… Quando isto cair de podre ou as pessoas simplesmente desinteressarem-se… O que é que toda esta gente se propõe verdadeiramente a edificar?

5. As pessoas andam compreensivelmente desnorteadas e estes tipos podiam ser um farol: ao invés, gozam-nas na cara e ainda dão-lhes as coordenadas erradas.

Ricardo, parabéns pelo post. E obrigado pelo destaque.

chakra indigo disse...

Posso compreender todos os argumentos que utiliza para não qualificar Vieira como presidente legitimo do Benfica - para mim é legitimo, porque eleito pelos sócios, no entanto é indigna a forma como adjectiva alguns milhares de consócios e adeptos do Benfica.

Direi mesmo mais, usando livremente o espírito e a letra do seu post, é um argumentário de merda, e peço antecipadamente perdão por me expressar de forma tão rude acerca do que escreveu.Porque não só é generalista, um arremedo de pseudo superioridade moral e intelectual, e finalmente cheio de lugares comuns que só fazem sentido por partirem de um principio errado - que os Benfiquistas amam Viera; os Benfiquistas, e isto é muita gente, amam isso sim é o Benfica.

Eu sou admirador das pessoas com convicções, com princípios e ideais nobres, aprecio a forma como escreve e a veemência com que defende aquilo em que acredita, no entanto posso lembrar-lhe um principio que deve ser defendido a bem do apaziguamento e da justiça - mais vale um mau acordo do que uma boa demanda!

Tenho pena de terminar dizendo que não luto diariamente para expulsar do Benfica o seu presidente, mas fiz tudo ao meu alcance para ajudar a expulsar democraticamente Vale e Azevedo, um presidente legitimo, mas ilegitimamente presidente.

Viva o Benfica!

Ricardo disse...

RedMist, obrigado eu. Tu és Benfica.

moleculasdeamorpelavida disse...

De onde vem o passivo?

JVA deixa um passivo de 86 milhões!
O estádio custou 118 milhões, que terão sido 150 (?), o Benfica recebeu muitos apoios desde a troca dos terrenos etc, tem que se investigar quanto dinheiro recebeu precisamente,- o caixa futebol campus, teria sido pago pelo patrocínio - o DN há uns anos (antes desta última leva com JJ) já referia lucros entre o deve e haver nas compras e vendas, com JJ vendas milionárias, de ONDE VEM O PASSIVO??????????? POR ONDE ANDA O DINHEIRO?

Estive a ver isto - http://relvado.aeiou.pt/1-liga/custos-estadios-3-grandes, acho que os benfiquistas devem investigar forte e feio as contas do grupo Benfica desde a entrada de Vilarinho, deve haver caso de policia, ora de o estádio tiver custado os 150 milhões de euros e o Benfica tiver recebido uns 75, como temos este passivo????

moleculasdeamorpelavida disse...

Junto este artigo: http://www.jornaldenegocios.pt/economia/detalhe/benfica_quotajudadoquot_em_65_milhotildees_conclui_pj.html

... que fala de apoios camarários na ordem dos 65 milhões de euros, falta juntar os apoios estatais incluídos nos contrato programa, creio que eram 25%, se o orçamento era de 118 milhões, esses apoios teriam sido na ordem dos 30 a 35 milhões + 65 = 100 milhões, se custou 150, ficam 50 por pagar + 85 do vale e Azevedo = 135, se o Benfica tem tido de uma maneira geral tido lucros no deve e haver da compra e venda de jogadores, de onde vem o passivo?????

São contas impossíveis de realizar e perceber! A bizarria é de tal forma imensa que qualquer ser humano percebe a impossibilidade da equação matemática em causa.