terça-feira, 6 de setembro de 2011

Acabe-se de vez com o Sporting


Desde a fundação do monumento extraordinário ao Benfica que é o Ontem vi-te no Estádio da Luz que este blogue raramente aborda temas relacionados com os adversários. É uma linha editorial como outra qualquer. No nosso caso, preferimos discutir o nosso clube e deixar o clube dos outros para os outros. No fundo, somos Benfica na acepção maior da palavra: vivemos bem por nós, sem ódios, traumas, recalcamentos em relação aos demais. Conhecemos a nossa grandeza e dissertamos sobre ela, às vezes em prantos, outras em euforia, mas sempre, sempre, única e exclusivamente olhando para os nossos. 

É por isso que vos peço que me dêem algum crédito para, de vez em quando, muito raramente, falar nos adversários. Acho que o conquistámos ao longo destes 3 anos de pura dedicação a este clube de dimensões astronómicas. Especialmente se o assunto pretender desconstruir mitos e alucinações alheios, repetidos à exaustão como verdades universais. Não que me preocupe com o assunto por aí além; mas porque apetece-me cortar pela raiz um argumento falacioso, falso, mentiroso e digno de gente que, não tendo nada mais para dizer – tal é a pobreza franciscana em que se encontra o seu clube -, fala sem pensar. 

O assunto - já o adivinharam, certamente, porque vós sois de uma inteligência superlativa – é a curiosa contabilidade de títulos que os sportinguistas, segundo sim, segundo sim, nos trazem, achando eles que, com isso, demonstram algum tipo de grandeza maior. É verdade que serve os intentos dos que desgraçadamente nada têm a dizer ou a mostrar; uma muleta de apoio, sempre que a realidade, essa fria e cruel realidade, os enxovalha de todas as formas possíveis. Estes alucinados seres servem-se do mito para qualquer discussão: “ficámos a 64 pontos da liderança nos últimos dois anos? Pois, mas nós somos o segundo mais titulado clube do Mundo!”; “nas últimas duas épocas, em 6 jogos com o Benfica, perdemos 5 e empatámos um, num registo fabuloso de 2 golos marcados e 12 sofridos? É verdade, mas nós temos 16.000 títulos e vocês não!”. Coisas destas, pérolas desta qualidade, são o suporte mental para que os sportinguistas não tenham cometido ainda um suicídio em massa, que deixaria Jim Jones a rolar, ciumento, na tumba. O único problema – além dos óbvios distúrbios que sustentam esta argumentação demencial – é que isto, esta coisa dos milhões de títulos do Sporting, é, já o imaginam, mentira. Assim mesmo, com todas as letrinhas: M-E-N-T-I-R-A. 

Numa ingénua tentativa de aprofundamento da questão, lancei, no caixa de comentários do post anterior, a pergunta aos nossos ilustres visitantes lagartos. O resultado não poderia ter sido melhor: nenhum sabe, nenhum percebe, nenhum conhece por que razão abre a boca para dizer tal despautério, mas di-lo, sem vergonha alguma ou tímido pudor. Não, o sportinguista abre aos ventos e aos mares a toalha da grandiosidade virtual, da coisa baseada em coisa nenhuma, do facto sustentado em nada e nada provado. Só porque sim. Só porque não há mais nada a dizer. Parecem as crianças, quando confrontadas com a conversa de que o amigo tem um pai Polícia: “ah é? O meu é Tenente-Coronel!”, mesmo que o Pai seja varredor de lixo. É isto que se passa: o Sporting tem um Pai que varre as ruas, mas acha que, por varrê-las, é dono delas. 

Dir-me-ão: deixemo-los na demência, que eles não são do nosso campeonato. Aceito, mas os meus neurónios estão um bocadinho cansados. Está na hora de acabar de vez com o Sporting, esse clube que, alimentado pelo ódio ao Benfica, apoia corruptos e dá a mão a proxenetas, desvirtuando o que já foi (há muito tempo) um digno e honroso clube deste nosso Portugal. 

De modo que, sim, proponho uma campanha: acabe-se de vez com o Sporting. A ela chamo toda a blogosfera benfiquista. Cada um dos bloggers gloriosos deve levar esta questão ao extremo: só descansaremos quando este mito de merda cair no chão estatelado, entregue aos desvarios das ruas e ao lixo da calçada. Para isso, bastará, numa primeira instância, gerar a discussão. Alguém saberá explicar-nos que raio de contas são estas que fazem, por exemplo, de 250 títulos no Atletismo a metamorfose surreal para 5500(!). Como os sportinguistas não sabem explicar, esperemos que alguma outra cabecinha pensadora (e investigadora) faça o resto. 

Estão todos comigo? Ainda bem. E desculpem-me o desvio no caminho. Às vezes temos de parar e varrer o lixo. Para que o ambiente fique mais desanuviado.

32 comentários:

Interior-Direito disse...

se juntarmos camadas jovens e nos lembrarmos de casos de modalidades individuais, como atletismo e natação, juntando as vitórias individuais - no lançamento do disco e nos 200 metros costas, etc, etc... - será possível chegar aos tais 16 mil "títulos". tal como o Benfica, nesse caso, não andará longe...

Anónimo disse...

Vocês são realmente muito tristes. Esquecem-se que as putas e os proxenetas sãos as vossas mães e pais. Somos um clube muito grandioso para conseguirem acabar connosco, não vês que têm tentado isso de há 30 anos para cá e ainda não conseguiram!!

Bem agora vou lavar as mãos que escrever nesta lixeira pode contaminar.Continuação SL

Ricardo disse...

Interior-direito, o palmarés de um clube é contabilizado pelos troféus conquistados pelos seniores (masculinos e femininos). Mas, se se contam os títulos das camadas jovens, é bom que se anuncie esse facto. Ou melhor: é bom que se detalhe, muito detalhadinho, quais os títulos, como foram conquistados, por quem, quando, onde. Assim será possível fazer a contabilizade correcta. O que a página do Sporting detalha dá um número em redor dos 1000 títulos. O resto, aquilo que apareceu aí há uns tempos (os tais 13.000), englobam feitos tão extraordinários como 11ºs lugares em modalidades desconhecidas ou os 5ºs lugares em apanha da uva para veteranos. Sejamos sérios, como diz o outro.

Anónimo, bela fundamentação que fazes dos títulos conquistados pelo teu clube. Claramente sabes defender este feito grandioso do Sporting.

Anónimo disse...

O anónimo é o filho bastardo de uma puta e de um proxeneta, nem nome tem.
Quando morrer vai para a grande vala comum chamada "sportinguismo", algo como "aqui jaz um cagalhão desconhecido".

Arquiduque das Águias Livres

pedro oliveira disse...

Ricardo, até agora tenho-o como uma pessoa séria (embora com muito sentido de humor).
Responda-me a isto:
- Em que data foi constituído o Sport Lisboa e Benfica?
Uma pergunta simples, para uma resposta simples, não lhe pergunto pela farmácia Franco em Belém,nem pelo Sport Lisboa junto ao Mosteiro dos Jerónimos,nem lhe lembro que o primeiro jogo de Cosme Damião a nível internacional foi vestido como verde e branco do então Sporting Club de Portugal, não é isso que lhe pergunto, apenas,o questiono sobre uma data, a da fusão do Sport Lisboa com um clube de ciclismo de Benfica (daí a roda de bicicleta no vosso emblema) qual foi o ano?

Anónimo disse...

"De modo que, sim, proponho uma campanha: acabe-se de vez com o Sporting. A ela chamo toda a blogosfera benfiquista."

Chamas quem? Ó deprimido!

Além de egocentrico, agora também vens com tiques mégalómanos.
Acabar com o Sporting ó labrego?

Mas quem te dá essa importancia, de julgares possível acabar com um dos nossos eternos adversários?

Opinião deprimida dum chaço velho mentalmente na puberdade.

Anónimo disse...

Não é preciso nós acabarmos com o smerding. Eles tratam disso.

Carlos Carvalho disse...

Ricardo, o Blog não está a melhorar.
Relaxa e aprecia.
A vida é para ser levada com boa onda.

Ricardo disse...

Pedro, uma pessoa séria não pode ter sentido de humor? Coisa estranha, essa.

Responder-lhe-ei a tudo o que quiser sobre o Benfica. Mas antes terá de comentar os posts. A táctica do toca-e-foge não chega.

E vai mais um sportinguista que abre a boca para falar nos títulos sem saber o que está a dizer. Porra, não haverá aí um lagarto que apareça a fundamentar esta treta? Ou, por ser uma treta, não tem fundamentação? Hmmm, pois.

Anónimo, um egocêntrico é, por definição, megalómano. Labrego.

Carvalho (desaparecido?), algum comentário ao post?

Meninos, vamos lá, vocês abram a boca para alguma coisa interessante. Porra, que isto é pior do que pensava. Nem um bípede a trazer uma pérola...

MM (Manuel H.) disse...

Ricardo,
Na sequência do que o Pedro Oliveira te pergunta, terei, com a ajuda de outros claro, porque não é nada que consiga fazer sozinho, a oportunidade de oferecer-te a relação de todos os títulos conquistados pelo Sporting.
Eu não os sei, de resto, mas sei de quem sabe. E tu, se quiseres, ficarás a saber também. Quando souberes, escusas depois de escrever coisas ignorantes como: "individuais", "11º" ou "5º".

Títulos em modalidades colectivas. Femininas e masculinas. Sem que se contabilizem troféus (como o teu clubeco faz) e equipas de formação.
Mais de 13000 até 2006. Estimados 16000, no total.
Dói, eu sei, porque são números que o galinheiro pode apenas desenhar em sonhos. Que mintas ou escrevas de forma ignorante sobre o tema, só demonstra a "comichão" que te causa ...
Lamentamos, embora seja um problema só teu.

Mas não te enganes Ricardo. Não são 16000 títulos aquilo que separa a grandeza do Sporting da pequenez de um clube como o Benfica. É uma parcela, apenas, entre outras. Este post, por exemplo, pode ser também visto como uma pequenina parcela, somada a muitas outras que existem. Algo que um adepto do clubeco de Benfica diz, ou escreve. Enfim, vocês, seja lá quais forem os caminhos que tomem, vão sempre marrar com paredes.

E Ricardo, subscrevo como é claro o que o Pedro diz. Tu és sério. Mas dói, claro, e por isso não resistes à tentação de enveredar por caminhos menos claros. É trágico, consigo imaginar. Mas fazes bem em falar sobre o Sporting: evitas dessa forma que galinhas ignorantes te venham para aqui ofender ou insultar. Porque é isso que sempre acontece, quando falas da merda do Benfica. Porque será Ricardo? Sabes dizer-me? Achas que é só mesmo porque és crítico da actual direcção do Benfica? Vá lá, tem de haver mais qualquer coisa ... diz, ou pensa, porque é melhor não o dizeres: são um clube de ignorantes, pequeno, de gente pequena. Infelizmente, para outros adeptos mais ou menos normalizados como tu. É o Benfica ...
Saudações da 2ª potência desportiva na Europa, e 1ª, de longe, em Portugal. E saudações do 3º clube na Europa com mais taças Europeias conquistadas em todas as modalidades desportivas que praticou / pratica. E saudações, também, do clube na Europa com mais atletas a ostentar (passado e presente) faixas de campeões do mundo; aqui, sim, entram singulares. E saudações do único clube Português convidado a participar nas bodas de Ouro do Barcelona e Real Madrid. E saudações do clube convidado pela UEFA a inaugurar a Taça dos Campeões Europeus de futebol, por convite expresso. E saudações do clube que teve a melhor equipa de Hóquei em Patins na modalidade, na Europa; e único clube que ganhou as 3 competições da modalidade, também na Europa. E saudações de muita outra coisa que é demasiada para ser mencionada. Saudações, em suma, do adepto de um clube a sério. Clubes assim gigantes, como o FC Barcelona, ou o CSKA, ao pé de amostras como o benfica.

Só uma notinha final Ricardo: não te comportes como um ignorante por favor. Educa-te. Vai aprender. E no fim diz: "Bom, todos estes títulos dizem-me muito pouco. E eu não os trocava por 2 Taças dos Campeões ou pelos 10 campeonatos de futebol a mais que o meu clube tem, comparativamente ao Sporting". Diz dessa forma, seria mais sério.

MM (Manuel H.) disse...

Ricardo, desculpa lá regressar, mas de facto é bem mauzinho e mostra muito da massa de que são feitos os adeptos do benfica: tu limitas-te a desvalorizar (de forma ignorante) um somatório de títulos conquistado. Tivesse ele o número que tivesse. Não dizes o Sporting ou os Sportinguistas são assim ou assado, fazem isto ou fazem assado. Não, procuras menorizar o clube pegando em quê? Títulos. Para além de escolheres logo aquele critério no qual és esmagado, não estás em boa verdade a dizer nada. Porque se o fizeres, estarás com isso a dizer o quê sobre clubes como o FC Belenenses, os Vitórias, CUF, Atlético, Leiria, Farense, ou outros? Muitos deles, clubes com não mais do que 30 ou 40 títulos somados na sua história. Vês porque é que o teu clube é muito defeituoso e precisa de ser educado? É por isso. As vossas mentes são "tortas".
Era só isso. Cumprimentos e tudo de bom pela frente.

Ricardo disse...

Gosto muito de ti, MM. Já sabes que gosto muito de ti. Amo-te, vá.

E continua sem explicação o porquê de se dizer "nós temos 16.000 títulos" quando ninguém o sabe explicar.

MM (Manuel H.) disse...

Ricardo, por ora, custa menos do que reunir por categorias os 16000 títulos do Sporting, são 2 perguntas claras cujas respostas não demoram a ser achadas: responde ao Pedro Oliveira.

Carlos Carvalho disse...

Relaxa Ricardo.
No post anterior demonstraste a típica cagança sem sentido do "mais maior grande clube do mundo".
Neste, estás muito agressivo por merdinhas de nada.
Desta maneira só atrais má onda.
Sinceramente estes posts não me dizem nada.
Abraço

pedro oliveira disse...

Então, Ricardo?
Continuo à espera duma resposta.
Não sabe o ano da «fundação» do seu clube?
(confesso a minha ignorância sobre o número de troféus/títulos/medalhas do meu, no entanto, nós não nos envergonhamos da nossa História, mostramo-la em dois museus oficiais [somos os únicos no Mundo, sabia?] onde ficam os museus do Sport Lisboa de 1904 ou os do Sport Lisboa e Benfica de 1908? Onde está a primeira camisola que Cosme Damião [sabe quem é, não sabe?] utilizou num jogo internacional?)
Enfim,é,apenas,uma simples questão àespera de ser respondida...

Anónimo disse...

Labrego, finalmente tens os interlocutores que mereces.
Quando estão em causa temas menores (ou de merda, pois é do zmerding de portugal que se trata) até tu te agigantas.
Quebraste foi a regra básica do Benfiquismo que diz: "zmerding? who the fuck cares?!".
O castigo é imediato e está à vista, tens o primo do paulinho (o atrasado mental do MM) à perna.
Temos pena.

Arquiduque das Águias Livres

Ricardo disse...

Demora muito, MM? Não demorou nada a abrir a boca.

Bem-vindo, Kodro. Um dia destes dou-te mais música.

Pedro, quem não sabia o ano de fundação do teu clube era o teu amigo de blogue. Pergunta-lhe.

E continuamos à espera de dados sobre os 16.000 títulos. Hei-de morrer sentado.

Só dizes merda mas esse nome de Arquiduque das Águias Livres é qualquer coisa.

Multiplicação de anónimos? Gosto. E aceito.

Gente com neurónios é que está complicado.

MM (Manuel H.) disse...

Ricardo, sem surpresa verificamos que não queres responder. Mas descansa, estás entre benfiquistas e portanto ninguém te levará a mal. Ninguém se apercebe, de resto. Ou quase ninguém se apercebe. Mas se quiseres responder avisa. Olha fiquei a saber que Cosme Damião envergou a camisola verde-e-branca do Sporting; desconhecia. Estás a ver como dá jeito teres aqui "inter-narradores" válidos. Aprende-se sempre.

Obrigado também por me informares que desconhecia a data de fundação do meu clube. Quando desconhecer alguma coisa mais sobre o meu clube, por favor, avisa-me. Ou isso ou diz que não tens nada para dizer. Uma das duas serve.

low desert puke disse...

Por acaso, MM foram duas as vezes em que demonstraste nao saber a data de fundaçao do teu clube.

E também roçaste a magnificencia numa outra vez que quiseste mandar boquinhas ao Benfica por certos jogadores medìocres que em tempos integraram o nosso plantel...mencionando nomes de ex-jogadores do sporting.

O auge no entanto, foi a dupla liçao que levaste sobre història e clubes que "em todas as épocas sempre participaram em competiçoes da uefa, desde a sua fundaçao".

Hà mais exemplos, mas para te proteger fico-me sò pelo top3.

SportingSempre disse...

não visito blogs do porto e é raro visitar do teu clube, mas através do excelente "lateral esquerdo" faço-o de vez em quando.

há umas semanas atrás vim aqui pela primeira vez e achei que era um blog decente do benfica, pena a constatação de que, depois desses 2 ridiculos novos posts, isto não passa de mais um ressabiado lampião com inveja do meu clube e do que ele representa no desporto português em particular e na sociadade em geral.

não te preocupes, não te julgamos pelo teu pai ser ou não ser homem do lixo, quem tem classe verdadeira respeita as pessoas de outro nivel socio-economico.

não posso é respeitar quem escreve esse ataque estupido ao meu clube.

agora que já sabes que o fundador do teu clube começou por envergar a camisola mais titulada do desporto nacional (podes preferir as 2 taças dos campeões europeus, tás no teu direito), e que o slb não passa nem nunca passará de um dissidente do Sporting CP pode ser que aprendas a ter respeito...

e depois vêm chorar, "mas porque é que se canta filhos da p#ta slb em todos os estadios do país?!"

a resposta tá no teu post

Ricardo disse...

Sporting Sempre, não desvirtues o texto de forma a poderes sair como virgem ofendida.

E os dados sobre os 16.000 títulos? Todos saem daqui muito indignados mas não se indignam de andarem há anos a falar numa coisa que nenhum consegue justificar. É o sportinguismo. Calimerices do costume.

jose garcia disse...

@SportingSempre:

SLB dissidente do SCP?
Explica lá isso, sff.
(Pelo que sei, foi o neto do Visconde que lhe foi cravar guita pra fundar um clube, pq não tinha lugar na equipa do Sport Lisboa).

Desconhecia o facto de Cosme Damião ter jogado com a camisola do Sporting (elucidem-me: jogou pelo Sporting?).
Querem o quê? Envergonharem-nos com esta informação? Não acho que seja assim uma vergonha tão grande vestir a camisola do Sporting :)

pedro oliveira disse...

Caro José Garcia,

Vestir a mítica camisola do Sporting não é uma vergonha, é, obviamente, uma honra.
Terá sido isso que Cosme Damião pensou quando a envergou no dia 27 de Agosto de 1910, em Hulva, naquele que foi o primeiro jogo de futebol duma equipa/«selecção» portuguesa no estrangeiro.
O Sporting foi convidado a disputar esse jogo (com o Recreativo local) e entendeu formar uma equipa mista, composta por sete jogadores leoninos, três do Benfica (Henrique Costa, Cosme Damião e Luiz Vieira)e Francisco Bellas do Sport União Belenense.
O jogo disputou-se envergando os portugueses as camisolas bipartidas de verde e branco (o equipamento Stromp) e terminaria com o resultado com o resultado de 4-2, três golos dos sportinguistas Francisco Stromp (2) e António Rosa Rodrigues e um do benfiquista Luiz Vieira.

pedro oliveira disse...

Onde se lê: Hulva; leia-se: Huelva.

Ricardo disse...

Bonita, a história, Pedro. Desconhecia.

Anónimo disse...

Já que nenhum sportinguista ou lagarto se arrisca a contar os títulos, e porque costumo tenho frequentemente esta discussão com um amigo (sportinguista, coitado), tenho sempre à mão estes dados...
Cá vai então o palmarés do clube do lumiar:

http://www.sporting.pt/Clube/clube_palmares.asp

somem lá os títulos do "palmarés principal" (lol) e depois acrescentem 1 ou 2 zeros à direita do resultado...

Gomes

Hcazach disse...

Sei de fonte segura que são neste momento 16001, Kiko Albuquerque acabou de assegurar um 7º lugar na apanha do cocó canino da Quinta da Beloura.

Sérgio disse...

Bem, que idiotice com a estória da camisola, e das datas e do raio que o parta...

Não concordo com a ideia de "acabar" com o sporting, mas a maneira como os sportinguistas se espremem todos para se colocarem acima dos restantes clubes é risível...

Bcool973 disse...

Sinceramente estou-me a cagar para os lagartos e para as alucinações deles. Essa cambada que odeia o Benfica e que nos foi roubar a equipa principal porque não tínhamos dinheiro, que foram convidados pela Uefa porque a Federação Portuguesa de Futebol, esse alfobre de dirigentes fascistas lagartos tripeiros e belenenses, os clubes do regime, informaram a Uefa que deveria convidar o Sporting, apesar do Benfica ter sido campeão, porque nos anos anteriores a maioria dos títulos tinha sido conquistada por uma equipa à beira da decadência. Esses pulhas que por caminhos ínvios desviaram o Livramento e o Ramalhete da equipa do Benfica porque inevitavelmente perdiam ... Enfim, não vale a pena perder tempo com eles, agradeço-te que voltes aos posts sobre o Glorioso e os deixes viver na ilusão, não vão começar a fazer como os suecos

Gonçalo Correia disse...

Gostei pá. Basicamente, é um ataque a todos os que defendem algo que desconhecem ao certo (o facto do Sporting ter 16.000 títulos).

O que não entendes, ou não consegues entender, é que é tão estúpida a afirmação de que o Sporting tem 16.000 títulos sem de tal se ter conhecimento, como criticar esse mesmo número quando... se nada sabe.

Basicamente, um ignorante, a tentar chamar de ignorantes aos outros. Alguém que não faz a mínima ideia do que está a dizer, mas como acha que os outros também não fazem, os critica a eles (e não a si própria).

Ricardo, foi neste dia que o "Ontem vi-te no Estádio da Luz" passou de blogue benfiquista a blog lampião.

E ainda falas tu (e outros) de um suposto "complexo de inferioridade do sportinguista". Viva a coerência.

Descansa em paz (blogue benfiquista). Que um virús te infecte o sistema (blog lampião).

Anónimo disse...

16mil titulos a contar com medalhas de bronze e prata essa é a verdade
A jogar bilhar e o crl a 4 troololooolllllolo

Anónimo disse...

foda-se! que lata... desviar o Livramento por caminhos ínvios??? E o Eusébio meus grandessíssimos cabrões?

Esta conversa é mesmo uma merda. Acabar com o Sporting? Porquê? Para quê? Achas que o teu clube, o nosso maior rival, ganharia muito com isso? Ou ainda não percebeste que a rivalidade é o que mantém os clubes vivos? Admito que gostes mais da rivalidade com os porcos do norte, mas isso só mostra como tu pensas muito pequenino e ignoras 100 anos de uma rivalidade intensa que passou pelos nossos pais e avós e que certamente não vai morrer no teu tempo.

Cresce rapaz! Benfica e Sporting são incomparavelmente maiores do que tu,e tu com estes textos estás cada vez mais pequenino.