domingo, 4 de setembro de 2011

O ecletismo único do Benfica e a quase pena de um Sporting em desespero

Perdido e preocupado com a realidade do Benfica, tenho-me esquecido de proclamar a felicidade que há em ser benfiquista. Já alguém se perguntou sobre o ecletismo do Benfica? 

Se não é caso único, andará muito perto disso. Pelos menos, do ponto de vista competitivo. Que outros clubes mundiais mantêm tantas, tão variadas e tão competitivas modalidades no seu seio? Lembro-me do Barcelona e fico por aqui. O Porto é muito forte nas que tem mas abdicou de várias outras. O Sporting, então, que ainda hoje proclama ser o clube eclético, é um vazio de ideias, com a extinção de várias modalidades, estando a milhas do Benfica, tanto da variedade quanto da capacidade em ser competitivo nas mesmas.

Já pensaram bem nisto? O Benfica tem todas as modalidades mais competitivas e amadas pelo público: futsal, andebol, hóquei em patins, vólei, atletismo, basquetebol, boxe, judo. E todas de forma altamente competitiva. Que outro clube do mundo compete a este nível em tantas modalidades? Falo destas, que são as mais conhecidas, e deixo de lado muitas outras que também merecem todo o nosso respeito e nas quais os nossos atletas participam e fazem orgulhar o clube com as suas conquistas. Além do Barcelona, não me lembro de outro clube que possua este tão vasto leque de dinâmica e saúde competitivas. Se souberem, avisem.

No atletismo, Portugal (o Benfica, quase na íntegra) não ganhou nada. Mas fez bons resultados. E agrada-me especialmente que os grandes atletas portugueses sejam benfiquistas. Há muito que no atletismo o Benfica ultrapassou o Sporting na qualidade dos seus intérpretes. O campeonato nacional desta época só veio reforçar essa ideia. Parabéns, campeões.

Mas, como dizia no início, de tanto me preocupar com o Benfica, às vezes esqueço-me do orgulho que é ser deste clube, deste imenso clube, recordista de sócios em todo o Mundo, eclético, solidário, popular, vitorioso. E esqueço-me da sorte que tenho em não ser de outro qualquer, especialmente daquele clube do outro lado da estrada. Coitados. Cada ano que passa é um suplício maior. 

Com as eleições, lá vieram as esperanças todas outra vez, com o treinador encheram-se de brios e já iam ganhar tudo e mais alguma coisa e depois a realidade, que costuma ser tão fria, trouxe-lhes o desespero que já é a imagem de marca de adeptos e clube. Já sabem que o campeonato "só para o ano" mas ainda não sabem que o cenário ainda será mais negro. Como agora está na moda por esses blogues dizer o que se acertou antes, também vou dizer: nós avisámos. Mas aproveitamos para avisar mais ainda: o Sporting não ficará sequer em terceiro lugar.

E, neste cenário de clube a perder estatuto de "grande" (no futebol, entenda-se), os adeptos, sedentos de alguma coisinha que possam clamar aos céus ser deles, viraram-se para o futsal, modalidade que o Sporting pratica há não sei quantos anos, desde que andava a competir com o "Correio da Manhã", o "Jornal do Fundão" e o "Notícias de Arraiolos", mas que só verdadeiramente atingiu a popularidade e o respeito quando a ela chegou o glorioso. É o normal. 

E, mesmo com os anos e anos que têm a mais, levam uma banhada no palmarés, o que, no fundo, está certo porque a posição natural do Sporting é atrás do Benfica. Mas dizia: começo a ter pena desta gente. Tão ávidos de vitórias, sedentos de algum protagonismo, nem na modalidade que lhes tinha dado umas alegrias o ano passado e que eles pensavam ser a ponte para poderem ganhar aos "lampiões" (eles adoram referir o Benfica, eles respiram Benfica, só pensam em nós), nem assim, pequenos coitados, festejaram. Foram os cabeçudos da festa, como tem sido natural ao longo da História. 

Uma cidade como Lisboa é pequena demais para o Benfica. É, por isso, normalíssimo que os restos que o Benfica vai deixando apenas façam do clube rival isto que ele é: um clube de frustrados, agarrados a qualquer coisa para que uma vitória sobre os os maiores lhes dê nova esperança que logo se acabará, porque sustentada em nada.

E é também por isso que, em ginásio pintado a Benfica, o Presidente dos lagartos teve a reacção que teve. É sintomático: o Sporting é isto: a cabeça baixa, o desespero, a impotência perante o Benfica. Está tudo dito. Aqui:



36 comentários:

Mike Portugal disse...

No ano passado quando perderam o campeonato também vimos os vossos jogadores assim de cabeça baixa.

Mike Portugal disse...

E vocês ainda estão muito abaixo do nosso numero de trofeus. Ainda têm muito que penar para lá chegar perto.

Ricardo disse...

Mike, é muito simples:

BENFICA

- 1 Uefa Futsal Cup
- 5 Campeonatos Nacionais
- 4 Taças de Portugal
- 5 Supertaças


SPORTING

- 7 Campeonatos Nacionais
- 2 Taças de Portugal
- 3 Supertaças

Isto tendo o Sporting mais 10 anos do que o Benfica na modalidade, em que jogava contra os portentos do "Nova Aliança da Brejoeira" e o "Diário de Ranholas".

Mas só assim, sem contar com isso dos 10 anos a mais na modalidade, só assim, como está: acho que é óbvio quem tem o melhor palmarés.

Ricardo disse...

*4 Supertaças para o Sporting

pedro oliveira disse...

Obrigado por este momento de boa disposição.
O Benfica é um clube tão eclético, tão eclético que até tem uma equipa de futebol onde não joga nenhum português.
Continue a apoiar a equipa dos onze estrangeiros e a escrever estes «posts» carregadinhos de humor.
Nota final: Gostou do resultado de ontem no Seixal (1-2)dos seus juniores? Ou vai choramingar e queixar-se que o árbitro não os beneficiou como habitualmente?

Ricardo disse...

Eu é que agradeço, Pedro. O seu comentário serve perfeitamente os intentos que o texto promove.

Benfica95 disse...

O Godinho foi bem apanhado LOL!

Gostaria de trocar links com o vosso blog.
http://mistica-vermelha.blogspot.com/
(aguardo resposta)

pois é disse...

é bem lembrado esse ecletismo, pena foi termos perdido ontem no seixal com esse tal clube que dá pena mas que ainda nos tira um pouco do nosso tempo para escrevermos estes belíssimos posts. E já agora em quantas modalidades foi campeão no ano passado este tão eclético clube?

low desert puke disse...

O pedro oliveira deve passar tanto tempo a regurgitar as entranhas à frente do computador em blogs benfiquistas, que depois nao tem tempo de ir ler umas coisas escritas por alguns adeptos sportinguistas, em blogs seus.

E isto porque? Porque desde ontem li muito sportinguista equilibrado a admitir que o àrbitro apitou mal e sempre contra o Benfica nesse tal jogo de juniores.

Pois é pedro, o silencio inteligente é uma arte antiga e fora do alcance de todos.

Quanto ao post ricardo, bem...està là tudo. Nada mais hà a acrescentar.

Abraço

Mike Portugal disse...

Ricardo,

Tu escreveste este post sobre todas as modalidades e não só sobre o futsal, logo a minha contabilidade é sobre todas as modalidades. E como disse, ainda têm muito que penar para apanhar o SCP.

MM (Manuel H.) disse...

Segundo clube na Europa com mais titulos. Cerca de 16000.
Terceiro clube na Europa com mais tacas Europeias ganhas. 26.
Segundo clube na Europa com a maior representacao de atletas em JO no somatorio de todos os J. Olimpicos, ate hoje.
Unico clube na Europa a par de Barcelona e CSKA com vitorias Europeias em 4 modalidades colectivas diferentes. Uma delas, ha 2 anos, em Andebol.

Contudo, dificilmente o benfica andara atras do Sporting. A distancia e grande demais para isso. Estao muito, muito longe. Tao longe que parecem assim muito pequenos ...

Mas em Futsal, grito que provocou a "revolta" do Ricardo: o mais titulado na modalidade, a frente dos novos-ricos> aqueles que precisam de "roubar" os jogadores das melhores equipas da modalidade. Os do Sporting, la esta. Sao elogios. Nao obstante, bi-campeoes na modalidade. Ha 2 anos, festejado na capoeira. O ano passado festejado com 3 supositorios em 3 jogos, 2 deles, na capoeira. O ano passado, vitoria na final da taca, novamente, contra os do costume, os da capoeira.
Os da capoeira, vencem uma supertaca, um jogo ao fim de 6 ou 7 humilhacoes, e cantam de galo. Esta certo, galinhas, cantar de galo, tudo rola e faz sentido.

Vos nao sao pequeninos.
Sao engracados, como disse o Pedro O. Faz falta ao mundo, bem-haja por tal.

low desert puke disse...

Mas o que levarà tantos e tantos atletas do segundo clube mais titulado da Europa a, mais cedo ou mais tarde, mudarem-se para o Benfica?

Serà por uma questao de moda? Serà o respeito que hà muito procuram? Serà que querem pertencer à melhor equipa na respectiva modalidade em vez de continuarem a viver na decadente altivez de um ecletismo que sò olha para o passado? Passado esse que se baseia no bigode à taberneiro benfiquista do Ezequiel Canàrio, na cueca borrada do Fernando Mamede, na mono-sobrancelha do Joaquim Agostinho ou nos dois campeonatos ganhos pelo Vitor Damas em 25 anos de futebol?

Ou serà pelo dinheiro?
Espero que nao seja pelo dinheiro! Ou isso quererà dizer que o segundo clube mais titulado da Europa, à parte o Manuel Fernandes e o sportinguista Sà Pinto formado em Paranhos, continua a produzir atletas sò olhando aos tìtulos em vez de formar Homens e Mulheres. Os quais, mais tarde, chateiam-se de nao serem considerados Homens e Mulheres como tal, mas apenas produtos de uma fàbrica de cariz desportivo, e partem. Partem para fazerem parte de uma familia ganhadora. Respeitada, logo eles respeitados também (finalmente), e repito, ganhadora.

Um abraço MM. Finalmente. As semanas continuavam a passar e nao davas sinais de vida. Um grande abraço, MM.

SportingSempre disse...

hahahahahah, este texto
e hilariante.

então o Sporting (aquele clube com mais titulos num dedo que o benfica nas duas mãos) tá desesperado?! lol

no atletismo quem escrveu isto só pode mesmo tar a brincar, então somos campeões 15 anos seguidos, voçês ganham este ano irregularmente e "há anos que são melhores?"

tenham noção do ridiculo galinhas.

Mr. Shankly disse...

"O Benfica é um clube tão eclético, tão eclético que até tem uma equipa de futebol onde não joga nenhum português."
Isto é lindo, é como dizer que o Benfica é tão vermelho, tão vermelho, que até tem uma Media Markt no estádio. Ou seja, não faz sentido.
Títulos do Sporting? Aqueles 11ºs lugares?

pitons na boca disse...

"bigode à taberneiro benfiquista do Ezequiel Canàrio"

Mais respeito, sim? É um café, não é uma taberna! E não é só o bigode que é benfiquista. :D

Ricardo disse...

Pois é,

Campeão nacional? Atletismo. Satisfeito? Mas tens mais, se quiseres:

- Taça da Liga (Futebol)
- Taça da Liga (Basquetebol)
- Supertaça (Basquetebol)
- TAÇA CERS (Hóquei)
- Supertaça (Hóquei)
- Supertaça (Andebol)
- Taça de Portugal (Andebol)
- Taça de Portugal (Vólei)

E o teu clube de merda? Ganhou o quê?

Mike, já estou um bocadinho farto de ler essa coisa dos títulos. Quem é que inventou isso? Mostra-me um documento oficial sobre os títulos do Sporting, com eles discriminados. É que 10ºs lugares não contam como títulos.

MM, não há grito que provoque a minha revolta porque não tenho qualquer revolta contra o Sporting - ao contrário de ti, que escreves textos absurdos sobre uma suposta genética de racismo no Benfica. Coisas dessas nunca farei, porque não fazem sentido, são produto de uma qualquer imaginação alienada que, essa sim, advém de uma revolta profunda por um outro clube.

Quanto aos factos, peço-te o mesmo que ao Mike: mostra-me um documento com os títulos do Sporting e discriminados que é para percebermos o ecletismo de tal clube ou se ganharam quase tudo na mesma modalidade.

Volto a dizer: 10ºs lugares não contam como títulos.

E não digas mentiras: se o Sporting é o único, a par do Barcelona e CSKA, a ter ganho Taças europeias em 4 modalidades colectivas, então terá de juntar o Benfica ao lote. É que Atletismo, Futebol, Futsal e Hóquei já as ganharam. Uma delas, em Hóquei, não há dois anos, mas 4 meses.

Sporting Sempre, ninguém escreveu "há anos" - não distorças o que os outros dizem como o típico distorce a realidade para poder continuar a apoiar o seu clube. Coitado, compreende-se, claro, mas não deixa de ser deprimente.

Escrevi "há muito". E uma equipa pode ser melhor que a outra e, ainda assim, perder. Especialmente no Atletismo, onde a a rede montada é muito forte. Sabes, é que ter um tal Moniz Pereira ainda vale muitos créditos...

Mike Portugal disse...

Não quero que te falta nada Ricardo.
No site do SCP tem lá tudo, dá é bastante trabalho a ver porque eles não centralizam os títulos todos no mesmo sítio.

Eis o principal palmarés:
http://www.sporting.pt/Clube/clube_palmares.asp

Mas não é só este, não tenho paciencia de andar a postar as outras paginas.

Mr. Shankly disse...

Obrigado Mike. Contei 401. O MM fala em 16.000. Cadê os outros 15600? E repara que dou de barato o facto de andarmos a contabilizar títulos em camadas jovens e femininos.

Ricardo disse...

Quero um documento oficial que não seja dado pelo Sporting, Mike. De qualquer forma, fui contabilizar os dados disponibilizados pelo clube.

Bem, descontemos os títulos da formação que esses não contam para o palmarés profissional.

Femininos e Masculinos, o Sporting tem, no palmarés profissional (é assim que o próprio clube o designa), 362 títulos. É o que está lá. Se quiserem, vão fazer as contas.

Ora, o MM fala em 16.000 títulos. Onde estarão os restantes 15.638?

Mike Portugal disse...

É como vos digo, a informação não está toda no mesmo sítio. O proprio clube não mostra todos os numeros no site (o que é um pessimo serviço).

Ricardo,

Documentos oficiais não dados pelo SCP, penso que só com as respectivas federações de cada modalidade.

Tens aqui um copy/paste de uma edição do jornal O Jogo de há uns anos que dá como total a quantia de 13.159 títulos:

Futebol
18 Campeonatos Nacionais
18 Campeonatos de Lisboca
13 Taças de Portugal
5 Supertaças candido de Oliveira
4 Campeonatos de Portugal
1 Taça das Taças


Andebol

17 Campeonatos Nacionais
13 Taças de Portugal
2 Supertaças de Portugal




Atletismo

43 Campeonatos Nacionais de clubes de pista masculinos
11 Campeonatos Nacionais de pista coberta masculinos
44 Campeonatos de cross masculinos
4 Campeonatos Nacionais de cross curto masculinos
5 Taças de Portugal de pista masculinos
35 Campeonatos Nacionais de pista femininos
12 Campeonatos Nacionais de pista coberta femininos
3 Campeonatos Nacionais de cross femininos
6 Taças de Portugal de pista femininos
49 Campeonatos Nacionais individuais de cross masculino
4 cameponatos Nacionais individuais de cross curto masculino
2 Campeonatos Nacionais invidivuais de cross curto feminino
14 Taças dos Campeoes Europeus
11 Campeonatos Europeus de cross individual
1 Taça dos Campeoes Europeus de pista
3 Mundiais de corta-mato
1 Medalha de ouro nos jogos olimpicos (maratona)
1 Medalha de outro nos mundiais de pista em 100m e 200m (Francis Obiq)
1 Medalha de prata nos mundiais de pista em salto e cumprimento (Naide)
1 Medalha de prata nos jogos olimpicos (100m)
1 medalha de bronze nos jogos olimpicos (1500m)
2 Medalhas de ouro nos europeus de pista coberta (1500m)

Futsal

7 Campeonatos Nacionais
2 Supertaças de Portugal
1 Taça Portugal

Hoquei em Patins

7 Campeonatos Nacionais
4 Taças de PT
2 SUpertaças de PT
1 Taça dos campeoes
2 Taças das taças
1 Taça CERS


Basquetebol

8 campeonatos nacionais
5 taças de PT


Ciclismo

139 titulos de seniors
22 titulos em voltas a PT


Voleibol

5 Campeonatos nacionais de seniores masculinos
3 Taças de PT de seniores masculinos
2 Taças de PT de seniores femininos


As 20 modalidades com mais titulos

Atletismo- 5499
Nataçao- 1913
Ginastica- 1772
Tenis de Mesa- 629
Luta- 590
Tiro à bala- 544
Ciclismo- 241
Bilhar- 237
Pugilismo- 213
Futebol- 180
Patinagem- 152
Tiro com arco- 134
Andebol de 7- 107
Basquetebol- 94
Tenis- 90
Full/Light Contact- 85
Voleibol- 68
Hoquei em Patinhas- 68
Xadrez- 65
Halterofilismo- 64

TOTAL- 13 159
Total em 40 modalidades

O terceiro maior na Europa do desporto
" O Sporting é o terceiro clube europeu com mais taças europeias conquistadas (21), sendo apenas superado por Barça e Real Madrid. A distribuiçao de titulos é a seguinte:"

Futebol (1)

1 Taça das taças em 1964


Hoquei em Patins (5)

Taça dos clubes Campeoes Europeus em 1977
Taça dos vencedores das Taças em 1981-1985-1991
Taça CERS em 1984



Atletismo (15)

Taça dos Clubes campeoes europeus (corta-mato) em 1977-1979-1981-1982-1983-1984-1985-1986-1989-1990-1991-1992-1993-1994
Taça dos clubes campeoes Europeus em pista em 2000


in OJOGO, ediçao especial de 2006-07-01

Ricardo disse...

Mike, isso é para rir?

Tenho mesmo de argumentar ou a piada está demasiadamente evidente no texto?

Mike Portugal disse...

Todas as modalidades contam, não só as que te interessam.

Edson Arantes do Nascimento disse...

Mas vale a pena andar a discutir o tema dos títulos com estes camafeus? É deixá-los ganhar... São quantos mesmo? 16 mil? Epá parabéns, do fundo do coração.

Só tenho pena, neste texto, que não se faça qualquer referência à direcção do Benfica que permitiu revitalizar todas estas modalidades.

Mesmo não sendo partidário do LFV, tenho defendido que são evidentes as apostas de sucesso em algumas vertentes do clube, que resultaram em iniciativas com bastante valor.

A aposta fora do futebol, espelhada, por exemplo, na construção de dois pavilhões e uma piscina na mesma leva do estádio foi uma decisão que mereceu o meu forte aplauso. Até porque foi única e com o sucesso que se conhece.

Penso ser uma questão de justiça, acima de tudo.

Ricardo disse...

Estou a ver que vou mesmo ter de explicar. Não se trata de contar todas as modalidades - é lógico que devem entrar nas contas todas as modalidades e os troféus de seniores que as mesmas conquistaram.

Há muito para pegar nesse texto que meteste. Mas limito-me a uma pergunta sobre uma modalidade, que é a mais titulada do Sporting: se os títulos discriminados na lista (cerca de 250; fiz as contas por alto), já incluindo medalhas olímpicas que não são troféus do Sporting, onde raio vão buscar os 5499(!) troféus conquistados? Não me digas que não pensaste nisto!? Ou ainda: que espécie de coisa é: "22 títulos em voltas a Portugal"? Ou "139 títulos de seniores"? Natação - "1913" títulos? Em quê? Nos mundiais da Falagueira?

A sério que não achas isto estranho? Alguém que saiba como se contabilizaram esses títulos que responda.

Eu acho que o Benfica tem 50.000 títulos e é o mais titulado clube do Mundo. Só porque sim. Por exemplo, só no tiro ao arco para cegos tem para mais de 10.000 títulos em provas tão importantes como o congresso de atiradores do Cacém e os treinos de captação para os infantis.

Portanto, contabilizam-se os títulos do Atletismo e são, mais coisa menos coisa, 250. E depois aparece que o Sporting venceu 5499 troféus. É só a mim que isto causa espécie?

Diego Armés disse...

É deixá-los e ao seu orgulho nos milhares - que digo eu?, milhões! - de títulos que têm. Eu, Benfiquista, digo isto:

1) não trocava (posso inserir aqui um LOL? Não? Hum, pena...) o nosso palmarés por essa amostra;

2) acho que temos poucos títulos. E serão sempre poucos enquanto não chegar o dia em que vençamos tudo. Sempre.

PS - Concordo com o que diz o Edson.

Ary Agostinho disse...

como não criticas nada do Benfica neste texto, vou usar contigo o mesmo que tu usas com os outros: carneiro, mémé, vieirista, acéfalo, labrego, acrítico, vendido...

Ricardo disse...

Também concordo, Diego. Há que admitir que tem havido um esforço grande para manter todos os pratos a mexer (leia-se: modalidades competitivas). Com erros, aqui e ali, opções duvidosas, às vezes, mas o pano de fundo tem demonstrado ser a defesa dos valores ecléticos do Benfica e a vontade de manter ao máximo todas as modalidades a um nível intenso. Sou muito crítico desta Direcção, como todos sabem, mas neste particular dou os Parabéns a quem dirige o Benfica.

Aos sportinguistas que tão depressa vieram apressados defender a sua dama mas que agora, quando o assunto é EXPLICAR QUE MENTIRA É ESTA DOS 16.000 TÍTULOS, desapareceram todos, a minha sincera compreensão: não há como justificar o injustificável.

Só vos peço um favor: não andem com esta treta nos lábios sempre que querem defender alguma coisa. "Ah ganharam no futsal? Pois, mas nós temos 300.000 títulos!". A sério, sejam honestos convosco próprios. Eu compreendo a frustração de serem adeptos de um clube em ruínas mas procurem outros argumentos, construam vós próprios o futuro do vosso clube (convém não votar em marias amélias, ajuda bastante).

Ainda gostava de saber quem foi o inventor desta dos títulos. Genial.

Mike Portugal disse...

Só um detalhe Ricado: medalhas são e devem ser considerados como troféus.

Quanto aos numeros, sei que houve um trabalho feito há uns anos atrás que indicava o Barça como nº1 em títulos e o SCP como 2º. Não sei como foi feito nem é a minha especialidade. Tudo depende do critério que foi usado para contar os títulos.

Mas acredita perfeitamente que o SCP tenha os tais 13.000 que se fala.

pedro oliveira disse...

Vou comentar, novamente,este «post» para especificar algumas coisas que terão ficado menos claras no primeiro comentário.
Fará sentido falar de ecletismo quando depois se joga com onze estrangeiros na equipa de futebol e não se tem nenhum jogador convocado para a selecção nacional? De que vale terem uma secção de matraquilhos (ou de voleibol,ou de futsal) se depois os atletas que vos representam são,maioritariamente, estrangeiros? Não seria melhor apostarem em duas ou três modalidades e fazerem um trabalho de formação nessas modalidades que lhes permitissem colher frutos?
Por exemplo o Sporting é bi-campeão junior de andebol e anos houve (há duas épocas, por exemplo) que foi campeão nacional de futebol em todos os escalões. Jogadores como Rui Patrício, Cédric ou Nuno Reis foram campeões pelo Sporting em todos os escalões, onde estão os exemplos benfiquistas?
Quanto aos números de futsal que apresenta, lamento dizer, mas estão martelados.
Socorro-me d' A Bola de ontem, p. 28, sob o título: «Benfica já morde calcanhares ao experiente rival de Lisboa» (o título diz tudo, não é, Benfica morde... quem costuma morder? «ao experiente rival»). Depois diz-nos o seguinte; o Sporting tem o dobro dos campeonatos, 10 vs. 5 e apenas menos uma taça de portugal,uma supertaça e uma taça uefa; 3 vs. 4, 4 vs. 5 e 0 vs. 1, respectivamente,portanto, Sporting 17 títulos,Benfica 15.
De realçar que o ano passado o Sporting venceu tudo em Portugal e foi vice-campeão europeu; o Benfica embora tenha sido uma das quatro equipas que poderia ter conquistado a Uefa Futsal Cup, ficou em quarto,contando por derrotas todos os jogos efectuados.
Para terminar, não falarei de títulos,nem de palmarés nem de grandeza (basta comparar os dois museus oficiais do Sporting,em Lisboa e Leiria com o vão de escada onde o Benfica arrecada os poucos troféus que possui); falarei de um sportinguista, João Martins,que deu o campeonato de 1954/1955 ao Benfica. O Benfica disputava o título com Belenenses; a clube de Belém se vencesse o Sporting seria campeão,a quatro minutos do fim,vencia por 2-1,Martins marca, então, o golo do empate. O Benfica seria campeão e Martins, no final do jogo, foi, emocionado,pedir desculpa ao capitão do Belenenses, com lágrimas nos olhos,como grande Homem e Desportista que era.
Jogou durante doze anos,disputando 454 jogos e marcando 258 golos, não sofreu sanções disciplinares durante toda a carreira, tendo, por esse motivo, recebido a Medalha de Exemplar Comportamento Desportivo da FPF.
São Homens como João Martins que nos mostram o que é o Sporting, outros clubes têm os Calabotes e os Lucílios Baptistas que lhes vão dando troféus dos quais se «orgulham».

Ricardo disse...

Mike, discordo. As medalhas são ganhas pelos atletas enquanto representantes pelo seu país. É como dizer que o Sporting foi à final do Euro 2004 - não faz sentido. Mas isso é de somenos: pelas contas apresentadas, o Sporting contabilizou 7 troféus por medalhas ganhas pelos seus atletas em representação da Selecção. Num universo de tantos milhares, é peanuts.

Um trabalho feito por quem, Mike? Como, com que objectivo, usando quais critérios, contabilizando o quê? Portanto, posso concluir que tu não sabes justificar o número - afinal é 13.000? O MM fala em 16-000; isto é consoante a forma como se acorda?

Como é que tu podes acreditar "perfeitamente que o SCP tenha os tais 13.000 que se fala" se nem consegues rebater o que eu disse? Então eles contabilizam 250 títulos seniores (masculinos e femininos) e depois apresentam 5500? Mas isto faz algum sentido?

Não, Mike, acredito perfeitamente que tu queiras, perfeitamente, acreditar. Porque sim. Porque serve de muleta numa qualquer discussão, especialmente por esta altura, em que a realidade leonina é de tal forma pobrezinha que há que encontrar maneira de elogiar alguma coisa e não sair por baixo.

Eu acredito perfeitamente que o gajo que inventou isto é um bom gestor de recursos humanos e muito entendido em marketing e publicidade. O que me espanta é que as pessoas repitam à exaustão factos absurdos e impossíveis de sustentar.

Mas cada um saberá o que diz.

Ricardo disse...

Pedro, você é um lírico. E um tipo bem talhado para a política. Como não tem argumentos, fala-nos de outras coisas, na esperança de que alguém se esqueça do teor da conversa.

Quem o lê é quase forçado a admitir que no Sporting se privilegia a utilização de portugueses. Mas depois vamos ver a provável equipa titular do Sporting para esta época e temos o quê? Um, dois, três portugueses? Isto em futebol. No resto da modalidades, claramente o Pedro demonstra ignorância. Vá ver as equipas do Benfica e vai sair surpreendido.

Quanto ao exemplo que é a formação do Sporting, deixe-me rir um bocadinho. Tal como no Atletismo, em que as vénias reverenciais a Moniz Pereira ultrapassam, muito, a mera simpatia e respeito, na formação temos também atingido a coisas muito curiosas que explicam bastantes títulos. Afinal, até já nos roubaram um título de juniores à pedrada. Mas, Pedro, veja como as coisas se fazem na formação:

http://www.youtube.com/watch?v=S2i7HdtXui4&feature=related

Extraordinário, não é? Tanto erro e só para um lado há-de ter sio azar, dia mau do árbitro, o acaso. Claro que sim.

Em relação ao futsal, aconselho-o a saber do que fala. O texto d´"A BOLA" reporta a toda a competição, mesmo quando se chamava "Futebol de 5". Desde que a modalidade se apelida de "Futsal", e mesmo tendo o Sporting mais anos do que o Benfica na mesma, o Benfica tem um palmarés superior.

Também gosto que o Pedro nos elucide sobre as campanhas europeias do ano passado: o Sporting ficou em segundo, Benfica ficou em quarto. Muito bem. O que o Pedro não diz - e é compreensível que não diga, tal é o facciosimo - é que, no ano anterior, o Benfica conquistou o caneco que o Sporting anda há mais de uma década à procura só que não tem estaleca para o conseguir: o de campeão europeu. Título esse, que na contabilizadezinha portuga dos campeonatos, taças e supertaças, faz pender a balança para o Benfica de forma irreversível. Ganhem lá um caneco destes que o vosso palmarés torna-se melhorzinho.

"Para terminar, não falarei de títulos,nem de palmarés nem de grandeza (basta comparar os dois museus oficiais do Sporting,em Lisboa e Leiria com o vão de escada onde o Benfica arrecada os poucos troféus que possui)"

Pois não fala, não. O Pedro não fala porque não pode falar. O Pedro não fala porque sabe que é mentira. Mas como ninguém tinha posto em causa essa falsidade e os sportinguistas andam todos cantando a mesma lenga-lenga, o Pedro lá meteu na cabeça que afinal tinha 16.000 títulos no palmarés, mesmo que lhe expliquem que é impossível tal coisa. O Pedro não fala? Pois não fala, não. O Pedro não sabe explicar, mas finge muito bem para dentro de si que tem estes títulos todos. Só não lhe peçam para explicar como e quando o Sporting os ganhou, porque isso ele não sabe. Nem interessa, sequer.

Comovente, a história que o Pedro nos traz. E assim, com este belo naco de prosa, o Pedro justificou o "que é o Sporting" em detrimento dos outros, dos malandros. O Pedro acredita nisto porque, quando era criança, alguém lhe disse que o Sporting era um clube diferente. De princípios. E ele leva isto até à campa. E, quando a realidade o fere de morte, quando o seu clube em ruínas lhe causa desesperos, quando os outros ganham mais e quando os outros põem em causa as mentiras que os sportinguistas vão dizendo em relação a títulos ganhos, o Pedro, "para terminar", não fala de títulos - que isso exigia argumentos válidos, coisa que o Pedro não tem -, decide falar de homens dignos, que só existem no Sporting, em mais nenhum.

Quase pena, Pedro. Tenho quase pena. Mas sei que se isto estivesse ao contrário, vocês andavam a cantar de galo como histéricas com o cio.

Quase. Quase, quase. Mas, no fim, dá-me muito gozo.

Mike Portugal disse...

"Um trabalho feito por quem, Mike? Como, com que objectivo, usando quais critérios, contabilizando o quê? Portanto, posso concluir que tu não sabes justificar o número - afinal é 13.000? O MM fala em 16-000; isto é consoante a forma como se acorda?"

13.000 é o numero que está no placard de promoção no estádio.
Já não me lembro quem apresentou os numeros, pois já foi há uns 5 anos.

Tens aqui uma pagina com mais detalhes: http://www.centenariosporting.com/index.php?content=1115

Ricardo disse...

Obrigado, Mike. Ao menos tu tentas fundamentar esta coisa dos títulos - isso já é um ponto grande de avanço em relação aos restantes.

A página que puseste aí fala-nos dos títulos do Sporting, como já tinham estado em cima. Pela contabilidades dos mesmos, que fiz mais uma vez por alto, são umas boas centenas, talvez chegue ao milhar. Os 16.000 (ou, vá, os 13.000) é que não se compreendem.

Mike Portugal disse...

Não te sei dar uma resposta mais fundamentada, pois só o clube é que tem essa informação e ela não está completa no site.
Sei que havia uns quantos que para mim não eram títulos, pois eram participações com 5ºs lugares e tais mas que apareciam numa contagem de títulos.

No entanto não me custa nada acreditar no nº 13.000, dependendo do tipo de contagem que é feito. Podem estar a contar todos os escalões desde sempre, por exemplo. Eu duvido que os clubes (todos) tenham esta informação toda em computador, pois antigamente era só dossiers, daí não aparecer no site.

Seria uma tarefa gigantesca recolher isto e não sei como é que a fizeram há 5 anos. Lembro-me de ter ouvido na Radio Renascença que se tinha feito essa contabilidade, mas não me lembro de quem a fez nem como. Sei que não foi o próprio SCP, pois não tinham como saber quantos trofeus tem o Barcelona. Ou foi um jornal ou um instituto de estatistica qualquer.

Ricardo disse...

Concordamos em quase tudo.

Concordamos que a informação está incompleta. Concordamos que é ridículo meter 5ºs lugares em forma de títulos. Concordamos que se podem contar todos os escalões (desde que devidamente identificados). Concordamos que seria uma tarefa gigantesca recolher todos os dados.

Só não concordamos na crença. Tu acreditas que "não custa acreditar no nº 13.000", eu acredito que custa e muito. Porque é mentira. Muito menos acredito que é tão fácil andar com essa conversa em todas as conversas quando ninguém (pelo até agora) sabe quantos são.

Só que é mais fácil dizer frases gloriosas. Não dá trabalho e dá muito jeito em conversa.

Só que isso não faz escola. Ou não devia fazer.

Gonçalo Correia disse...

Tu realmente tens uma obsessão qualquer com o Sporting (há quem lhe chame complexo de inferioridade, outros dirão que é pura e simples parvoíce).

Chega a ser doentio, esta tua preocupação crónica com a maior (e, essencialmente, melhor) Instituição Desportiva Portuguesa.

Quanto ao futsal... Pouco há que os bi-derrotados possam ensinar aos bi-campeões. Fica para uma próxima.

Mas deixa-me explanar só um ponto em específico, que tu referes:

"Desde que a modalidade se apelida de "Futsal", e mesmo tendo o Sporting mais anos do que o Benfica na mesma, o Benfica tem um palmarés superior."

Interessante, a tua noção de que os títulos do Sporting em futsal só contam quando a modalidade se deixou de chamar futebol 5, para se passar a chamar futsal.

Pena que não apliques essa tua lógica em outras coisas (bem sabemos as quais). Porque o futebol de 5, tem a mesma identidade e a mesma ideia de jogo do futsal...

Não te faz lembrar nada? Que tristeza, rapaz...