terça-feira, 27 de maio de 2014

Montanha Russa Vieirista em directo na RTP

A entrevista ao LFV hoje na RTP tinha tudo para correr de feição ao presidente do Benfica, não fosse a sua incapacidade para tal.

Contrariamente a outros anos, percebeu-se que cada vez mais as suas entrevistas são bem preparadas. É uma evolução.

O problema começa quando as respostas estão bem preparadas mas não correspondem com a verdade do Sr.Presidente. A partir daí as incoerências, imprecisões e deslizes começam a ganhar forma e a entrevista rapidamente passa de um tom seguro para um momento de sobrevivência.

O sucesso da época e certas frases chave utilizadas irão distrair muitos, a maioria até. Esta entrevista passará como um grande momento do presidente. Aliás, até a entrevista no início da época foi considerada por muitos como uma bênção dos deuses, até essa.

À superfície foi um bom desempenho. Quem quis ver além da superficialidade encontrou-se numa história toda ela turbulenta.

Tivemos desde a incoerência sobre a transmissão de jogos que não os do Benfica, à mentira sobre a não transmissão de jogos de outros clubes, à gravidade da contradição de um valor anunciado à CMVM, à necessidade de recorrer a frases e ideias feitas sempre que o assunto apertava, à incoerência na posição que revelou face à Olivedesportos relativamente à posição pública de um dos seus vice-presidentes, e muito muito mais.

Já agora. É complicado acreditar que alguém não se lembra de algo quando logo de
seguida diz que esse algo é o motivo de um fosso criado entre dois clubes.

Pelo menos ficámos a saber que o seu melhor momento enquanto presidente ocorreu antes de ter sido eleito, que um dos primeiros objectivos da próxima época é ficar em 3º no grupo da Champions, que o Jorge Jesus fica, que o Rodrigo e A.Gomes garantidamente não ficam, que o Siqueira dificilmente fica e que o presidente reforça a sua afirmação de que não tem culpa quando a equipa perde porque não dá toques na bola, com a afirmação de que o triplete é responsabilidade de todos e que nas derrotas ele é sempre o primeiro a arcar com a responsabilidade.

Para amantes da arte foi algo extraordinária, talvez mais uma homenagem ao trabalho da Paula Rego.

14 comentários:

Classe Baixa 1904 disse...

Eu nem me considero um anti-vieira, mas de facto estas entrevistas são muito fracas. Por exemplo, que pensar de um presidente que diz que esta foi a época em que esteve mais próximo da equipa? É que o oiço dizer patacoadas destas TODOS os anos ("vou delegar menos" etc etc). E, mesmo que fosse para levar a sério, é coisa que se diga à 10ª temporada à frente do clube? E, só por mero acaso, naquela de maior sucesso?

E não fiquei muito contente com os paninhos quentes para o fócul e o mostrar os dentes aos lagartos. É que foda-se, é inqualificável uma aproximação àquela escumalha.

luis disse...

Enquanto o Povo Benfiquista não tiver um Presidente na Instituição que faça valer aqueles 51%, com um discurso vindo do coração, com improviso, simples à Benfica... isto de união só se for pelo negócio. É triste que ao fim de 14 anos com os resultados desportivos que todos conhecem não querer entrar em polémicas e mais uma vez lembrar-se da palavra "ingratidão" ao comentar o poder do olibeira e o tal sistema montado ainda quando existia alvercaSad ;)
Deu-me o cheiro que este mandato tem como 1º objectivo, o negócio televisivo e o arrumar duma união para as próximas décadas televisivas. Em bicos de pés, está tudo bem, porque estamos em ano de Escudo na Camisola.
Mas é bom lembrar que o Presidente que inaugurou o Estádio foi o Manuel Vilarinho. Porque daqui pouco até esse facto histórico é limpo.
1º injectou-se o pai como sendo o Mário Dias, empregado do Victor Santos ;) Teve "quase" dizer aquilo que sempre foi, a sua 1ª intenção com o sócio, construir o Estádio na sombra da Paixão do Vilarinho... até ao observar da humildade dum nascido no Bairro da Furnas só dá vontade de rir. A mim e pelo menos ás tartarugas :)

Glorioso abraço Campeão Daniel

Benfica Todos Tempos

Pulha Garcia disse...

Não percebo tantos ataques ao Vieira.

Se o ponto é que ele percebe pouco de bola (basta recordar que a primeira decisão dele à frente do futebol do Benfica foi trocar o Marchena, com 22 anos, pelo Zahovic lesionado e com praticamente 30) até posso concordar. A partir daí dou grande mérito ao Vieira, até porque delega o que não sabe. Tem conseguido dotar as equipas do Benfica de grandes orçamentos (com os quais pagamos Gaitans, Rodrigos, etc) finalmente estabilizámos com um treinador de ataque e que valoriza jogadores, o desgaste nos nossos adversários é notório, temos um estádio, centro de estágios, um pavilhão, um museu, um canal de televisão que é fonte de receitas (e não apenas para gastar dinheiro). Tenho algumas críticas a fazer ao Vieira, uma delas ao passivo mas reconheço obra feita e estou MUITO agradecido pelo que tem feito pelo clube. Já foi 3 vezes campeão contrariando o pior período da nossa história desportiva que encontrou quando chegou à presidência. Muito obrigado, presidente. Assim, com 3 títulos por ano, conte sempre com o meu voto e a minha presença em Turim, Amesterdão, etc...

Kiddo! disse...

A merda que mais me irrita no LFV é ele achar-se o salvador do Benfica!!

Anónimo disse...

Como em qualquer empresa tuga que se preze, os danos da gestao do vieira so vao ser analisados quando ele de la sair. Ate la... o rei vai nu

luis disse...

@Campeão Pulha Garcia, delegar sempre ele delegou desde que entrou com a pasta da bola na mão na sombra do Manel;)
Tanto o Za,o Drulo,J M Pinto e o esqueleto foi formado pelo beiga ainda escondido. Com a vinda do Simão, o agente que transaccionou o JVP mais tarde até fez outras histórias de embalar.
É um facto que fez obras. Não querendo ser ingrato, muitas que pela evolução dos tempos teriam que ser feitas. Porque aquela ideia que o Benfica acabava. aqui para este imbecil não pega ;)
Os caminhos é que podiam ser difrentes. Por exemplo a derrota do Tadeu, trouxe prejuízos incalculáveis. Mas lembrar-me que o seara estava naquela lista de 1997...neste momento com a careca descoberta, o artista também não passa de uma lebre vaidosa ;)
Quanto ao treinador de ataque, com coerência e sem tiros nos pés pela parte da "estrutura sadica" andarias próximo do penta campeonato.
Delegar na Âncora já foi por causa da corrosão dos tempos ;) Imagina tu que até lhe chamou verdinho...

nota: JJ até faz milagres com a suas ciências. Agora em termos de comunicação, estão feitos um para o outro. Muita canelada leva a História da Instituição :)

Glorioso abraço Pulha e com pregos Garcia, 2014 anos de garantia :)

Benfica Todos Tempos

Ricardo disse...

«Não percebo tantos ataques ao Vieira.»

Podia ficar aqui o dia todo a dar razões para os «ataques» ao Vieira, muitos que extravasam a sua total incompetência desportiva e financeira. Questões ligadas ao que é o Benfica e o que este aldrabão tem feito à nossa História. Pulhices. Das piores. Deixo-te apenas a razão número 1: Vieira é um Presidente ilegal; não preenche estatutariamente os requisitos para ser Presidente. Um benfiquista que aceita ter um Presidente ilegal, que olha para o lado neste assunto, é diferente de um portista que aceita ganhar com corrupção em quê?

Pulha Garcia disse...

Luís,

um abraço glorioso para ti, 3 dedos esticados. ("com pregos Garcia, 2014 anos de garantia " ahahahaahahahahaha)

Ricardo,

"Um benfiquista que aceita ter um Presidente ilegal, que olha para o lado neste assunto, é diferente de um portista que aceita ganhar com corrupção em quê?" surreal a fantasia da tua argumentação. Vieira ganha nas urnas e portanto está legitimado pelos Benfiquistas em cada mandato que faz. O Benfica são os Benfiquistas. O Benfica é aquilo que os Benfiquistas querem que seja. Lamento que odeies o teu próprio presidente (ainda que compreenda algumas críticas) mas lamento ainda mais que não aceites democraticamente as escolhas de outros benfiquistas os quais, por definição, estão em maioria face a ti quanto a este assunto. Releva se quiseres a questão estatutária, a verdade é que os Benfiquistas no dia das eleições não têm valorizado essa questão como importante. O Damásio e o Vale e Azevedo eram estatutariamente perfeitos. O Godinho, nos lagartos. Continuamos?

Mesmo que houvesse alguma irregularidade no cumprimento dos estatutos colocas a questão ao mesmo nível que os corruptos que apoiam Pinto da Costa no seu crime organizado?!!! A sério, só te respondi porque sei que és grande benfiquista, tal como tu adorava o Valdo, tenho a certeza que poderia conversar contigo horas a fio sobre Benfica mas se o teu problema é ódio puro, aí não há nada a fazer.

Eu não passo cheques em branco ao Vieira mas com estes dados em cima da mesa tem todo o meio apoio. Nas urnas, no estádio, na Europa. Tenho 36 anos, mais de 25 anos de sócio, é expectável que dure mais uns tempos.

Abraço glorioso.

Ricardo disse...

Pulha, não tenho qualquer ódio. Tenho amor ao Benfica. Tenho amor à História do Benfica. O Vieira não pode ser Presidente do Benfica - isto para mim é inadmissível. Se há quem o aceite, eu não o aceito. É simples e está explicada a minha "luta" desde há anos a esta parte. Quem não concorda, refute os argumentos. Mas tu não refutas esta questão; dás-lhe a volta, falando em legitimidade democrática. Não pode haver legitimidade democrática se uma pessoa é eleita sem cumprir estatutariamente os requisitos para tal.

No entanto, essa é só uma de muitas. As outras têm sido aqui exploradas recorrentemente. E, assumindo que nenhuma questão de valores benfiquistas interessa aos adeptos do Benfica (e, de facto, interessa muito pouco para a grande maioria - aqui está a comparação com os portistas), Vieira ganha? Vieira tem sucesso? Não, Vieira é um perdedor nato, arruinou as contas do clube e manchou de vergonha a nossa História.

É, com Damásio e Vale e Azevedo, o pior Presidente da História do Benfica.

Abraço glorioso.

chakra indigo disse...

Ricardo, sendo ilegal a numeração do LFV, o que muitos defendem, e eu já li sobre isso, porque ninguém avançou até hoje com uma impugnação, ou um processo judicial para provar esse alegado facto?

Existem muitos sócios do Benfica com capacidade para seguir essa via e ainda ninguém o fez.-será por duvidarem da veracidade dessa estória?

Eu acho que cada sócio do nosso Clube é livre de apoiar ou não os orgaos sociais, mas será util. como Benfiquista, fazer "campanha" permanente não contra o Vieira, mas contra o Presidente dos Benfiquistas?

Eu sou contra o unanimismo, porque leva á falta de espirito critico, ao comodismo e ao conformismo,e quando não existem alternativas crediveis pode instalar-se uma cultura de Rei Sol, mas o que LFV tem feito deve ser merecedor pelo menos de alguma consideração .
Com maior distanciamento, a historia fará o seu julgamento do papel de Vieira no nosso Clube.
Viva o Benfica!

Daniel disse...

Pulha Garcia, não podia estar mais em desacordo com a tua linha argumentativa.

A Democracia e um sistema democrático são regidos por regras, não somente por número de votos.
A Democracia funciona quando todos os requisitos são cumpridos.
A questão não é só o facto de o LFV ser eleito pelos sócios mesmo não sendo estatutariamente elegível. A questão é essa, a questão é os sócios ignorarem os estatutos do clube e a questão é também a forma como os estatutos foram alterados para eliminar a concorrência. Portanto temos neste momento um presidente que governa acima dos estatutos, estatutos os quais afastam a sua concorrência.

Portanto quando ouve muita gente dizer "Se não votar LFV, voto em quem?" é porque todos são alvo dos estatutos do clube menos o presidente. Acha que é assim que está a funcionar a democracia?

E quanto à comparação com os dois antigos presidentes.
Você diz que o tivemos dois péssimos presidentes que respeitavam os estatutos e que isso prova que não o fazer pouco significa.

Sabe o que eu lhe digo? Nós tivemos dois presidentes que agora são odiados pelos sócios. Esses dois presidentes foram eles eleitos e defendidos pelos sócios. Exactamente como acontece com o LFV.

Eu se vejo uma pessoa a mentir à descarada, começo a pensar duas vezes sobre tudo o que ela diz. Não percebo porque é que perante as mentiras do LFV anda tudo a assobiar para o lado.

Para terminar, quanto à questão da grande maioria de sócios que apoia LFV e da amostra residual de quem não apoia... Lembre-se de uma coisa, não sabemos quantas pessoas votam em quem. O que sabemos é que temos mais uma abominação estatutária no que refere ao número de votos por sócio. O que sabemos é o impacto que os votos das casas do Benfica têm.

E sabe quanta gente se recusa a voltar a pagar quotas enquanto estiver lá esta direcção? Concordando ou não com esta posição, ela existe e não pode ser ignorada. E esses continuam a contar como sócios lá para o número de mais uma promessa.
Só para lhe mostrar como apoio a LFV não são aqueles 80 e tal por cento dos votos que vimos nas eleições.


E olhe, quanto mais penso naquela entrevista, mais repulsa ganho. Mais uma para a colecção. Este final de época não merecia algo assim.

Abraço glorioso

David Duarte disse...

A legitimidade em democracia não são apenas as urnas. Essa é apenas uma pequena parte (veja lá, Pulha, que até nas ditaduras existem eleições). A legitimidade em democracia assenta no respeito do Estado de Direito. As eleições não superam as leis fundamentais, pelo contrário, as eleições apenas têm sentido democrático quando são a consequência do respeito da Lei.

Este principio é essencial porque ele assegura que a obediência civica se deve não a uma pessoa mas à impersonalidade e universalidade da Lei. Ao não respeitar os estatutos, ao não respeitar a Lei o Vieira transformou o poder no Benfica numa autocracia, associou o poder à sua vontade.

Pulha, isto é objectivo. Se Vieira fosse um lider politico e o Benfica um Estado, o seu regime seria qualificado de ditatorial... e quantos ditadores apresentam o argumento das eleições para dizerem que têm legitimidade democrática!

Nené disse...

Caro Ricardo,

Quando não queremos reconhecer o logro, enfeitamos o mesmo.
Que o nosso presidente não tem a eloquência do bruno carvalho, não tem. Mas tem muito mais frontalidade e demonstra ser muito mais honesto do que o presidente dos viscondes falidos.
Quando vens para aqui elogiar o b.carvalho, dizendo que nunca é tarde para acreditar num presidente que faça as coisas de maneira diferente, tens de escolher um exemplo melhor. O presidente do lagartedo é um mentiroso, um vigarista de meia tigela, um demagogo do piorio. De certeza que não quererias isso para o Benfica.
Escrever que o presidente LFV é um dos piores da história do Benfica é não te lembrares onde estava o Benfica depois de Damásio, J Brito, J Santos e JVAzevedo. Estávamos à beira de desaparecermos. Os corruptos faziam gato sapato, controlavam (como ainda controlam em grande parte) a totalidade dos clubes, dirigentes e orgão desportivos, para não falar dos jornalistas.
O que LFV tem feito no BENFICA e no FUTEBOL PORTUGUÊS é uma autêntica REVOLUÇÃO SILENCIOSA. A começar na tv, nos empresários e nos clubes adversários, tem sido um verdadeiro HERÓI. Lutando com armas desiguais, ganhar 3 títulos num ano, será recordado daqui a 50 anos com uma autêntica batalha de david contra golias.
É evidente que também gostava que o presidente explicasse porque continua a almoçar com o olibeirinha, e porque apoia o gomes na fpf. Que ele não é nenhum santo, todos sabemos. Mas já há muitos anos, e já tenho 40, que não via os Benfiquistas tão felizes com o seu clube.
Saudações, e continua o teu blog porque escreves muito bem e com muito BENFIQUISMO.

Ricardo disse...

«Quando vens para aqui elogiar o b.carvalho, dizendo que nunca é tarde para acreditar num presidente que faça as coisas de maneira diferente, tens de escolher um exemplo melhor. O presidente do lagartedo é um mentiroso, um vigarista de meia tigela, um demagogo do piorio. De certeza que não quererias isso para o Benfica.»

Nené, onde é que eu escrevi a elogiar o Bruno de Carvalho?

«é um mentiroso, um vigarista de meia tigela, um demagogo do piorio»

Isto é tudo o que Vieira é. Por não querer isso no Benfica é que constantemente o critico. E junta-lhe outra: é ilegalmente Presidente.