quarta-feira, 20 de julho de 2011

Os escuteiros-mirins (cumbaya)

Confesso que não me chateia nadinha perder o Danilo para o Porto. Como lateral, cumpre mas não transcende; como médio, tem qualidades interessantes mas está ainda assim muito longe da categoria e talento de Witsel ou do sentido táctico e empenho de Amorim. Vê-lo sair para o Porto por 13 milhões de euros depois de ter visto o Alex Sandro sair por 10 é até um regalo - eles que continuem a gastar milhões de euros em jogadores assim-assim que qualquer dia acabam vieirizados.



O que me preocupa aqui é, primeiro, o Benfica estar disponível para dar 13 milhões de euros pelo Danilo (se este vale 13, o Coentrão vale 50!) e, segundo, o Benfica ter um poder negocial tão bom quanto o sem-abrigo do Bairro Alto que há 20 anos ganhou a lotaria. Nós darmos, damos com gosto; receber é que parece coisa impossível. Repare-se: queríamos o Dede do Vasco, não veio. E nós o que fizemos? Emprestámos o Fillipe Bastos e o Éder Luis; queríamos o Danilo (e o Alex Sandro?) do Santos, não veio. E nós o que fizemos? Emprestámos o Kardec.

Depois de anos a fio com o Mantorras a fazer de Paulinho nos treinos do Benfica, podemos chamar à instituição a Santa Casa da Misericórdia, anexo da Luz.

8 comentários:

Centro de Jogo disse...

Hehehe muito bom Ricardo!

Preocupante mesmo é não se achar espaço para Urreta neste plantel, colocar David Simão como Lateral, não entender que Nelson Oliveira tem qualidade para ser o melhor avançado português nos próximos 10 anos (se bem acompanhado, coisa que não está a acontecer)!

Depois junta-se a isso contratações absurdas, com valores ainda mais absurdos, para empréstimos ainda mais absurdos, com o qual não se ganha nada (ou pelo menos, o SLB como instituição não ganha)!

Entretanto ganha-se uns jogos, e o pessoal bate palmas!

Abraço,

Jorge D.

Mr. Shankly disse...

Gostava de saber o que se diria se fosse o Benfica a comprar o Danilo por 13 milhões. Que o Porto nos fez inflaccionar o passe, e que são geniais.
O Danilo vai ser a maior contratação de sempre em Portugal, a seguir ao Hulk, que foi pago a prestações.
tem 20 anos, 0 internacionalizações.

Dou-te razão numa coisa: o tempo do Vieira acabou, porque não consegue manter o básico: a união dos benfiquistas. Se alguém o conseguirá, é outro assunto.

TOMA disse...

O Danilo pior que o Witsel? a partir pernas talvez...
Futuro lateral da canarinha, melhor jogador da final da libertadores, 4 golos marcados na competição só atrás dos 6 de Neymar, pulmão inesgotável, classe, raça! Falta-lhe aprender a defender, tal como faltava ao Alvaro Pereira. Temos os futuros laterais do Brasil, vocês tem o futuro lateral da equipa de veteranos de Espanha.

Generazione Illuminati disse...

E, aqui também chafurdam porcos!!

Não compreendo onde está o poder negocial dos porcos neste negocios... acrescenta aos valores os vencimentos (diz-se a rondar os 100.000 érois/mês) e as futuras mais valias nas vendas (10%?), isto dito pelos presidentes vendedores!

Não ultrapassa em larga margem os apregoados 22,5 milhões? Eles que fiquem bem (mal) com os futuros não sei do quê, porque o SLB está a necessitar é de Presentes, para agora, de caras!

PS- Receber Kardec e companhia e ainda pagar-lhes o ordenado também é um bom castigo (se o foram para o SLB)!! Mas é claro que falhou muita coisa netes casos, não nos de cima...

Um abraço.

Catenaccio disse...

True

Ricardo disse...

Shankly, acho que fui claro na opinião que tenho: para o Porto foi um negócio desastroso.

Anónimo disse...

Caro Ricardo

Sem querer ter um discurso apocalitico, mas porque estas coisas têm que ser sublinhadas, passo a citar um jornal desportivo de hoje:
"Do Real Madrid para a Serie C brasileira sem nunca passar pela equipa principal do Benfica. O avançado brasileiro Alípio Brandão, de 19 anos, foi esta quarta-feira confirmado como novo jogador do América Natal, chegando por empréstimo do Benfica."
Este gajo custou uma barbaridade há um ano.
Abraço
rm

Miguel A. disse...

Pode ser que no futuro tenha de retirar o que agora digo, mas 13 milhões pelo rapaz parece-me excessivo, para dizer o mínimo.

Cumprimentos