sexta-feira, 8 de julho de 2011

Será pedir muito ao Benfica que não baixe as calças?

Eu tenho um sonho: ver o Benfica defender os seus interesses nas negociações. Eu sei que sou um utópico, um ser já quase inexistente do qual as ascendências moram num lugar muito profundo da linha do tempo, um sítio em que vivia gente que defendia primeiro o clube e só depois os próprios interesses, mas, confesso, persigo esse sonho até hoje.

É uma visão simples, porém, pela amostra que temos, demasiadamente complexa para pôr em prática: quando temos um valor que os outros querem, não somos nós que nos dirigimos a casa do interessado, mas o interessado quem deverá vir à nossa banca, nem que seja atravsessando o deserto, ver se consegue levar o nosso produto.

Chamem-me demente, se quiserem, mas tenho estas ideias para o Benfica, coisas loucas de facto e que só na cabeça de um imbecil como eu é que podem fazer algum sentido. Então agora o comprador é que se dirige à banca do vendedor? Não, não, não, o mundo exige-me algum realismo: se queremos vender, vamos nós com o produto na mão, as pernas a tremer, desejosos que o negócio se faça e ainda aceitando as demandas do comprador. Assim é que está certo.

Eu tinha um sonho, já não tenho: era o de ver o Benfica vender um dos seus melhores jogadores pelo valor da cláusula de rescisão sem mais sub-cláusulas, jogadores vindos do clube comprador, jogos combinados para 2020, prémios por objectivos. Tinha este sonho em que o Benfica vendia um jogador pela cláusula (e só por ela) e depois ia comprar o que necessitava a outro lado, mais barato e melhor, sem ter de comprar um jogador ao clube que vendeu o produto para que o primeiro negócio seja efectuado. E que negócio! O clube comprador do nosso produto sabe-a toda: recebe o melhor lateral do mundo a troco de 25 milhões de euros e metade do passe de um central que não queriam. O Real trata-se bem.

Já o Benfica, não. Fica sem um dos melhores jogadores do Mundo por 25 milhões de euros e metade do passe de um central que, apesar de ter qualidade, está longe de ser a melhor alternativa para o Benfica, até pela falta de velocidade que tem para jogar ao lado de Luisão. Pior: ainda que não esteja bem explicado pelo Benfica (mais uma vez, os adeptos ficam afastados da compreensão dos negócios do clube), o que se fala é que há a possibilidade de Garay regressar ao Real se fizer uma boa época. Isto a acontecer deixa de ser um mau negócio para ser um negócio ruinoso e profundamente estúpido para os nossos interesses. Mesmo não acontecendo, termos comprado apenas 50 por cento do passe por 5 milhões de euros quando pelo mesmo dinheiro poderíamos comprar o passe integral de um outro central foi um erro e uma imposição do Real, na consequência de termos gente no Benfica que não sabe defender os interesses do clube.

A não ser que alguém ache que é coincidência comprar o Garay ao Real Madrid depois de vender o Coentrão ao mesmo clube. Mas a esses já nada podemos fazer a não ser desejar-lhes boas missas e rezas dominicais.

23 comentários:

Mike Portugal disse...

Defendendo um bocado o benfica (é um bocado utópico eu sei), a culpa não morre só na direção. O jogador pressionou, o real pressionou e a tesouraria pressionou, com toda a certeza. Se Garay se mostrar como um dos melhores centrais a jogar no campeonato deixará de ser mau negócio?

pv disse...

Eu também preferia que eles tivessem batido a cláusula ou fossem para la puta madre chorar-se, mas actualmente não pode ser assim.
E se o Garay fizer uma boa época e voltar ao real, mesmo que seja pelo mesmo valor, isso não significa que realmente teremos vendido o coentrão por 30M mais o empréstimo de um jogador que nos deu muito jeito?

low desert puke disse...

Eu espero que haja uma sub-sub-clausula que diga que se o Di Maria marcar menos de 85 golos este ano tornará ao Benfica.

Ricardo disse...

Mike, sabes que podes comentar à vontade aqui. Só um requisito: Benfica sempre com "B" enorme.

O Garay será um dos melhores centrais do campeonato porque é bom jogador. O que questiono é a forma como os critérios do Benfica mudam por imposição exterior. Isso é que me preocupa.

PV, isso significará que pagámos 5 milhões de euros por um jogador para fazer uma época. Além de que não nos interessa muito andar a mudar de centrais de ano para ano. Este ano temos um bom plantel, o problema é que não temos equipa, tantos são os novos jogadores. E isso não se constrói de um momento para o outro.

Low, ainda estou à espera dos milhões dos objectivos e do jogo com o Real. É melhor deitar-me?

pv disse...

Por mim tb preferia que o Benfica escolhesse um jogador e não que comprasse um, que o Real não quer, incluído nas negociações.
Depois preferia que não tivesse cláusula de regresso. E que se tivesse fosse por um valor bastante superior...
Só acho que, não podendo ter aquilo que queremos e, analisando friamente, o negócio não é totalmente mau...
O que eu espero realmente é que o Garay não se lesione e que seja realmente o melhor central do Benfica (mantendo o Luisão o seu nível habitual) :)

Anónimo disse...

Facto:
Coentrão foi vendido por 30 milhões, valor da cláusula de rescisão.
Facto:
O Benfica adquiriu metade do passe de um internacional argentino por 5 milhões.
Diz lá o que compravas tu por cinco milhões melhor para o Benfica.

Anónimo disse...

Facto:
O fcp está a poucos meses de poder exercer a opção de compra dos restantes 50% do passe de Otamendi por mais 4 milhoes, jogador que nem convocado foi para a C. America.
Serão eles os espertos e nós os burros?

Generazione Illuminati disse...

"...de um imbecil como eu é que podem fazer algum sentido. Então agora o comprador é que se dirige à banca do vendedor?"

Chamar-te nomes? Quando tu proprio te descreves de uma forma correctissima!

Desde sempre o comprador é que se dirige à banca do vendedor (o que não foi bem o caso), e desde quando o comprador e o vendedor não trocam visitas? Se falas em comprar melões, e se for um negócio por valores elevados é muito natural que tal aconteça.

Cospirazione... asino!

Tiago disse...

O ridículo é se pensar que o Garay é uma imposição do Real...

Com que então o Benfica precisa de um central, e contrata um de qualidade por apenas 5.5M e ficam escandalizados? Qual é o problema de ser do Real? O Benfica não contratou o Javi e o Saviola também ao Real?

Em vez de andarem a baixar as calças com criticas absurdas (para contentamento dos antis) que tal começarem a defender o clube?

Ricardo disse...

"Nuestra lucha es por el respeto a nuestro derecho a gobernar y gobernarnos,
Y el mal gobierno impone a los más, la ley de los menos;

Nuestra lucha es por la libertad para el pensamiento y el caminar,
Y el mal gobierno pone cárceles y tumbas;

Nuestra lucha es por la justicia,
Y el mal gobierno se llena de criminales y asesinos;

Techo, tierra, trabajo, pan, salud, educación, independencia, democracia, libertad;
Estas fueron nuestras demandas
en la larga noche de los 500 años,
Estas son
Hoy
Nuestras exigencias.

Hermanos y hermanas de otras razas y otras lenguas
Aquel a cuyas manos se acerque este manifiesto
Que lo haga pasar a todos los hombres de esos pueblos…"

Hattori Hanzo disse...

O teu sonho é parvo, Ricardo. O vieira é que sabe fazer negócios. Eu vou-me divertir muito ao ver as cambalhotas que muitos vão dar após a saída deste presidente do clube. Vi o mesmo há cerca de 11 anos quando Vale e Azevedo perdeu as eleições para Vilarinho

Mr. Shankly disse...

Gostava de saber a % de jogadores que saem pela cláusula, a sério. Ir a casa dos outros vender? Olha, em minha casa é todos os dias a Zon, a Meo...consta que não passam fome.

Anónimo disse...

Manu Chao e Chico Buarque demonstram bom gosto musical.
Quanto à escolha do clube, os meus pêsames.

É o nosso destino...

Anónimo disse...

"Porque no te callas"?!

zigofrigo disse...

Estou convencido que nenhum clube quis bater a cláusula de rescisão dos 30 milhões por Coentrão! Como simples adepto e observador de futebol, Coentrão não vale 30 milhões. Aceito que esteja completamente errado, mas é a convicção que tenho e, como tal, é-me difícil não achar que o Benfica fez um óptimo negócio!

Eu também sou sonhador mas isso não me impede de ver a dura realidade e ela diz-me que o poder e a glória não se compadecem com os nossos sonhos. O meu clube é muito inferior, em poder financeiro, ao Real Madrid e a glória, a fama e o dinheiro que Coentrão vai encontrar em Madrid estava-lhe vedade se permanecesse em Lisboa!

Eu tenho o sonho que um dia tudo aconteça ao contrário!

Se pudesse voltar ao ano 2000, diria que tinha o sonho de ver o Benfica vender jogadores por 6 ou mais milhões de contos aos clubes mais ricos da Europa. Como estou em 2011, fico com pena de os ver partir e sonho com outros feitos!

Anónimo disse...

http://www.youtube.com/watch?v=8v_r1RgPUbE

Dia 14 é o dia Manu Chao no Porto

Ricardo disse...

Queres mesmo ir por aí, Shankly?

Zigofrigo, a convicção que eu tenho é que, se o imbecil do presidente que temos não tivesse prometido o Fábio ao Real há não sei quanto tempo, o Chelsea tinha batido a cláusula. O Villas-Boas chegou a falar no jogador em conferência de imprensa.

Não é sonho nenhum. O Coentrão é um jogador com características raras no futebol mundial. Vale claramente 30 milhões de euros.

É em Gaia, anónimo. Na Praia do Cabedelo.

Mr. Shankly disse...

Por onde, Ricardo? Há muitos jogadores que sejam comprados pela cláusula? Há muitos defesas-esquerdos que tenham sido transferidos por 30 milhões? Quando valem o Evra ou o Michel Bastos, por exemplo? Alguém pagaria 30 milhões por eles?
Acho um exagero o que o Real pagou, e os espanhois também. Assim como acho um exagero o que se diz que vamos pagar quer pelo Ansaldi, quer pelo Alex Sandro.

jose garcia disse...

um gajo entra aqui, mete-se a ler os textos, e fica a pensar que tá no geraçãobenfica...
fdx ricardo
faz falta a bola a rolar!

Anónimo disse...

é ridículo dizer que vender o coentrão por 24,5 milhões mais metade do passe de garay é mau. ridículo e obsceno.

o real não queria o garay? e daí? o benfica queria-o sem dúvida.

fábio o melhor lateral esquerdo do mundo? discutível. há vários. mesmo assim, dizer que foi barato é delirante. foi bem vendido num bom negócio.

"Mesmo não acontecendo, termos comprado apenas 50 por cento do passe por 5 milhões de euros quando pelo mesmo dinheiro poderíamos comprar o passe integral de um outro central foi um erro e uma imposição do Real, na consequência de termos gente no Benfica que não sabe defender os interesses do clube"

este parágrafo é apenas estúpido. o benfica precisa de vender jogadores para poder reforçar o plantel. "cláusula de rescisão". uma obsessao de muito tolinho que só está bem a dizer mal da direcção.

CANDIDATA-TE.

Anónimo disse...

peço desculpa, li mal. tu escreveste qu eo fábio é um dos melhores jogadores do mundo. é caso para dizer, caramba, vai-te curar.

Miguel A. disse...

Ricardo, admito que ainda não sei aquilo que o Garay vale. No RM jogou pouco ou nada, e teve uma lesão grave. No Saragoça - acho que foi neste clube - parece que jogou bastante bem. E é verdade que precisamos de um central rápido ao lado do Luisão, isto se o Luisão continuar, espero bem que sim.

Estamos agora sem Coentrão e ainda não temos substituto à altura, quando o estágio já decorre, o que me preocupa.

E, para mim, 25 ou 30 M pelo Coentrão é um excelente negócio para o RM. Não sei se será para nós...

Cumprimentos.

Edson Arantes do Nascimento disse...

Então mas já agora fazias o quê ao Coentrão (que disse o que disse, que rejeitou o Chelsea, que tinha uma clausula, que queria bazar)? E o mesmo se poderia ter aplicado ao David Luiz, em Janeiro.

É engraçado que por aqui nunca vi ninguém chamar o Coentrão pelos nomes: é um boi, um parvalhão imberbe. Tem a vida arranjada porque é um jogador extraordinário.

O que fazia o Ricardo a estes dois homens? É que fiquei sem perceber.

Di Maria (7), Ramires (7,5), Coentrão (1) e David Luiz (2): um investimento de 17,5 milhões que se transformou numa receita bruta de cerca de 112 milhões de euros (30+22+30+30, respectivamente). Isto é baixar as calças?

Baixar as calças, para mim, é comprar Jardéis, Júlios Césares e achar que Miguéis Vitores têm qualidade para jogar no Benfica...

P.S. Como sabem, não voto no e não aprecio o actual presidente do Benfica. Isso, no entanto, não deve limitar a minha capacidade de análise. Tomara eu que todos os negócios do Benfica fossem como aqueles quatro. E quando falo em negócios já estou a incluir na equação o contributo que deram em termos desportivos.