segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Rui Gomes da Silva sabe quem é Cosme Damião?

Já não me mantinha a ver o "Jogo Seguinte" mais do que cinco minutos há anos a fio. Neste momento estou há 20 e tal minutos a assistir a esta espécie de programa e fico estupefacto como é que algum adepto do Benfica, com mais do que um neurónio, pode observar isto e não perceber a corja que nos dirige. 

Em termos simples: há um comentador que é Vice-Presidente do Benfica. Vou repetir: há um comentador que é Vice-Presidente do Benfica, além de, e foi ele que o repetiu orgulhosamente ainda agora, accionista do Estádio, da Benfica Sad, da roulotte Manelito, da estátua do Eusébio e até do barrete de campino do famoso adepto que num topo enverga um pano de bandeira de um Benfica de outros tempos gloriosos. 

Este Vice-Presidente - que é comentador num programa de merda como este, não percamos o foco - vai para a televisão abrir a boca sobre questões internas do clube como se estivesse numa mesa de reuniões no Estádio da Luz. Este bronco - que tem um nome: Rui Gomes da Silva -, de tão inchado que anda por ter saído da penumbra do anonimato das berças onde nasceu para chegar ao orgulho máximo de andar a levar na tromba de Super Dragões, ainda a semana passada confirmou em directo a contratação do Djaniny, assim, de forma simples, tu cá tu lá - só estavam a ver uns milhões de bípedes, nada de especial, portanto. 

Numa das desbocadas aparições passadas - eu não vejo muito isto e sempre que vejo o homem desboca-se, imagino as que eu desconheço -, Rui Gomes da Silva (administrador da Benfica SAD e Vice-Presidente do Benfica, reforço a ideia) afirmou que discordava a toda a linha de uma negociação com a Olivedesportos. Hoje, nestes 20 minutos que vi, questionado sobre qual a posição que defende, gaguejou, olhou para baixo, iniciou aquele discurso típico de gajos da Assembleia da República e de engravatados que vão semanalmente comer à Trindade (fui lá empregado, conheço a peça): "vamos ver uma coisa..." e acabou a advogar a ideia de que "o Presidente é que está a tomar conta dessa pasta". Não sei se estão a ver bem a coisa.

Outro momento dos vinte minutos que perdi a ver este escroto de programa, mas que tem um jornalista que é do melhorzinho que há em todo o jornalismo desportivo: à pergunta "Se o Benfica defendeu sempre a ideia que António Oliveira corroborou há uma semana atrás, qual a razão para o silêncio após as declarações do ex-seleccionador por parte dos dirigentes benfiquistas?" Rui Gomes da Silva bolsou, cagou a fralda e fez um sorriso de político que é, no fundo, o sorriso dos extraordinários mentirosos e hipócritas de que este país está repleto. 

Ter gente desta no Benfica causa-me asco.  

25 comentários:

JNF disse...

Auch!

Daniel disse...

por acaso assisti e nisto dou-te toda a razãa!

luís filipe vieira e seus pares podem já ter feito muito pelo benfica, mas não sobrevivem a mais nenhuma eleição se renovarem com a Olivedesportos...


a não ser que se acerte a renovação por 100 milhões! é que se os corruptos receberem tanto como nós aquela máfia vai toda ao ar por falta de retorno financeiro!

Afonso disse...

Esse idiota de quem falas foi o gajo que quis calar o Marcelo e meteu o prego que faltava no caixão do (urso do) Santana Lopes...
De facto, o gajo ou é Maçon ou tem um padrinho qualquer, porque para alguém continuar a arranjar-lhe tachos e tempo de antena só pode ser por favor...
Que ser mais execrável, porra!

Ricardo disse...

Ao anónimo cara de piaçaba: não vale a pena. Aqui não arrotas. Vai cheirar o rabinho dos donos, vai.

Ricardo disse...

Afonso, está bem acompanhado, deixa lá. São 3 figurinhas que, enfim, retratam bem a podridão e politiquice do futebol luso. O Guilherme Aguiar quando ouve falar em árbitros na Madalena e Guarda Abel mirra, mirra, mirra...

Pulha Garcia disse...

O Benfica tem sempre comentadores péssimos a representar o clube nas mesas redondas da tv. Temos o Seara que é um atrasado mental que sem ser pelo direito de antena a falar de Benfica jamais teria sido autarca, temos o realijador falhado que até recentemente defendia o Fernando Santos como bom treinador, já tivemos a Cinha Jardim e agora temos o Gomes da Silva que sinceramente é demasiado vaidoso e tal como os anteriormente citados não percebe um boi de bola. É intencional, por forma a garantir audiências para as televisões. Eu não gosto destes programas. Só abro excepção para ouvir o Dias Ferreira nos dias em que o Sporting leva na pá. Mas tornou-se tão banal que já nem ligo.

David Duarte disse...

Se esse programa, que nunca vi (privilégios de não viver em Portugal), é um "escroto", que imagem devemos utilizar para quem, semana apos semana, està a levar com o que eles dizem?

Mike Portugal disse...

Pulha Garcia,

Vocês têm um comentador, que por sinal o problema onde ele comenta é hoje, que é do melhorzinho que há em termos de representantes de clube: o Machado Vaz.


Ricardo,

A Olivedesportos não pode dar muito dinheiro ao SLB porque tem um contrato com o FCP onde diz que tem que, no minimo, pagar a eles 90% do que paga ao teu clube.

eupensopelaminhacabeçaeusoulivre disse...

Era um Tv addicted quando percebi ao nível molecular a merda que aquilo é quer telejornais, quer programas de comentadores e paineis de coiso e tal... são programas de enorme violência sem um pingo de criatividade e para mim viver é criar e recriar permanentemente... é extirpar ódios medievais é construir sociedade... e no meu entender de facto o people que ocupa lugares de destaque na sociedade atual...ui,ui,ui... por isso estou a ficar limpo desta porcaria toda... só vejo o mais futebol às vezes na tvi à sexta porque estão lá pessoas (uma delas é o grande Benfiquista Pedro Ribeiro)...

No nosso Benfica tenho um feelling que a coesão é só aparente... se houvesse coesão á séria, ui... seria tipo Lyon em França , penso que foram 7 campeonatos seguidos...

João Duarte disse...

Meu caro Pulha Garcia, de realizador falhado o APV tem muito pouco.

Sempre defendeu o clube da melhor forma possivel, com o coração. Sem pensar em lugares na SAD, na Liga, tacho na Federação ou o que fosse.
Como um normal adepto do Benfica.

Mais, enquanto o jornalista do Trio de Ataque era isento, Carlos Daniel, a coisa correu sempre bem. A partir do momento em que entrou o bacorinho de serviço é que o programa descambou e o APV viu-se, todas as semanas, a ter q debater contra 3. Não é fácil, sobretudo para quem já tem mais de 70 anos e se vê contra malta nos 40/50.

Nuno disse...

Calma com o APV. Os filmes dele podem não ser grande coisa (mas têm invariavelmente a presença das mamas da Soraia Chaves, o que lhes dá sempre o benefício da dúvida), mas sempre defendeu o Benfica com independência e sem vaidade.
É um dos nossos.
Quanto aos outros, subscrevo integralmente. Estes programas só valem mesmo pelos lamentos do Dias Ferreira... Mal de nós quando, quase 20 anos depois do "Jogo Falado", ainda lá temos o Seara.

VECCHIO disse...

Por acaso ontem também vi um bocado desse programa infantil e realmente a facilidade com que o BOM JORNALISTA Paulo Garcia "saca" nabos da púcara ao "menino" Rui Gomes da Silva é uma coisa abismal. É que nem é preciso oferecer-lhe um doce sequer ele diz tudo em troca de... nada!

Paulo disse...

Eu não diria melhor. Estamos entregues a bicharada deste tipo, enquanto alguns (porque lhes dão papinha para a latrina onde costumam papar) ficam todos contentes e orgulhosos. E agora, dizem, até vamos ser campeões, ui... está tudo bem!

Bcool973 disse...

O padrinho do Gomes da Silva é o Seara

Bcool973 disse...

O padrinho do Gomes da Silva é o Seara

Hattori Hanzo disse...

Eu já não vejo esses programas há que tempos, embora tenha respeito pelo JMV que está agora no Trio de ataque. Quanto a Rui Gomes da Silva é mau de mais. De facto a única coisa de bom que o gajo fez foi o que o Afonso relata anteriormente e foi como é óbvio inadvertidamente fruto da sua estupidez.
Já para não dizer que quem deveria estar lá seria apenas um adepto e não alguém da direcção.
Mas o que se espera duma direcção como esta? É só ver a diferença de tratamentos que tiveram agora nos casos de Enzo e Amorim.

Bcool973 disse...

3.500 balas não é nada

Ricardo disse...

Pulha, discordo em relação ao António-Pedro. Nem o considero um realizador falhado (embora não me agrade a onda populista dos últimos anos) nem um mau comentador. Se fossem todos como ele, estava o Benfica bem defendido.

Também fui ouvir o programa só por causa do Dias Ferreira. Não deslustrou na sua azia e no seu disparar contra toda a gente. O que às vezes é positivo porque ele sabe muita coisa.

É uma boa questão, David.

Mike, o Machado Vaz é o ÚNICO comentador, de entre todos os que por aí andam a comentar, com nível. O único.

eupenso..., não tenhas dúvidas. Um Benfica organizado conquistaria a hegemonia neste campeonato por anos e anos a fio. Mas há quem se contente com campeonatos de 5 em 5 anos. São feitios.

Nem mais, João Duarte e Nuno.

Vecchio, o RGS é o típico desbocado, adora ter coisas para dizer, adora ter importância, saber o que os outros não sabem. Depois para a televisão dizer coisas do foro interno do clube. Querem que acreditemos em gente desta? A sério, querem?

Paulo, o carneirismo é muito complexo.

Bcool, então está bem acompanhado. Servem muito bem um ao outro.

Hanzo, parece-me que deve haver diferença de tratamento. Os casos não são iguais. Convém é resolver rapidamente o assunto, que queremos um balneário sem dramas para o que resta da época.

Hattori Hanzo disse...

Claro que os casos são diferentes. Mas isso não faz com que a um se resolva com uma simples multa e ao outro se trate como fosse o pior profissional do mundo. O que levou o pior castigo foi o que para mim se portou pior. O Ruben teve um desaguisado com o Jesus e por isso deve ser punido. Correcto. Agora daí a fazer com que ele seja mais punido do que alguém que se lembrou de ficar mais tempo na Argentina de férias(e parece que só voltou porque lhe ameaçaram cortar o ordenado) e dizer que o trataram mal, não tendo oportunidades por estar lesionado, isso é que já não me pareceu muito correcto. Se há aqui alguém que desrespeitou mais o clube não foi com certeza o Ruben. Mas lá está: um é português (e benfiquista)e veio praticamente de graça e o outro é argentino e custou 5 milhões e meio.

Ricardo disse...

Hanzo, concordo que a diferença de tratamento não está a ser justa. O Benfica está a tentar rentabilizar com o Enzo não só o montante que por ele pagou como o potencial que o jogador tem. Já com o Amorim, apesar de ser um bom jogador, o que parece claro é a intenção de Jesus em não contar com ele. Podes sempre perguntar: então mas admite tudo a um gajo que fica de férias um mês na Argentina e não admite a um gajo que faz umas birras de vez em quando. Podes. E tens razão. Mas parece-me que o problema aqui é mesmo de quem gere e dirige o clube. Seja por não ter mão no Jesus seja por não saber dar o exemplo correcto a quem está no Benfica.

Anónimo disse...

Tipicamente tuga: eu não vejo mas hoje disseram isto e no programa anterior aquilo.
Tipicamente desonesto: Ver algo diferente daquilo que foi dito e convencer os restantes parolos disso mesmo. O homem começou por dizer que mantinha a sua posição mas acrescentando que essa decisão incumbia ao presidente.
Tipicamente parolo: um gajo de Abrantes chamar qualquer outra terreola de "berças", principalmente quando o outro nasceu no Porto, a segunda maior cidde do país.

Ricardo disse...

Tipicamente Carlos Castro: dizer disparates sobre a vida dos outros anonimamente.

Anónimo disse...

Sim, obrigado. Faltava-me essa.

Ricardo disse...

Não, essa cumpriste bem. Parabéns. Agora só te falta uma vida.

pitons na boca disse...

Se o RAP fosse para um desses programas, era gajo para ver. Aquele que me parece menos mau, dos actuais, é mesmo o Pedro Ribeiro mas mesmo assim não o suficiente para querer aturar tais programas. De qualquer maneira, as melhores tiradas disparatadas acabam por vir parar à net, portanto não acho que eu perca grande coisa.

Quanto às diferenças de tratamento entre Enzo e Amorim, não tenho grande opinião formada. Parece-me que a situação de Amorim foi demasiado arrastada e devia ter sido tratada com maior rapidez. Sobre o argentino nem sei o que diga. É tanta a parvoíce que o gajo já fez e disse que, se não fosse o dinheiro todo que está enterrado no passe dele, era encostá-lo até ao fim do contrato (ou então até ele mostrar serviço para voltar a ser opção).