sábado, 29 de novembro de 2014

O Homem que Mordeu a Champions

Há rábulas dignas d' O Homem que Mordeu o Cão. Aquela em que Jorge Jesus é o único homem em Portugal que não sabia que o Benfica já estava de fora não só da Liga dos Campeões mas também da Liga Europa é uma delas. Provavelmente até Nuno Markl já teria tomado conhecimento de tal ocorrência.

Nesta história rocambolesca que é a eliminação do Benfica da prova rainha da Europa do futebol, o maior destaque vai para o "lapso" que Jesus cometeu na conferência de imprensa de antevisão ao jogo com a Académica. Quando confrontado com a fatalidade de o Benfica terminar a fase de grupos da Champions em 4º lugar, Jesus retorquiu ao jornalista afirmando que era preciso esperar pela última jornada para saber se se confirmaria a última posição. Depois, novamente confrontado com a realidade, Jesus recorreu à matemática para confirmar aquilo que até provavelmente José Sócrates já sabe: o Benfica está mesmo eliminado da Liga dos Campeões.

Falta de atenção? Desconhecimento da verdade? Não sei ao certo o que foi aquele momento [mais um] verdadeiramente deprimente de Jesus numa conferência de imprensa. Mas acho muito estranho que tenha de fazer contas à pontuação das várias equipas para se aperceber, passadas 48 horas da eliminação, de que o Benfica estava mesmo destinado a não viajar mais de avião esta temporada. É que se não fosse a bazófia do costume, aliada a uma leitura de jogo digna de um treinador das distritais (tirar Talisca e meter Derley foi uma das substituições mais incompetentes que me lembro de ver dado o contexto do jogo), o Benfica estaria a uma vitória de garantir o apuramento para a Liga Europa.

Somos todos do tempo em que Fernando Santos era crucificado por não conseguir passar a fase de grupos da Champions. E se não temos memória curta, todos nos lembramos. E se não somos intelectualmente desonestos, também não esquecemos as críticas que se fizeram (e que alguns ainda fazem) a Fernando Santos, enquanto colocam paninhos quentes no homem que recebe 4 milhões de euros por ano e que tem hoje o dobro do orçamento que os seus antecessores tinham. Fica a ideia.

7 comentários:

moleculasdeamor disse...

Fernando Santos é melhor treinador que JJ, não te esquemas mentais, do tipo só jogo com estrangeiros, os putos ?, só se forem estrangeiros!, ninguém me tira da cabeça a ideia de que muitas escolhas feitas por Jj e LFV tem por detrás interesses económicos..

moreira disse...

Tem toda a razão.
O "mestre" em 5 campeonatos ganhou 2, em 5 Taças de Portugal ganhou 1, ou seja em 10 provas importantes perdeu 7.
Notável!!!!!
Será que um plantel que tem:
Júlio Cesar
Maxi
Luisão
Enzo
Salvio
Jonas
Gaitan
é assim tão fraco???
Ou será incompetência do "mestre"
que continua a exigir que dois médios façam o trabalho de três??
Quando vendemos jogadores por muitos milhões, temos de agradecer ao "mestre", mas, quando desperdiçamos milhões com jogadores que são autênticos flops, o "mestre" diz que os melões só depois de abertos é que sabemos se são bons.
Gostava de perguntar ao "mestre" se confunde melões com pepinos???
Viva o Benfica

mnlopes disse...

Concordo. Quando me contaram nem quis acreditar. O mestre da Reboleira anda todo queimado dos neurónios. Deve ser de tanto ver jogos no PFC, às tantas da matina, que já nem sabe a quantas anda. Ou então, ele que está sempre muito acima de todos, deve saber da possibilidade de alguma repescagem ou assim. JJ rules!

Anónimo disse...

Mas foi por essa substiuição q perdemos o jogo? Tirou um avançado e meteu outro! Ou foi num lance em q danny e hulk se superiorizam a à defesa do Benfica (erros de almeida e samaris)
Além do mais o lima assegura uma melhor cobertura defensiva q o talisca. Substituição incompetente! LOL! O JJ percebe mais disto a dormir q nós acordados.
A concorrência tb tem o dobro ou mais do orçamento!
No dia q JJ sair logo veremos a mais valia q ele representava.

Hélder disse...

Já Agora dá para aprofundar o porque de a substituição do Talisca ser "uma das substituições mais incompetentes"? É que lembro-me de ter ficado contente quando essa substituição foi feita.

Atenção que não estou a defender o treinador, só tenho curiosidade no rotulo...

V. Branco disse...

Ai, ai, que tirou o Talisca. Tirou e muito bem, não estava a jogar nadinha. Como, aliás, voltou a acontecer em Coimbra. Se não arriscasse era medroso, fraquinho com os fortes, blá, blá, blá. como tentou po rmais alguém na frente é dos distritais. Enfim...E á agora que não tem memória curta, lembrar-se-á certamente que se Fernando Santos foi igual a Jesus na eliminação, não o foi certamente nas finais e meias finais!!

VC disse...

Sr. V. Branco: eu também concordo que não é pela substituição de um jogador que se ganha ou perde um jogo. Pode acontecer. Acontece porém que para o Jorge é-lhe indiferente porque o que ele queria era ir para a Liga Europa, sabendo que não tem mãos para o Ferrari do Benfica e da Liga dos Campeões. E a liga Europa tinha que se ganhar em Lisboa no jogo da próxima semana. Mas as contas do Jorge, como em tudo onde ele mete a mão, estavam furadas como se veio a provar na anedótica passagem da conferência de imprensa a que este post faz referência.