sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Uma aposta séria na Formação (II)


6 comentários:

luis disse...

Vai "qatar" para outro lado ;)
... os anónimos do ontem ainda vão falar que o nº 7 vai para o barcelona bem formado em 7 épocas ;)
Dar exemplos das apostas, temos que ir ao casino do estoril ou podemos ir directamente ao assunto como "lavar estas coisas"
O traidor do Matic, o traidor do João Pereira...espera o defesa direito do apuramento para o brasil formou-se onde??? ZERINHOS... a sério estou com uma dor nas costas e tenho que ir descansar para o derby e já volto mais logo... enquanto repouso, dou de comer as tartarugas, olho o passado e a idade do jogador estrangeiro é diferente do jogador nacional...
Olá, noticia do pasquin do delgado que por acaso também podia ser advogado;)
- Ola vai render 700mil, dizem que já se pagou, ao fundo do mangala 6 Milhões...e se não se vender por mais de 9M ...o fundo fica por receber outros 6M ...ora lavar melhor que isto não deve haver ;)
Que bela escola de formação foi criada com estes fundos bancários... os petroleiros transportam o oiro e só o proprietário do «Lucky me» foi preso ;)

nota: este assunto da formação tem muita água... é preciso filtrar a contaminação...depois volto;)

B T T


Nuno Pinho disse...

Ainda há uns dias o Gael Kakuta esteve em cima da mesa. Isto vindo de um clube que há um ano atrás dispensou o Yartey...

Anónimo disse...



Comenta-se nas redes sociais que o Gonçalo Guedes poderá ir para Inglaterra na próxima época.
Tenho para mim que é o maior talento.
Vejo ali (com as devidas distancias) algo de CR7.
Se isso for verdade, é melhor fechar o Seixal e nós ... não sei...






mnlopes disse...

Tema de capa da "Mística": "O Benfica tem futuro!" Gostava tanto de acreditar...

Ruben da Costa e Silva disse...

Para se apostar na formação primeiro é preciso formar-se um treinador. Se o Guardiola, que estava a treinar o Barça B, não tivesse sido nomeado treinador principal, jogadores como Busquets ou Pedro não estariam a jogar neste momento no Barcelona, o próprio Iniesta era suplente do Deco nos tempos do Rijkaard. Entretanto Guardiola mudou-se para o Bayern, um clube que também tem o historial de apostar em jogadores da sua formação, no entanto Guardiola não o tem feito, e para já não tem dado sinais que o possa vir a fazer. Da mesma maneira que sempre que um clube contrata um treinador, existe uma certa tendência desse treinador pedir a esse clube para contratar jogadores do seu clube antigo, pois estes já sabem qual é a sua ideia de jogo e adaptam-se mais facilmente ao novo clube. Temos os exemplos do Mourinho quando foi para o Chelsea pela primeira vez, Pellegrini levou o DeMichellis, Moyes o Fellaini, até o JJ foi buscar o César Peixoto e o Weldon, um treinador que estaja a treinar os Juniores ou equipa B dum clube, terá mais confiança em lançar os jovens pois estes já conhecem as ideias do mesmo. Vejam o caso do Paulo Bento, que promoveu Nani, Miguel Veloso, Rui Patricio, entre outros.

Jorge Gonzaga disse...

Apostar na formação só faz sentido se os que estiverem na equipa principal forem piores que os putos. Não se apostava no André Gomes? Pois não, ia tirar o lugar ao Matic? E o Oblak? Assim que surgiu a oportunidade foi promovido a titular. Não podemos forçar a entrada de jogadores da formação, porque nem sempre é a melhor opção.