quinta-feira, 8 de março de 2012

O nosso caminho europeu

Se aos já apurados Milan, Barcelona e APOEL, juntarmos as equipas que provavelmente passarão para os quartos-de-final - Inter, Bayern, Nápoles e Real Madrid - temos um lote de adversários de grande qualidade e extremamente difíceis de bater.

Há, como é óbvio, aqueles que toda a gente quererá apanhar - os pobrezinhos dos cipriotas. Mas só quem não tem acompanhado a campanha fabulosa da equipa do Chipre pode achar que será um passeio pelo parque (a propósito, a adepta do City também achava o mesmo de ir jogar a Alvalade e terá saído de lá com uma ideia um pouco diferente, embora pela forma como os ingleses jogaram podermos afirmar tranquilamente que eles vieram a Lisboa passear um bocadinho antes de resolverem a coisa lá em terras britânicas). Não será. Muito menos lá, com um ambiente infernal, que eu um dia gostaria de ver reproduzido no Estádio da Luz - onde o que é normal é estar em modo velório. O APOEL tem um grupo de jogadores assim-assim que formam uma excelente equipa de futebol. Um pouco ao contrário do que se passa no Benfica, em que o talento desmesurado de vários dos seus jogadores não serve para constituir uma boa equipa de futebol - o que, no limite, diz muito da capacidade de ambos os treinadores das respectivas equipas. 

No entanto, apesar dos apesares, das dificuldades no Chipre e de algum cuidado que deve ser tido contra esta equipa (o Porto que o diga, que fez 1 em 6 pontos possíveis contra eles), é evidentemente o melhor adversário para a próxima fase. A calhar-nos, seremos abençoados. Desde que, claro, saibamos demonstrar a mesma mentalidade que apresentámos no último jogo.

Depois, o quê? Depois é só tubarões muito mais fortes do que nós. Porém, há três patamares: o primeiro, dos adversários que teriam 90 por cento de favoritismo contra o Benfica - Barcelona, Real Madrid; o segundo, o dos que nos deixariam sonhar com 30 por cento de possibilidades - Milan, Bayern; e um terceiro que poria a balança nuns 60-40 para o lado forasteiro - Nápoles e Inter.

Estamos, portanto, numa situação complexa. Em 7, só um nos interessa e só com esse teremos favoritismo. Por outro lado, só 2 significam provável morte instantânea. 

Talvez o melhor seja sonhar com uma passagem do Basileia, do CSKA e do Marselha. De um deles ou de todos. Ou então pôr todas as fichas no APOEL. Ou metê-las todas na crença de que não serão nem Barcelona nem Real os nossos adversários da próxima fase. E, já agora, nem Milan nem Bayern. Um Nápoles ou um Inter, na pior das hipóteses, será adversário mais passível de ser eliminado.

A certeza é esta: será necessária, entre outras coisas, alguma estrelinha para chegarmos às meias-finais.

28 comentários:

jota_o_golo disse...

Nao concordo com estes pontos de vista, temos de evitar este ou aquele, uns sao mais fracos os outros sao mais fortes....... Sao 180 minutos de futebol 11 Homens, Jogadores contra os outros 11!!! A Atitude de Terca e um pouco mais de cabeca nas alturas certas venha quem vier perde!!! E desde quando e q o Napoles ou o Inter estao melhor q nos??? Esta tipica atitude de pobrezinhos, os outros e q sabem..... enfim com esta mentalidade nunca chegaremos mais longe!!! Abraco Glorioso e continua com o Bom Trabalho!!

Pedro disse...

Ricardo,

Concordo aí com o Jota, depois acho só mesmo o Barcelona e Real são de evitar e talvez também o Bayern, agora o Milan? Se pudesse comprar que viessem já eles...

Abraço
Pedro

Ulrich Haberland disse...

Já eu acredito na vitória com qualquer equipa excepto o Barça. Com esses sinto que não teríamos hipóteses nenhumas mas com qualquer dos outros (mesmo o RM) acardito!

Pedro Veloso disse...

"o talento desmesurado de vários dos seus jogadores não serve para constituir uma boa equipa de futebol"
Ricardo pode-se dizer muita coisa do SLB, agora dizer que não é uma boa equipa é um bocado demais...se podia ser melhor, podia.

Miguel A. disse...

Ricardo, talvez muita gente se ria do que eu vou dizer, mas não gostava que nos calhasse o APOEL, pelas razões que enumeraste e também porque os níveis de concentração e empenho dos jogadores tendem a ser mais altos quanto mais forte for o adversário. Prefiro um adversário muito forte, reconhecendo, claro, que Madrid e Barcelona são praticamente imbatíveis numa eliminatória a duas mãos. Num só jogo, talvez as coisas sejam diferentes. Gostava de jogar contra Milan, Inter ou Nápoles.

Em relação ao sporting, tem todas as condições para passar, e basta marcar lá um golo para deixar os ingleses à rasca. Este City não me impressiona nada, tal como não me impressionou contra os corruptos. Aliás, acho que a qualidade das equipas que estão nos primeiros lugares em Inglaterra caiu muito. O próprio United perdeu hoje em casa com o Bilbau.

Abraço.

Bcool973 disse...

Barcelona e Real jogam muito.
Milan e Bayern também, mas são irregulares e portanto passíveis de serem eliminados (a contar que o Bayern passa, o que não é garantido), depois os outros 2, não sei quais são, nem arrisco, mas são equipas que se nós estivermos ao nosso melhor nível podem ser ultrapassadas. Seja como fôr, quero o Apoel e desde que não haja soberba do Jesus e joguemos o nosso futebol, vamos para as meias-finais.
Humildade, trabalho, mas nunca inferiorizarmo-nos perante qualquer adversário.
O exemplo dos lagartos hoje é paradigmático. Parabéns lagartada

freddyslb disse...

Ricardo, só não concordo com essa percentagem do Inter e Napoles. Se o JJ não inventar (acho dificil) neste momento são equipas quanto a mim para 50/50... but guess what o JJ já decidiu que preferia o Chelsea... sem comentários!

rui disse...

morte instantanea o que pah, venha o real madrid,nos vamos eliminar o real madrid,aponta ai essa merda na tua agenda." sim...tambem se fosse eu a escolher era o apoel,e entre inter e napoles,era o inter!

Anónimo disse...

http://verdadedesportiva.org/

assinem a petição e divulguem para haver mais assinaturas.

Anónimo disse...

Olá Ricardo,
Vejo a coisa pela positiva. Acho que o Benfica tem quase 50% de ter um bom sorteio.
Se sair Barça, Real, Bayern ou Milan, vamos ter o prazer de assistir a grandes jogadores na Luz e muito poucas hipoteses.
Se sair Apoel, Napoles /Chelsea ou Marselha / Inter temos hipoteses e temos de discutir a eliminatoria.
Em ambos os casos só espero jogar primeiro em casa.
Venham eles!
PN

Um Estranho disse...

Dá quase como dado adquirido que o Bayern e, principalmente, o Inter se qualificam o que, para mim, está muito longe de ser um facto.
Quanto a possíveis adversários, exceptuando o Barça(sim, porque o Real ainda não se qualificou)não teria medo de nenhum.
Não sei, se como diz, é preciso estrelinha para chegarmos ás meias-finais, mas estamos a falar de uns quartos da Champions...Ou estávamos à espera de encontrar os Légias, os Leverkusens ou PSV's desta vida??
Se ficamos já assombrados por um simples sorteio, mais vale desistir e dar o lugar ao Zenit...Eles agradecem e nós podemo-nos concentrar no Campeonato...

PS: Ainda ontem vi o Sporting ganhar ao M.City, o Bilbau dar um autêntico baile ao M.United em Old Trafford...E porquê? Porque não tiveram medo deles...E nós até já um simples sorteio receamos...
Venha quem vier e depois se verá...Mas nunca com medo.

Abraço,

Rui Serra

M disse...

nao gostava do Apoel, tenho receio do excesso de confiança..é um jogo chato, adversario sério e competente mas quase todo o Benfiquista vai pensar que, por ser o menos cotado de todos, teremos a obrigaçao de passar...

gostaria de jogar com o Inter, detestaria jogar com o Bayern....caso estes passassem :)

jzz disse...

Então o Benfica não tem uma boa equipa de futebol, só um grupo de jogadores/génios da bola que, em regime de autogestão, conseguiram estar entre os 8 melhores da Europa.

francamente...

Ginha disse...

Tenho as minhas duvidas que o Inter passe, mas gostava que o próximo adversário viesse desse jogo entre italianos e Marselha...

Sobre as tuas percentagens, meto o Nápoles num patamar mais complicado que o Milan em jogos a eliminar...

Veremos rapaz...Mas até lá, temos é que pensar em ganhar ao Paços e mostrar que ainda não nos mataram no campeonato! Abraço

David Duarte disse...

Ricardo, lembraste do que eu escrevi sobre o sorteio dos quartos?

Barcelona-AC Milan
Real Madrid-Napoles

Marselha-Lyon
Basileia-Benfica.

OK, falhei no Lyon, mas se as coisas assim forem, estaremos na final com o Napoles ^^

David Duarte disse...

Agora mais a sério. Penso sinceramente que apenas duas equipas são claramente superiores às outras. A diferença de nivel entre as restantes (exceptuando o APOEL, mas jà provaram que não são nenhuns cepos) é minima e qualquer uma pode eliminar as outras numa eliminatoria. Esta Liga dos Campeões é bastante aberta para todos aqueles que não defrontarem nem Barcelona nem Real Madrid.

Catenaccio disse...

Nem Apoel, nem "tubarões", leia-se Real e Barça. Vai sair uma italiana: aposto em Inter ou Nápoles, se passarem...

Catenaccio disse...

Vai calhar uma italiana, mas o Catenaccio "mora" na Luz :)

Ricardo disse...

jota, não é atitude de pobrezinhos, é assumir que há equipas que são melhores do que nós e que queremos fugir delas, por enquanto. Também podemos dizer que isto é um jogo de homens e tal mas isso vale o mesmo.

Pedro, o Milan é das equipas mais fortes que estão em prova. Abraço.

Ulrich, acredito na vitória contra qualquer uma - é futebol, tudo é possível -, mas há favoritos e favoritos.

Não é, Pedro. É uma equipa assim-assim. Se fosse uma boa equipa, não falhava nos momentos cruciais. E esta falhou.

Miguel, discordo. Mesmo com todas essas condicionantes, o APOEL é a equipa mais fraca, logo a mais apetecível. A forma como se encaram os jogos depende do treinador - é a ele que compete não deixar a equipa entrar com excesso de confiança. Embora no caso do Jesus seja um bocado difícil, já que ele próprio é o que sabemos.

Quanto ao Sporting, teve alguma sorte, temos de ser justos. E, além disso, as equipas inglesas não querem saber da Liga Europa. Desligam e começam a pensar no campeonato. De qualquer forma, só um milagre salvará o Sporting em Manchester. Abraço.

Freddy, o Inter foi campeão europeu há 2 anos, tem outra rodagem que nós neste momento não temos. E isso conta, nestas questões, embora admita que está longe de ser uma equipa intransponível. Mas acho que teria favoritismo contra nós. O Nápoles é melhor equipa do que o Benfica.

PN, porquê primeiro em casa?

Um Estranho, dei a minha opinião sobre o que na teoria serão as nossas armas. Ninguém aqui desistiu. E acho que podemos ultrapassar qualquer adversário. Mesmo o Barcelona. Mas há um plano teórico antes das equipas se encontrarem.

Sobre as equipas inglesas, já escrevi atrás: desligam quando saem da Champions. Não é prova que lhes interesse. Se passarem, passam; se não passarem, não querem saber. Jogam os mínimos.

Jzz, tenta vir aqui um dia concordar com alguma coisa. És um chato do caralho.

É isso, Ginha. Esperança até ao fim no campeonato. Abraço.

David, esse sorteio seria ouro.

lawrence disse...

Ricardo, seu maroto!
A tentar pôr-se na pele dum lagarto para fazer esta análise!
Eu estou em dizer que vendo o que vi contra os corruptos e contra os "zenaites", fico preocupado apenas com os jogos do campeonato.
Aparentemente coisa menor para os rapazes e treinador.
Acho que o rolo compressor só está formatado para champions.
Sinal dos tempos!

Hattori Hanzo disse...

Dos que se sabem prefiro claramente o Apoel como disse ontem, de preferência com o primeiro jogo a ser no Chipre. Barcelona não é do nosso campeonato e regra geral damo-nos mal com equipas italianas, sendo que o Milão até está em primeiro no seu campeonato. Dos outros é esperar, pois não há alguma equipa que esteja já passada, Mesmo o Real Madrid poderá se ver aflita... É que se os russos marcam cedo lá vai ser um poço de trabalho.

Constantino disse...

Ponto prévio: caralhos me fodam, mas quando me vêm com a conversa de "são 180 minutos e 11 contra 11" apetece-me logo agredir pessoas. É essa e a do "epah pra quéque sofres se eles é que ganham o dinheiro". O futebol é para loucos. Vocês racionais cancelem a assinatura da sporttv e vejam o canal parlamento.

Agora quanto ao texto: chamem-me louco, mas eu continuo a querer o Milan. Sou um romântico saudosista e para mim o topo do topo dos grandes jogos é um SLB - Milan e eu quero calhar com eles porque quero, de uma vez por toda, ganhar-lhes. APOEL's e marselhas e Basileias é tudo muito engraçado, mas Champions é jogos a sério, daqueles de se fazer bonecos com tácticas imaginários nos cadernos da escola e na papelada do trabalho. Haverá coisa mais brilhante do que entregar uma factura na contabilidade, tendo nas costas um 4-1-3-2 ultra ofensivo e obter como resposta do contabilista um rabisco ao lado com um 4-3-3 de contenção? Certamente que não é um APOEL que dá azo a estas coisas catano...

Abraço

João Duarte disse...

Grande Constantino!

É mesmo assim!! Prefiro perder com Barças, REais e Milans do que avançar mais um etapa e cair aos pés de um Nápoles ou Bayern.

Esta merda é a piscina dos grandes. Os jogos são para dar pica, perdendo ou ganhando!

Bcool973 disse...

APOEL, APOEL, APOEL

Marciano disse...

Sinceramente acho que vamos de bela com qualquer um, que venha o Barça ou Real...desde que não sejamos humilhados, tudo bem. Mas às vezes surgem surpresas, quem diria que o ceportem , por exemplo, já está safo da descida de divisão?

eupensopelaminhacebeçaeusoulivre disse...

Concordo de uma maneira geral... com o post... penso que mesmo com este plantel será possível fazer mais... provavelmente a colocação de alguém em vez de Emerson e em jogos mais duros:

Bruno César, Matic, Witsel, Javi, Nolito
Rodrigo (Nelson Oliveira)

Não contra o Real ou Barça aí... de facto o melhor é colocar todos os defesas ... he he he he he he he

mWo disse...

Ricardo, eu por exemplo acho que o Benfica poderia bater-se muito bem com este Inter. Sim, eu sei que quem tem Forlán, Sneijder, Milito, entre outros pode ter uma noite fantástica de repente mas acho sinceramente que o Benfica poderia muito bem eliminar o Inter.

jzz disse...

Se visito aqui o teu tasco, é porque acho que escreves bem e tens ideias interessantes, e quando concordo com o que dizes, que é a maioria das vezes, não sinto a necessidade de o dizer, pois acho que já muitos aqui o fazem.

Se me dou ao trabalho de comentar quando não concordo, é porque tenho consideração pela tua opinião.

Vou continuar a ler-te, mas não te preocupes, este chato fez aqui o ultimo comentário.