quinta-feira, 1 de março de 2012

Oráculo cósmico

O futebol é um bicho difícil de entender. Entre crenças mais ou menos sobrenaturais, rituais satânicos, mezinhas, obsessões, poções mágicas e superstições, de repente vemo-nos num emaranhado de explicações metafísicas para aquilo que é, apesar de não parecer, uma coisa bastante simples. Um intelectualóide extremamente notável não diria melhor: são 11 contra 11 atrás de uma bola. 

Isto se a bola fosse redonda ou não houvesse Gabriel Alves para nos confundir as voltas. Há um lado do futebol que só é entendível no plano do mirífico, algo a que, dependendo do grau de fanatismo, podemos ou não chegar. Por vezes, olhamos o relvado e é aquilo, sem mais nada: uma bola, jogadores e duas balizas. Outras, por não nos rendermos ao simples, vemos nele um lugar de peregrinação e transcendência. Para as nossas vidas, para as vidas alheias, para o mundo. Para uma infância que sobrevive de coração apertado em 90 minutos entre a vida burocrática. Um espaço de infantilidade e sonho.

Tinha acordado sobressaltado, cheio de dúvidas. Proença invadiu-me os sonhos e metamorfoseou-os em horripilantes pesadelos; "A BOLA" anunciou-me de manhã: Garay sofre de joelho macerado, após jogar 90 minutos; a equipa vem de dois jogos consecutivos sem marcar golos; 5 pontos perdidos nos últimos 6 possíveis; Jesus disparata e diz que o jogo não é decisivo; o Benfica sofre de uma trauma qualquer, só explicável num sofá vermelho de psiquiatra, sempre que entra em campo contra o demo; os adeptos temem mais uma desilusão; as equipas de Jesus tendem a cair no abismo no mês de Março; não há alternativas aos centrais e ao lateral-direito; não há lateral-esquerdo; ninguém pode substituir Javi Garcia; Gaitán estará em dia sim ou dia normal?; Emerson fará o jogo da sua vida?; os adeptos irão de vermelho? e cantarão ou sentar-se-ão em modo velório?

Dúvidas e inquietações de uma semana de luto entremeada, chouriçada, afiambrada com uma esperança que não sei de onde vem, talvez da memória presente de um Cosme que nos alimenta a alma e nos leva a acreditar na superação para além dos limites do possível.

Tudo isto existe em mim como coisa tangível e simultaneamente abstracta. Vive aqui, comigo, sem razões que a possam explicar. Mas, por algo igualmente do foro do etéreo, estou certo de que amanhã será um dia histórico. Há um fogo que se propaga até ao fim dos tempos. 11 contra 11, uma bola, duas balizas. E uma vitória do Benfica.




Nota da gerência para o pessoal que pergunta onde esta malta se encontra em dias de jogo: para nos encontrarem e beberem connosco ao Jaime Graça e ao Benfica, basta procurarem a rulote Manelito, no Alto dos Moinhos. É lá que se estagia. Venham todos e bebamos, companheiros, bebamos.

31 comentários:

Hugo disse...

Talvez sela por isto, Ricardo...

http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=zVk1O8kqyVw

Vem cá de dentro...

Abraço...

Diogo Carrico disse...

Gosto muito da maneira como pões as coisas. Fazes aquilo que não consigo.. Pôr em palavras o que me vai na alma!! Uma ansiedade muito grande que só uma vitória não a transforma em revolta!! E é verdade, este sentimento tenho-o desde que me lembro de ser!!
Só pode ser amor!!

João Duarte disse...

É o que diz o Hugo.

Ganda Zé Augusto! Aquilo enche a alma a qualquer um.

Não dá para o levarem ao balneario antes do jogo e por a rapaziada a ensaiar um "Viva ó Benfica!" daqueles?

JC disse...

Partilho do teu optimismo, meu caro. Amanhã faremos história.

rogerAjacto disse...

É isso tudo. Senti-me a ficar nervoso enquanto lia o texto e isso diz tudo: a ansiedade, a paixão... É como diz o nosso antípoda: só pode ser amor. Abraços!

João Duarte disse...

Peço desculpa, mas num jogo tão importante não posso largar a minha tribo no Bifas, tb no Alto dos Moinhos...

Temos que estar juntos, concentrados e a discutir tudo e mais alguma coisa de copo na mão.

E assim tenho a certeza de não me aparecer o Sr. D. António de Maia.

Ginha disse...

Irei então ao Manelito beber umas com a rapaziada! E quem quiser ir almoçar ao 3ª Anel (Gonçalves) esteja á vontade... Vai ser um estágio bem regado!

Pedro disse...

Manelito? Foda-se!!! No Bifas é que é!!!

Lá irei ter contigo na sexta!!! Abraços.

Ricardo disse...

Este blogger tem cada uma. Esta caixa de comentários nova é horrível.

Hugo, isso é o melhor "Vivó Benfica" da História. Que paixão, caralho!

É amor, Carriço. É um amor louco, desvairado, irracional. Como só um amor pode ser.

Abraço, Roger.

João e Pedro, Bifas, Manelito, o que seja. Desde que nos juntemos para um VIVÓ BENFICA E VIVÓ GRAÇA, está tudo bem. O Maia não está convidado.

Ginha, almoço será no recato do lar. Mas logo pelas 3 e tal haverá estágio intensivo.

Carlos Carvalho disse...

"sempre que entra em campo contra o demo" eheheheheh

No ano passado sentia que o Porto era muito melhor que o Benfica, e estava muito confiante na vitória. Este ano o Porto está pouco objectivo, com falta de ideias, com muitos jogadores sem confiança.

Sinceramente não tenho a certeza de querer que o Porto seja campeão, se isso implicar ter o Vítor Pereira mais um ano como treinador da minha equipa. Ele é muito fraco.

Mas ainda acredito na vitória.
Que seja um bom jogo.

http://www.youtube.com/watch?v=5cZWgJ8Dpkc&ob=av2n

Maquinista de Azeitonas disse...

Epá, seja lá onde for, seja em que tasca for, seja em que restaurante paneleiro for, seja em que reles comedor / bebedor for, o importante é apoiar o GLORIOSO SLB! Ah e claro, falando em paneleiros, enrabar os outros camorrianos de merda dentro de campo!

Ginha disse...

Ora bem... Eu sou mais gajo de Gonçalves e de varandim, mas digam me lá... O Bifas e o Manelito ficam ambos no Alto dos Moinhos?!?!

Mandem lá uma hora para o VIVÓ O BENFICA E VIVÓ GRAÇA! Pelo que o Ricardo apartir das 3 e troca o passo certo?

Vladimir Kaspov disse...

Já agora vejam o discurso de Mário Wilson, o grande capitão.

http://www.youtube.com/watch?v=77JmyKNWmEU&feature=related

JC disse...

Ide todos meter inveja para o caralho. Um gajo aqui a 2000km a roer-se todo por uma mini e uma sande de coirato cheia de pêlos e vocês em altas combinações.

Ao menos sejam homenzinhos e bebam uma por mim.

Pedro disse...

JC,

Podes ficar descansado que a malta até bebe mais que uma por ti...

Abraço
Pedro

JC disse...

Assim é que é falar, Pedro. Quero tudo bezano. Vocês e eu. Quando atingirmos esse estado, comunicamos uns com os outros via Alexandra Solnado.

Abraço

Ricardo disse...

Abraço, Carlos. Essa era boa para passar no estádio. Que amanhã seja um dia muito triste para ti.

Azeitoneiro, é tudo isso. E mais um bocadinho ainda.

Ginha, devo estar lá por volta das 4 e tal mas para combinarmos com todos (que não sei quantos são, até podem ser só 3 ou 4), e porque há gente que chega mais tarde, podemos marcar aí para as 18h para o brinde colectivo.

É lindo, Vladimir.

JC, da minha parte garanto beber 3 por ti. Se todos fizerem o mesmo, estás garantido. Até a Alexandra Solnado amanhã estará bezana - como está todos os dias, evidentemente. Anda um génio a criar uma filha para estas figuras...

lawrence disse...

Estou com o JC!
Aqui é deserto crlh! nem presunto, nem coiratos, nem loiras alcoolizadas, népia!
E está-se-me a acabar o bacalhau!
Quando regressar, a meio da 1ª já devo estar com uma bezana como se tivesse virado 2 garrafas de bagaço!
Não se esqueçam, uma à minha conta!

JC disse...

É sina dos génios terem filhas assim. Olha o D'EUSébio (podemos sempre tentar a filha deste caso a Alexandra tenha a rede ocupada).

Ginha disse...

Tá feito Ricardo! Por volta das 18 lá andarei a rondar e se ouvires um gajo a gritar pelo Ontem já sabes... Vou de polo vermelho com capuz a dizer No Name nas costas e com um boneco com um cachecol á frente! Grande Abraço a todos... CARREGA BENFICA!

Bcool973 disse...

Não se esqueçam de mandarem umas abaixo pelo pessoal dos Algarves

Pedro disse...

Bom dia Ricardo,

Para grande pena minha às 18h vai ser impossível estar lá...hoje é dia de trabalho (qual duracell, que nunca mais acaba) e de Abrantes a "casa" ainda são 150km com o inferno do transito de uma sexta à tarde...

Abraço
Pedro

bjorn disse...

Isto tá bonito, parece um romance de quiosque de estação rodoviária! "... serei o cavalheiro com a rosa rubra na lapela".
Que inveja, e q saudade do estádio e da vida lx. Atingido o limiar etílico da euforia, poderão olhar para o lancil invulgarmente alto da rampa de acesso à lusíada, direcção hosp S M. O "proibido estacionar" já foi recuperado, mas o lancil invulgarmente alto não. Com os olhos certos ainda se pode ver o ponto onde o clio bateu e despedaçou, antes de finalmente parar. Na minha ausência, as marcas negras na pedra calcária representarão o meu espírito presente! Vamos a isto foda-se!

eupensopelaminhacabeçaeusoulivre disse...

Eh pá anda aqui muita polémica e tal... pronto para acabar com os atritos ;) logo pode ser 3-0 e ficamos todos amigos :)))

Catenaccio disse...

Uma esperança. Um desejo. A vitória.

http://www.catenacc10.blogspot.com/2012/03/uma-esperanca-um-desejo-vitoria.html

Já ouviram falar de Bill Shankly? "O futebol não é uma questão de vida ou de morte. É muito mais importante do que isso...". So true.

O futebol, ou o Benfica vs Porto de amanhã à noite, é muito mais do que isso. É honra. É integridade. É orgulho. É sentimento de pertença. É capacidade de superação. É crença. É devoção. É glória.

O «clássico» é muito mais importante do que uma simples partida de futebol. É o combate entre duas formas distintas de estar no desporto. É a disputa pelo mais relevante título nacional. É a luta pela hegemonia do futebol português.

Amanhã, não há desculpas. Não pode haver. Só a vitória interessa. Não importa o estado do relvado. Não interessa se jogamos com o jogador A ou com B. Façamos um favor a nós próprios: vamos esquecer ameaças, humilhações e provocações de uma vida; vamos ultrapassar fraquezas e medos; vamos ignorar o homem do apito, as escutas e o sistema. Vamos ser Benfica. Vamos ganhar.

Sem vitórias morais. Sem desculpas. Esqueçam o passe falhado, a falta mal marcada, a bola que foi ao poste, o penalty que não foi marcado, o drible sem sucesso, o cartão mal mostrado, o remate frouxo que levava escrito golo nas nossas cabeças. Não interessa se é o Witsel, o Gaitán ou o Nolito. O Cardozo ou o Rodrigo. Não importam os do outro lado: os 11 de azul e os 3 de preto. Nós somos 60.000. Nós somos Benfica.

Por 90 minutos, vamos esquecer teorias do Big Bang: não importa de onde viémos ou para onde vamos. O nosso centro do Universo tem um nome: Estádio da Luz. Sejamos «E Pluribus Unum». Com orgulho, envergaremos a camisola vermelha da nossa paixão. Com fervor, levantaremos o cachecol da exaltação. Com esperança, apoiaremos até ao último segundo. Agarremos a fé e a mística. Sejamos Benfica.

Benfica vs Porto. No relvado. Nada mais importa. Não conta o passado e o futuro. Não contam os títulos e a história. Não contam o património e as finanças. O certo e o errado. O bem e o mal. São 90 minutos. Temos de ganhar. Vamos ganhar.

Aos jogadores, joguem com honra, com orgulho, com devoção. Esforço. Superação. Transcendência. Conquistem a vitória... pelo símbolo que defendem, pela camisola que envergam, pela história que representam. Vençam por nós! Vençam pelo Benfica!

Ricardo disse...

Lawrence, em que lugar do mundo andas tu?

Abraço, Ginha. Às 18h lá estaremos.

Bcool, com todo o gosto.

Abraço, Pedro. Nós vamos estar por lá até quase ao início do jogo. Se puderes, aparece.

Bjorn, a tua imortalização está garantida no lancil. É tudo o que umh omem pode querer da vida.

eupenso, aceito esse resultado sem pestanejar.

Belo texto, Ricardo. Abraço.

lawrence disse...

Arábia Saudita.

Boucas disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Hattori Hanzo disse...

Não sei se conseguirei passar por lá mas estarei no Estádio. Não me passa outra coisa na cabeça que não seja a vitória.

XerifBill disse...

Sonhei ontem que o Javi Cardozo ia marcar o golo da vitória.

Vamos ganhar 3-0.

Até já.

mrmg disse...

Obrigado por esta fantástica prosa.

Deixo parte do que penso:

O Benfica venceu o único confronto o ano passado pq o treinador perdeu os tiques de vedeta e armou a equipa à Eriksson: Peixoto = Paulo Madeira... Lembram-se...

http://aminhachama.blogspot.com/2012/03/este-jogo-batalha-de-logo.html