domingo, 19 de outubro de 2014

Evita, Rúben. Tens família [benfiquista].


"Lamentável este ataque ao Amorim".

Há uns dias, o saudoso Guarda Abel (com o qual aproveito para anunciar que não tenho qualquer fotografia) utilizou o Facebook para "avisar" um fiscal de linha, no seu próprio mural, para não se deslocar à cidade Invicta sob pena de apanhar uma tareia das antigas. "Evita. Tens família.", escreveu o simpático ex-agente da PSP da cidade do Porto.

Queria aproveitar as bonitas palavras de Abel para me dirigir a Rúben Amorim. O Rúben é um dos nossos. Não é um estrangeiro que chegou ao Benfica há 3 dias e que já está a pensar numa transferência para um colosso internacional qualquer. O Rúben não vê o Benfica como uma ponte aérea. Para o Rúben, o Benfica não é um meio mas sim um fim. Quando está em campo, veste a camisola. Quando está de fora, ergue o cachecol. E é por isso que, para mim, é difícil compreender e aceitar que Rúben Amorim tenha posado para uma fotografia com alguém que tanto mal fez e tanto mal quer aos benfiquistas.

Caso vos tenha dado um súbito ataque de amnésia ou tenham estado em coma profundo nos últimos 20 anos, Fernando Madureira (ou "Macaco", para os amigos), é o líder da claque dos Super Dragões. É a cabeça de uma organização mafiosa que ameaça e agride (e sabe-se lá o que faria mais se não houvesse um mínimo de descaramento por parte das forças policiais deste país) adeptos de vários clubes e que vive alimentando um ódio visceral ao Benfica, aos seus adeptos e a tudo o que o nosso clube representa. Lembram-se do que aconteceu no ano passado aos adeptos que tentaram deslocar-se ao Dragão Caixa para ver o Benfica sagrar-se campeão europeu de Hóquei em Patins às custas do Porto? Já se esqueceram do que acontece na Avenida dos Aliados sempre que o Benfica ganha um campeonato?

É por isso, Rúben, que tenho de te dizer isto mesmo. "Evita. Tens família.". A tua família é a família benfiquista. É a família a quem Madureira e os seus lacaios insistem em ameaçar e agredir. É esta gente que atira bolas de golfe para tentar acertar em adeptos e jogadores. É esta gente que ataca o autocarro do Benfica quando vai ao Norte, seja à entrada para o Estádio do Dragão, seja na auto-estrada, atirando pedras, partindo vidros e colocando em perigo a vida dos teus colegas de equipa, dos teus amigos. Por isso, Rúben, deverias ter evitado tirar aquela foto. Por uma questão de respeito para com os teus colegas e para com a tua família.

Não sei se Rúben Amorim viu ou não que era Fernando Madureira que estava ao lado de Pedro Proença. Se ainda estivessem umas dez, vinte pessoas, acredito que pudesse nem se ter apercebido, mas agora só estando lá mais duas… acredita quem quer na justificação. Por mim está tudo esclarecido. Foi um momento profundamente infeliz do Rúben, que não reflectiu sobre as consequências de tirar uma fotografia com alguém que nos odeia de morte. Esteve mal.

Por isso, antes de dizerem "Lamentável este ataque ao Amorim", pensem duas vezes. Pensem no que gente como Fernando Madureira representa. Isto não é um ataque a Amorim. É a defesa dos benfiquistas.

Às vezes, a melhor forma de ficar bem na fotografia é nem aparecer nela. Que sirva de lição.

8 comentários:

NauBenfica disse...

Assino por baixo. As duas figurinhas têm feito muito mal ao Benfica e aos benfiquistas, são gente desprezível que devemos desprezar. O Proença, quando se trata do Benfica, não dá ponto sem nó: montou a armadilha e o Rúben foi apanhado nela como um pisco esfomeado.
A direção também não sai bem deste filme - mandar jogadores para um evento com esta tropa fandanga?

Seismilhoesum disse...

Mais uma vez a "organização" Benfica .... falhou! Não devem ter questionado quem ia, não sabiam, e o "mandam" lá sozinho. E se o sujeito tinha lá mais camaradas e queriam fazer algo ao Amorim? E o Amorim porque tira fotos ao lado do Proença? Posso acreditar é que não saiba quem é o outro. Mas ... esta foto foi antes ou depois da palestra?

Águia Eterna disse...

Concordo com o teor deste post.
Um BENFICA com um Presidente a sério nunca teria permitido que um jogador do Clube marcasse presente numa reunião/festa de "Árbitros".
E não o permitiria NUNCA, porque em Portugal não existem ÁRBITROS. Existem sim, é APITADORES CORRUPTOS que ao longo de 30 (TRINTA) anos ROUBARAM E ENXOVALHARAM o Nosso BENFICA.
Com esta atitude, o BENFICA apenas mostra que está de cócoras perante os "senhores" do APITO, e em vez de EXIGIR RESPEITO E TRANSPARÊNCIA E VERDADE DESPORTIVA, anda a MENDIGAR CARIDADE.

É por isso que detesto e sempre detestarei essa figurinha decorativa que faz de Nosso Presidente.
É um homenzinho banal, tímido, medroso, que o que quer é que "NÃO CHOVA PARA O LADO DELE".
O Benfica precisa de um PRESIDENTE que seja capaz de EXIGIR ABSOLUTO RESPEITO PELO BENFICA E PELA VERDADE DESPORTIVA tanto em Portugal como na Europa.

Ai do riporting de alvalixo com as fragilidades que tem, com muito menos receitas e menos adeptos, se tivesse um presidentezinho tipo l.f. vieira. Até já lhe tinham tirado o leão de símbolo e colocado lá um LEITÃO.

Quanto ao "macaco", ele não é nenhum super-homem. Nós somos os MAIORES. E se Nos agridem, em vez de apenas Nos lamentarmos temos de dar a RESPOSTA no mínimo em DOBRO.

P.S. caro JNF, alerto para dizer que onde escreveste " é difícil compreender e aceitar que Rúben tenha pousado para uma fotografia .." deves escrever "TENHA POSADO".

Saudações da ÁGUIA ETERNAMENTE BENFIQUISTA.

Anónimo disse...

Perfeito!!! Está aqui tudo dito...!!!

Harvey Dent disse...

Cuidado, olha que os benfiquinhistas acham isto muito bem! Não há mal nenhum!

JotaPê disse...

O Ruben não tem culpa. O presidente Jorge Jesus, se tivesse dois dedos de testa, proibia qualquer benfiquista de se juntar a esta merda...

InvisibleKid disse...

se o ruben sabia ou nao sabia, se devia ou nao devia....sinceramente parece me um pormenor

pq a verdadeira questao é pq foi o nandinho convidado para o XIII Encontro Nacional do Árbitro Jovem...e a resposta a isso dira muito sobre o nosso futebol

chupa misto melao disse...

E, já agora, porque aparece Amorim abraçado a um árbitro "amigo", num encontro de árbitros? Poderia, também, evitar transmitir a imagem que existe compadrio entre jogadores e árbitros. Não é só quando se "dão conselhos sentimentais" que as suspeições têm razão de ser...