quarta-feira, 2 de novembro de 2011

A culpa é do treinador (Jesus? Raúl?)

Não andava tão eufórico como muitos benfiquistas, mas tenho que admitir que já andava convencido de que éramos melhores do que, verdade verdadinha, temos mostrado ser.


Os últimos jogos já tinham dado pistas dos mesmos males de sempre: equívocos tácticos e um misto de falhas de concentração com perda de intensidade.


Hoje o Basileia foi mais equipa.


Porquê? Isso deixo para o Luis Freitas Lobo, mas tenho uns bitaites a “amandar”:


  • Esta merda do 4-4-2 sem 10 é uma diarreia táctica que tem definitivamente de acabar. No jogo de hoje, quando queríamos responder ao golo sofrido, tirar o Aimar é dar um peido quando se está de diarreia: sujámos a cueca.
  • Está provado que o affair “Capdevilla” foi um grande erro. Não pela exibição do puto, que até foi mais ou menos; mas porque ficou provado que o treinador não tinha uma alternativa credível, acabando por “queimar” uma substituição numa troca patética (mais uma vez sem culpar a exibição de quem saiu ou entrou).
  • O Gaitan, quando defende como os colegas só aguenta 50min.
  • O Bruno César precisava de um espelho retrovisor para ver o Maxi a entrar nas costas.
  • O Matic tem melhorado mas ainda continua lento a executar/pensar (tirando alguns passes de primeira). Apesar de ter algumas mais-valias face ao Javi a equipa fica claramente a perder.
  • O Cardozo justificou plenamente porque está no banco.
  • O Nolito não justificou nada.


E é isto. O mês de Novembro vai ser mais lixado do que pensava.

Temos tudo em aberto. Somos uma boa equipa, mas não somos claramente mais fortes que os rivais internos. Quanto à europa, somos bonzinhos, talvez ligeiramente melhores que o Basileia...



P.S.: Todos os árbitros foram mauzinhos, sublinhando os infindáveis equívocos dos bandeirinhas. Mas as lombrigas que ficam junto à pequena área são qualquer coisa! Aquele lance em que a bola quase que pisa os calos do gajo e ele mesmo assim não assinala canto é a coisa mais ridícula que vi no futebol desde o cabelo do Hulk.

15 comentários:

Toupeira Real disse...

Começando pelo P.S., não esquecer o penalty que fingiu não ver. Depois:
O que se viu foi mau de mais! A equipa dura 60 minutos. Alguém sabe explicar? Ou vamos continuar a dizer que os outros jogam sempre com amarelinha?! Péssimo, péssimo!!! Ainda falta muita estaleca para competir na Europa.
A falta de rendimento físico é crónica desde que JJ chegou à Luz. No primeiro ano, era disfarçada pelos golos que arrumavam o jogo cedo. O ano passado foi o que se viu: rotos, rotos, a partir de Março. Este ano começou em Outubro (!), todos os adversários já perceberam que a equipa vai estourar e, por isso, vão jogando calmamente. Se não sofrerem golos, então a esperança de poderem ganhar é elevada. Mais ainda, por que carga de água já ninguém remata à baliza. É proibido chutar de fora da área? Algo (bem escondido) vai mal no Seixal.

Anónimo disse...

eu so digo o karma é lixado e o benfica nao jogou a ponta de um corno ja nao ha vergonha a muito tempo

Anónimo disse...

A culpa é do preparador físico ou do grande caralho que foda isto tudo e todos pró caralho

SLB4EVER disse...

Dasse é daqueles jogos em que no fim apetece mandar tudo para o crl!

Para meter ainda mais nojo é impossivel ñ ficar indignado de como mais uma vez os apitadores recusam-se a assinalar um penaltie clarinho a nosso favor. Na champions são sempre os mesmos a ser beneficiados e prejudicados, a UEFA e o michel que vão mamar mas é na quinta pata do cavalo pqp, deve ser preciso oferecer marisco, fruta e relógios.

Agora da nossa parte tenho que começar pela ridícula substituição a que assistimos, trocar o L.Martins pelo M.Vitor naquela fase tinha tudo para dar merda e deu, karma ou não o que aconteceu é que sofremos logo o golo de seguida. Não por demérito do jogador em sí como bem frisas mas porque a partir do empate era obvio que o regresso ao inerrável 442 sem 10 era inevitável.

O Gaitán aos 23 anos só dura 30 minutos e tem andado a ser poupado, isto é ridículo, devia ter sido o primeiro a ser substituido e não o último. O MU dá 40M €? Epá nem pensava 2 vezes...

O Witsel parece que anda a pensar mais na sua carreira de MC do que na de futebolista, os últimos 3 jogos não jogou nada e com o D.Simão e R.Amorim para a posição talvez o banco seja bom para refrescar as ideias.

Incrivelmente tem-se visto que o futebol ligado da equipa e atitude em campo tem vindo a diminuir gostava de saber o que é que andam a treinar e até que ponto as teimosias e manias do treinador têm influenciado este comportamente.

Vem aí o Braga e espero que o treinador e jogadores atinem pq isto não é nada, aliás é algo, falta de respeito com o clube, sócios e adeptos.

Bcool973 disse...

A equipa quando perdeu o controlo do jogo ou quando mamou o golo estava em 442 ricardo ? Sinceramente não entendo que não percebes que o grave não é o 442 ou o 4231, o grave e (no meu entender, claro):
1- alas que apoiam pouco os laterais, hoje agravado pelo desconhecimento táctico do miúdo e da falta de apoio do trinco (isto é tão visível que o golo foi do lado do maxi, e também entraram várias desse lado nas costas dele, e nem o ala nem o trinco ajudaram)
2- o matic não é trinco, falhou no lance do golo porque chegou atrasado, não compreende que não joga na linha do witsel e tem que ser ele a deslocar-se para junto do lateral e do central (entre o lateral e o central) que está do lado da bola, quando tem a bola agarra-se demasiado a ela não permitindo ataques mais rápidos e perdendo várias vezes a bola quando a equipa está já a sair para o ataque
3- falta de coragem para tirar o rodrigo quando ele acabou aos 55 ou 60 minutos só porque está em alta junto dos sócios e adeptos
4- não perceber que o bruno césar dificilmente se adapta a um relvado como o que estava
5- não mandar uma foda nos alas ao intervalo quando não defendem

Não ganhámos, arriscamo-nos se não temos cuidado a ir parar à Liga Europa. Talvez o banho de humildade que apanharam por perderem contra um basel de segunda os leve a encarar mais a sério os próximos jogos e a não descansar sobre vantagens minúsculas. Espero que o Jesus perceba os erros e compreenda que do outro lado estão treinadores que mudam a táctica durante o jogo quando as coisas não funcionam e ele tem que se adaptar conforme o adversários sendo capaz de tirar seja quem fôr.
Dito isto, obviamente que estando sem o controlo de meio-campo em 4231, pior ainda ficou quando mudou para 442. Sem um trinco sapador, daqueles que correm 12 km ou mais por jogo se fôr necessário, dificilmente consegue jogar em 442. Já agora, porque não dar um banquinho ao witsel e passar o matic para 8, se o witsel anda cada vez mais alheado do jogo. Com o nolito em campo é necessário um jogador que saiba tabelar, tipo aimar ou saviola, caso contrário o jogo dele perde eficácia

Bcool973 disse...

Eu sei que são todos críticos do 442, mas o aimar saíu cerca de 10 minutos depois do golo. Não penso que a equipa devia ter mudado para o 442, pois o rodrigo estava estoirado e os alas também. Quando criticam o gaitan esquecem-se que ele apoiou muito mais os laterais que o bruno césar, que se limitou a fazer umas corridas com a bola. Não sei se faltou o Jesus no banco, mas tacticamente o Benfica reagiu sempre tarde e a más horas. O Benfica já na primeira parte estava a jogar mal, sendo que a shakira aproveitava que o luis martins ia para o centro e ficava com km para correr e centrar. Na segunda parte com o abaixamento do maxi e principalmente do apoio dos alas aos laterais, as bolas começaram a entrar nas costas dos laterais tanto do lado direito como do lado esquerdo.
O Benfica tem enfrentado problemas sempre que perde o controlo do meio-campo e é nisso que a equipa deve trabalhar, aumentando a solidariedade entre defesa e ataque, porque sem pressão na defesa dos adversários, as bolas são lançadas para as costas e mamamos golos consoante o valor dos adversáruios. Meso assim, estou confiante que vamos ganhar aos mini-tripeiros no domingo

SLB4EVER disse...

BCool olha que a posta é do Sérgio :)

Qt ao 442 na discussão do último jogo acabas por revelar uma opinião bastante semelhante á minha no último comentário feito e tb assumes os seus problemas para o implementar com este plantel. Acho que concordas que não resulta em bom futebol e poucas jogadas de perigo produz, acrescenta a isto ter o Rodrigo, B.César, GAitan (este já nem existia) e Maxi desgastados e o Witsel ausente, era óbvio que só com muita sorte se ia conseguir acabar por ganhar o jogo assim. De resto estamos de acordo.

Também não percebo é pq o Nolito mão foi titular neste jogo em vez do César, para além de não ter sido titular no último a sua garra tinha sido benéfica para o lateral e este durar o jogo todo, ou quase.

O Cabinda disse...

Realmente incrivel como é que aquele anormal do 4º arbitro nao vê um boii a passar-lhe à frente dos olhos. Será possivel termos uma sequencia de 2 jogos seguidos com arbitros isentos???

NO ENTANTO, hoje há muita coisa a esclarecer.

- Como é que um adjunto não tira a samarra durante 90 m?

- Como +e que um adjunto não sai de debaixo do tecto do banco de suplentes durante 90m?

- Quem é responsavel pela troca do Luis Martins pelo Miguel Vitor? É culpa do iniciado que a equipa esteja mal? Eles nem estavam a atacar por aquele lado. Ha 2 semanas o Emerson levou um baile naquele lado e nao foi substituido.

- O responsavel pela saída do Aimar deve ser o mesmo de sempre. E o Fim do futebol benfiquista foi normal, nada que nao estejamos habituados a ver desde a PRIMEIRA JORNADA do campeonato.

- O mestre da tactica estava no hotel a ver a playboy channel ? Só pode, o picanhas, andou a fazer o quê exatamente no corredor direito?

- A equipa a amorfinhar-se e o anormal do Raul Jose(por isso é adjunto) não deu uma instrução pra dentro do campo. O adjunto hoje foi o Capitão, o homem que anda a levar a equipa e os colegas de equipa ao colo.

-O Universo rege-se por regras de justiça e a saída do Luis Martins, teve como consequencia imediata o golo sofrido, ainda o M. Vitor não se tinha posicionado em campo. Qual a mensagem que foi levada aos jogadores com esta substituição?
A arte de queimar dois jovens jogadores da cantera. Obrigado incompetente fala barato JJ.

- O Nolito? O corrupto do jj encarregou-se de lhe destruir a moral.

- Não dá para substituir o Aimar só quando tiver 40 anos, mas deixar a camisola 10 estendida no meio campo...só para servir de farol aos colegas de equipa que nao têm a culpa de ter um coach fala barato?

Bcool973 disse...

As minhas humildes desculpas ao Sérgio, pois nem vi o nome e estou habituado a que seja o Ricardo a atacar a questão do 442. Eu continuo na minha, depende mais do desempenho dos jogadores e das suas movimentações defensivas e ofensivas, do que do sistema base. Se no 442, os avançados pressionarem os centrais após a perda da bola, os alas encostarem nos laterais e o witsel acopanhar o trinco, é impossível que apareçam os passes para as costas dos laterais que tanta mossa nos fazem, alternativamente, podemos ter um avançado para os centrais e o outro para o trinco ou para tapar o resto dos espaços. Ofensivamente, com 2 laterais que sobem, com alas que derivam para o meio, basta um médio ofensivo para ter 7 jogadores no processo ofensivo. O problema são as movimentações e o empenho dos jogadores e não o sistema base. Claro que com as quebras físicas apontadas, só por sorte podíamos ter bons resultados, embora perceba a tentativa desesperada de esticar o jogo quando o meio-campo estava morto. Eu preferia a entrada do nolito para o lugar do aimar e derivar um dos alas para o meio e substituir o rodrigo pelo cardozo, sem esquecer que não se justifica a saída do puto, pois é uma substituição a menos, eles limitaram-se a mudar o lado pelo qual atacavam e tinham espaços

Ricardo disse...

Só discordo em relação ao Cardozo. Não tem culpa nenhuma de chegar ao jogo com os colegas congelados até 2030.

Sobre as libelinhas que ficam na linha final, ja não há palavras. O gajo não viu, ali, a 1 metro dele, uma bola que bateu fora!!! Não viu um penálti claro, ali, a dois metros dele, e ainda, em sintonia com o fiscal de linha, marcaram uma falta do Rodrigo sobre o coreano quando o man escorregou, ninguém lhe tocou.

Para quê pagar a gajos que, em vez de ajudarem, prejudicam o árbitro? Guardem o dinheiro e patrocinem os pobrezinhos da UEFA, coitadinhos.

Sérgio disse...

Ok, a malta está mais ou menos de acordo...

Quanto ao 4-4-2, Bcool973, devo dizer que o que dizes até faz sentido, o problema é o que não dizes.
Ou seja, o problema do 4-4-2, mais do que a geometria, é uma coisa que tu não abordas muito, já que te centraste na vertente defensiva.
O meu problema é na transição ofensiva, e no facto de termos dificuldade em viver sem uma figura como Aimar em campo. Aliás, esse problema ainda é mais dramático quando a alteração é feita durante o jogo; achei claramente que depois do Aimar sair a equipa ainda estava a progredir no terreno à espera que lá estivesse o argentino. O witsel parece um jogador que gosta de ter companhia, jogar curto e bem, e o aimar quando está em campo é o pai daquela malta, contemporiza quando se está a acelerar a mais, joga rápido quando se está a complicar, etc. É um contraponto magnífico que mas ninguém sabe ser. Sem ele a equipa parte-se em individualidades. Agora, usualmente, a saída dele está associada ao dito 4-4-2...

Bcool973 disse...

Ok Sérgio vou tentar provar-te que não é assim. A lógica do Jesus é ter laterais ofensivos e alas que cortam para dentro em vez de procurarem a linha. Não tendo o Aimar em campo, com o Witsel do lado da bola, tens 3 jogadores para fazeres um triângulo, ou seja assegura-te sempre 2 linhas de passe. Com dois avançados, pelo menos 1 deles é movel, no caso do Benfica, Rodrigo agora, Saviola antes, se este também estiver do lado da bola, em vez de 2 ficas com 3 linhas de passe, sabendo que do lado contrário tens 1 ala, e 1 avançado e atrás tens o trinco e os centrais, bem como o outro lateral que não sobe tanto não tendo a bola do lado dele. Ou seja, tens opções para jogares curto - 3 linhas de passe, para jogares longo - 2 jogadores, ou para recomeçares o jogo - 4 jogadores. é preciso é que os jogadores se mexam, ganhem espaços e criem linhas de passe para os colegas. Qualquer que seja o sistema táctico, é sempre uma base, mas o mais determinante são as movimentações dos jogadores. Por isso não acho que o 442 seja um problem per se, é um problema com o matic, porque o witsel baixa muito e fica no pântano, nem ataca nem defende bem. Será também um problema quando os alas já estão desgastados, o que associado a uma posição mais recuada do witsel, implica dar o meio-campo ao adversário e ficar dependente do acerto defensivo

Bcool973 disse...

Dito isto, concordo contigo, o witsel não consegue fazer de aimar, mas se calhar é altura de experimentar outro jogador nessa posição como alternativa ao mago, talvez o gaitán, porque acho que tem melhor visão periférica que o bruno césar, porque ao contrário do resto da malta não acho que o gordo jogue bem a 10, acho que sendo trabalhado para lutar mais pela posse de bola pode dar um 8 fabuloso, tipo ramires, mas com melhor remate

Sérgio disse...

Não tenho nada a dizer! Concordo perfeitamente! Ou seja, posso a partir de agora falar, em vez do 4-4-2, daqueles momentos em o JJ não acautela devidamente o domínio territorial do meio-campo e a progressão em passe curto nesta zona. E ele faz isso muitas vezes, ou por escolher um 11 que está pouco talhado(trabalhado) para essas funções, quer substituindo jogadores durante o jogo sem ter isso em conta...de resto acho que tens toda a razão.

E como corolário do que dizes, apesar de concordar que há potenciais alternativas ao Aimar no plantel (até o próprio Witsel desde que estejam 2 médios atrás dele), fico sempre preocupado quando as noticias de potenciais reforços nunca são para essa posição mas sim para posições em que estamos bem servidos (é claro que até ser verdade é escusado acreditar nos jornais) - mas mesmo este defeso vieram extremos a mais...

Bcool973 disse...

Mas se calhar é porque a concepção do Jesus aposta mais na transição rápida do que na construção em posse de bola. Quanto ao resto perfeitamente de acordo, aliás subindo o matica para 8, talvez o witsel funcione a 10, é uma questão de ele experimentar em vez de insistir com o matic a 6 para provar que tem razão.