terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Coisas que Spalletti não pode saber sobre o Benfica

- Na saída de bola do Benfica, quando ela chegar a Emerson, não convém que apareça um médio a fechar a linha de passe vertical. Se isso acontecer, Emerson fintará para dentro e passará a Matic. Caso Spalletti se engane e peça ao médio para fechar a linha, Spalletti não pode pedir ao seu médio ofensivo e atacantes que pressionem logo Matic. Se isso acontecer, o Benfica perde a bola e fica em desvantagem numérica em zona letal. 

-  Em construção, se Gaitán se encontrar na direita do ataque do Benfica, Spalletti não deve pedir ao seu lateral e médio desse lado que subam em apoio ao extremo esquerdo. Se isso acontecer, Maxi ver-se-á sozinho contra dois ou três, podendo haver jogada de combinação ou cruzamento sem qualquer tipo de oposição.

- Não deve Spalletti ter conhecimento de que, forçando transições no lado esquerdo do seu ataque, Matic sairá da zona central em apoio a Maxi, deixando toda a zona em frente aos nosso centrais desprotegida e apta a criar espaço para um remate à entrada da área ou um passe de ruptura. Caso aconteça, rezemos por cortes in extremis dos centrais ou de uma excelente defesa de Rei Artur.

-  Não é admissível que Spalletti esteja a par de que se ordenar aos seus médios que troquem a bola no meio-campo e depois lancem um passe longo para o lado esquerdo da defesa do Benfica, Emerson chegará depois do extremo ou lateral russos chegarem à bola. Caso ocorra, é de esperar pela incompetência dos jogadores do Zenit ou pela afamada Nossa Senhora de Fátima que, como se sabe, nasceu e viveu benfiquista em cima de uma árvore.

- De Spalletti não se espera que conheça a fraca produtividade dos passes em bola parada dos jogadores do Benfica. Não é possível que Spalletti esteja informado de que deve meter, em livre lateral contra o Zenit, jogadores na linha de meio-campo empenhados em aproveitar uma bola mal marcada que acabará na posse dos russos. Se isso acontecer, reze-se a São Witsel e Dom Maxi para uma rápida recuperação no frio de São Petersburgo.

Tudo isto Spalletti não deve, não pode, não convém saber. E, acima de tudo, é imperioso que Luciano não esteja bem a par da qualidade ofensiva do Benfica, tanto em construção (sem Emerson) quanto em saídas rápidas em contra-ataque.

Prognóstico: Arca frigorífica - 1, Benfica - 2.

24 comentários:

Daniel disse...

ponto 1 e 3, como opinião pessoal, acho que não vão ser problema.

penso que iremos entrar em campo com apenas um avançado (na minha opinião Cardozo) para ficar Witsel na sua posição. Apoia Aimar e Matic. Ou seja, teremos sempre um box-to-box para compensar.

Importante é que até o Capdevilla com 40Kilos a mais defende melhor que o Émerson...

JoãoSilva disse...

Conseguirias tu, fazer um post em que não desses uma alfinetada à equipa??

Acho bem que sejamos exigentes, mas por vezes, ainda mais quando a equipa está de saúde e recomenda-se, não seria possível expressares o teu amor cego pelo clube e crença


Muito provavelmente sou eu que não distingo uma coisa da outra amor cego e crença...

tirando a parte de seres um cínico não romântico, gostei do post e espero que saiamos da Russia com o resultado que ali puseste ou melhor ainda!

http://esperoportinomarques.blogspot.com/

Valco disse...

Prontos... a probabilidade de virem a saber isso é muito diminuta. Pois, teriam de saber ler em português e também saber da existência deste post neste blog... seriam coincidências a mais. Tamos safos.
O Benfica tem classe para ganhar isto na boa. Na minha opinião, o facto do Burro Alves dizer o que disse mostra que não está muito confiante.
Vitória é preciso...

Éter disse...

Spalletti tem aquele cavalheirismo italiano de que falámos outro dia. Logo, não irá pressionar Emerson nem atacar pelo flanco direito. É o fair play no seu expoente máximo.

aNNónimo disse...

Não tenhas medo do Benfica e não te esqueças de mandar este post para o Zenit traduzido para russo.

Bcool973 disse...

O primeiro ponto é quase inevitável que aconteça, para evitar a primeira fase de construção.
Com witsel e matic, acho que maxi estará protegido e esperemos que o witsel recue o suficiente para anular o ponto 3.
Quanto ao ponto 4 considero que o garay pode resolver a maioria das bolas.
quanto aos livres laterais, tanto podem dar contra-ataque, mas podem dar golo e por isso se optar por apostar no contra-ataque pode arriscar-se a sofrer.
Essas são as princiais carências do Benfica, mas assusta-me mais o que li hoje nos jornais que o Benfica adoptaria 1 avançado (rodrigo), aimar a segundo avançado, bruno césar à esquerda e gaitan à direita e matic e witsel ao meio - a falta de rotina em jogar no 4-5-1 ou num 4-4-2 com o aimar a 2.º avançado, já não jogamos assim desde manchester preocupa-me mais.
Preocupa-me também a baixa temperatura ou a possibilidade de ir jogar para um sintético, e estas questões preocupam-me mais do que o jogo em si, mas pelo efeito de lesões futuras decorrentes de um esforço para os quais não estão adequadamente preparados

Ricardo disse...

João Silva, tu basicamente és imbecil. Não tem mal nenhum, há muitos como tu. E, por favor, não faças mais publicidade. Quero continuar a ter os teus comentários pela imbecilidade que revelas mas se trazes publicidade atrás tenho de cortar o pio ao papagaio. Não leves a mal, claro. Tu até és romântico e tudo.

Abraço, Valco. O Burro Alves é aquilo, não há mais.

O Anónimo acha que se puser NN cria coisas. Tadinho. E não consta que alguma vez tivesse lido Gorki.

Ricardo disse...

Bcool, aprecio o teu optimismo mas são carências muito evidentes - tanto que até nós falamos nisto.

Sim, espero que o Jeus não opte por jogar com César e Gaitán nas alas e muito menos com Aimar a segundo avançado.

Por mim, entramos num 433 híbrido com Nolito na esquerda, Rodrigo na direita (entre a ala e o apoio a Cardozo) e o trio de meio-campo bem definido: Matic a pivot, Witsel em transições e Aimar a 10 (não a segundo avançado).

Somos melhores e podemos ganhar lá, mesmo dentro de blocos de gelo.

As lesões só acontecerão se não houver preparação conveniente no pré-jogo. Acredito na nossa equipa médica e no profissionalismo da mesma. Mas, sim, há um risco. Que quem está nesta fase da Champions tem de correr.

JC disse...

Tácticas à parte, aquilo que mais me preocupa é o ponto 2. Sim, mais até do que Emerson ( que em jogos deste calibre costuma ser alvo de atenção e solidariedade redobradas por parte dos colegas), é Gaitan quem me põe os nervos em franja com as suas perdas de bola infantis naqueles momentos em que a equipa se prepara para atacar em bloco. E correr para trás está quieto.
Que Gaitan é um desequilibrador nato todos sabemos. Mas é uma pena que nem sempre desequilibre na direcção certa.

M. disse...

Ricardo, o problema está mais patente no teu comentário: o 442 clássico com Aimar a 2º avançado ou, finalmente!, o 433 híbrido, com um 6 à frente da defesa, um 8 e um 10?

Quero tanto ganhar amanhã... Mas quero mais ganhar o Campeonato e nunca nos podemos esquecer disso.

Ulrich Haberland disse...

Spalletti, não acredites no Ricardo, ele é Benfiquista só te está a enganar!

Acho que vamos jogar em contra-golpe com Zanaki, Rodrigo e Gaitan como setas.

O Javi vai fazer muita falta...

Não acredites em mim Spalletti eu também sou Benfiquista.

Prognóstico?... Talvez 1-1

Pedro Soares disse...

Se a memória não me engana o pior jogo da champions e consequentemente o pior resultado do Benfica até agora foi num jogo sem Emerson. Curiosidades.

Ricardo disse...

JC, nem mais. O probema do Gaitán é precisamente esse: desequilibra em demasia... a nosso desfavor.

Quanto ao Emerson, é verdade que os colegas costumam ter redobrada atenção. E é precisamente por isso que é um problema - uma equipa não deve viver em pânico por causa de um dos elementos. E, no Benfica, nota-se esse medo que o homem faça merda. Perde a equipa, naturalmente.

M., a prioridade é o Campeonto, disso não restam dúvidas. Mas estamos fortes, bem colocados para passar aos quartos-de-final da Champions e essa é uma oportunidade que não devemos perder: pela questão financeira mas sobretudo pela necessidade de impormos novamente o nome do Benfica nos melhores da Europa. Isto é muito importante, diria mesmo: fundamental. O Benfica tem de aparecer ano sim ano sim nos quartos, meias, oitavos, final, quartos, oitavos, meias até um dia levar um caneco para casa.

Além disso, jogaremos só na Segunda-Feira com o Vitória. Temos muito tempo para recuperar. Só espero que não haja lesões. Tu, como especialista na matéria, o que dirias sobre a probabilidade de acontecerem?

Ulricha, 1-1 parece-me muito bem, também. Tudo o que seja não perder para mim está óptimo. Se for com golos, ainda melhor.

Pedro Soares, elucida-me: primeiro dizes "se a memória não me engana" (portanto não tens a certeza) e depois concluis brilhantemente: "curiosidades". Já agora, em vez dessa conclusão desarmante, que tal dizeres o que concluis com esse facto?

dezazucr disse...

Pergunto-me com tantos pontos fracos, como é que esta equipa ainda não foi trucidada. Deve estar para breve, no entanto ;)

Carrega BENFICA!!!

Ricardo disse...

Achas, dezazucr? 5 pontos fracos são "tantos" numa equipa de futebol? Eu acho poucos, muito poucos, até. E, se houvesse lateral-esquerdo, então, a coisa remetia-se à displicência do Gaitán.

Podes então versar sobre os pontos sobre os quais discorri? Ou é mais fácil a ironia bacoca?

Numa coisa estamos de acordo: Carrega, Benfica!!!

Constantino disse...

3 Coisas que o Spalleti não sabe:

1. Vai levar na boca como gente grande.

2. Vai levar na boca como gente pequena.

3. Vai levar na boca como gente média.

(o facto de ter que elaborar 3 pontos deve-se a eu não conhecer pessoalmente o italiano e como tal não sei de que tamanho ele é)

lawrence disse...

Como todas as equipas tem pontos mais fracos e mais fortes, interessa-me é que o Glorioso saiba aproveitar os fracos dos russos e potenciar os nossos fortes!
E que eles não saibam fazer o vice-versa!
Má notícia é saber que o besta alves não joga!
Era mais um ponto fraco a explorar!
Daqui dos "meus" +33 graus:
CARREGA GLORIOSO!!

jose garcia disse...

também era fixe ver-te a falar dos pontos fortes da equipa.

Carrega Benfica!!!

Abraço

Ulrich Haberland disse...

Ricardo, concordo com as fraquezas que apontas à equipa e o facto do Javi não jogar agrava-as.

"A chain is just as strong as its weakest link" por isso a importância da questão Emerson.

Espero um empate com golos na pior das hipóteses mas preocupa-me a probabilidade de lesões (the up side, estão reunidas boas condições para o Emerson apanhar uma valente gripe)

Ricardo disse...

Do Bruto Alves, Constantino?

Lawrence, isso é falta para expulsão. Ninguém vive com +33 graus. Vai fazer inveja para outro lado, pá.

José, o post é sobre as debilidades que temos - que é o que me atormenta. Mas também falo na qualidade que temos, mas essa importa-me menos referenciar - já está mais que conhecida. Abraço.

Ricardo disse...

Let´s hope, Ulricha, let´s hope.

Pedro disse...

Bom dia pessoal,

Contrariamente ao que dizem, creio que o frio pode ser nosso aliado, se já jogaram à bola com frio, vento e chuva sabem que a condição física e o ritmo de jogo são muito importantes devido às dificuldades na respiração, nessa perspectiva creio que na segunda parte o Zenit que não compete vai para dois meses pode ter mais dificuldades...
Depois sou apologista que Aimar não deve jogar, está no limite dos cartões e tenho ideia que pode fazer uma maior diferença em Lisboa!

Abraço
Pedro

eupensopelaminhacabeçaeusoulivre disse...

AMIGO AMIGO AMIGO [estou a gritar muito alto :)] isso pensa-se mas não se escreve!
Mete isso na cabeça!
Mesmo assim talvez a coisa possa correr bem!

Mojo disse...

Vai ser difícil para as avestruzes do Benfica justificar as falhas que ocorreram hoje, tendo em conta que foi basicamente tudo aquilo que o Ricardo avisou que poderia correr mal.
Mas, enfim,poderia ter sido pior. Tenho é uma certa azia de que isto comece a descarrilar em definitivo.
Agora é hibernar até segunda e sejam generosos nos comentários(eu sei que não vão ser e fazem bem)porque a minha sensibilidade está em níveis de menopausa.