segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Podem tirar Jesus da Amadora mas a Amadora vive sem o Jesus

Vamos a factos: Jorge Jesus é um bom treinador. Mais factos: Jorge Jesus conhece o futebol. Ainda mais factos: Jorge Jesus sabe mais de futebol do que todos os bloggers, adeptos e sócios do Benfica juntos e ainda sobrarão palavras para nomear Jorge Jesus como uma pessoa que sabe mais do que todos os outros.

Então por que razão Jesus decide, com Javi lesionado e Matic no seu lugar, abdicar de ter meio-campo? Por que razão Jesus abdica, num jogo fundamental, de ter Witsel em campo? Por que caralho de razão Jesus vai para Guimarães, após um jogo europeu de enorme desgaste, como se estivesse na Luz e, pior, decida optar por um meio-campo sem capacidade para ter a bola? Eu tenho as minhas razões, mas deixo ao vosso critério.

Há respostas mas não sei se vocês querem saber. Aliás, sei que não querem. Não cabe na cabeça do gajo mais incompetente (falo de Luís Campos e outros que seguem a sua escola) aquilo que hoje se passou. Portanto: Matic (que tem dificuldades posicionais) e Aimar. Vou repetir: num jogo fundamental, Jesus decidiu o meio-campo do Benfica assim: Matic e Aimar. Não chegando, Gaitán numa ala. 

Agora que estamos esclarecidos sobre a qualidade de Jesus como técnico, resta-nos o resto: o que faz Jorge da Amadora fazer o que fez? Eu respondo: a estupidez, a imbecilidade. Jesus, apesar dos Sérgios, é um bronco. E é por isso que nunca será um treinador de topo. 

Já tínhamos a noção disso pelo facto de deixar Emerson como jogador do Benfica. Agora chegou (se não tivesse chegado duas épocas antes e na última) outro conceito: Jesus quer demonstrar que é capaz de ganhar às velhas no Bingo. 

Linha! E Jesus adora. E, quando não é linha, Jesus vai atrás de outras linhas. De outros bingos. O problema de Jesus é que é sportinguista.  



 E agora o final desta dissertação: estarei em Coimbra.

31 comentários:

Pedro disse...

Ah e esqueci-me de dizer que ainda me arrisco a ser contratado pelo Benfica...é que se eles são grandes jogadores e marcam cantos daquela maneira eu sou o futuro "Bola de Ouro"

Epa uma semana de treino com os Infantis para aprenderem a marcar cantos a dois...lembram-se como era? Um levanta a bola e outro manda charuto...fdx nem uma bola decente para amostra...

Abraço
Pedro

João disse...

Esta derrota é totalmente creditada ao mestre da táctica.. de mascar chiclete.. Jogar sem meio-campo, quando é o visitante? Ainda por cima contra o Guimarães? E quando não tem o Javi? E com o Gaitán, o Aimar, o Rodrigo em défice fisico? Substituições aos 85 e 86 minutos, quando a equipa está fraca, fraquinha? Esta derrota é do jesus, e nem me falem do lance do golo do Vitória, apesar do não ser falta, já que hoje o Benfica foi absolutamente miserável, simplesmente miserável... e pronto já só temos 2 pontos de vantagem... que tristeza!!!

Ricardo disse...

Ó Ricardo, agora Jesus já é Sportinguista?!! Errou hoje?! Talvez. Agora Ópá, deixem-se de merdas e apoiem a equipa! Muitos terroristas da Blogoesfera Encarnada já desejavam por esta noite há algum tempo! Força

João disse...

Eu não tenho pedras escondidas para arremessar, nem sou terrorista.
Eu sou daqueles a quem uma derrota destas estraga uma noite, fico fdd, claro que fico fdd.. já nem de casa vou sair.. esta porcaria deu-me cabo do feriado.

O Benfica pode perder jogos, faz parte de um campeonato! Agora perder jogos por causa do treinador, não porque não saiba treinar mas, simplesmente porque tem a mania toda.. Eu acho que o jj é bom treinador, mas ele tem um defeito gigante que nunca o deixará ser um grande treinador e que é.. a teimosia! Ele pôs na cabeça que o Emerson há-de jogar sempre... o triste do brasileiro é uma porcaria, é limitadissimo e não tinha lugar na maior parte das equipas da liga (não tou a exagerar!!). A lagartagem, que tem uma equipa quase patética, tem um DE que é, nos maus dias, 20x melhor que o Emerson.
Outra coisa, o jj é apaixonado pelo Gaitán, sabe-se lá porquê.. eu não percebo. É um jogador que não defende, nem tem cultura táctica. Só corre com a bola nos pés, mas nem um golo faz, e é displicente muitas vezes, tentando adornar todas as jogadas.

Como é possível jogar em guimarães sem médios? Se fosse com o Javi em campo, já era quase uma loucura, sem ele, é suícidio!!!!

Não percebo o jj, sinceramente não percebo. Acho que a teimosia o cega, e o torna burro no banco. Só assim se explica que ao jogar tão mal, e sem pernas, tenha feito duas subs nos últimos 5 minutos...

Águia Preocupada disse...

Absolutamente de acordo! Só com uma ressalva; o ser sportinguista não lhe deve retirar a ambição de tentar chegar ao mais nível profissional e isso não conseguirá através do Sporting...
Mas JJ gosta de inventar. Depois é isto! Deixar Witsel no banco com um campo assim e fazer alterações só aos 85m é de quem acha que qualquer merda sua é uma obra prima!
Cá p'ra mim, ele não estuda os adversários... mete onze a jogar e pronto...
Hoje, não podemos nem devemos, se queremos ser sérios e honestos, culpar o árbitro! Hoje, foi JJ que nos derrotou!
Por isso, JJ, hoje foste o elo mais fraco. Emenda-te, porque a paciência começa a encurtar, tal como os pontos de avanço...

Bcool973 disse...

Não vale a pena bater mais no ceguinho. De certeza que o Jesus não queria perder, mas pareceu-me desde início que a equipa estava com pouca frescura e que isso afectou sempre a capacidade de decisão.
Witsel também fez grande parte do jogo na Rússia, pelo que a entrada de Nolito se justificou inteiramente para o lugar do Bruno César, mas acho que Aimar apesar de jogar bem, fica muito longe do Matic e o Matic como sempre tem dificuldades em perceber o que é um trinco, algo que se vê contra equipas que fazem do contra-ataque a sua arma preferencial.
É muito fácil falar depois dos jogos, digo eu que não falei antes e portanto se calhar vão achar que tenho pouca moral. eu tinha apostado na dupla Saviola-Rodrigo, para que Saviola baixasse mais e obrigasse a Aimar a baixar para junto do Matic, pois apostava nele em detrimento do Gaitan e punha o witsel pela direita no ataque, baixando para o apoio ao Matic na recuperação defensiva.
A derrota está feita, acho que o golo nasceu de um livre inventado, mas acima de tudo pareceu-me que a equipa está a sentir demasiado a falta do Javi, que é para não falar do Amorim.
Se queria dar frecura e velocidade, então apostasse no jaló pela direita em vez do Witsel ou do Gaitan.
Resumindo, temos que ganhar em coimbra e ao porco, senão arriscamo-nos a perder o 33.º

PP disse...

Bem, vamos lá colocar um pouco de água na fervura:

Frente ao Nacional, jogo muito complicado, jogámos exactamente com este mesmo onze e goleámos. Matic e o Aimar foram dos melhores em campo nesse encontro.

É preciso ter calma...

PS: Não foi exactamente o mesmo onze, pois o Witsel jogou a lateral devido a castigo do Maxi...

Pedro disse...

O meu problema Ricardo, é que não acho que Jesus seja assim tão burro...

Pedro disse...

PP, é totalmente diferente jogar na Luz ou em Guimarães.

João disse...

PP, com o Nacional jogámos em casa e sem ter jogado na Rússia antes.. e o Rodrigo não estava limitado fisicamente. Se achas que jogar na catedral é a mesma coisa de jogar em Guimarães, acho que precisas de reflectir mais um pouco sobre essa questão..

Viriato de Viseu disse...

Para Guimarâes e depois do cansaço da Russia, jogarmos sem o Javi já era coisa de monta, mas sem o Javi e sem o Witsel...foi de mais!!!

PP disse...

@Pedro e @João:

É óbvio que jogar fora é diferente de jogar em casa. Embora uma equipa grande deve ter como objectivo a superioridade dentro de campo, tal como faz o Barcelona. Agora, a dinâmica que Matic, Aimar, Nolito e Nico tiveram nesse jogo (Nacional) fizeram querer que eles já estavam a perceber o que deveriam fazer em campo.

Estava agora a ouvir o Oceano sobre o jogo e a leitura dele é pouco semelhante à minha. Hoje, Cardozo, Rodrigo, Nolito e Nico estavam à frente da linha da bola deixando apenas Matic e Aimar para construir num campo naquelas condições e frente a um adversário a morder calcanhares. Este foi o erro táctico número 1. Ou será que Nico, Nolito e até mesmo o Rodrigo não tiveram pulmão para fazer o que fizeram na Luz?

O erro táctico número 2, acontece no facto de a equipa não conseguir jogar compacta. O Emerson fica no vai-e-não-vai e isso leva a que o Garay fique sempre numa posição de retaguarda, posição essa que era efectuada em 2009-2010 pelo Luisão. Isto cria uns belos 10 a 20 metros entre os centrais e o Matic e por conseguinte o resto da equipa.

Erro táctico número 3: Cardozo não pode ficar na "mama". É preciso recuar e ficar no espaço entre o central e o médio defensivo, para que o Rodrigo no jogo directo possa aproveitar a sobra e com velocidade arrancar dalí para fora.

JC disse...

Foda-se. Foda-se. E foda-se. No dia em que resolvo gabar a esperteza desta besta, o gajo volta-me a jogar fora de casa em 4-0-5-1. Não há hipótese: este gajo não aprende com os erros do passado.

Bem bom que não temos o David Luiz para ele pôr a defesa esquerdo contra os corruptos. Ah, espera... sempre temos o Emerson.

Hugo disse...

Nunca mais é Sábado...

Miguel A. disse...

Olá Ricardo e restantes Benfiquistas.

Não vi o jogo, não tenho sport tv. Só ouvi pela rádio, por isso não me posso pronunciar muito. Que achei esquisito não jogar o Witsel, achei... Agora o Javi é que faz uma falta do caraças. E talvez as substituições devessem ter sido feitas muito antes, nisso estou de acordo.

Não podemos é esmorecer. Perdemos este, mas temos já outro no sábado que é para ganhar. O importante é a equipa não se desunir e nós continuarmos a apoiar. E uma vitória em Coimbra é muito importante, num jogo que vai ser tão difícil como este. Acredito que vamos vencer os próximos jogos.

Um abraço a todos.

philippe disse...

quando JJ inventa e merda depois nao sabe autocensura e corrigir a asneira rapidamente... segundo nao compreendo a substituiçao de matic pelo witsel, que joguem os dois para libertar aimar e para nao obrigar a recuperaçao de bola SEMPRE no nosso meio campo para nao dizer no nosso ultimo terço. terceiro: estamos de um falta de eficacia gritante quanto às conclusoes das ocasioes de golo potenciais: acostumadamente nao se vê porquê conseguimos meter uma ou duas là dentro mas num jogo desses, no qual se sabe que teremos poucas oportunidades, desperdiça-las à maneira do aimar ou do nolito é no limite da falta de concentraçao para nao dizer professionalismo e sobranceria, temos que ser mortiféros à italiana carago (duas ocasioes três golos)!
quarto: depois do jogo contra o zenit havia jogadores sem rendimento, desastrados: nolito, aimar (é excepcional mas foi hoje), emerson e até muita febrilidade do luisao!
cinco: bater cantos ou livres perigosos como se fossemos em algum treino tipo folha morta é simplesmente surreal num jogo desse: digo-vos tenso e na marca de penalti, nada mais!
quanto ao resto, temos que apoiar para estar no marquês mas à jogar dessa forma os jogadores têm que entender que nao vao ganhar titulos assim!
venham os corruptos de coimbra, e nos com outra atitude, SLB sempre!

benfiquista a serio disse...

caros amigos benfiquistas,

desculpem lá o meu pessimismo mas penso que hoje acabamos de perder o campeonato pois este filme parece um remake do ano passado. só peço que a nossa equipa me contradiga e em coimbra mude a atitude demonstrada hoje e que com o porto não tenham medo deles (como se verificou o ano passado) e arregassem as mangas para lhes ganhar mesmo que para isso seja necessário comer a relva.
enquanto o nosso treinador e os nossos jogodores não entenderem que os jogos e os campeonatos ganham-se atacando e defendendo com 11, não ganhamos titulo algum.
hoje como contra o zenit o nosso treinador apresentou um meio campo constituido por um pseudo-medio defensivo (matic) e por tres medios de caracteristicas ofensivas em que dois (aimar e nolito) ainda se esforçam por defender mas não dão solidez defensiva e por outro (gaitan) que só corre com bola não se esforçando minimamente quando não a tem para a recuperar.
conclusão: com este quarteto a nossa equipa perde solidez defensiva o que permite ao nosso adversário ganhar o meio campo e controlar o jogo a seu belo prazer.
sugestão: em jogos como este fora contra equipas dificeis o nosso treinador deveria adptar um 4-5-1 (quando estivessemos sem bola) que se desdobraceria num 4-3-3 (quando a bola estivesse em nossa posse).
logo o meu onze para o jogo de hoje e do zenit teria sido: artur, maxi, luisao, garay, emerson (já que segundo jj não temos alternativa), matic (dada a lesão de javi e a dispensa de airton), witsel e aimar, nolito, rodrigo(contra o zenit, hoje apostaria em bruno cesar dadas as limitações fisicas) e cardozo.
jj tem de perceber que para se ganhar campeonatos não se deve jogar sempre da mesma forma pois as equipas são de niveis diferentes e temos que nos apresentar sempre com cuidados defensivos e ofensivos diferentes dependendo sempre do nivel do adversário.
ultimo ponto: já estou farto de tanta displicencia na marcação de cantos e de livres laterais. não ganhamos um lance! hoje em dia os lances de bola parada são fundamentais para fazer a diferença. não sabemos marcar cantos nem livres laterais. vejam quantos golos do braga são marcados através de cantos e livres laterais graças ao hugo viana (um canto ou livre tenso para a area é meio golo, basta um pequeno desvio para ser golo).

Mentecapto da Silva disse...

Mas...mas...mas...então a culpa já não é do Emerson e do Gaitán?!

Tu queres ver que JJ já não consegue passar entre os pingos de chuva sem se molhar?!

P.S. Deixo-te um conselho, extensível aos teus leitores. Começa por olhar a convocatória, só depois olha e analisa o onze. Se o fizeres poderás mudar de opinião e chegar à conclusão que JJ, afinal e para nosso mal, não tem nada de estúpido.

benfiquista a serio disse...

outro ponto a corrigir: os jogos e os campeonatos não se ganham com artistas (que segundo a jurisprudencia são os individuos que só sabem atacar), mas sim ganham-se com combatentes (individuos com raça, querer, ambição, fé, luta, força, esforço, sabedoria e inteligencia). por isso não basta ser só dotado tecnicamente é preciso ser dotado de outros aspectos tão ou mais importantes como a ambição, a raça, a fé, o querer, a capacidade de luta e o mais importe a inteligencia e sabedoria.
por isso não basta ter os melhores artistas é necessário conciliar todas estas vertentes.
o nosso equipa tem de ter todas estas noções bem presentes para que possamos festejar os titulos ambicionados. há que incutir nos jogadores que só há uma forma de vencer e ser melhor que os outros qué é o de lutar mais e melhor que os outros, não é estar à sombra da bananeira à espera que outros falhem.
por isso a minha insistencia na mensagem: que só sairemos vencedores de qualquer competição se defendermos e atacarmos com os 11 jogadores. o que actuamente não sucede porque temos os tais artistas que só atacam (pq são os denominados artistas, os da tal nota artistica) e que defender isso é só para os defesas e para o javi.

Bcool973 disse...

Apesar do meu tom conciliador fiquei com o Carnaval estragado, já nem fui a um baile de Carnaval, tal a azia com que fiquei.
Espero que esta derrota seja uma oportunidade, uma oportunidade para o Jesus perceber que, apesar das vitórias, quando se repetem erros, as vitórias mais tarde ou mais cedo redundam em derrotas.
Este é o problema do resultadismo, não se compreendem as razões do sucesso, ou apesar dos sucessos quais os erros que foram cometidos.
Vou repetir-me à exaustão, o Emerson não tem lugar no Benfica (não é Ricardo?).
O Matic não é trinco.
O erro não é o 442, o erro é querer que os jogadores joguem em sistemas que as suas características não se adaptam.
O losango de hoje deixou muito espaço para o jogo entre linhas do guimarães.
Pior devido à pouca movimentação dos jogadores, raramente havia linhas de passe e só através de desequilibrios individuais foi possível criar perigo.
Podem bater nos jogadores à vontade, mas não se esqueçam que as condições meteorológicas a que foram sujeitos causam alterações à condição física dos jogadores.

SLB4EVER disse...

Muito mau, estou a ver que não se aprende com os erros nem com as boas decisões, depois de o pragmatismo ter dado bons rsultados; 1ª volta do campeonato imaculada e 1ª lugar no grupo da champions JJ estimulado por bons resultados e exibições contra equipas fraquinhas entra em modo pato bravo e já vai em duas derrotas seguidas.
A querer reinventar a roda agora chega á conclusão que em campo alheio de adversário de respeito e com a equipa de rastos devido ao batatal congelado na Rússia o melhor era jogar sem meio campo.
Matic e Witsel no miolo com o Aimar á frente deles e fazer correr o adversário até eles rebentarem, foda-se é apenas uma questão de bom senso e lógica, mas não tinha que inventar e levar com a 1ª derrota para o campeonato.
Rodrigo podia estar no banco mas foi notório que a sarrafada da besta albes o condicionou, não devia ter sido titular, o Nelson Oliveira ou o Saviola de certeza que estavam bem melhor fisicamente, para a estratégia(nem sei se lhe chame isso) que escolheu precisava de jogadores frescos para pressionar o adversário que não fugissem ao choque e causar desiquilibrios em jogadas velozes.
Substituições foi algo patético e deprimente de se ver, primeiro muda o jogador mas continua com a mesma imbecil tática, como se o Witsel fosse fazer milagres e depois guarda as restantes para os ultimos 5 minutos e intercaladas, como se tivesse a ganhar o jogo. Perdoem-me o francês mas é mesmo de dizer JJ vai pró caralho! (tinha que ser sorry)
A ajudar á depressão continua-se a marcar pessimamente os cantos é mau demais. Também é de perguntar o motivo porque o Cardozo não bateu nenhum livre directo quando teve oportunidade, não percebo.

@benfiquista a serio, a equipa oscilar entre o 4-5-1 e o 4-3-3 é algo que pagava para ver acontecer pelo menos quando o adversário é mais complicado, infelizmente tá mais que visto que para o JJ tem que ser o 442 kamikaze seja qual for o adversário, não dá mais é limitado, burro velho não aprende e é teimoso que nem uma mula, prejudica os objectivos, ñ tem problema, interessa é insistir para que no dia que finlamente der certo poder dizer; eu é que sou o mestre da tática.

Hugo disse...

Por muita razão que nos assista em criticar JJ e companhia, há coisas que, sinceramente, não entendo...

Acabámos de perder o campeonato quando estamos na frente, a depender apenas de nós próprios?!?Isto depois da primeira derrota acontecer na 18º jornada...

Benfiquista a sério, como eu, e como todos os que aqui escrevem, nem éramos os melhores antes, porque nada tínhamos ganho, nem agora somos os piores porque perdemos um jogo...

É preciso é reacção para Sábado, pois vencendo esse jogo e ganhando aos porcos, a diferença voltará a ser a mesma...

Saudações Benfiquistas...

eupensopelaminhacabeçaeusoulivre disse...

Vou falar de mansinho, muito baixinho... JJ o Emerson é um bom rapazito mas não joga nada, presta mais atenção homem (vá lá), o Maxi está espremidissimo (já reparas-te que não tens ninguém para o substituir nem ao Emerson , porque não gostas do Cap?)... já andamos a dizer isto há tanto tempo amiguinho, então és surdo, cego ou parvito? Não és tu que mandas, ah pronto estamos todos mais descansados...
E ontem reparas-te que estavamos a jogar com menos 3 (+1) - o Emerson, O Matic e o Cardozo ( eo citado Maxi que estava mesmo nas lonas)...

Olha que não foi o árbitro... e porque é que não puseste ao intervalo o Witsel eo Oliveira, porque é que só aos 85/87 minutos é que fizeste a s substituições... eu não entendi, ma seu não percebo nada de bola... pronto desculpem lá...

Ganha juizo JJ FODA-SE!!!

David Duarte disse...

Não vale a pena voltar a apresentar os mesmo argumentos. Tudo o que aqui foi dito : a fragilidade do Emerson (primeira falta aos 3 minutos depois do Paulo Sergio passar por ele... a andar!!), a falta de empenho do Gaitan, a não compatibilidade do Matic com o esquema do Benfica, a estupidez do Jesus (parecia o Benfica do ano passado), tudo isto jà foi referido varias vezes.

A diferença : é que tudo isto foi dito por alguns durante as vitorias. Fomos dizendo durante muito tempo que este Benfica està longe de ser de grande qualidade e quando os jogos a sério aparecessem (mês de Fevereiro e Março) temiamos que todas estas debilidades tivessem consequências; é muito duro ver que no inicio do periodo mais dificil da época começamos com 2 derrotas (uma que nos coloca contra o muro na Champions, outra que nos coloca ao alcance do FC Porto... preciso de relembrar o registro do Jesus contra o Porto na Luz?).

Significa isto que penso que vamos perder tudo? Não. Acho que o Benfica tem meios suficientes para guardar o 1° lugar e passar o Zenith. Isto significa apenas e so que enquantos outros se deixavam levar pela euforia e insultavam outros diziam "Cuidado!Atenção!!"... e tinham razão ao fazê-lo.

Hattori Hanzo disse...

É IMPERATIVO que se ganhe em Coimbra ou vai-se ver mesmo o título por um canudo. Não estaria mais de acordo contigo: Jesus sabe muito de bola, muito mais do que todos nós de bola, falta-lhe o resto (que não é pouco) para ser um grande treinador. Só que ele não se apercebe disso e pensa que já o é. E sim é mesmo à sportinguista (é óbvio que percebi isso, se outros não perceberam problema deles.)

João disse...

Slb4ever, simplesmente na mouche!

benfiquista a serio disse...

caro slb4ever, também acho que JJ não vai mudar o seu 4-4-2 kamikaze por isso vamos continuar a sofrer golos em todos os jogos.
caro hugo, quando diz "nem éramos os melhores antes, porque nada tínhamos ganho, nem agora somos os piores porque perdemos um jogo..." perdoe-me mas não percebeu as minhas criticas construtivas. o meu objectivo foi alertar o nosso treinador que o seu sistema de jogo (4-4-2 kamikaze) é muito bom para jogar contra equipas que jogam para o pontinho com o estacionamento do autocarro em frente à sua area. agora contra equipas melhores o nosso meio campo deve ser coeso, batalhador, bem posicionado para não permitir desiquilibrios defensivos e funcionar como um bloco basculante quando estamos a defender e a atacar, não dando espaços aos adversários para pensar.
com a utilização da mesma tactica em todos os jogos independentemente dos adversários corre-se o risco de acaontecer o filme dos anos passados: nas alturas decisivas falhamos e lá se vão os titulos.
começo a ficar sem paciencia pois todos os anos é sempre a mesma coisa: falhamos quando não podemos falhar e entregamos de mão beijada os titulos aos andrades.
e o que mais me preocupa é a nossa estrutura directiva assobiar para o lado e dizer quando tudo já está perdido que iremos começar um novo ciclo. depois contratam-se outros jogadores, outros treinadores e continua sempre tudo igual a entregar titulos de mão beijada aos andrades.
o problema parece-me que é de foro psicologico, pois nas alturas decisivas baqueamos. por isso quando se contratar jogadores e treinadores temos que nos preocupar com esta vertente. dever-se-À contratar individuos fortes psicologicamente (individuos de barba rija sem medo e que aguentem a pressão de jogar no nosso glorioso clube).

Anónimo disse...

Olha como eles saiem todos do buraco ao mínimo tropeção.
Em vez de haver apoio não, são os Ricardos, Gin-não sei quê, todos contentes, pois já desejavam esta derrota à tanto tempo para voltarem à carga na sua cruzada para porem um B. Carvalho, ou outro da mesma laia no SL Benfica.
Que tristes são vocês, suas ratazanas.

Hugo disse...

Caro benfiquista a sério...

depois de uma derrota do Benfica não sou pessoa para entrar em críticas desenfreadas, construtivas ou não, por pura falta de discernimento.

Mas isto sou eu, é uma lacuna minha. Logo, não critico quem o faça...

Aliás, até concordo com muitas das suas observações, bem pertinentes e que, sabemos, nos irritam muito em JJ.

O que eu critiquei foi a sua observação: "hoje acabamos de perder o campeonato pois este filme parece um remake do ano passado."

Perdoe-me, mas parece-me ousadamente pessimista, para a campanha que temos feito e para o que vemos dos nossos adversários.

O que acontece para a semana?Não sei, nem eu, nem ninguém...

Foi isso que critiquei e, permita-me a bazófia, nisto, sei que tenho razão, porque o futuro não é nos blogues que se adivinha...

Ok, ok...se perdermos poderá dizer eu bem dizia..mas se ganharmos, bom, aí ninguém se lembrará de o confrontar com as suas afirmações porque todos estaremos felizes com a glória encarnada...

O Benfica é isto, quer se queira quer não!

Saudações Benfiquistas...

Ulrich Haberland disse...

As deficiências da equipa estão identificadas, JJ não é uma delas.

Errou? Evidentemente que sim. Já aqui apontaram os seus erros e eu concordo.

Durante o jogo perdi o fôlego a mandá-lo para tudo quanto era lado, a ele mais ao Emerson e Matic.

Tem defeitos, claro, mas as coisas positivas superam em muito as negativas.

Acho que o JJ faz cagada sempre que considera que o treinador adversário é bom, quando o respeita. Aí perde autoconfiança e quer "engana-lo" tirando um qualquer coelho da cartola. E sempre que o faz o tiro sai pela culatra.

A equipa está demasiado identificada com uma forma de jogo e nunca assimila bem as mudanças.

Ridículas as nossas bolas paradas, ridículas!!! Inadmissível, porr@!

A equipa precisa do nosso apoio. Todos a Coimbra!!!

POC disse...

Ricardo, não escreveste este post por telepatia minha? Puta que pariu, não tiro uma linha!

Acabei de comentar no outro post basicamente o mesmo.

Jesus é tão bom quanto o treinador do Arrentela. É um básico. Comete erros absurdos...e insiste neles.

Ajudou o Benfica com a sua injecção de moral, mas não passa duma variante de Scolari.

http://simaoescuta.blogspot.com