domingo, 26 de maio de 2013

Diferença de mentalidades


Já o disse várias vezes a quem o quis ouvir, a diferença entre o Porto e o Benfica, hoje em dia, mais do que qualquer outra coisa, é uma diferença de mentalidade. O grave é que isto passa para os adeptos e para a maneira como eles olham para as coisas. Falo disto a propósito do Jesus e da sua continuidade ou não.

Eis o que pensa um portista sobre o vitinho:

"Medo da mudança Há quem ache que é demasiado arriscado trocar de treinador. Porque nada nos garante que o próximo fará melhor. É verdade que manter Vítor Pereira é a opção mais segura. Mas não foi a jogar pelo seguro que o Porto foi Campeão Europeu e venceu a Liga Europa. O próprio Vítor Pereira, sendo uma solução de continuidade, foi uma aposta de risco, pois não tinha nenhuma prova dada, quando assumiu o comando do Porto. Além disso, não foi por escolher mal alguns treinadores que o Porto perdeu o rumo. Na verdade, foi depois de uma das piores escolhas de sempre (Octávio) que chegou um dos melhores treinadores da história do clube (Mourinho). E é por isso que, seja qual for a decisão dos dirigentes do Porto, eu estou tranquilo. Percebo se a opção for de continuidade. Não me entusiasma, mas percebo e custar-me-á menos a aceitá-la do que na época passada. E também não tenho medo da mudança."

Já sei que vão encher a caixa de comentários com as questões da arbitragem. Eu já não dou para esse peditório. Não porque não ache que não existam árbitros que não cometam erros e que não sejam condicionados a cometê-los. Mas porque considero que é uma desculpa de quem perde, como eles usaram os túneis, o Sporting utilizou a pseudo-falta sobre o Labreca, ou como usavam o Capela para prevenir um insucesso, condicionar os outros árbitros ou justificar uma derrota. Em Portugal, os derrotados têm sempre desculpas.

Vem isto a propósito da final da Champions. É inacreditável que num país onde não havia nada em jogo, as pessoas se preocupem mais com a arbitragem do que quem efectivamente perdeu. As análises focam os jogadores que deveriam ter sido expulsos do Bayern. Mas será que é esse o discurso do treinador e dos jogadores do Dortmund ? Claro que não.

No dia em que exigirmos mais de nós mesmos e menos dos outros, será o dia em que estamos mais próximos de ter sucesso. Até lá temos que continuar a ouvir o Pinto da Costa a dizer que enquanto os outros andarem com desculpas de árbitros é sinal que o Porto ganha, ou que o Benfica está melhor porque em 11 anos ganhou 9 campeonatos.

A estabilidade é essencial para o crescimento, mas quando se começa a transformar em estagnação o melhor é mesmo mudar. Renovação a ganhar o mesmo, tendo em conta a falta de títulos parece-me claramente um erro. No entanto, vou dar o benefício da dúvida, porque JJ mostrou evolução face às 3 épocas anteriores. Sim, leram bem, este Benfica foi melhor que o Benfica da primeira época, a diferença é que o Porto nesse ano esteve muito mais fraco.

Veremos se não é preciso continuarmos a "inventar" jogadores (espero que as vendas a acontecerem sejam bem antes de Setembro e que se suprimam duma vez por todas as lacunas mais que evidentes do plantel) e se o treinador mete duma vez por todas na cabeça que a rotação da equipa é essencial em qualquer altura da época, porque não adianta ir jogar com os melhores se os mesmos não tiverem condições para tal (Enzo e Matic contra o Estoril ou Garay contra o Chelsea) bem como lançar jogadores sem ritmo em partidas de elevada exigência (Aimar na Turquia, Martins contra o Estoril e Roderick contra o Porto).

Temos uma Taça para ganhar perante um adversário fraco. Espero que estejamos ao nosso nível e que a prova raínha do calendário nacional volte para casa. Não posso estar presente no Jamor, mas a minha alma estará lá a puxar pela equipa como fez contra o Fenerbahce ou contra o Chelsea.

VIVÓ BENFICA !!!

13 comentários:

SLBenfica Vencedor disse...

Estimado BCool, concordo completamente com tudo o que escreveste.

A responsabilidade e a mentalidade são TUDO.

Tb concordo que há coisas a corrigir, quer pelo JJ, quer pela direcção. Se em vez de Carlos Martins, Roderick e Jardel, tivéssemos três JOGADORES a sério, a história podia ser outra.

AINDA ASSIM, nunca podemos relativizar a gravidade de um FACTO:

O CLUBE CORRUPTO tem sempre um mínimo de 12 pontos oferecidos em cada campeonato, seja por arbitragens que o favorecem, seja por arbitragens que prejudicam o Benfica, seja por adversários que abdicam de jogar contra esse clube e assim lhes oferecem os 3 pontos de mão beijada.

Anónimo disse...

escusas de ter vergonha de dizer o que pensas.

foda-se.

com jesus não vamos a lado nenhum porque apesar de ser um bom treinador, com bons conhecimentos técnicos e tácticos do jogo, é um líder terrível.

portanto, resta-nos subir de nível e encontrar alguem melhor.

e por favor, não me venham com a treta de que jesus "é o melhor que conseguimos arranjar". esse argumento está a matar o benfica.

rsa disse...

Mentalidade ? Claro que sim e isso não têm a ver com treinador veja-se o andebol e o hoquei .
A mentalidade têm a ver com as pessoas da estrutura o ano passado no fcp qundo tudo estava a desmoronar eles foram buscar o paulinho santos e nos que referênçias temos ?? Curioso no basquete com antigos jogadores Henrique Vieira e Carlos Lisboa ganhámos ao fcp e eles desistem da modalidade...
De resto JJ fez um excelente trabalho acho que a opcção por ele ficar têm a ver com a politica do Benfica vamos vender e tentar rentabilizar novos jogadores e nisso em reconstruir equipas JJ não é muito exigente ( andamos há 2 anos a jogar sem defesa esquerdo)e faz um bom trabalho qualquer outro treinador exigiria o defesa esquerdo e não acredito que aceitasse a venda de Javi e Witsel sem alternativas e não me digam que estavamos preparados ou que JJ não se importou...

Eu acho que o ciclo de JJ terminou mas se ficar será o meu treinador
e muito sinceramente acredito que ficando para o ano será mais do mesmo vamos jogar como nunca e depois os outros festejam.
Com outro treinador sinceramnte tenho medo mas era a forma de vermos se o projecto do LFV têm pernas para andar eu não acredito na estrutura falhámos sempre nos momentos decisivos.

A Taça hoje é para ganhar....

Anónimo disse...

Adversário fraco? São estes adeptos fracos que desvalorizam os nossos adversários que dão cabo do Benfica. Rua! Desde quando um portista é exemplo para o Benfica? Vão para os andrades!



Daniel Teixeira disse...

Precisamente. Neste momento a maioria dos adeptos do Benfica aposta na continuidade do treinador do Benfica, é a tal história do beneficio da duvida, mas este Benfica precisa de fazer muito mais... Ok, a equipa está a jogar muito melhor agora do que há 2/3 anos atrás, mas os adeptos querem é motivos para fazer a festa no Marquês (e pelo país fora)...
Quanto ao Vítor Pereira, não acredito que fique pelo Porto... As mentalidades são de facto diferentes, e para eles ganhar as competições internas já não e suficiente. Mas vamos esperar para ver, nas próximas semanas teremos novidades certamente ;)

Benfiquista do Norte disse...

Totalmente de Acordo na questão da mentalidade!!! Falta garra e Atitude!! A mim nao me interessa o trabalho do "mister" jesus.. O que conta no fim,são as taças ganhas!! Renovem com o homem que ficaremos mais 4anos sem ganhar.. e quem pensa que o campeonato que ganhou no primeiro ano foi merito,é mentira! o trabalho ja vinha do ano anterior.. Mudai de mentalidade C******

Águia Preocupada disse...

Inacreditável! Anedótico!
Logo que saiu Cardoso, enviei uma mensagem a dizer: Já perdemos! E acertei!
Presidente, treinador, e guarda redes, precisa-se!
Vão todos mas é lá p’ró clube de palermo que épara saberem o que custa a vida!
FDGP!
É triste ver que ainda há quem defenda esta vergonha!
Tenham amor próprio e exigência... E tenham sobretudo VERGONHA!
Há muito que defendo que o Benfica precisa de um bom psicólogo! JJ pode saber treinar, mas de liderança não percebe nada! E se ao menos fosse sóbrio! Mas é um brutalhão!!!

Unknown disse...

30 anos de manipulação, é natural que um adepto tenha a serenidade de confiar nos seus dirigentes "vencedores". custa me um pouco como benfiquista este recurso ao exemplo de uma organização trafulha...

Anónimo disse...

Excelente opinião,e ainda faz mais sentido após o desastre de hoje. Pois é isto que separa o Porto do Benfica: lá em cima há sempre rédea curta, mão firme e 0% de distracções, enquanto que no Benfica os adeptos estão resignados e contentes com 2ºs lugares, desculpabiliza-se sempre os fracassos,seja com o azar, os árbitros, isto e assado, e idolatram-se 2 perdedores natos como o JJ e o Bieira...

David Duarte disse...

Caluda Bcool... isso de dizer que o Benfica tem um problema de mentalidade que nos faz inferiores ao Porto é crime passivel de condenação por anti-benfiquismo.

Anónimo disse...

Adversário fraco???!!!
Vitóóóóóóória!

moleculasdeamor disse...

Podem pensar que estou com "medo" de que o JJ vá para o Porto... pensem o que quiserem...

Facto: Se não renovar vai treinar o Porto!
Facto: A equipa do Benfica jogou um futebol atacante e muito agressivo... estivemos quase a ganhar... o quase não chega... pois... não ganhámos!
Facto: O Porto com aquela (estrutura?) e com este treinador, as hipóteses de se transformar num Lyon (ganhou 7 ou 8 campeonatos seguidos segundo creio), são concretas---- são muito reais!

Chamam a isto medo? Ou análise objectiva de factos e perspectivar uma realidade credível/plausível?

Agora esta conjugação de factos deverá condicionar a decisão? Não!
A decisão deve ser tomada perante outros factos!
Tem a direcção alguém concreto que seja sem sombra de dúvidas igual ou melhor treinador do que este? Se tem e este se mostrou perdedor... existe uma possibilidade...se não tem... pois... é isto!... as decisões são tomadas perante dados concretos...sempre aliados à imponderabilidade claro... mas os treinadores que existem são conhecidos (isto suou mal...eh eh ehe) e a direcção tem que saber se algum deles (os tais competentes sem a mínima dúvida) virá treinar o clube...

Eu não estou a defender a continuidade de JJ!

Cobola disse...

Foi saborosa, essa do "adversário fraco"...
só pode vir dos auto-intitulados "equipa mais melhor boa do mundo" que acham que os jogos estão ganhos antes de começar. Pois, há que decorrer 90 minutos. Alguns, 92''...
Embrulhai a sobranceria !!