segunda-feira, 27 de maio de 2013

Não merecias terminar assim, Pablito.



Obrigado por tudo.

6 comentários:

king disse...

Não merecia mesmo...

aalto disse...

Mais um Poborsky...um dia vai contar aos netos que passou por um grande clube, que já não o era!
Mas vai poder dizer que foram só umas épocas...pior estamos nós, a fazer dos filhos e netos mártires eternos.

A imagem da final não é jesus a deitar uma lágrima, é a daquele miúdo que a realização destacou a chorar nos braços da mãe (http://obelovoardaaguia.blogspot.pt/2013/05/lagrimas-de-uma-crianca-benfiquista.html)

Ontem pela 1ª vez a minha esposa tirou os meus filhos da sala após o 2º golo...tenho que pensar nisto, e ser consequente...

mnlopes disse...

Entrou, falhou dois passes, terminou a época. Há mais de um ano que Aimar não existe no Benfica, teve a ocupar um lugar no plantel que podia ter sido de outro jogador bem mais útil à equipa. Quem não merece terminar a época assim somo NÓS, fervorosos adeptos benfiquistas.

Nuno Pinho disse...

Foi dos que menos contribuiu para outro desfecho. Garay (o único defesa de nível nesta equipa), Matic, Enzo, Nico, Salvio, Lima e Cardozo. Esses não mereciam. Nem esses, nem os benfiquistas que sacrificaram o orçamento para acompanhar a equipa.

Anónimo disse...

Por muito que goste e respeite o Aimar, em Janeiro ele devia ter saído. Digam o que disserem o B. césar fez mais falta do que aquela que o Aimar faria!

Pedro disse...

Tivesse JJ feito uma integração normal na competição de Aimar e hoje tudo podia ter sido diferente.
Jogos com resultado feito a 20 minutos do fim e Aimar sem sair do banco. 20 minutos aqui, 30 minutos acolá, e chegava à hora de jogar 60/70 minutos e estaria em condições para tal...assim, obviamente, que se arrastava sem ritmo.