quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Júlio César



E é já depois do arranque da época oficial e da (quase) redenção de Artur que o Benfica anuncia o homem que se pretende que seja o dono da baliza mais Gloriosa do Mundo: Júlio César.

O internacional canarinho, mais que um grande guarda-redes, é hoje em dia, um grande nome. O seu currículo fala por si e faz-se pagar. E o seu valor salarial deve-se exactamente ao seu enorme passado e não tanto ao seu mediano presente e futuro.

Júlio César foi, nos tempos do Inter Campeão Europeu de Mourinho, quase unanimemente considerado o melhor guarda-redes do Mundo. Não acho que tenha chegado realmente a esse patamar, mas é indesmentível que sob o treino de Silvino chegou bem alto na hierarquia mundial.

Após a saída do técnico Português do clube Italiano, o guarda-redes Brasileiro foi paulatinamente descendo de nível, chegando à quase ruina desportiva. Não desistiu e teve em Scolari o seu maior e melhor aliado para renascer das cinzas e voltar à ribalta mundial com a titularidade da baliza Brasileira.

Não, não acho que Júlio César seja, neste momento, um enorme guarda-redes, conforme o enorme encargo financeiro (para os padrões do Benfica) que a sua chegada representa. Não quero com isto dizer que Júlio César é mau guarda-redes ou, tão pouco, inferior a Artur, apenas considero existirem atletas com o mesmo nível desportivo por preços bem mais em conta.

Não obstante, acho que o guardião Brasileiro dará bem conta do recado que lhe é confiado e que, sem qualquer dúvida, ainda é um guarda-redes superior a Artur.

Em suma, podíamos estar melhor servidos, mas Júlio César é solução para o problema que tínhamos, coisa que Romero não seria.

Bem-vindo sejas à família.

10 comentários:

IronMan disse...

Não acredito que o Benfica para contratar o Julio César tenha ultrapassado os seus limtes orçamentais. Vieira nisso é intransigente. Por isso, não inventem!

José Moreira disse...

Aqui ninguém inventa nada. Júlio César terá, certamente, um valor salarial e de prémios acima do seu valor desportivo. Isso não implica que o seu valor desportivo não seja o suficiente para ser a solução certa para a baliza.

Valco disse...

Pois... mas o Capedevilla também tinha nome!

José Moreira disse...

E era melhor que o Emerson...

Anónimo disse...

Com JC já temos GR para os próximos 104 anos.
Acho que o n.º 2 deveria ser alguém com futuro no Benfica.
Futuro que nem o Artur, nem o P.Lopes assegura.
Não percebo esta gestão desportiva/financeira.
abraço,
José Carlos.

pge disse...

E quem eram essas melhores soluções que Julio César e mais baratas?
É que isto de falar sem ter de tomar decisões é fácil...E eu também não tou eufórico com esta contractação.

Jotapê disse...

Claro, Ironman, Vieira é de facto show de bola na intransigência. Também definiu que o Benfica só deve ser campeão de 5 em 5 anos e não se afasta um milímetro dessa linha...

Foda-se, já só vai na manha/banha quem quer... O pior é que depois já vai ser tarde demais.

Jotapê disse...

Espero q o guru da gestão tenha também na manga um defesa esquerdo, um defesa central, um trinco e um avançado. De preferência, cada um fora da idade de pre-reforma...

E vão metendo vaselina e comprando lenços, porque vai ser mais uma travessia do deserto. Daquelas "a lá Vieira", que tao bem conhecemos.

chupa misto melao disse...

E o JC também defende penaltis vários passos à frente da linha final (ou de baliza) como o Beto e... o Artur???

dezazucr disse...

Passem na megastore do Estádio da Luz e vejam a camisola branca que está lá à venda. Não é oficial mas é um espectáculo de camisola!