quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Miguelito de la Rosa ou Michael Rose

Pessoal da prospecção, Vieira e Jesus: anda um rapazinho na Liga de Honra que podíamos valorizar e que dava muito jeito ao meio-campo esfrangalhado do plantel principal. Pode cair nas alas ou fazer de 10, mas, bem potenciado, o que está ali é um 8 de grande qualidade. É português, fez agora 24 aninhos, conhece o clube, viria a custo zero e, apesar de não ser avançado, já leva 12 golos marcados - para além de costumar fazer exibições sempre a um nível alto. É bom, o rapaz. E nós até precisamos de médios para o resto da época. Vejam lá isso. (Se quiserem, chamemos-lhe Michael Rose ou Miguelito de la Rosa, tudo bem)



7 comentários:

Mestrando disse...

Pois é..Mas esse ainda n caiu nas graças de JJ e infelizmente n vai cair.Depois é ve-lo lá para o Norte(n duvido q se ele sai do Glorioso,o bimbo o contrata)

Pedro disse...

não quero imaginar o que seria da equipa B se o pusessem a jogar na A...

teoria marada: será que o Norton de Matos pediu ao Jesus para não convocar o rapaz?

Count Zaccone disse...

Sem querer desvalorizar o jogador, tenham em conta que joga na 2ª divisão. Apesar de eu também achar que merece uma oportunidade, julgo que o JJ sabe mais de bola e conhece melhor o jogador que nós.

Hattori Hanzo disse...

Joga na 2ª Divisão, mas é já há dois anos o melhor de lá. Mas Jesus não gosta... o que se pode fazer.

Joao Laranjeira disse...

Ricardo,

Sabes confirmar se o motivo da não chamada do M. Rosa, tem alguma coisa a ver com as desavenças que houve entre os Pais do jogador e o carraça, ainda no tempo da sua ( carraça )1ª passagem pelo Benfica?

Abraço

Germano Bettencourt disse...

ahahah

se calhar p problema é esse mesmo. Mudar o nome nos tempos que correm parece-me mais fácil. Não?

JotaPê disse...

Ou muito me engano ou o Miguel Rosa ainda vai ser mais um daqueles inúmeros jogadores que vamos, um dia, insultar porque quis ir à sua vida, progredir na sua carreira, jogar em equipas de outro nível...

Sim porque para nós, verdadeiros benfiquistas, este tipo de jogadores têm sempre que condicionar a carreira aos interesses do clube. Não é?

Já para os dirigentes não queremos o mesmo. Qualquer cavalo de tróia serve...