terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Passaram-se dois dias sobre o ataque do estupor Salvador ao Benfica e o seu amigo Vieira ainda não abriu a boca.

8 comentários:

PP disse...

O conceito de "Troll" está ligado ao mundo virtual da internet, mas qual é mesmo o conceito para o mundo real?

http://abola.pt/nnh/ver.aspx?id=378000

Joao Laranjeira disse...

Parece-me a sequência lógica da politica seguida de evitar respostas incendiárias na semana anterior a jogos de alto risco, defendendo assim a integridade fisica dos Nossos que vão a Braga.

Espero que a xico-espertice do wannabe, não passe em claro!

Que a resposta seja dada, tal como com os corruptores, no fim do jogo.

abraço

Paulo Lopes disse...

Ataque do salvador ao Benfica? Por se ter referido ao calabote?!? Também era melhor que o LFV ou alguém ligado ao SLB perdessem um segundo que fosse a responder sobre o assunto desses... ou melhor, um não-assunto, pois falar nisso é tão ridículo como alguém pensar que isso é um ataque ao Benfica...

JotaPê disse...

Ricardo,

Era o que faltava afrontar os nossos amigos. Não ouviste RGS dizer que não dizia mal do nando das facturas porque aborrecia o orelhas?

Ninguém fala do agendamento do setubal x corruptos?

Um simpatizante disse...

Acabei de fazer a minha ultima visita a este blog. Não merecem...

Luis Bracarense disse...

Caro Ricardo

Independentemente do apreço(ou a falta dele)pelo LFV,responder ao trolha xalbador não seria como que "enfiar o barrete" por parte do Benfica?Não seria(mesmo sabendo que não é verdade,de tantas vezes que essas historietas do Calabote já foram desmontadas)o "admitir que o Benfica era o clube do regime"(algo insólito na historia mundial,visto que devemos ser o único país do mundo onde fascistas e comunistas foram tão amigos),tal como a corruptagem e restantes carroças tanto apregoam?
O Benfica deve ser defendido,algo em que esta direcção peca,mas penso que só o deve fazer quando o nome Benfica é mencionado,em casos como este parece-me mais que nos estaríamos a por a jeito...
Mas isto é só a minha singela opinião...

Pedro Sousa disse...

Salvador não se dirigiu ao Benfica. Deixou indirecta à qual o Benfica não deve responder. O que Salvador pretende é incendiar o ambiente à volta do jogo. Quer pedradas e bolas de golfe. Quer instalar o terror naquele estádio como na época em que o Benfica foi campeão e na seguinte.

As trocas de jogadores que temos feito com eles têm tranquilizado as coisas e os roubos nos jogos com o Porto e os conflitos entre os Super Dragões e os adeptos do Braga fizeram-nos (massa associativa do Braga) começar a estar mais calmos em relação a nós.

No final do jogo se Salvador se voltar a dirigir ao Benfica desta vez directamente é que tem de levar a resposta como as ultimas que têm sido dadas.

Anónimo disse...

Ricardo, na minha humilde opinião não faz qualquer sentido responder a esse não-ataque.

Coincidente ou não com a saída de João Gabriel, a nossa política de comunicação tem estado no limiar da perfeição.

Ponto 1 - quem é o Braga ?!?
Ponto 2 - quem é o Salvador, o Mesquita ou outra qualquer apelido gangster-wanna-be ?

Eles falaram do Calabote (teoria desprovida de qualquer cabimento e que só um benfiquista "inculto" ou ressabiado pode "engolir" como ataque)não do nosso clube. Para quê imiscuir-nos em situações que não nos dizem respeito e em guerrilhas que só nos "empequenecem".

Não fala COM o Benfica quem quer, fala quem merece a dignidade de uma resposta. Não é o caso.

O Benfica está muito acima dos trauliteiros do futebol português.
E PLURIBUS UNUM