segunda-feira, 23 de julho de 2012

O Jesuísmo e o Vieirismo

«São as duas grandes pragas do Benfica moderno, com medo de mudar e preso à mediocridade presente como garantia de não observar algum cataclismo maior do que perder 7 campeonatos em 9 anos.

O Jesuísmo é uma autêntica religião que apela à fé mais irracional. O Jesuísmo defende que é possível ganhar campeonatos sofrendo golos como se não houvesse amanhã. Defende que uma equipa defende muito bem as bolas paradas apesar de levar golos de todas as formas e feitios, sejam em cantos ou livres. O Jesuísmo acha que um central só pode ser bom com mais de 1,90m. Que um trinco tem que andar pela mesma ordem de valores. Que qualquer avançado ou extremo que seja rápido pode virar defesa lateral. Que os jogadores não são pessoas e não se sentem minimamente melindrados por não jogarem um único minuto em jogos disputados em dias consecutivos.

O Jesuísmo é um entrave à construção de plantéis. Está a ser especialmente complicado ao Benfica ter um plantel com soluções suficientes porque o Jesuísmo acredita que cada jogador está em campo com uma tarefa muito específica e complexa. Para o lugar de um Javi Garcia, tudo o que for menos que um Javi Garcia deixará logo evidentes as lacunas da sua ausência. Para o lugar de um Witsel, só resulta um Witsel. E isto torna muito mais complicado formar um plantel. É uma questão táctica, apesar da mestria professada vezes sem conta pelo Profeta. O Jesuísmo vê o Profeta como ser verdadeiramente brilhante, que vê mais longe do que os olhos alcançam, e tolera perfeitamente que evidentes cepos como Emerson (certamente pior que Escalonas e Pesaresis) possam fazer uma época inteira a destruir jogo numa lateral, acreditando que campeões do mundo com carreiras exemplares pudessem em algum momento ter feito algo de tão grave que merecesse o eterno ostracismo.

O Jesuísmo tem tudo o que tem uma religião: nada de objectivo e factual sobra para validar as suas teorias. Sobra a fé. A fé inabalável que uma pessoa sem formação, sem carácter e sem noção dos seus limites possa, num dia de nevoeiro, recuperar a lucidez e a humildade que desapareceram em combate algures pela Reboleira.

E depois há o Vieirismo. Religião bem mais antiga e com uma implantação de fazer corar de inveja qualquer ditador Norte Coreano, que faz acreditar as pessoas que um líder pode ser uma pessoa sempre ausente. Que um líder pode ser uma pessoa que delegue em adversários da empresa/clube cargos fundamentais para a condução dos negócios. Que um líder pode ser alguém que antes de entrar na sua nova missão, andasse publicamente a enxovalhar a imagem da instituição que vai liderar. Que um líder pode prometer um plantel de fazer inveja a qualquer equipa do Mundo, apesar de estar há anos sem uma alternativa a Maxi Pereira, sem uma alternativa evidente a Javi Garcia ou sem lateral esquerdo, mais de um ano depois de se tornar claro que Coentrão ia sair.

O Jesuísmo e o Vieirismo são dois cancros cujas metástases estão para lá do que já está diagnosticado. Domesticaram pela mediocridade uma massa humana que outrora não admitia a menor desculpa para a derrota, mesmo em tempos em que o polvo corrupto do nosso futebol usava armas bem mais eficazes e intimidantes do que hoje em dia. Fazem-na acreditar que o caminho para o abismo não é a perda do estatuto de maior instituição portuguesa, mas sim o longo mas compensador caminho da redenção após uma eleição que está a celebrar 15 anos em 2012. Como quaisquer religiões, o mal do Jesuísmo e do Vieirismo não é existirem. O mal é colherem fanáticos dispostos a dar a vida por eles, como nunca dariam pelo próprio clube. O mal é esvaziarem a coragem, a ambição e a galhardia que foram em tempos os grandes atributos (e a dada altura até os únicos, que o Benfica sempre foi um clube humilde e sem grandes posses) que catapultaram a mágica instituição para um estatuto de mito mundial no século XX.

Até ver, o Benfica no século XXI é apenas um clube patético de um campeonato menor. E em muito deve a estas religiões. Sobretudo ao Vieirismo. Quando o Jesuísmo cair finalmente em desgraça generalizada, o Vieirismo por cá continuará, forte e capaz de sugar mais algumas almas demasiado depenadas para evitarem o beijo da morte.»

 trainmaniac, no Eterno Benfica.

29 comentários:

Anónimo disse...

Como é possível escrever-se um texto destes depois da primeira derrota num jogo de pré-época, ao fim de 6 jogos em 9 dias. Desperation through the roof

José Ramalhete disse...

A pré-época está a confirmar o lúcido texto do Ricardo.

Anónimo disse...

É mais escrever-se um texto destes ao fim de 3 anos e apenas 1 campeonato conquistado e a verificar que pouco ou nada se aprende com os erros das épocas anteriores (quais erros? dirá o jesus!)
Mas dá para perceber a pouca margem que o treinador tem este ano.

O Bandido disse...

È possivel escrever-se, porque esta derrota foi mais um reflexo do que vem aí, é uma recordação de anos anteriores.. um Deja Vú!

Anónimo disse...

ao fim de 6 jogos e 9 dias? meu caso companheiro anónimo, este texto reflete 10 anos e 2 campeonatos. ou, se preferir, 3 anos com 1 campeonato apenas e 2 anos recheados das maiores humilhações de que há memoria.
reflecte um clube que se tornou num interposto de jogadores (maus, ainda por cima), gerido de forma amadora.

o benfica está num avançado estado de sportinguização. começo a achar que a unica coisa que nos poderá salvar desta vieirismo-jesuismo é uma derrota humilhante (uns 4-0) em casa da primeira jornada frente ao braga. penso que só assim toda a gente abriria os olhos.

repito, o benfica está num avançado estado de sportinguização. não faltará muito tempo para começarmos a festejar a qualificação para a champions.

Ricardo disse...

Anónimo (17:27), como é possível escrever um comentário desses depois de ler este texto, eu não sei. Mas pelos vistos a estupidez não tem limites.

José, o texto é do trainmaniac, do Eterno Benfica.

Passaralho disse...

Isto está a tomar proporções dramáticas!

Esses dois cancros, esses eucaliptos, têm que ser cortados, arrancados pela raiz, o mais breve possível!

O Benfica é grande, enorme, mas não vai resistir muito mais a esses merdas!

moleculasdeamor disse...

Estou a tentar um processo de auto-convencimento de que isto vai mudar... tento ver soluções, tento tanta coisa... porque merecemos um Benfica forte equilibrado e ganhador...

Pergunto porque é que não aparece uma alternativa credível para as eleições de Outubro?

Isto é tudo muito diferente do meu mundo criativo - nesse mundo aparece um conjunto de pessoas honestas, competentes, criativas e audases que colocam o clube numa rota de bom senso pleno... aparece também um treinador que ama as vitórias, o clube, o jogo e tem visão estratégica de colocar os jovens do clube no plantel principal... isto é tão fácil de acontecer... pufff já está...

Isto parece ser tão fácil de acontecer... que aconteça!

Pinheirinho disse...

é triste, ainda estamos na pré época e o anti vieira e jesus já começou, se estivessemos a fazer uma pré época contra equipas de segunda divisão ou recem promovidas e a ganhar por 2 a 0 em todos os jogos estava tudo muito bem o Luizinho seria o melhor do mundo o Melgarejo o novo coentrão o djaló um novo defesa direito etc, como preferimos equipas um pouco mais a cima e além de uma arbitragem de porcaria (tipica) e uma equipa cansada ao fim de 60 minutos pelo excesso de jogos e o limite no numero de substituições. Então é o fim do mundo, são 10 anos e dois titulos, são isto e aquilo, são os 50 jogadores.
Epá, votem lá no Ceara e resolvam o vosso problema, ou então mudem de clube para o Porto, assim ao menos estariam sempre contentes com 8 titulos em 10 anos!

Anónimo disse...

Deveria ser proibido Porcos corruptos comentarem o Glorioso, fazendo-se passar por Benfiquistas e minarem o Clube por dentro. Se não fosse pela minha saude mental, fazia ao mesmo àquela associação de malfeitores e vingava-me dos autores deste texto e deste blog.

Pedro disse...

É triste esta malta pensar que o que está em causa é a pré época...

Cada vez mais me convenço que esta malta não quer saber do SLB para nada...quer encher os bolsos e mais nada.

Os ultimos anos de Jesus não interessa para nada...os 10 anos de Vieira não interessam nada.

Estamos na pré época dizem eles...enfim..e a gente é que vai sofrendo...

O Bandido disse...

Temos aqui os apoiantes todos, estes são daqueles que gostam de ser comidos á bruta e não gostam de perguntar porquê, antes ser considerado Portista/espião/mau benfiquista que andar a comer gelados com a testa como vocês andam..

luis disse...

@Pinheirinho,Pinheirinho... tu gostas do eucalipto, seu maroto;)...agora no mudar de clube toma lá mais atenção, vais casar em Outubro na seara !!!

@Ricardo,obrigado.
-O eucalipto não tem orelhas ,mas o imbecil do luis tem que dar os parabéns pela divulgação de estas 2 brilhantes reflexões.
Julgando 1º o Vieirismo que impôs o Jesuismo com a mola, já agora do mendismo, que se seguiu após o veiguismo... fica sempre bem o imbecil do luis impor qualquer coisa!!

-Querem ver que a culpa é de alguns geovás que apregoam na pré època !!

"as coisas anteriores não subirão ao coração"

O imbecil do luis, Grita já faz tempo (2002,acabou a coerência)

"Um táxi sff" !!! Só 4 jogadores para equilibrar ...

-Nas saídas era uma camioneta com lagarta (ficava maior) para os "saldos" que estes 10 anos provocaram na Instituição".

Nota: os putos formados no Seixal ficam proibidos de andar nesta camioneta!!!

Normalmente 10 anos é muito tempo.

Rfa disse...

Queres mesmo tacho Ricardo. A bem ou a mal.

Ricardo disse...

Pinheirinho, como dizer? Não, esquece. Vou votar no "C"eara.

Anónimo (20:21), seu enorme benfiquista. É partir tudo, é assim mesmo.

Rfa, tacho Ricardo não conheço mas deve ser bom. Quem mais quer tacho Ricardo? Eu adoraria ter um tacho Ricardo. A bem ou a mal.

benficaworld disse...

Excelente texto.
Subscrevo

Nuno Pinho disse...

De 2008 para 2009, a equipa do Benfica não tinha mudado assim tanto para ter passado a jogar mais do dobro. E dizia o Jesus que iam passar a jogar o dobro. Foi bem mais do que isso! Já na altura, era mentiroso!
Em 2009, o FCPorto alinhava com Helton, Fucile, Bruno Alves, Rolando, Álvaro Pereira, Fernando, Meireles, Guarin, Varela, Hulk e Falcao. Em circunstâncias normais (versão moderna do Benfica), este onze tinha bastado para se consagrar campeão à 10ª jornada. Não aconteceu. Por esta altura, o Jesus era bestial, não?
Ou tudo afinal não passou de uma invenção?
Para além da fé, houve até quem pedisse um contrato vitalício...
Depois, há os outros, que acreditam em treinadores perfeitos. Acredito que nem o Mourinho (melhor treinador FIFA) lhes caia em boas graças.
E isto tudo porque o Benfica perdeu um jogo com o PSV quando ainda há pouco mais de um ano, a mesma equipa, saiu da Luz de saco cheio. Boa!

-> As estatísticas não mostram tudo. Isso da equipa sofrer golos todos os jogos é mais uma forma da imprensa pressionar. O ano passado houve alguns golos – assim de repente, lembro o do Nacional na Luz (4-1) – que a defesa pouco fez para os provocar. Se nos fiássemos apenas nas estatísticas perceberíamos que o Jesus é o treinador com maior percentagem de vitórias europeias, à frente do Eriksson, e o terceiro, desde os anos 70, com o maior número total de vitórias. Mas isso não importa mencionar. É pouco objectivo e factual. Não serve o propósito. Pertence ao campo religioso…

-> Emerson é um lateral fraco, mas que eu saiba nenhuma equipa se consagrou campeã nacional com o Pesaresi ou Escalona. É fraco, mas não exageremos!

-> Bom, bom era o Benfica do Trapattoni! Ou o Quique! Até o Benfica, com o Roberto na baliza (um belo melão oferecido pelo Sr. Presidente), fez mais pontos do que o Benfica do Trapattoni…
Acho bem. Também sou da opinião que o melhor mesmo é despedir o Jesus. Venha de lá o Souness! O Heynckes também serve! E se não for pedir muito, dêem mais espaço ao Carraça que isto do Benfica jogar sem um Binya já começa a cansar…

Anónimo disse...

Já tinha tido oportunidade de dizer no "Eterno Benfica" que acho este texto fantástico.

Custa-me bastante, por outro lado, ver comentários (regra geral insultuosos)de "adeptos" do Benfica que parecem ter perdido a capacidade de pensar pela sua cabeça!

Anónimo disse...

ja critiquei este blog algumas vezes porque achava a criticas fora de tempo e que criticavam por tudo e por nada e continuo a achar q as minhas criticas as criticas do blog nessa altura faziam sentido pois naoacho que numa altura em que o benfica vacilou e era decisiva como no ano passado entre o jogo de guimaraes e o jogo com os porcos fosse altura para criticas , mas fora esses momentos de criticas inoportunas , tenho de concordar com muito do que aqui se escreve .
esta direcçao nao tem geito nenhum , o benfica é gerido como um clube amador , os dirigentes continuam a dizer coisas ridiculas principalmente o presidente , , compram avançados ao quilo e falatm defesas à anos , enfim é uma incompetencia atroz , apiam corruptos e depois quixam se dos arbitros , é merda aos montes , teria muito mais para escrever mas nem me apetece , ao ver o inicio desta epoca realmente adivinha se mais uma epoca de desilusoes e um dos problemas do benfica é muitos benfiquistas serem limitados para nao dizer burrinhos como o pinheirinho e o anonimo que escreve a seguir , abram os olhos pá , acham que sem um defesa esquerdo vamso a algum lado ? para que tantos avançados extremos etc ? e um treinador que nao motiva os suplentes , faz substiuiçoes de merda montes de vezes , normalmente acagaça se todo em jogos grandes etc , querem chegar onde com um presidente destes e com um treinador que nem portugues sabe falar ?
mas para mim o pior ainda é o presidente porque se o presiente fosse bom o treinador apesar de imbecil faria muito melhor o seu trabalho mas assim sao dois imbecis juntos em duas posiçoes fulcrais e com dois imbecis juntos tem de dar merda .

bancada16 disse...

APOIADO!!!!

Pinheirinho disse...

Leio muito a Gloriososfera e vejo que o descontentamento é sempre o mesmo e contra os mesmos, felizmente é em ciclos, ou seja o Benfica ganha é tudo flores, o Benfica perde é o fim do mundo.
Não ando com eucaliptos, não nos damos bem, ando com Benfiquistas inteligentes o que por aqui vejo muito poucos, uns dizem que o Benfiquista perdeu a capacidade de pensar pela sua própria cabeça, mas depois ouve e lê os comentários dos outros e faz disso uma bíblia.
o Nuno Pinho que não é família mas pela forma de pensar só pode ser, mostra como as coisas são, só vos peço uma coisa, guardem bem este post, depois em dezembro falamos, nessa altura já andam a cantar ossanas a jesus, é o costume, só espero que desta vez não se manifestem em frente ao estádio da luz depois dos nossos jogadores conquistarem um titulo.

PS: o Vieira é mesmo muito fraco, mas o Benfica não é só futebol, em 10 anos fez crescer e muito as modalidades amadoras, reconquistando títulos que há uns anos se achavam impossíveis, o investimento no futsal e os seus 6 títulos de campeões nacionais em 10 anos e um europeu, o regresso das vitórias europeias e no campeonato no hóquei, o regresso de um atletismo já bi-campeão, um basquetebol forte de tal forma que até um porto fecha portas, pudera o Benfica ganhou em todos os escalões de formação e em seniores.
mas isto não interessa nada, o que interessa é que nos falta um defesa esquerdo, temos vários no plantel, nos tais 50 jogadores, mas que para vocês nenhum presta, são todos maus.

relembrar aqui, que segundo muitos de vocês da Gloriososfera, o luizinho era um dos melhores defesa esquerdo da primeira liga, se o porto ou o sporting o tivessem comprado era um erro do vieira, como foi o Benfica a comprá-lo é um erro do Vieira.

Anónimo disse...

Bom texto. Pelos comentários parece que alguns já vão abrindo os olhos. Os fan boys é que não desistem. É apoiar, apoiar mesmo com a poia a cair-lhes em cima da cabeça.

Mais uns anitos e quando se fizer a história destes tempos é que se perceberá bem o papel que representaram o artur jorge, perdão, jorge jesus e o dragão de ouro lfv na vida do Benfica.

Entretanto, é a poiar...

Ricardo disse...

Pinheirinho e Nuno Pinto, o vosso Benfica é outro Benfica, não é o meu.

Pedro disse...

" em 10 anos fez crescer e muito as modalidades amadoras, reconquistando títulos que há uns anos se achavam impossíveis"

E o Marquês de Pombal encheu-se a celebrar esses festejos...ou não?

Passaralho disse...

Como já disseram, ainda há quem pense que o post se deve a um resultado da pré-época!

Ainda há quem defenda o imbecil do mestre da tática, que só faz merda, que tão recentemente entregou de bandeja um campeonato aos andrades!

Cum caralho, estamos bem fodidos!

Paulo Alves disse...

Não, eu não fico fodido por termos perdido com um jogo de pré-época. Claro que é preferível ganhar sempre, ainda para mais,contra uns begueiros que nos roubaram o 3º caneco dos campeões, e que resultou na 1ª memória que tenho de verter lágrimas a sério (sim veloso, foi por tua causa). Mas não fico fodido com isso. Fico fodido, e a sério, porque em dois jogos de preparação com menos de 24horas de intervalo, jogarmos com os mesmos centrais, o mesmo GR, o mesmo médio defensivo e o mesmo Maxi (já ganhou direito a uma posição própria). Fico fodido porque não há ninguém que consiga justificar isto, como uma vantagem. Desvantagens? Muitas, a começar pela falta de rotinas de quem não joga, e que depois vai precisar de entrar à força, pela falta de confiança dada a quem não joga, e pela mensagem de falta de confiança passada aos colegas que jogam sobre que não joga, etc!!
Fico fodido por o único gajo que é defesa esquerdo fazer meia parte em dois jogos. Porque do que vi, não é nenhuma bomba (óbvio), mas foi quem melhor jogou naquela posição. Tudo bem, como jogou pouco, não teve tanto tempo para fazer merda! Mas ainda assim não me parece mau de todo. O que vejo aqui, é o chamado padrão "Capdevila". Não me parece que tenha sido jesus a pedir luisinho, logo a consequência está à vista. Só espero que quem jogue seja melhor que o emerson. Fico fodido que o treinador do Glorioso, não comungue das mesmas ideias/ideais dos adeptos (e do SLB), e não consiga comunicar connosco, explicar-nos as suas ideias. Fico fodido por ficar sempre com a sensação que não consegue motivar os jogadores. Fico fodido com as implicâncias com o Nolito (não é messi, nem ronaldo, mas poucos têm cumprido como ele). Fico fodido por num só ano juntar das maiores humilhações da minha vida de benfiquista (levar 5 dos corruptos, entregar o campeonato em casa, aos corruptos, entregar a taça, em casa, aos corruptos e ser eliminado da liga europa pelos corruptos jr), que conseguiu destronar a inglória jornada de vigo, no meu top de momentos para esquecer. Fico fodido por não ver qualquer tipo de evolução. Fico fodido por quando as coisas não correm bem, as culpas serem sempre dos outros, às vezes até dos seus próprios jogadores.
Agora se prefiro jesus, a quique, heynckes, souness, etc? Claro que sim. Se fico satisfeito com isso? Claro que não, que merda de argumento é esse?? Então Portugal pode dar-se por satisfeito, só porque está em melhores condições que o Burundi, a Somália ou a Serra Leoa?? Ora foda-se, mais os argumentos tacanhos. Quem não se consegue criticar, como há-de querer melhorar? Eu quero um Benfica melhor. Eu não posso estar satisfeito. E os benfiquistas, também não.

Nuno Pinho disse...

Ricardo, presumo que te referisses a mim como Nuno Pinto...
Não gostaria de entrar em discussão sobre os vários Benficas que formam o Benfica (ou é o contrário?) porque diz-me a experiência que a seguir entramos na estéril medição de benfiquismo.
Não concordo com o post. Pude-me explicar e ficou, como em anteriores ocasiões, a faltar um retratamento. Adiante. Eu sei que a personagem não é a mais desejável para citar neste blogue, mas é bom lembrar algumas palavras de Pinto da Costa, antes (ou depois?) de tentar aliciar o Jorge Jesus, sobre o Benfica actual:
“Mal da direcção do Benfica se Jesus não continuasse. Aqui temos as nossas obrigações, de dar apoio e cobertura ao treinador, é assim que funcionamos.
No Benfica é o Jesus que segura a direcção. Não sei se falta liderança, apenas me limito a observar os dados.”

Sem camadas de ironia. Se tomasse consciência da ajuda que deu a um benfiquista, talvez esta personagem não voltasse a abrir a boca. Mas, sejamos francos, isto não interessa para nada. O que importa é que continuemos a falar a uma só voz. Da minha parte sobra um “então, xau!”.

Anónimo disse...

@Hugo Filipe:

Great Post... do @Eterno Benfica!
Clap! Clap! Clap! Clap! Clap!

João disse...

Ricardo, ontem vi-te no Sacanas sem lei. Gostei muito e devo ao teu blog ter começado a abrir os olhos para aquilo que vai mal no Benfica. Espanta-me que apareçam poucos benfiquistas com sentido crítico. Mas as pessoas como tu têm de pensar mais alto, e começar a organizar uma oposição que possa vencer eleições. Mesmo sabendo que é difícil ganhar as próximas, é importante começar já a preparar uma candidatura com apoio de nomes de peso do Benfiquismo.