sábado, 28 de julho de 2012

Tantas saudades do Estádio da Luz




Para estufar esse filó
Como eu sonhei

Se eu fosse o Rei
Para tirar efeito igual
Ao jogador
Qual
Compositor
Para aplicar uma firula exata
Que pintor
Para emplacar em que pinacoteca, nega
Pintura mais fundamental
Que um chute a gol
Com precisão
De flecha e folha seca
Parafusar algum joão
Na lateral
Não
Quando é fatal
Para avisar a finta enfim
Quando não é
Sim
No contrapé
Para avançar na vaga geometria
O corredor
Na paralela do impossível, minha nega
No sentimento diagonal
Do homem-gol
Rasgando o chão
E costurando a linha
Parábola do homem comum
Roçando o céu
Um
Senhor chapéu
Para delírio das gerais
No coliseu
Mas
Que rei sou eu
Para anular a natural catimba
Do cantor
Paralisando esta canção capenga, nega
Para captar o visual
De um chute a gol
E a emoção
Da idéia quando ginga
(Para Mané para Didi para Mané Mané para Didi para Mané para
Didi para
Pagão para Pelé e Canhoteiro)




9 comentários:

JOSEPH de Vez em Quando SAKANA disse...

Existe um blogue benfiquista que é do mais nojento, do mais sórdido, do mais baixo que existe, ao nível do que pior fazem os andrades. Esse blogue chama-se, “A BRONKOSFERA & CIA” e o personagem que o alimenta chama-se LEMOS. Um NOJO! O Benfica é muito grande, alberga tarados sexuais, criminosos, violadores, putas, chulos, paneleiros, fufas e outros desviados. Mas tudo tem limites!

jpacs disse...

Ontem vi... O Sport Lisboa e Benfica dar 5 ao Real Madrid.

Tu não viste?

Gonçalo Ferreira disse...

Olá Ricardo, sempre o poeta da bola! Parabéns pelo teu blog, já o leio há muito tempo, mas só hoje resolvi dar-te um abraço virtual.

Deixa-me apenas dizer-te que, sendo eu cego, tenho que ver o futebol pelos olhos de outras pessoas, parece estranho, talvez, mas é possível e, raios, não foi o facto de ter perdido a visão que me fez deixar de gostar de bola e acima de tudo do Glorioso.

Assim, entre jornalistas, relatadores, comentadores e escribas de blogs escolhi aqueles que me conseguem transmitir uma imagem mais real do pontapé na bola e, devo-te dizer que és um deles. Aliás, tu e o resto dos tasqueiros aqui da tasca do ontem.

Obrigado por isso e um abraço a todos

Gonçalo

Ricardo disse...

Joseph, esse blogue não é benfiquista.

Vi, jpacs. E fiquei preocupado.

Obrigado, Gonçalo. Sem este romantismo, o futebol não nos faz sentido. Abraço.

moleculasdeamor disse...

Chico Buarque o eterno jovem, que fala sempre da arte maior que é o futxiból!

Sérgio Simões disse...

Engraçada a linha editorial deste blogue. Perde-se um jogo e aparece mais do que um post por dia a criticar tudo e mais alguma coisa.

O Benfica ganha e colocam-se um textos de saudosismo e nada sobre os jogos que disputamos.

Porque é que não há um texto a falar do que de bom e de mau se viu ontem? Porque é que não se discute se Melgarejo pode vir a ser a médio prazo um grande lateral? Porque é que não se discute se Enzo Perez pode ser ou não um reforço para a próxima época? Porque é que não discute os avançados que devem ou não ficar? Porque é que não se discute os golos que sofremos mesmo jogando com 3 médios? Não faltam motivos de discussão. Acho que isso é que é pensar o Benfica. Não é estar à espera de uma derrota para aí sim colocar em causa tudo e mais alguma coisa.

Ricardo disse...

Sérgio, vários pensamentos desviantes da tua parte:

- temos uma linha editorial;
- estamos à espera de derrotas para meter tudo em causa;
- metemos textos de saudosismo só porque ganhámos.

Todas erradas.

E, Sérgio, já pensaste que não quis escrever sobre o jogo de ontem porque o jogo de ontem me desiludiu bastante e me mostrou muitos indícios de que esta época está praticamente perdida? Já pensaste que, se calhar, não quis malhar mais no que é óbvio (para alguns, pelo menos) e deixar o tempo passar, colocando uma coisa mais romântica?

Já pensaste que, se calhar, o mundo é diferente do que pensas dele? Já pensaste que é muito fácil fazer suposições sobre os outros, principalmente se os não conheceres de lado nenhum?

Já pensaste que tens uma caixa de comentários em que podes dar as tuas opiniões (sobre o jogo de ontem ou sobre o que quiseres), sem colocar em causa as dos outros?


Já pensaste que vives e isso só por si já chega? Já pensaste há uma alternativa a esse modo de viver?

Pensa nisso. Dá-nos tu as tuas teorias. Prometo responder-te sobre tudo.

o Bandido disse...

Houve duas coisas boas no jogo de ontem, uma, o golo do Enzo Pérez, duas, o peso na cabeça do nojento Mourinho, viu-se que estava ali para ganhar quando celebrou efusivamente o segundo golo. Agora, não esquecer que ganhámos ao Real Madrid B ou C, e não é por isso que vamos ser campeões.. E sim, o antigo Estádio da Luz tinha uma coisa que este não tem, atmosfera histórica!

joão carlos disse...

o antigo estádio da luz numa palavra era imponente, coisa que este não é, mas nos últimos anos até por causa dos dias e das hora dos jogos aquilo já parecia mais um cemitério.