sábado, 20 de abril de 2013

A novela Ricardo Santos

Podemos dar as voltas que quisermos a isto, sermos muito puros, evitarmos teorias da conspiração, querermos acreditar neste futebol, mas quando lemos a notícia de que Ricardo Santos, o fiscal que o ano passado deixou passar o fora-de-jogo claro de Maicon no jogo do título, foi repescado a meio da semana para fazer parte da equipa de João Capela no clássico de amanhã, só se estivermos em coma ou cadavéricos podemos aceitar uma notícia destas como normal. 

Não é normal. Não o é por vários motivos óbvios, desde logo porque prejudica e condiciona o próprio Ricardo Santos. Que cabecinha pensadora decidiu olhar para o fiscal de linha que estava escolhido e pensar: «eh pá, mas esse gajo, hmmm, não sei, não gosto do estilo dele, isto para um dérbi tem de ser gente com estaleca, olha, por que é que não vamos buscar o gajo que no ano passado não assinalou um fora-de-jogo óbvio e permitiu que o Porto ganhasse no Estádio da Luz e se tornasse praticamente campeão?». É que reparem: eu nem sequer digo que há aqui uma tentativa de prejudicar o Benfica. Digo é que é uma decisão tomada por gente muito estúpida. 

Ricardo Santos só pode perder com esta decisão do «cérebro» Vítor Pereira (ou de um dos seus lacaios). Se decide a favor do Benfica num lance polémico, as críticas virão dos nossos adversários: estava obviamente condicionado pela decisão do ano anterior, uma vergonha. Se decide contra o Benfica num lance polémico, as críticas virão da nossa parte: estava obviamente instruído para voltar a fazer o mesmo da época anterior, uma vergonha. É este tipo de inteligências que temos a mandar no futebol português. E nós ainda por cima apoiamo-las. Inequivocamente.

Falando na consequência prática desta medida, parece-me que nos beneficia. Ricardo Santos vai entrar no Estádio da Luz tão condicionado pelo erro da época passada que o normal - o humano, mesmo - será, em caso de dúvida, decidir a nosso favor. Primeiro, porque é do instinto mais básico possuir um sentido de justiça que equilibra as próprias acções - basta falar com árbitros para perceber que, por mais que não queiram cometer um erro que equilibre o anterior, não raras vezes o fazem, muitas delas quase sem se aperceberem no momento. Depois - e sobretudo - porque Ricardo Santos terá 60.000 pessoas em cima dele, atentos a qualquer decisão, concentrados naquela mão e na bandeirola, se sobe injustamente, se deixa passar um lance que nos prejudique, como estará a cara de Ricardo Santos, que tipo de penteado levará, se tem tromba de porco. 

Este homem vai andar a correr lateralmente no relvado do Estádio da Luz com um tsunami humano atrás, a soprar-lhe vento e ondas de impropérios que nem o mais frio dos bípedes pode ignorar. Ricardo Santos, é muito provável, irá beneficiar o Benfica.

17 comentários:

Germano Bettencourt disse...

Olha, ao menos isso. :P

T disse...

Só não concordo que ele vai beneficiar o Benfica.
Este tipo de porcos é capaz de prejudicar continuamente o Benfica, tal como Proença ou o Benquerença, e outros que tais.
Não têm lata, não têm vergonha, e pelos vistos também não têm medo.

Anónimo disse...

Caro Ricardo,

A associação que fazes em que o bandeirola vai beneficiar o Benfica e que a nossa direcção apoia, inequivocamente, os gurus da arbitragem nacional, não será demasiado perigosa?

Repito o que já aqui escrevi: este ano, a nossa equipa não está imbuída de soberba, está imbuída de competência, qualidade e funciona como uma máquina alemã, fiável e consistente.

Ganhando amanhã, o céu já se pode tocar com a pontinha dos dedos.

Todos à Luz!

Abraço
Pedro B.

mnlopes disse...

Espero mesmo que tenhas razão e que esse anormal seja isento desta vez ou, errando, que seja para o nosso lado, para variar. Amanhã todos à Luz, c#ralh*!

Rafael Ortega disse...

"parece-me que nos beneficia. Ricardo Santos vai entrar no Estádio da Luz tão condicionado pelo erro da época passada"

Quem escreve isto é um ingénuo de todo o tamanho...

O Proença também ia para o Nacional-Benfica condicionado pela arbitragem miserável da época passada e foi o que se viu.

Anónimo disse...

Se isto fosse verdade o Proença assinalava 5 penalties a nosso favor em todos os jogos.

JotaPê disse...

É só impressão minha ou jogando nós tanto quanto sabemos arriscamo-nos a golear esta pandilha do croquete?

Não percebo tantos receios e conversa de fiscais de linha...

Ricardo disse...

Rafael Ortega (belo nome!),

A ingenuidade é uma arma de vários legumes. Depois comparar um árbitro - habituado à pressão - com um fiscal de linha também é um pimento. Mas fica aqui o teu comentário para mais tarde recordarmos.

JotaPê,

os "receios" de muita gente advém de um trauma que, sem perceberem, carregam: o trauma de perder tudo perto da linha da meta. É o árbitro, o fiscal, as bandeiras de canto, as linhas que podem não estar direitas, o próprio vento que pode empurrar a bola para a nossa baliza. É uma coisa muito portuguesa e, naturalmente porque somos mais, benfiquista.

Jogo jogado? Somos MUITO melhores. Só que nisto dos clássicos a coisa pode virar facilmente. Desprezar o Sporting, mesmo que estivesse nas distritais, seria sempre um erro. É por isso que, apesar de tudo, é e será sempre um grande clube.

Ricardo disse...

*advÊm

JotaPê disse...

Ricardo,

Não falo em desprezar o desprezível sporting. Mas parece que há por aí muito receio infundado, como que a parecer insegurança e falta de capacidade da nossa parte.

Conscientes da nossa incomparável valia, isto é para ganhar limpinho e para dar mais uma mostra de grande força aos cavalheiros que andam a clamar pela ajuda divina há uns dias a esta parte.

Pessoalmente, estou muito mais preocupado com a visita à madeira...

PS: Pergunta estúpida: o que é que a estrutura do Benfica disse acerca desta nomeação?

Ricardo disse...

Jota,

há sempre. "Insegurança" tem feito parte dos últimos 20 anos da vida do Benfica. Perdeu-se a segurança de acreditar profundamente na nossa capacidade. Mesmo quando fazemos um bom futebol e resultados fantásticos temos medo de que a qualquer momento aconteça... "benfica", assim, com b pequenino. E desenganem-se os que pensam que já chegámos ao Benfica, com B grande. Porque aqui não chegámos. Era preciso mudar muita coisa, só que para isso tinhas de ter capacidade analítica por parte dos adeptos, mesmo quando se está por cima. Não existe. Não existirá, provavelmente.

(também acho o jogo contra o Marítimo de dificuldade extrema)

É mesmo estúpida e tu sabes porquê. Quem dorme com lobos não pode depois pedir caniches.

Nuno Pinho disse...

O Ricardo Santos foi mais um que fez o arranjinho. Não vou na conversa do erro humano, quando o vi em linha com dois jogadores do FC Porto em fora-de-jogo…
Aquela gente (a do sistema) é óbvia e quer ganhar de qualquer forma. Sorte a nossa por estarmos a apoiar uma equipa que está nos píncaros. Já me convenci que não há outra forma de ganhar esta liga. Tem que ser sempre no limite dos recordes e é claro que os tais apoios não ajudam a situações folgadas.
Convém não esquecer que foi durante esta temporada que o Xistra nos roubou – não há outro termo – em Coimbra e que o Proença disparatou cartões na Madeira. Quando isto ainda acontece, um tipo, por mais confiança que tenha na equipa, deixa sempre um pé atrás. Para Domingo será mais do mesmo. Estamos confiantes no valor da equipa, mas há uma nomeação que nos inquieta. Não deveria ser assim. Até quando? Direcção, até quando pactuamos com isto?
Por outro lado, estranhei o comportamento dos jogadores do SCP por, nos últimos dois dias, não terem aparecido à comunicação social a dizer que iam ganhar na Luz. Durante esta semana, saíram à vez para dizer que iam ganhar na Luz. Um deles até disse que a diferença entre o SCP e o SLB é a classificação. Os adeptos do Beira-Mar, último classificado, também podem seguir a mesma linha de raciocínio para se equipararem ao SCP. A invencibilidade em provas nacionais, o dobro dos pontos, o quíntuplo dos golos marcados, o terço dos golos sofridos, a final da Taça e a meia-final da Liga Europa são apenas detalhes.

Elio Ribeiro disse...

Boas, podem colocar o meu Blog sobre o Benfica na vossa lista de blogues do Glorioso ? Depois faria o mesmo.

O meu Blog: http://agendadoglorioso.blogspot.pt/

Saudações benfiquistas

Anónimo disse...

Cuidado! Muito cuidado que os andrades não dormem em serviço e depois de perdidas as outras taças, resta "apenas" ... esta! Eles não têm vergonha nenhuma!

Saudações VERMELHAS!

Rafael Ortega disse...

Ricardo,

Eu espero estar enganado, mas para que o fiscal de linha "compense" o mal que fez é preciso ter uma pequena noção de vergonha. Ora isso é coisa que os indivíduos apitadeiros e bandeirinhas não têm.

Gostava também de ter um campeonato em que pudesse esperar mais dificuldades vindas das equipas adversárias que das equipas de arbitragem.

DeVante disse...

Como acho que não vamos ter invenções do mestre da táctica desta vez, ganhamos limpinho!
Estou mais preocupado com o jogo na Turquia. Na Luz, contra este Sporting, alinhando com a nossa equipa-tipo, que, por acaso, ganhou sempre, não espero outro resultado!
Rumo ao 33!

jose garcia disse...

temos tido boas arbitragens. Boas, no sentido de serem corretas, não no sentido de nos beneficiar. Felizmente.

Diverte-me imenso ver os lagartos e os corruptos à procura, incansavelmente, de um erro de arbitragem que nos tenha dado pontos. A única coisa em que conseguem pegar é no penalty claríssimo contra a Académica. Otários!

De resto, concordo com o Ricardo: em caso de duvida, o gajo vai decidir a nosso favor.
E tendo em conta o que temos sofrido nos últimos anos, nem me importo nada...