segunda-feira, 1 de abril de 2013

Diáspora benfiquista

Para Olhão, nada mais nada menos do que um autocarro fretado. 51 benfiquistas. Sairemos em luta ideológica Portugal abaixo para transportar o Benfica à glória. Não há outra forma: é do princípio até ao fim contigo, Glorioso. Desde Guimarães aos confins dos Algarves. Se jogasses no meio do mar, íamos de traineira atrás de ti.

7 comentários:

Germano Bettencourt disse...

O Santa Clara ainda pode subir. Vê lá se não tens de usar uma traineira para o ano. :)

Marco disse...

Qual é o preço dos bilhetes para olhão? Alguém sabe?

João Jordão disse...

Marco: http://redpass.blogs.sapo.pt/696838.html

John Wakefield disse...

O jogo em Olhão será a primeira das três finais que teremos pela frente e cuja dificuldade vai aumentando de jogo para jogo.

Esta partida no Algarve não vai ser fácil, embora mais acessível do que nos anos anteriores (empatamos nos últimos 3 anos). A não ser que haja aliciamento vindo do Norte, os jogadores do Olhanense não irão muito moralizados para a partida. Mas é um perigo subestimá-los. É preciso jogar bem e não cair nos erros que cometemos na Madeira contra o Nacional. Não admitimos poupanças nem invenções. Este jogo não vai ser fácil, mas é o mais acessível dos três que aí virão. Temos que vencer este jogo para pressionar o FCP que recebe, no dia seguinte, um Braga obrigado a vencer por causa do Paços.

O Sporting caso pontue com o Moreirense fará 4 ou 5 jogos sem perder. Vem à Luz na sua melhor série do ano. O moral aumentou e a entrada duma nova direcção trouxe mais frescura e melhor ambiente. Somos favoritos, mas os verdes vêm cá na pior altura para o Benfica, depois duma deslocação a Inglaterra. Temos que aparecer em força nesse jogo. Parece-me que o Sporting está a crescer aos poucos... É claro que hoje teve a sorte do seu lado, mas é assim que se começa a ganhar confiança. Temos que aproveitar o factor casa, mas nada de brincadeiras. O Sporting vai fazer de tudo para nos "lixar" a vida, tal como fez com o FCP recentemente. Não podemos falhar!

O Marítimo é o adversário tecnicamente mais difícil antes da visita ao Dragão. Estão num bom momento de forma. Venceram os 2 jogos com o Sporting e podiam até ter vencido o FCP no último jogo em sua casa. É uma equipa que cresceu muito nesta segunda volta e é novamente forte candidata no acesso às competições europeias. Tem futebol para isso. Este jogo pode ser a última grande final... Pode ser o nosso jogo do ano! "Invadir" a Madeira é necessário!

O Estoril e o Moreirense estão ao nosso alcance. O jogo com o Dragão não pode ser decisivo, porque se o for, eles não falham nem que apareça uma "arte mágica" do árbitro da partida.

Por isso, é ganhar e os próximos 3 jogos não serão fáceis, aliás a tendência em torno dos mesmos tende a complicar e o cansaço derivado das competições envolvidas também não ajudará.

Diogo disse...

John,

vamos jogar 3 jogos em 8 dias, Newcastle (casa), Olhanense, (fora) e novamente Newcastle (fora). Depois o campeonato pára novamente devido à final da taça da liga, fim de semana 13/14 de Abril. De seguida recebemos o Paços para a 2º mão da meia final da TP no dia 17 e o LOL no fim de semana seguinte. Do meu ponto de é colocar o 11 base sempre pois teremos 1 semana de descanso.

Abraço,
Diogo

Kiddo! disse...

Cuidado com o jogo em Olhão!!
Tenho medo que, assim de repente, o dinheiro em falta apareça nas contas dos jogadores do Olhanense...E se aparecer eles até trincarão as orelhas dos nossos jogadores para justificar o acto de bondade do mecenas que investiu na futura SAD do Olhanense...

Anónimo disse...

Ó pessoal! nada de stresses! o benfica pode e deve perder os 4 pontos de vantagem até ao dragão. é isso mesmo. até podem fazer de propósito que é para os fcps pensarem q ainda podem ganhar, ficarem todos excitadinhos e tal. depois no draconas vamos lá espetar-lhes 6 e alguns dos golos, por ironia, até podem ser marcados em fora de jogo. assim sim. Ficam os fcps com um cachola do tamanho da fruta toda com q foram lidando nos últimos anos.
Este ano ATÉ OS COMEMOS!
Benfica sempre.