segunda-feira, 22 de abril de 2013

Nico Negrete





Não sei se será o melhor golo que alguma vez vi ao vivo - ainda por cima ali tão perto, no topo atrás da baliza onde a bola entrou deslumbrada pelas várias ternuras que foi recebendo. Se não é o melhor, é um dos três melhores e seguramente o melhor desde que existe novo Estádio da Luz. Tem tudo: criatividade, combinação, técnica suprema, noção perfeita do espaço, movimentação e uma finalização absurda de tão boa. Mas tudo nasceu primeiro no génio difícil mas delicioso de Nicolás Gaitán e depois numa memória muito difusa que Nico tinha mas nem sabia reconhecer. Os grandes jogadores são assim: misturam instinto, criação, improviso e dois ou três pozinhos de coisas que lhes ficaram a pairar em sonhos. Como esta:




18 comentários:

Fehér 29 disse...

todos os que viram este golo em directo, seja no estádio ou na televisão, que se considerem abençoados... que golão!!!

T disse...

Algum benfiquista tem o lance do Polga a rasteirar o Gaitan no primeiro minuto do jogo em alvalade do ano passado?
ERA BOM RELEMBRAR!

Algum benfiquista tem o lance em que o Luisão é claramente agarrado dentro da área, com o Artur Soares Dias a VER, e sem que o penalty a favor do Benfica tenha sido assinalado?
ERA BOM RELEMBRAR!

UM abraço

jcnaguiar disse...

Foi um golão sem duvida, mas la está, quando sao beneficiados em 2 penaltys e na nao expulsão do Maxi nao se passa nada nem admitem sequer mas pronto

Zé de Fónes disse...

Não compreendo, juro que não. Foram 50 penaltys contra o Benfica que ficaram por marcar, a somar aos 5000 adeptos que deviam ter sido expulsos por gritarem “chupa” após o escandaloso anti-jogo do Nico na jogada do 2º golo, e se não bastasse, a quantidade desmesurada de roubos de bola que o Matic fez durante os 90 minutos aos putos da academia. Uma vergonha.
O jogo na Madeira será uma espécie de dia D para estes mafiosos estudiosos. Um pouco diferente do habitual, mas o palco está montado. O lobo deixou o rabo de fora, logo na semana em que o próprio anunciou recandidatura após exames médicos. Bela autorização. Parecido com isto, só os votos de confiança que os treinadores costumam receber quando já estão com um pé de fora.
Mas ao invés do tremendo Matic, o que mais gosto é da rapidez com que o Gaitan saltou a fase do “caralho, pá, vai-te foder” para o “Viera, por favor, não vendas o Nosso Nico”. Obrigado, Gaitan. De Águia ao peito, nos últimos 10 anos, mais talentoso que tu? Ninguém! Botem menos/mais tabaco.

DeVante disse...

Nota artística!!!
Este Benfica é letal. Aquilo que fizemos ao Sporting não se faz, caíram na nossa teia, deixamo-los acreditar e marcamos, cinicamente, nos momentos que quisemos, resolvendo o jogo.
E mais, este segundo golo, a fazer fé naquilo que o mestre da táctica disse, foi de propósito, para encerrar qualquer debate sobre a qualidade futebolística deste glorioso plantel.
E foram mais duas assistências do Nicolás, este menino que me encantou desde o início.
Brilhante Nico!!!

rogerAjacto disse...

Foi o melhor golo que vi ao vivo.

mnlopes disse...

Sim, sem dúvida. Em 2010 lembro-me de algumas jogadas deliciosas do Di Maria, mas esta suplanta todas elas. Um autêntico hino ao futebol.

Henrique da Luz disse...

GOLO GOLO GOLO GOLO!
Que Ganda GOLO!
Gaitan tanto coe e recoze que lá teria de ser!, Maravilhoso entendimento de equipa, e Lima, soberbo a disparar!
Vamos ao Dragão para Ganhar!
Vamos ao Dragão para Ganhar Carvalho!
Jota please: manda alguem uma manhã ao aoutro lado da 2ªcircular para ver se faemos qualquer coisinha com as bolas paradas (Irrepreensiveis os lagartos nesse capitulo)e nós com as torres que temos nã carimbamos neria!
Abraço.
Ohhhh Benficaaaa....Dizemmmm que somooos loooucooss da cabeçççaaaa...

moleculasdeamor disse...

No fim quando todos estivermos em êxtase num lugar qualquer a relembrar momentos mágicos este não será esquecido...

moleculasdeamor disse...

Uma nota suplementar ... não consigo falar de arbitragem... até porque ser isento aqui e agora... deixo para um qualquer depois... que não virá... nos próximos 10 dias muito se revelará deste ano... mas depois na final em Amsterdão tudo será sublime ou simplesmente muito bom!

M disse...

desci, pelos menos, 2 filas de cadeiras com este golo, e não estava em zona de claques, onde por norma, a malta costuma voar por ali abaixo.

para ver e ver e rever e ver e rever e ver....

entre este golo e o do Gaitas em Paços, não sei qual escolher...

Anónimo disse...




Ricardo para embelezar e adornar a Serenata do Capela e o golo do Gaitan, e como os benfiquistas continuam indecisos sobre o penalty que deveria ser assinalado, alguns vacilam entre o 1º e o 2º, mas há ainda o 3º aos 88 minutos, fica "á escolha do freguês", podem escolher qq um deles "limpinhos", claro , e as imagens não enganam:

Penalti sobre Ricky aos 6 minutos> http://www.ftpimg.com/photos/20130421136658313201641.gif

Penalti sobre Capel aos 8 minutos> http://www.ftpimg.com/photos/20130421136658321177468.gif

Penalti sobre Viola aos 88 minutos > http://www.ftpimg.com/photos/20130421136658318152214.gif
Pedro Salgado

O ascensorista indiscreto disse...

Dois ou três pozinhos de coisas que não se passaram em sonhos http://3levador.blogspot.pt/2013/04/a-avenca-de-um-subdirector.html

Nuno Pinho disse...

Não foi fácil, mas vi com naturalidade a vitória do Benfica sobre uma equipa que há seis anos não marca um golo na Luz. Do actual 10º classificado não se esperava outra coisa, ou não fosse este jogo encarado como o da salvação da época. Entraram com todo o gás e ao final de uma hora não conseguiam esconder a falta de ritmo. Miguel Lopes, Bruma, Capel, Rinaudo ou André Martins. Tudo jogadores que caíram com o tempo. O último, devo dizê-lo, é um jogador interessante. Sabe pegar na bola e transportá-la bem pelo meio ou alas. Numa equipa mais competitiva poderia dar jogador. Assim, resta-lhe parar meio ano, à espera do próximo derby…
Sobre o Benfica, há que o reconhecer: 1ª parte péssima. Não percebi que ideia de jogo tinha o Jesus para a equipa, mas talvez se tenha surpreendido com um SCP tão povoado no meio-campo defensivo (Lima e Cardozo estavam a levar com quatro jogadores em cima). Desse período, percebeu-se que o reforço das laterais deve ser encarado como prioritário no próximo defeso. Uma equipa mais afoita podia ter arrumado o jogo no primeiro tempo. Sorte a nossa estar do outro lado o SCP. O Melgarejo andou a primeira hora sem noção alguma do que fazia em campo. O Bruma, Miguel Lopes e Volkswagen atacaram à vontade pelo lado esquerdo. A subir não melhorou. Más decisões no drible, nos lançamentos, nos cruzamentos e até nos desvios defensivos que invariavelmente foram atirados para fora. Do outro lado, a mesma dor de cabeça. O Máxi está a dar razão a quem não lhe queria estender o contrato. Na primeira parte, foi demasiado faltoso. Cometeu um penalty ao Capel (igual ao do Ilori na 2ª que já ninguém fala), em que demonstrou novamente ser incapaz de abordar um lance com inteligência. Falhou o tempo de corte e decidiu, já sem bola, atacar o tornozelo do Capel. Não fosse esse gesto imprudente e hoje a conversa dos "abutres" do costume seria outra. Quem é era o antigo jogador que dizia que o Máxi não tinha classe para jogar no Benfica?
Era o Artur Correia?
Se era, o Máxi só o está a ajudar. Enquanto tinha pulmão, era o operário cuja força escondia outras debilidades. Como essa força começa a desaparecer, esta época temos lidado com o Máxi que, na época passada, arriscou em demasia frente ao Chelsea. Na segunda parte, deixou passar tudo. Perdi a conta aos cruzamentos tirados pelo Joãozinho. Dêem-lhe umas férias prolongadas (merecidas!), mas é melhor a direcção precaver-se com uma segunda linha de nível, porque a próxima época vai ser longa e não estou a ver este Máxi a aguentar a titularidade por muitos jogos…
Da primeira parte, sobra ainda o desacerto do Enzo e do Nico Gaitán que foi atenuado pelo cruzamento para o primeiro golo, do Sálvio.
Na segunda, a qualidade do Benfica apareceu. O segundo é um lance genial, só ao alcance de equipas que “apenas sabem atirar a bola para a frente”. Para tamanha genialidade ter acontecido foi preciso autorizar o Lima a ocupar terrenos mais adiantados. Nesse aspecto, a substituição do Cardozo pecou apenas por tardia. O jogo não estava de feição para o paraguaio e ter libertado o Gaitán para o meio foi meio caminho andado para desfazer a organização defensiva do SCP. Nunca escondi a admiração que tenho pelo Jesus (recupero o “O homem certo no clube certo”), nem nos momentos mais complicados, e esta jogada voltou a evidenciar as suas qualidades. Manteve a aposta num jogador aparentemente desinspirado (Nico), equilibrou o meio-campo, sobretudo no último terço do terrno, e com isto deu luz verde para a vitória.
Venha o jogo nos Barreiros! A meia-final da Liga Europa fica para depois. É preciso rever a primeira parte e entrar no próximo jogo com outra postura desde o primeiro minuto. A jogar ao nível que nos tem habituado, o Benfica volta a vencer com naturalidade. Estamos muito fortes. Vamos conseguir!

Zé do Quintal disse...

Sr. Pedro Salgado, houve "faltas" a meio campo piores que todas as "faltas" dentro da área do Benfica, para se ser coerente ou se assinala tudo ou não se assinala nada, o árbitro optou pela segunda. E as supostas "faltas" a meio campo existiram para os dois lados. Levando em conta o critério do árbitro, só houve dois lances duvidosos, um fora de jogo ao Cardozo mal assinalado e a expulsão perdoada ao Maxi, por uma entrada a pés juntos, já o resultado estava 2-0.

Agora uma equipa que não faz um remate perigoso à baliza, quer ganhar jogos à custa da arbitragem, é rídiculo. Ainda se tivessem criado perigo suficiente para reclamarem dos penalties, compreendia a frustração. Agora nem um remate perigoso, nem um... Já para não falar que não houve qualquer irregularidade nos golos do Benfica. Ou houve e eu não vi?

hertz disse...

Foi sem dúvida um golaço e foi um momento de explosão: o Lima que correu para a bancada e foi abraçado por alguns adeptos que saíram da bancada, a felicidade extrema do Gaitan, pela obra de arte que tinha ajudado a fazer, que correu para junto dos suplentes e o abraço e festa entre jogadores de campo, suplentes, equipa médica, equipa técnica. Foi uma explosão de alegria não apenas por ser um golo do Benfica mas por ser um golo daquele calibre. Lindo!

É engraçado que o Benfica tem guardado os golaços para os clássicos. 1º o do Matic e agora o do Gaitan. Não sei qual deles o melhor. Aliás, esta época o que não tem faltado são golos espectaculares.

Adolfo Sapinho disse...

O do Negrete é melhor, obviamente.

sotilmae disse...

Ora lixe-se lá o moço, e não é que começou a época no meu Braga?
Por acaso não desmerece, porque não renega quem o acarinhou.
Não é como o Artur,que tem tanto de mal agradecido,como de bom GR (filho da mãe!).
Bem sei o que digo porque os vi a ambas pelo AXA.
Ai Salvador, e tu mais os negócios com o Benfas, pá. Ainda dizem que andas acomunado com JNPC! Enfim...