domingo, 14 de abril de 2013

Foi quase o quase.


O Braga tem dois títulos no seu historial: uma Taça de Portugal em 1966 e uma Taça da Liga em 2013. Foram precisos 47 anos para voltar a vencer um troféu. Passaram muitos treinadores pelo clube - Cajuda, Domingos, Jorge Costa, Jorge Jesus, Leonardo Jardim, entre tantos, tantos, outros. Nenhum ganhou nada. 


Até hoje. Com um treinador chamado José Peseiro, o homem que tem tido de levar, desde 2005 (ano em que levou o Sporting à luta pelo campeonato até ao fim e, coisa pouca, deu ao clube a segunda final europeia do seu historial), com todos os impropérios mais rascas, as análises ignorantes, as frases-feitas, os lugares-comuns, as expressões gratuitas. 

"Mas foi a Taça da Liga"? Foi. E foi eliminando Benfica (este Benfica de Jorge Jesus) nas meias-finais e Porto na final. É capaz de ter algum mérito, digo eu. Ou se calhar não. De qualquer forma, parabéns ao Peseiro por mais um quase.

5 comentários:

Pedro disse...

Fizeste-me rir...LOL

mnlopes disse...

Tem mérito, sim senhor. Só quem não quer é que não reconhece. Gostaria de ver como estaria a jogar, por exemplo o porto, se tivesse perdido o Jackson por lesão em Fevereiro como eles perderam o Éder.

Anónimo disse...

Jorge Jesus ganhou uma Taça Intertoto

João Jordão disse...

Taça Intertoto também em 2008

Anónimo disse...

Claro! Peseiro no Benfica, se o poeta Ricardo fosse o presidente. Felizmente, não és.

Vá, faz lá mais um post ao scp, o teu verdadeiro clube, sob a capa de ser do teu avô.

Abraço
Pedro B.