quarta-feira, 4 de abril de 2012

À Benfica!

Não há muito a dizer para além de que sinto um enorme orgulho dos nossos rapazes e adeptos. 
Hoje foram BENFICA!




18 comentários:

bjorn disse...

mai nada.

Beirão disse...

Completamente de acordo hoje merecem plenamente uma grande recepção no aeroporto!!!
Adiante - na segunda é tratar do Botafogo!

povoaopoder disse...

Vénia a Emerson e JJ ... porque Hoje Merecem!

Parabéns Benfica!

Ricardo disse...

Orgulho nos rapazes e adeptos. É exactamente isso. Bravíssimos, uns e outros.

Mentiroso disse...

Enorme exibição do Benfica durante os noventa minutos, hoje extremamente bem conduzido pelo técnico Jorge Jesus.

Grande exibição coletiva, apenas assombrada por dois erros: Maxi imprudente no lance do segundo amarelo, e de Aimar que em dois lances consecutivos transforma um lance que poderia dar a vitória, se a falta fosse bem marcada, e depois deixa-se antecipar pelo Meireles quando tinha tudo para matar o lance.

Individualmente destaco Matic e Jorge Jesus. Nunca as apostas do técnico fizeram tanto sentido. Aqueles três miúdos que entraram arrastaram a equipa e levaram os adeptos a acreditar.

Viva o Benfica

Moscatel Com Gelo disse...

Orgulho em SER BENFIQUISTA!

Bicadas disse...

Eh pá, mete lá um caps no ORGULHO!!

Moscatel Com Gelo disse...

ORGULHO ONTEM HOJE E SEMPRE! SPORT LISBOA E BENFICA!!!

JC disse...

Mentiroso: grandes verdades dizes. Só falta aí o Emerson que, justiça seja feita, até esteve bem.

XerifBill disse...

E a escolha musical já ganhou...

LDP disse...

Pelo que vimos hoje, haverão dois sítios em Portugal que não dormirão esta noite com tanto espernear: o aeroporto de Lisboa e a sede da apaf.

João Duarte disse...

Obrigado rapazes! Fizeram mais do q pensei q fosse possível. Vieira e jj, receio q as vossas estupidas declarações no fim nos afastem sequer da fase de grupos do próximo ano. Quem se mete com a uefa passa mal. Devem pensar q estão a falar com a liga... Idiotas!

VeRMeLHoVZKy disse...

Ontem foi dia 4 de Abril... e apesar da contrariadades, o Benfica fez um enorme jogo em Stanford Bridge e mesmo com 10, disputou a eliminatória até ao último minuto.

Jogou muito, correu muito, e caiu de pé. Os jogadores e os técnicos fizeram o seu trabalho e os Benfiquistas ficaram orgulhosos. Ou melhor quase todos os Benfiquistas ficaram orgulhosos.

Alguns, infelizmente não ficaram. Porque são Benfiquistas que não puxam pela equipa mas sim por certo tipo de interesses. É gente que está sempre preparada para atacar quem tudo faz pelo nosso clube. Gente que nos momentos em que os jogadores, técnicos e dirigentes mais precisa de nós, se recusa a dar esse apoio e ataca de toda a forma e feitio.

Ontem neste blogue vi um dos mais ASQUEROSOS posts alguma vez escrito por um Benfiquista. Na verdade não era um post, mas sim um vôo de abutre.

O Escriba sentiu o cheiro de sangue e achou que devia fazer um vôo picado. Mas teve azar... ao contrário do que pensava, não sobrevoava um moribundo mas sim um clube e uma equipa que respira saude.

Dizia tal escriba que "Neste Benfica o futebol e as pernas acabam em Janeiro". Pois é... Janeiro já lá foi e o Benfica mostrou ontem que tem muito futebol e muitas pernas... impressionante como conseguiu COM 10, discutir a eliminatória até ao final. Depois de 4 ou 5 dias antes ter lutado até ao último minuto contra um forte Braga. Pernas? Pernas não deve ter é o tal escriba. De certeza que há muito que não levanta o cú da sua cadeira para ver o mundo real.

Veio ele dizer que "limite do risco" designa incompetência... pois limite do risco é para todos aqueles que jogam ou trabalham ao mais alto nível. Incompetência é para os cobardes que acham que opinam sobre tudo e no final pouco ou nada fazem.

Mas a demonstração que tal escriba pouco ou nada sabe, é a forma como se referiu a Matic. E nem preciso de lhe responder... basta citar o AZULADO jornal O Jogo:

"Matic - Mestre incansável andou no sítio certo para anular estrelas

Foi um autêntico monstro no meio-campo. Sentindo-se bastante confortável, como se estivesse em casa, teve um belo regresso a Stamford Bridge. Desde o primeiro minuto foi peça fundamental para controlar as operações a meio-campo. Sem acusar a falta de utilização, inspirou-se pelo ambiente e fez por merecer mais vezes a confiança de Jorge Jesus, mostrando até muito mais do que em outras ocasiões. Diante de jogadores de renome como Lampard ou Mata, o médio sérvio impôs-se em grande nível e foi anulando as estrelas contrárias. Mesmo quando a equipa ficou reduzida apenas a dez elementos, o que o deixou muito mais isolado na zona central, revelou-se incansável nas recuperações, denotando grande sentido posicional. Com o seu empenho e acerto, empurrou sempre a equipa para a frente, alimentando o sonho. "

E este era o rapaz que "não é um trinco, nunca foi um trinco, nunca será um trinco, mas que para Jesus é porque é... alto". Caro escriba, talvez seja um trinco para Jesus, porque é UM GRANDE JOGADOR, como ontem demonstrou isso em Stanford Bridge.

O resto são as pataquadas do costume de gente que se acha muito mais do que aquilo que é. Lembro-me de um que há uns anos atrás apareceu também cheio de posts de treta num famoso blogue. Dizia mal de tudo e todos, tinha as soluções todas... e depois foi candidato, apanhou um banho do caralho e meteu o rabo entre as pernas e nunca mais ninguém ouviu falar dele.

Realmente é chato ter que aturar tais escribas, mas é o preço de ser adepto de um clube democrático.

John Billy #32 disse...

Só espero que consigam capitalizar a raiva do jogo de ontem para Alvalade.
Só faltam 6 jogos para acabar a época e vamos lá acaba-la com dois títulos.

PS: Ricardo, é por isso que gosto do Jesus. Com ele o futebol é risco, mas também é paixão, é ataque, é bonito e para mim é isto é Benfica.
Compara só este Benfica com o Benfica de Koeman que jogou em Lille com 4 defesas centrais mais 2 laterais e dois trincos. Os resultados se calhar são os mesmos mas não gosto de especulação ou de "controle do jogo ao meio campo".

zzay disse...

Foi um grande jogo dos nossos 10. Os adeptos estiveram muito bem!! Ouvir só mais um foi fantástico.
O Emerson fez as pazes com os adeptos ou fícamos todos a perceber que ele é central e não lateral esquerdo? E não digam que foi só uma vez e só num jogo. O gajo foi comido no golo e penso que só mais uma vez (acho que fez falta).
Até o Matic jogou bem, será que era por estar em "casa"?
Aimar a correr 94min..
Penso que se em vez de futebol fosse raguebi tínhamos dado uma cabazada tal foi o número de remates por cima dos postes...
O JJ nem sempre fas as substituições mais acertadas mas penso que ontem recuar o Witsel e não tirar nenhum jogador foi uma demonstração de q estava lá para ganhar e não para jogar em contra-ataque..

JC disse...

VeRMeLHoVZKy: para teorias da conspiração vieste bater à porta errada. Não sei que raio de espécie é essa que torce contra o Benfica e a quem chamas de Benfiquistas. Todos os Benfiquistas que conheço torcem pelo Benfica. Ponto.

O problema de muitos é não conseguirem conciliar a paixão clubística com o sentido crítico. E é o sentido crítico que permite a alguns opinar com clarividência sobre o que está bem ou mal, independentemente dos resultados actuais da equipa. Confesso que nesse aspecto também tenho alguma dificuldade em separar as águas, embora me esforce por isso.

Ontem, jogadores e técnicos estiveram bem. Apesar da derrota - não esqueçamos que perdemos - senti-me reconfortado pela atitude digna dos jogadores. Quero esta garra mais vezes, se não for pedir muito. Quero um Jesus como ontem: mais clarividente e menos inventor - curiosamente num jogo onde foi obrigado a inventar.

É verdade que senti um orgulho enorme nos nossos rapazes. Mas isto não pressupõe que se passe uma esponja em tudo o que de bom ou mal foi feito até aqui. Ontem, foi apenas mais um jogo - belíssimo jogo do Benfica, repito.

Quanto ao post do abutre Ricardo, terás de comentá-lo no local próprio se assim o entenderes. Uma coisa parece-me óbvia: tu, sim, estiveste dependente do resultado de ontem para vires aqui destilar ódio. Não estarás a ser tão ou mais abutre que os abutres?

mrmg disse...

Foi uma grande exibição.
Não houve qualquer dúvida.
Provou-se que Matic é uma excelente opção, que Capdevila é o lateral esquerdo.

Emerson, mas que jogo enorme a central! Desinibido, com faro de caçador na antecipação e no desarme. Não foi comido uma única vez. Poderão argumentar que Torres foi um fantasma, mas Emerson lá estava sempre. Penso que agora teremos de entender se Emerson terá o mesmo rendimento na lateral. Honestamente penso que não.

Só um pequeno senão: Nélson Oliveira. Penso que ele é egoísta quando virado para a baliza.

Quanto ao pífaro man:

http://aminhachama.blogspot.pt/2012/04/michel-platini.html

Bruno Pereira disse...

Hoje, em particular, sou orgulhosamente lampiao! http://orgulhosamentelampiao.blogspot.pt/2012/04/orgulhosamente-lampiao.html