quarta-feira, 18 de abril de 2012

Gomes da Silva, o amestrado - toda uma zoologia de afectos

Não é meu costume assistir ao circo que dá às Segundas-feiras à noite na Sic Notícias. Não porque não goste do espectáculo - quantas vezes, entre o Campo Pequeno no Natal e pequenas aldeias com tendinhas pintadas à mão pelos heróicos funcionários dos circos itinerantes, fui ver mágicos, malabaristas, senhoras de cabelos às cores a vender pipocas, bailarinas, elefantes, cavalos, leões, sanitas voadoras, homens gigantes, anões, pigmeus, pigmentações, duendes, cobras e outras variações -, mas porque acho estes palhaços fraquinhos ao nível da representação. 

A última vez que tinha visto tamanha exibição de gravatas e egos e boçalidade e "olhe que não" e "ó meu caro" e "você sabe do que eu estou a falar" e, enfim, todo aquele circo mal amanhado, com palhaços horríveis e de um mau gosto desesperante em que uns sorriem para os outros, fazem sinais uns para os outros enquanto a câmara não os filma, combinam jantaradas e almoçaradas porque "afinal, somos todos amigos" e toda essa hipócrita maneira de ver o futebol e de dele se aproveitarem como, estes sim, verdadeiros abutres; a última vez, dizia, a que tinha assistido a espectáculo tão degradante tinha sido na semana em que soube que essa alimária do Gomes da Silva tinha andado a perguntar por mim num sítio onde trabalhei há uns anos. Não foi espanto nenhum, portanto, vê-lo nesse programa a insultar uns quantos "senhores dos blogues" e a disparar uma parvoíce qualquer, enquanto ajeitava a gravata, atirava um beijo por debaixo da mesa ao Guilherme Aguiar ("somos todos amigos, somos todos amigos") e retirava uma vassoura do cu.

Como tudo aquilo me cheirou mal - e não me refiro especificamente ao momento em que Gomes da Silva abriu a boca -, dei por terminada a minha participação n´"O Dia Seguinte", que já era a de um espectador muito pouco assíduo mas, de tempos a tempos, presente. Até que li o texto do Bcool e fui tentar perceber a que "abutres" se referia desta vez - é que já são tantas as vezes em que gente do Benfica chama "abutres" a alguém que a pessoa acaba por perder o norte e às tantas já não sabe muito bem como acompanhar a actualidade abutrical ou a abutralidade. Sem grande espanto, pelo nível humano a que nos habituou, verifico que o Vice-Presidente do Benfica e Administrador da SAD (é importante reter e repetir esta parte, em voz alta, muitas vezes) andou pela televisão a chamar "abutres" aos que discordam da forma como a Direcção de Vieira, na qual tem grandes responsabilidades, gere os destinos do clube.

Recapitulemos: um Vice Presidente do Benfica e Administrador da SAD (devagarinho: um Vice Presidente do Benfica e Administrador da SAD) todas as semanas aparece na televisão a dissertar sobre assuntos internos do clube. Todas as semanas este senhor aparece em casa das pessoas com aquele ar que Deus lhe deu e do qual não tem, evidentemente, culpa nenhuma, não fosse ter culpa de aparecer, todas as semanas, aos olhos das pessoas (e dos benfiquistas, alguns certamente abutres) cheio de si, todo lampeiro a botar faladura sobre assuntos que só dizem respeito ao Sport Lisboa e Benfica e aos seus sócios e adeptos - sejam eles abutres, carneiros, cães de fila ou de qualquer outra qualidade zoológica que sirva os intentos da argumentação mais honesta e lúcida.

Não satisfeito com a gravata às riscas (Sttau Monteiro tinha muito a dizer sobre homens de gravatas às riscas), com o protagonismo parolo e com os banhos argumentativos que leva tanto do corrupto - que é muito seu amigo, muito seu amigo, muito seu amigo - ou do advogado do Miguel num processo contra o Benfica, ainda acha este portuguezinho ser que tem direito a insultar os adeptos e sócios que - vá lá entender-se porquê - acham que o trabalho desta Direcção é de uma incompetência atroz. 

Abutres, meu caro consócio, são os que se aproveitam do Benfica e dele retiram ganhos. Abutres são os que, à custa do clube, se passeiam pelo mundo em executiva, comem muito e muito caro, bebem muito e muito caro, ganham notoriedade e protagonismo sem que nada de relevante tenham feito. Abutres são os que não pagam para ir a Santa Maria da Feira, a Coimbra, a Olhão, a Guimarães, a Braga, a Aveiro, à Marinha Grande, a Londres, a Manchester, a São Petersburgo, etc, etc, etc; são os que não deixam a mulher e os filhos em casa num Sábado ou num Domingo de manhã para irem pela nacional percorrer o país durante 9 ou 10 horas, pararem a meio para um farnel, gastarem dinheiro que não têm para poderem apoiar a equipa durante uma hora e meia. Abutres de certeza que são os que não fazem as viagens a meio da noite, fodidos com mais uma exibição de merda da equipa e pontos estúpidos perdidos por decisões imbecis e erradas da Direcção de que faz parte. Abutres são os que não ficam uma semana a remoer derrotas - têm mais em que pensar, comer e comentar em programas de palhaços como o senhor, que vai almoçar e jantar com corruptos (espero que a sapateira tenha sido do seu agrado).

Vá lá chamar abutre em frente ao espelho, meu palhacinho amestrado.

17 comentários:

tabakaebola disse...

5 estrelas...vou por link no meu blog

benficaanonymous disse...

Grande post. Vou partilhar também.

POC disse...

Em grande Ricardo.
Só estranho este artigo sendo tu um Vieirista. E estando aqui a fingir que não gostas dele só porque no meio dumas jolas e dumas coca-colas, te disse que o Querido Líder é um dos responsáveis por termos este Benfica que continua sem se agigantar.

A sério, pára lá com isso, OK?
Se quiseres eu faço-te os textos, ou no fim dizes que fui eu quem te fez ver a Luz.

Prefiro se calhar fazer os textos. Vão é ficar uma bela merda a comparar com os teus.

Abraço malandro!

Rui Gomes da Silva, estás aí? Olha...paga as minhas quotas, cativo e deslocações, como a Alvalade e outras que tais, OK? Abutre és tu, palhaço circense.

moleculasdeamor disse...

Ui desculpem qualquer coisita :))

... é tempo... é tempo meus amigos é tempo de juntos pensarmos... porque o Benfica somos nós...

Hugo disse...

Benfica somos nós...

Esta gente, os que lá estão ou a maior parte dos que possam vir, vão manter tudo na mesma!

São todos uns abutres, cada um à sua maneira, pensam em si, acima do Benfica e isso é a maior das tropelias que se pode fazer à nossa história!

Faz falta um Borges Coutinho ou um Ferreira Bogalho, por exemplo...

Mas lembrem-se, nós é que mantemos a máquina viva e bem viva...temos o poder nas nossas mãos, basta saber usá-lo!

nunomaf disse...

Bom texto!

A minha opinião está aí no último parágrafo.

Quanto ao resto... Desconheço o programa televisivo de que se fala.

JC disse...

Pôr um Vice Presidente do Benfica e Administrador da SAD num programa daqueles, diz muito acerca do amadorismo que o Benfica continua a viver a nível estratégico e comunicacional.

Será que a Maria José Valério ainda vende pipocas?

POC disse...

@JC, touché.

Ulrich Haberland disse...

- "Espelho meu, espelho meu, diz-me quem é mais abutre do que eu?"

Será o que ele diz frente ao espelho. Ele e mais uns quantos.

Fizeste o que eu pensava ser impossível, definir "O abutre do Benfica" num parágrafo.

Bcool973 disse...

Devo dizer em minha defesa que não vi o sr. administrador da SAD a falar de abutres porque não vejo tal programa, não o via no tempo do Seara, não o vejo agora e duvido que venha a ver no futuro.

Como disse, custa-me esse tipo de linguagem torpe, ainda para mais de quem tem responsabilidades.
Quem tem responsabilidades, tem-nas para o bem e para o mal. E a prestação de contas, se bem que deva ser feita no final da temporada e no final de mandato, é algo dinâmico e não estático.

A democracia não se esgota nos actos eleitorais, só pensa assim quem não percebe verdadeiramente o conceito de democracia, mesmo a representativa.

Eu sei que a SAD está hipotecada a grandes grupos, por exemplo alguém tem noção que a Controlinvest, a Sport tv e TSF são membros Gold do Benfica Corporate Club e como tal arrotam uns milhares de euros por isso ?

Eu sei que a gestão de uma sociedade é responsabilidade da Administração e que existem alturas próprias para se discutir os destinos do clube.

No entanto como dizia a Ulricha, como se pode discutir o Benfica em AG's onde a capacidade máxima deverá rondar os 5.000 lugares para um público alvo de mais de 200.000 mil.

Eu sei que as AG's normalmente têm problemas de quórum, mas isso era situação que se resolvia se as pussessem em video-confer~encia com as casas e quem mora longe também pudesse participar.

E mais, se os congressos partidários demoram fins-de-semana, porque é que as AG's demoram 3 ou 4 horas à sexta-feira à noite.

No dia em que uma direcção do Benfica queira efectivamente ouvir os sócios, e os sócios não vivem exclusivamente em Lisboa e nos arredores, há uma alteração de base no modelo das AG's, porque da forma como existem só servem para ir dar améns à direcção.

Gostava que esses senhores que são administradores da SAD do meu clube e/ou membros dos órgãos sociais do meu clube, se preocupassem mais com a prestação de contas aos sócios e menos com os "abutres", apareçam eles na imprensa ou nos blogs.

Eu gostava de ter à frente do meu clube Águias e não indivíduos que, em alguns casos, mais parecem galinhas.

Bcool973 disse...

*obviamente 200 mil

Bicadas disse...

Boas,

Subscrevo a ideia do Bcool. É notória a necessidade de criação de espaço de debate devidamente institucionalizado entre sócios do Benfica.

Paralelamente a isso, parece-me que seria vantajoso, pelo menos, refletir sobre a criação de um orgão colegial, de eleição independente das listas dos orgãos estatutários, que pudesse estar mais próximo da orgânica do Benfica.

Cumprimentos

Miguel A. disse...

Excelente post, Ricardo. E infelizmente dentro do Benfica pululam muitos abutres como este. Abutres e vampiros, já agora... Com certeza que era a esses que o RGS se referia. Abraço.

moleculasdeamor disse...

Assembleias Gerais transformadas em congressos...gosto muito!

Um orgão que represente os sócios... uma qualquer coisa nova... não um conselho leonino... uma coisa que redigisse anualmente as diversas contribuições e que as colocasse a "referendo" de 2 em 2 anos... ou que pudesse levar à direcção uma qualquer sugestão ou esclarecimento de um grupo de sócios...por exemplo 200 sócios...

Por isso falo numa reunião de gente que queira pensar o clube de forma autónoma longe das direcções e dos notáveis "abutres" será???

lampião disse...

Concordo Ricardo, excelente post

rui disse...

Ele disse que o benfica esteve 4 anos sem ir a champions e mesmo assim conseguiu construir uma boa equipa com grandes jogadores..que foram campeoes etc etc...o que ele se esquece de dizer é que o benfica sobrevive 4 anos sem ir a champions talvez porque seja o maior clube do mundo,em socios..que vao mantendo aquela pança mas se um dia isso acaba vao ter que ir todos vender farturas pra feira

Vitto Vendetta disse...

Mas alguém liga ao que esse cara de cu diz? Manda-o apanhar no cu do Ortiga que é disso que ele gosta. O tapa-escândalos do bispo de braga, conhecido por pagar aos jornais para não divulgar casos de pedofilia comuns aos seus amigos, bem que aviou esse palhaço de merda com uma extrema unção que não deu em nada.

Filho da puta!