segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Mohamed Salah Ghaly

A força que tem um nome. Mo-ha-med Sa-lah Gha-ly. Digo um nome de jogador ou rezo em preces numa mesquita?

Quando o Mohamed entrou em campo na Quinta-feira passada eu bocejava quando o Sporting tinha a bola e animava quando o Sporting a perdia. Estava um jogo curioso: a equipa que tinha 10 jogadores dava um banho de futebol na equipa que tinha 11 jogadores e ainda se permitia refrescar a frente de ataque enquanto ia marcando golos e criando jogadas de perigo de minuto a minuto.

Um dos responsáveis pela façanha, além do Oceano, dá pelo nome de Mohamed Salah, um rapaz que por preconceito e estupidez deste que vos escreve parecia ser mais um medíocre jogador da equipa suíça que ia entrar para ter uns minutos, tendo em conta a fraca oposição que se lhe deparava.

Mas não. Salah tocou pela primeira vez na bola e iluminou o campo todo. Sem altura suficiente para andar na montanha russa, com perninhas de rã e corpo de imberbe anão, de bola pela cintura, Mohamed - e como é belo dizê-lo com este "h" que vem do badalo da garganta: Mo-hhhhhhha-med - não precisou de ter a bola nos pés muito tempo para criar futebol pelo estádio todo, fazendo até dos seus companheiros aquilo que pareciam ser jogadores de uma classe inolvidável. O rapaz tem um jeito de veludo, um cérebro mais rápido e mais bonito do que os outros, uns pés maravilhosos nas ancas e aquela precisão de segundos para o passe fatal - ou, se quiserem, para o passe iniestal. 

Prevejo coisas muito bonitas para este nanico de 20 anos. Há ali um tipo de futebol que é raro. Maestro, corre até El Gharbia, promete descontos de MiniPreço por 5 anos à progenitora de Mo-ha-med, trá-lo para Portugal com passaporte de fêmea egípcia, esconde-o no Sul de Espanha - que afinal é o Algarve - e para o ano apresenta-o como sucessor do teu sucessor. O piso 3 anseia por novos azimutes geniais.



4 comentários:

pitons na boca disse...

Já me tinha apercebido do miúdo quando vieram jogar à Casa de Banho XXI. Tinha comentado com um amigo que os gajos venderam a Shakira ao Bayern mas que ficaram muito bem servidos.


Oi?? Queres que te insulte na mesma moeda? Lá porque vives na Bimbolandia não precisas de chamar Sul de Espanha ao melhor pedaço de terra deste país!!

Ricardo disse...

Pitons, a referência ao Algarve tem a ver com a novela do Eusébio. Já me bastou um anormal que me apareceu aqui a chamar nomes porque achava que eu estava a dizer mal dessa bela região.

BimbolÂndia é o quê, Lisboa? Esta bela localidade...

moleculasdeamor disse...

O Sporting... é melhor nem falar... a sério que "a extinção" do Sporting será para mim... algo que a que não quero assistir... tenho muitíssimos amigos que são do SCP, alguns daqueles que te marcam prá vida...

Enfim... parece que o caminho é sempre a descer...

mnlopes disse...

Grande player esse miúdo egipcio. O mais engraçado foi um dos comentadores da Sic, quando o gajo entrou na 2. parte para o lugar do experiente Frei, dizer que "o Sporting poderá beneficiar muito com esta substituição"... Foi o que se viu. Partiu o resto da loiça que havia para partir. Lol