sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Só há tempo e espaço para banalidades

- A morte do dirigente portista Mesquita Alves no Estádio do Dragão;

- Corre em Tribunal um processo de pedido de insolvência da SAD sportinguista.

A questão sobre estes dois casos de importância extrema, que não são por NINGUÉM na Comunicação Social abordados, é só uma:

- o que é o jornalismo desportivo em Portugal senão um profundo e alarmante zero?


5 comentários:

B Cool disse...

Que má vontade Ricardo, não percebes que o importante é que o Jesus conhece perfeitamente o Barcelona pois estagiou com o Cruyff em 93 ? Isso sim é que é importante.

Anónimo disse...

Primeiro uma declaração de interesses: sou um adepto portista.

Acompanho este blog ja ha algum tempo pois considero-o uma raridade no mundo lampião ( no bom sentido, sem ofender claro ). Escapa claramente á estupidez quase unanime do universo Benfiquista nas redes virtuais ( admito perfeitamente que considerem o universo portista a mesma coisa ), e faz uma coisa que eu considero unica: admitir os erros ( que para nossa satisfação sao muitos..muitos..imensos ) da gestão interna do SLb na ultima decada, para não ir mais longe. Escrevo este texto pois acho que a gestão deste blog não precisa de entrar por este caminho, triste, sem honra, sem escrupulos, de vir debater uma morte humana de um dirigente, que neste caso é do FCP mas podia ser do Benfica ou do Sporting. Adversários sim, inimigos, claro, mas ha um limite que penso que nunca devemos ultrapassar. Se bem que ( deixo esta nota final ) acredito sinceramente que muitos adeptos do regime ( não resisti :) ) acreditam que ainda foi o grande Presidente Jorge Nuno que mandou matar o dirigente falecido. Saudações e para eu ser sincero espero que não continuem o trabalho de reconhecer os tiros nos pés da gestão Bieira, preferia que adoptassem a analise dos 6 milhões, e atacassem so as arbitragens.

Ricardo disse...

Claro, Bcool, por momentos esqueci-me do que realmente é jornalismo de investigação. Mea culpa.

Anónimo portista, eu não quero aproveitar a morte do senhor para culpar este ou aquele. Quero que os jornalistas investiguem este estranho e bizarro caso. Vou dizer devagar para ver se entendes bem o que se passou:

Um
dirigente
do Porto
foi
encontrado
morto
no
Estádio
do
Dragão.

Compreendeste? Se isto não é matéria de investigação, então nada é.

Imagina que um

dirigente
do
Benfica
tinha
sido
encontrado
morto
no
Estádio
da
Luz.

Achas que teria havido este sepulcral silêncio?

Pergunta-te antes: como é possível NINGUÉM falar nisto? Não é para explorar indecentemente a morte do homem, é para procurar a verdade. O pintinho manda mais na CS do que eu pensava. Como é que não há-de mandar no futebol...

Carlos disse...

Boa Tarde

Antes de mais queria dizer que sou Benfiquista mas acho uma palhaçada o que se está a escrever na blogosfera encarnada em relação á morte do dirigente portista.

Primeiro porque ninguém sabe o que se passou e então resolvem atirar postas de pescada para o ar para atingir o Porto.

Isto a mim mete-me nojo, usar a vida de uma pessoa que tinha família e amigos para prejudicar um rival direto, sem saber o que se passou, é de uma estupidez sem limites. Nem Pinto da Costa desceu tão baixo.

Deixem a polícia apurar o que se passou e o caso ser julgado e depois então comentem como bem entenderem.

Outra estupidez é acharem-se no direito de saber o andamento do processo na PJ, nunca ouviram falar do segredo de justiça? ou acham que os Jornais têm direito de saber tanto quanto a polícia? Será que devem ser informados semanalmente? A justiça deve fazer-se nos tribunais e não na praça pública...

Este mito que corre entre os Benfiquistas que Pinto da Costa é o Corleone português e que controla tudo, desde árbitros, polícia e tribunais é patético. Não digo que já não teve alguns elementos de estas organizações 'no bolso', mas isso é diferente de controlar as instituições em si...

Por isso acho que nos devemos preocupar é com o nosso clube, e não com tretas e suposições. Até porque se realmente está tudo controlado, como é que podemos culpar alguém no Benfica pelas derrotas? Ou o Jesus tem obrigação de ganhar contra tudo e todos?

Eu acompanho o futebol á 12 anos e sempre que me lembro os campeonatos ganhos pelo Porto foram justos, nós não ganhamos mais porque fomos INCOMPETENTES, como no ano passado por exemplo.

Por isso na minha opinião temos que escolher um dos lados: Ou perdemos porque somos prejudicados e aí não podemos criticar ninguém ou então perdemos porque falhamos em momentos decisivos. Eu inclino-me para a segunda posição. Por exemplo este ano fomos prejudicados contra a Académica e beneficiados em Rio Ave. O Porto já foi prejudicado num dos jogos que empatou (Gil Vicente) e foi beneficiado em Braga.

Na minha opinião num campeonato a melhor equipa ganha no final, ou pelo menos a mais competente.

Queria também dizer que não concordo com a avaliação que o trabalho de Jesus tem sofrido neste Blog. Na minha opinião tem sido o ano em que tem estado melhor, isto tendo em conta o plantel ao seu dispor em que faltam soluções para muitas posições.

Águia Eterna disse...

Oh "carlos", se és BENFIQUISTA és um VREDADEIRO TÓTÓ. Para mim não tens nem CATEGORIA nem INTELIGÊNCIA para seres Benfiquista. dizes que o BENFICA foi beneficiado em Rio ave??!! Mas que grande PALERMA E FALSO BENFIQUISTA Nos apareceu por aqui.
Com BENFIQUISTAS??!! como tu já o GLORIOSO BENFICA tinha desaparecido há muito tempo. Dizes que os "comprionatos" ganhos pelo fóculporco são justos???!! Oh meu deixa de comer TRAMPA pois estás a ficar completamente ATROFIADO.
Te digo a ti: Não há nenhum - repito, NENHUM - campeonato "ganho" pelo tal de fóculporco que tenha sido JUSTO E VERDADEIRO. Aquilo é TUDO TUDO TUDO obra dos APITADORES CORRUPTOS e seus BANDEIROLAS TAMBÉM CORRUPTOS.
O Glorioso BENFICA não precisa de "benfiquistas" como tu.

MATA-TE ou vai para o teu clubeco o porco corrupto.

BENFICA, SEMPREEEEEEEEEEEEEEEEEE