quarta-feira, 9 de abril de 2014

Aquele Benfica de 1998

Um companheiro benfiquista mostrou-me este vídeo e eu não podia deixar de tentar que muitos de vós o vissem - sobretudo os mais novos, os que nunca foram à antiga Luz. O vídeo podia ser de um Benfica muito mais forte; nem sequer é o caso: passávamos pelo período mais negro da nossa História, com um Presidente ridículo, treinador fraco, jogadores medíocres. No entanto, o que isto é - e é isso que interessa aqui focar - é ainda um resquício do Benfica dos outros tempos, do Benfica dos adeptos, do Benfica antes de ser uma empresa, embora fosse já um clube destruído - primeiro, por Damásio; logo a seguir por Vale e Azevedo. Atentemos em alguns pormenores neste verdadeiro Documentário de 27 minutos sobre a Catedral (e que pena não haver muitos mais):

- O caminho até ao Estádio;
- As horas inacreditáveis que passávamos dentro do templo antes de começar o jogo;
- A imensidão da Luz - numa primeira fase, despida; depois, já perto do jogo, bem composta, embora longe dos tempos em que abarrotava;
- O placard electrónico e os ponteiros que pareciam parados, enquanto esperávamos pelo jogo;
- O homem do bombo;
- A volta ao campo da águia nas mãos do Paixão, o alentejano apaixonado;
- O populismo de Vale e Azevedo, levando até ao relvado o sócio número 1 sob grandes aplausos (notaram? há sempre uma mesma maioria que "apoia" o Presidente em funções, seja ele uma esfregona, um poste de electricidade ou uma moreia);
- Golos de Deane, Poborsky e Tahar;
- Apesar de vermos clareiras, bastantes até, se pegássemos naquela gente e a transportássemos para a Nova Luz, teríamos de deixar gente de fora. Isto a uma 32ª jornada contra um Porto que já era tetracampeão;
- Desde este jogo - Maio de 1998 -, nunca mais ganhámos, para o Campeonato, por 3 ou mais golos ao Porto. Na Luz ou fora. Já lá vão 16 anos;
- Grande confusão entre Souness e Paulinho Santos (quem mais?);
- Os adeptos que iam pisar o relvado no final do jogo;
- O treino logo a seguir ao apito final;
- Pringle e Souness - medo;
- O plantel medíocre do Benfica;
- Um estádio que já tinha os dois primeiros anéis com cadeiras e o Terceiro ainda só com betão;
- A tradição de esperar a equipa junto à entrada da Catedral - no princípio e no fim do jogo;

Era bom que houvesse um Documentário deste género mas anterior ao terrível ano de 1994, altura em que o Benfica começou a definhar e ainda não se recompôs do trambolhão. Este vídeo dá-nos alguns elementos que trazem muita saudade, mas já nos mostra um Benfica a cair num equívoco tremendo. No entanto, é História. E, imagino, para quem nunca entrou no Estádio da Luz, talvez seja interessante e bonito de espreitar.



15 comentários:

jzz disse...

Que saudades das bancadas de pedra, de 120.000 a simular um terramoto, batemdo com os pés no chão.

Não é ser saudosista, é uma facto: hoje em dia não é a mesma coisa.

JotaPê disse...

Retive uma coisa do texto: "(...) embora fosse já um clube destruído - primeiro, por Damásio; logo a seguir por Vale e Azevedo (...)"

E pergunto-me: porque se fala tanto no papão Vale e Azevedo e não se fala do maior cancro do clube de todos os tempos, de seu nome Manuel Damásio?

Fernando disse...

Regresso ao passado... fui ver esse jogo, já não contava para nada. Infelizmente não posso ir muitas vezes ao estádio (fica caro com a viagem) e esse jogo fui vê-lo com o meu pai. Viemos com a alegria do resultado.

Abraço e obrigado pela partilha.

M disse...

estive lá, estas imagens são sempre boas de rever...outros tempos!

Anónimo disse...

Saudades. Que bom foi viver esse tempo... :)

Acho que o homem do bombo só sabia tocar um ritmo...lol

Abraço

Daniel

TAKUARA disse...

Já comentei isto com muitos amigos, antigamente íamos à bola, hoje parece que vamos ao teatro. Já não se pode ver a bola em pé. Se te levantas está logo alguém atrás a mandar-te sentar. O estádio todo a puxar pela equipa só quando calha, parece que só as claques é que o têm que fazer. E depois todos os pormenores que se vêem no vídeo e que hoje já não existem, tambores, já não se vendem gelados, tremoços, amendoins...

TAKUARA disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...

desculap o benfica ganhou 3 a zero ao porto na finl da taça da liga nao é po campeonato e certo mas é oficial

aalto disse...

o mais impressionante desta equipe...é estar lá o Poborky,e ainda por cima vindo do Man Utd!!!!!

para mim (nasci em 76) o melhor médio direito que vi jogar no Glorioso (desculpa lá Paneira)...

Anónimo disse...

JotaPê essa pergunta é simples:

Apesar de Manuel Damásio ter tido uma gestão danosa, não foi nenhum vigarista, nem nenhum ladrão.

Uma coisa é gerir mal o clube outra coisa é prejudicar o clube para proveito próprio.

Lembro-me de jogos no estádio da Luz antigo com 120 mil, mas também me lembro de jogos com 10 mil.

o mesmo de sempre. disse...

Acima de tudo que sejam memórias. que tenhamos aprendido alguma coisa.
hoje o mundo é outro, ha outro planeamento, outras equipas, ha mais controlo (sem contar com os offshore's de alguns)..fica a mística e a crença.
ha quem diga que a destruição pode ser uma forma de construção...como tal, acho que estamos a chegar a um bom ponto.
há muito por melhorar, nós os fiéis por cá andaremos a puxar pelo nosso clube.
antes de 1994, o mundo era outro, vieram as trevas, os calheiros, as máfias, guilherme aguiar, o benfica a corroer por dentro..
é tempo de recuperar. Ainda hoje estamos a recuperar, penso que devemos pensar assim.
ass: sócio pagante que vai ao estádio.

Anónimo disse...

Este espírito ainda se encontra, é pena é que seja só no Jamor ou quando jogamos fora.

Não acho é que tenha sido o Benfica a mudar, nem seja a "mercantilização" do clube que esteja por trás destas mudanças.

Foram os portugueses, especialmente urbanos e suburbanos, que mudaram. Bem ou mal.

No entanto, continua a ser especial ir à Luz e estou seguro que daqui a 20 anos os que começaram a ir à bola recentemente vão ter saudades destes tempos. É sempre assim.

luis disse...

Também penso que foi o país e o mundo que mudaram. O futebol nesta altura era muito mais romântico também porque era menos profissional, por exemplo.

Hoje, com o Youtube, o futebol é comprovadamente sujo e é difícil continuar a acreditar neste futebol do jogo pelo jogo.

Não sou saudosista, mas tenho saudades de muita coisa, algumas das quais referidas no post.

luis disse...

Com o Gil de braços abertos já o joão azedo tinha "rasgado" os contratos com a oliveirinha desportos.Foi à Benfica, guerra a quem merecia como o tempo veio a demonstrar. Digo isto como maior opositor ao joão vale tudo, naquele tempo. Assim como a sua aposta já em desespero pela remodelação do Estádio da Luz. Mas vindo do azedo, naquele momento, tudo era para matar. Até a História daquele imortal ambiente na Catedral.
@Anonimamente das 15:23, não foi o vigarista do Damásio que fez os contratos para além do seu mandato ???;)
Bem com a sua governação, abriu-se as portas para o abismo. Destruiu a Fé dos Benfiquistas com a capela da dona Margarida;)
Então não foi o passarinho do Damásio que apoiou o pinto corrupto a presidente da liga...
Lembrar os charutos, a contratação do artur jorge e a quantidade de "autocarros" contratados fico próximo da demência... como é possível termos presidentes desta Instituição que não percebam nada de futebol. Exceptuando, vá lá, o Manel, é dormência a mais durante tanto tempo ;)É bom lembrar que não basta perceber de Futebol. Como diz o prof. Manuel sergio, temos que saber do "meio" envolvente. E principalmente a luta pelos poderes de decisão para não sermos comidos sempre pelo mesmo, aquele pinto corrupto.
Para os mais distraídos, aparece no video o Erwin Sanchez a rematar a baliza que ira para a alvercasad(era para ser a equipe b do Benfica;) antes de ser campeão pelo boavista ;)
Aquela Catedral era o nosso Monumento. Levava com acrílico em cima e ficava como a estátua do Eusébio da Silva Ferreira, ou seja, protegida e abençoada ;)

O video é bonito mas de equipe tínhamos muito pouco ;)

Benfica Todos Tempos


Pedro disse...

Ricardo,

Momento de riso do dia:

http://img854.imageshack.us/img854/8174/m95x.jpg