segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Juventina Napoleão

Espírito Olímpico puro e duro ... Foi à Maratona, correu em 3h05m07s alcançando o 106.º e penúltimo lugar, mas bateu o seu record pessoal. Correu quase sempre em último lugar desde a partida, ultrapassando uma irlandesa, Caitrona Jennings, já depois dos 30 km, que merece destaque pois mesmo passando mal, não desistiu. É por isto que os Jogos Olímpicos são superiores a qualquer outro evento desportivo, pois permitem a presença, convívio e superação dos muito fracos com os melhores, algo que não se repete em mais algum evento de alto nível. A superação pessoal deveria guiar todos os atletas que participam nos jogos, por muito fortes que os adversários sejam, o primeiro adversário a conquistar é o limite pessoal.

2 comentários:

Rui disse...

E o Sporting aumentou o número de títulos:

http://desporto.publico.pt/Londres2012/noticia/sport-clube-do-porto-considera-anedotico-sporting-querer-louros-do-5-lugar-de-fraga-e-mendes-1557982

São pra cima de 16,000 como sabemos. Agora até os ganham no remo, sem barcos, sem remos, sem nada. Ah leões!

moleculasdeamor disse...

Como em tudo na vida!