quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Obrigado, companheiros.


Os verdadeiros benfiquistas são estes. É este o verdadeiro Benfica. O apoio não dos computadores nem dos blogues mas da vida, do real, do estar presente. Isto é o Benfica.

7 comentários:

Berrante De Encarnado disse...

Muito Bonito!

Mas permita-me discordar, Ricardo: Os verdadeiros apoiam dentro dos relvados e nas quadras, no banco ou nas bancadas, nos computadores, no WC, no café, nos restaurantes, na TV, na serra ou no mar.

É sem qualquer tipo de problema que aqui confesso: custa-me ver algo tão puro e bonito como o apoio ao nosso clube, seja em que forma for, ser constantemente tratado como uma pimbalhice de que nos devíamos envergonhar. Isso, garanto-lhe, não é, nunca foi e nunca será Benfica.

Cumprimentos Benfiquistas

panic at the disco disse...

Bonita homenagem ao nosso glorioso passado, estou genuinamente orgulhoso do que estes benfiquistas fizeram para lembrar aos jovens benfiquistas o que É o Benfica.

"" Chove? Faz Frio? Faz Calor? Que Importa, nem que o jogo seja no fim do mundo, entre as neves das serras ou no meio das chamas do inferno...
Por terra... Por mar... Ou pelo ar, eles ai vão OS ADEPTOS DO BENFICA atrás da equipa... Grande... Imcomparável... Extraordinária... MASSA ASSOCIATIVA!"
By Bella Gutman
Por uma vez em muito tempo estou de acordo com o Ricardo, online é fácil ser benfiquista e populista no estádio 15 jogos do campeonato e todos os jogos da champions há poucos mas bons, continuem a apoiar o benfica online ou nas ruas.

O Bandido disse...

Lindo! o Benfica é arte!

masterzen disse...

A Federação Moçambicana de Futebol e o FC Porto, representado por Urgel Martins (diretor executivo), assinaram hoje, em Maputo, um protocolo de cooperação, que prevê, entre outras situações, o apoio dos dragões à Academia Mário Coluna (glória do Benfica e da Seleção portuguesa) e um jogo com a seleção moçambicana, também conhecida por «mambas», em 2013.
Em relação ao acordo de formação, os portistas garantem o direito de preferência em relação a jogadores da Academia Mário Coluna, cedidos a título gratuito por duas temporadas.


Espero que tires a foto que tens no site, este Deus da nosso história acabou de trair o nosso clube.

Ricardo disse...

Berrante, o meu caro não percebeu a ironia sobre o apoio.

O apoio verdadeiro, aquele que eleva o clube mas também o questiona, está sempre presente. É ao apoio acéfalo e normalmente sentado de sofá a escrever "eu apoio", sem alma nem esforço nem sacrifício nem nada a não ser a boçalidade de gente que acha que apoiar é não pôr em causa, é a esse acéfalo apoio que criticamos. E esse deve envergonhar-nos, sim. Como devem envergonhar-nos as pessoas que o acham suficiente para o nosso clube.

Cumprimentos.

Masterzen, é essa a tua conclusão? E esperas porquê, porque te apetece? Porque tu é que escolhes a edição do blogue? Porque és mais do que os outros? Elucida-nos, se puderes.

Berrante De Encarnado disse...

Mas, caro Ricardo, o que eu não consigo perceber é o que o uma coisa tem a ver com a outra. O porquê de se carregar sempre na tecla do anti-apoio, quando o que deveria acontecer era tão-somente apontar-se o dedo à falta de crítica? Tenho certeza que isso é o que faz muita boa gente questionar-se sobre o benfiquismo de certos bloggers, mesmo que esteja na cara que eles sejam grandes benfiquistas, como é o seu caso.

Da minha parte estou de consciência tranquila, caro Ricardo, pois apesar de não criticar todos os dias e a toda a hora - o que realmente requer um sacrifício a que eu como Benfiquista não me sujeito -, também o faço quando é preciso, como também apoio no sofá, na bancada, nas AG e... não só. São conceitos distintos e tão simples quanto o natural amor que sinto pelo meu clube.

Criticar, sim; deixar de apoiar sempre, não. Até morrer.

Cumprimentos Benfiquistas

masterzen disse...

Olá Ricardo!

A minha conclusão é que não se pode ser ao mesmo tempo lenda no Benfica e ter um protocolo com o Fcporto.
Hoje escreves um post com o titulo " isto não é o Benfica", a minha pergunta é - No teu Benfica o coluna pode ter um protocolo com o Porto?
Pela edição do Blog ser tua, escrevi "espero" se fosse minha teria escrito "tira", já ficaste elucidado? É tudo uma questão gramatical meu caro.
Em relação ao tema da militância meu caro, tens que perceber que acima de tudo há dois factores cruciais nisto, a distância e o dinheiro. Falar de militância vivendo perto é fácil, vivo a 300 kms de Lisboa, podemos fazer o seguinte vens me buscar todos os dias de manhã antes dos jogos e vamos ao futebol e depois eu volto sozinho para casa. Ambos faremos 600 kms para ver o Benfica e gastaremos em média 60 euros por jogo. Que dizes?

O teu comentário de resposta ao meu post, além de pobre em termos comunicativos revelou uma arrogância que em nada privilegia o diálogo. Também eu poderia perguntar-te " isto não é o Benfica?",é essa a tua conclusão? Não é porque não te apetece? Ou tu é que escolhes o que é o Benfica? És mais que os outros? Elucida-nos se puderes.

Como deves concordar e agora lendo ao contrário, é uma forma de não dialogar evitável, digo eu.
Por ultimo dizer que concordo contigo na maior parte dos temas. Se puderes/souberes diz-me porque é que o coluna fez aquele protocolo com o porto.

Saudações Benfiquistas