sábado, 29 de setembro de 2012

Golos, assistências e situações de desequilíbrio (7 jogos oficiais)


Os critérios estão explicados aqui.




Golos
Assistências
Situações de desequilíbrio
Rodrigo
3
1
1
Salvio
2
1
4
Bruno César


1
Cardozo
4


Luisão


1
Enzo Pérez
1

1
Melgarejo

1
1
Aimar

3

Nolito
1
1
1
Maxi

3
1
Lima
3

1

6 comentários:

Phant disse...

Boa iniciativa, Ricardo. Tenho números ligeiramente diferentes por uma questão de critério e, por isso, menos uma assistência no Rodri, Nolito e Maxi. E tenho a mesma análise para as restantes equipas da Liga (golos + assistências). Se interessar posso adiantar que no topo da lista estão James Rodriguez (2+3), Micael (2+3), Jackson (4) e a surpresa Luís Leal(4).

Além disso, tenho uma estatística mais completa, mas só para malta muita maluca como eu (revejo os jogos do Benfica jogada a jogada). Um abraço.

Ricardo disse...

Phant, interessa. Se puderes disponibilizar esse estudo (que eu, como explico no post inaugural deste estudo, não faço porque dá imenso trabalho), óptimo. Tenho curiosidade em saber todos os dados relativos ao Benfica e ao Braga - este último porque sou um admirador confesso do trabalho do Peseiro.

Abraço.

Nuno Pinho disse...

Dos quatro golos do Cardozo, dois são de penalti. Tem mérito por os ter marcado, mas talvez fosse interessante colocar uma adenda.

Ricardo disse...

Percebo a ideia, mas discordo, Nuno. O penálti é mais uma situação de golo. Não será igual nem tão difícil como outras mas também não será tão fácil como certas situações de golo. Por exemplo, os dois golos do Lima ontem serão mais difíceis do que marcar um penálti?

Nuno Pinho disse...

Era mais um dado.
Digo isto porque assim que olho para o topo dos melhores marcadores sou levado a pensar que o Cardozo está a ter um excelente início de temporada, mas sabemos que não é isso que está a acontecer.
São mais difíceis se nos fixarmos apenas no capítulo estático. Numa situação de penalti lidamos com um número de variáveis bem inferior ao de uma jogada corrida.
O primeiro golo do Lima deve-se a um bom posicionamento - quantos avançados não seriam levados a pensar que o lance acabava nas mãos do guarda-redes?
E o segundo engana. O guarda-redes saiu-se bem e não lhe deixou grande ângulo para finalizar. Claro que o remate a mais de 100 km/h frente à Académica deixa menos dúvidas, mas um bom avançado também é feito daquilo que ele fez ontem - e que continue a fazer que é um excelente sinal!

moleculasdeamor disse...

Quanto ao Lima (todos sabemos que é um grande avançado)... o preço é que... dizem que era para não ir para o Porto...