domingo, 30 de junho de 2013

A medida certa

Já sabemos o preço que custará ter Benfica TV em casa: 9,99 euros/mês. Confesso que esperava (não desejava) que o clube decidisse avançar para uma mensalidade superior como forma de compensar um primeiro período de adaptação que será natural e compreensivelmente moroso - mesmo que haja uma campanha forte de divulgação/publicitação, a ideia ser nova e única, haver concorrência com conteúdos de qualidade e o facto de os benfiquistas mais activos costumarem ir a quase todos ou todos os jogos em casa (logo, haverá muita gente deste grupo que não quererá usufruir do serviço) farão com que não haja, logo de início, a obtenção de receitas que, a médio/longo prazo, poderemos atingir, assim que o projecto se solidificar e os benfiquistas entenderem que ele só será um sucesso se houver uma união e uma generalizada adesão a esta nova estratégia de independência comunicacional, política e desportiva. Porque é isso que esta acção engloba: a libertação necessária das redes com que o Benfica esteve preso muito, demasiado, tempo. 

 É por isso uma boa surpresa e um sinal claro de que ainda há quem (Moniz?) compreenda como aproximar-se dos sócios e adeptos com o intuito de gerar riqueza e fomentar a ligação entre os benfiquistas e o clube. De forma simples: valem mais 500.000 subscritores a 10 euros do que 100.000 a 50. A receita é a mesma; a propagação da Marca e a fundamental relação umbilical com os adeptos é radicalmente diferente. Que o exemplo sirva para a bilhética, já agora. 

 Daria apenas uma sugestão adicional: um desconto (mesmo que a 5 ou 10 por cento) para os sócios do clube. É fomentando a constante valorização do estatuto de sócio que se defende, primeiro, os que são uma fonte de riqueza (clubística e financeira) e se propaga a ideia de que, para os que podem, é interessante e benéfico ser sócio do Benfica, aumentando receitas e continuando a fazer evoluir o clube.

8 comentários:

M. Silva disse...

Como é que farias a verificação do estatuto de sócio, já que tanto a BTV como as quotas são pagas mês a mês?

INCRÉDULO SILVA disse...

Lendo esta cronica só se pode tirar uma conclusão. VC DE TECNICA COMERCIAL NÃO PERCEBE PATAVINA...

Anónimo disse...

O SIlva tem razão. O Incrédulo ainda mais. Descontos para sócios porquê? Já não chegam os descontos que existem?
Todos têm de contribuir.



B Cool disse...

Incrível, mesmo em algo tão pouco polémico o discurso de certas pessoas ... Quando não se quer contribuir com nada de positivo é-se incrédulo

M. Silva, isso é das coisas mais fáceis de fazer ... Como é que a repsol sabe se deve dar descontos ? pela verificação electrónica do cartão de sócio ...

José Moreira disse...

Mas B Cool, e se o pagamento for por debito direto?

Fehér 29 disse...

concordo com o ricardo em tudo.

mnlopes disse...

Mas está tudo louco? Será assim tão descabido um sócio do Benfica pagar um pouco menos para ver o seu canal do que por exemplo o Sr. Manuel do café da esquina e que até é lagarto? Tinha toda a lógica quer assim fosse. Bastava que houvesse cruzamento de informação entre os operadores de televisão e o departamento de sócios do clube. Esse pedido de informação até podia ser feito apenas trimestralmente, o que por um lado aligeirava o trabalho dos operadores e por outro dava uma margem para os associados que por ventura se atrasam a regularizar as quotas. E nesse mês ou no seguinte era feito o acerto.

Anónimo disse...

Porra que estes gajos querem tudo dado e arregaçado. É de miseráveis querer um desconto de 50 centimos e eu conheço muitos que se fizeram sócios só para os descontos.Que porra de benfiquistas são vocês?