sexta-feira, 14 de junho de 2013

Deves querer voltar aos tempos do Vale e Azevedo, deves.

"A comparação é sempre com o pior. Não deve haver expressão mais rasca do que "Já vi pior...". Em Portugal, quando se aponta uma rasquice absoluta, há a mania de defendê-la pela relativização (...) É por isso que existem tão grandes discrepâncias. Os portugueses ou ficam em último lugar ou em primeiro. Nunca ficam, por exemplo, consistentemente com o segundo ou terceiro lugar. (...) Os poucos espertalhões que resistem à Lei Férrea da Média Mediocrática ou não resistem às pressões dos pares e entram na linha ou, por virtude de um talento excepcional, chegam a número um." MEC, A Causa das Coisas

5 comentários:

Anónimo disse...

Eu até estava a favor do Vieira, mas depois vi este excerto d'A Causa das Coisas na internet e fiquei contra. Nas próximas eleições ele já só vai ganhar com 82%. Viva a importância e o poder de persuasão da internet!

eagle01 disse...

Não percebi (sinceramente) o que é que Vale e Azevedo tem a ver com isto. Fizemos um 2º lugar e dois 3ºs lugares, mas não pagávamos 20 milhões de euros de juros, por ano, ao BES e o estádio pertencia ao clube e não à SAD. A comunicação social chateava? Sim, mas quem é que estava por trás dessa pressão mediática? Quem é que ganhou com a eleição de Vilarinho, "cavalo de tróia" de Filipe Vieira? Porque razão o Sr.º Vieira agradece o papel de Joaquim Oliveira na mudança de politica do Benfica?

Mas será preciso fazer um desenho? O Benfica hoje é uma máquina que alimenta intermediários, e com o seu espírito de fazer "fortuna a partir do zero", obviamente que o Sr.º Vieira não sai de mãos a abanar disto, e o mais horripilante, é que eles sabem que este não é um projecto ganhador no plano desportivo, mas sim um projecto que está destinado a ser alimentado pelas poupanças dos benfiquistas. Este é um projecto de muitas tetas para muitos mamões, enquanto os sócios e adeptos vão sendo enganados com o discurso (cerebral e pensado) de "sabemos para onde vamos" e "tivemos cá um aldrabão e ainda hoje estamos a pagar por isso".

Entre o estilo e a substância, prefiro a substância. Sei que o tempo não volta para trás, mas com Vale e Azevedo o Benfica hoje seria uma ameaça ao poder do FCP, Mourinho nunca teria saído do Benfica para ir dar dois títulos europeus e permitir mais 1 taça Toyota ao FCP, os sócios seriam respeitados e o estádio pertenceria ao clube. Seguramente teríamos mais campeonatos ganhos do que temos, e com menos dinheiro (logo, com menos comissões e mordomias a distribuir pela "nata").

PedroM disse...

" com Vale e Azevedo o Benfica hoje seria uma ameaça ao poder do FCP, Mourinho nunca teria saído do Benfica para ir dar dois títulos europeus e permitir mais 1 taça Toyota ao FCP, os sócios seriam respeitados e o estádio pertenceria ao clube. Seguramente teríamos mais campeonatos ganhos do que temos, e com menos dinheiro (logo, com menos comissões e mordomias a distribuir pela "nata")."

Isto é uma piada, certo? Não sei que idade tem quem escreveu isto, mas não esteve certamente nas AG's em que quem se atrevia a (tentar) votar contra o VA era ameaçado de pancada. O VA foi travado, sobre a linha, de vender e empochar tudo o que pudesse. Com o VA não só não se tinha passado nada daquilo, como já não havia Benfica. ("Não pagávamos 20% de juros"?! e também não pagávamos nada a ninguém. "O Estádio seria do clube e não da SAD"?! Já não haveria estádio, ou, se houvesse, era de outra entidade qualquer! Etc, etc. etc)
Andávamos na boca do mundo como um clube caloteiro. Fomos dirigidos durante 3 anos por um vigarista profissional (patológico, mesmo) e, depois de todos estes anos e de todas as evidências, em Portugal e no estrangeiro, no Benfica e fora dele, ainda há pessoas que o defendem?!
Não deixa de espantar a disposição de certas pessoas para serem reiteradamente enganadas...

PP disse...

Isso dos juros tem muito que se lhe diga.

Os juros sofrem imensas flutuações do mercado e do momento em que são contraídos os empréstimos, pois depende do crédito que cada país tem para com as entidades financeiras mundiais. Daí a existência de agências de "rating".

Uma coisa é certa. O Vale e Azevedo pode não ter sido uma "flor que se cheirasse", mas também foi muito "bode expiatório" de muita coisa.

O mais engraçado é que este LFV quando chegou prometeu também a espinha dorsal da selecção nacional no Benfica e ainda todos nós esperamos que isso aconteça... e há outro número de promessas não concluídas.

O que eu sei é que ele prometeu "três campeonatos nos próximos 4 anos", isto à uma época atrás. Ou seja, a sua margem de erro é 0 para mim.

Próxima temporada se falhar o campeonato, ou na próxima vez que o fizer nos próximos 3 anos, é mandá-lo para a rua.

As pessoas vão-e-vêm, mas o Benfica persiste!

Bicadas de Aguia disse...

Muitos falam de cegos como adeptos do Benfica, no entanto os que falam disso defendem VA, é giro!!!!
Continuem com o vosso ódio a esta direcção. Os benfiquistas que vocês insultam continuam a rir-se de voçês...