quinta-feira, 6 de junho de 2013

Não entendo ...


Para mim a equipa B é um mistério e a sua gestão mais ainda, senão vejamos:

"Ascues admite regressar ao Peru" - "Segundo o jornal Depor.pe, o Benfica admite a possibilidade de emprestar o jovem defesa na próxima temporada, pelo que os dirigentes do Alianza estarão já a trabalhar nesse sentido."

Ou seja, uma das apostas do Benfica B na época passada, em vez de ser-lhe dado tempo de Europa, partindo do pressuposto que não é um jogador para devolver, está na calha para voltar à origem.

"Académico Viseu: Benfica empresta Pimenta e Sancidino Silva" - "(...) os viseenses acertaram os empréstimos de Leandro Pimenta, médio de 22 anos que na última época jogou no Benfica B, e Sancidino Silva, avançado de 19 anos que cumprirá a sua primeira época como sénior."

Um avançado vindo das escolas do Benfica que cumpre a sua primeira época como sénior, em vez de ser lançado num ambiente que o protegeria, é emprestado para uma equipa que jogará contra o Benfica B.

Qual a lógica ? Será que Airton, Felipe Menezes, Felipe Bastos, Kardec, Jara, Mora, etc. etc. ganharam alguma coisa com empréstimos para os campeonatos sul-americanos depois da experiência europeia ? Será que ninguém entende que o tipo de futebol é diferente e ao voltar para lá em vez de os jogadores evoluirem vão regredir ?

E qual a lógica de emprestar ex-juniores a equipas da Segunda Liga quando há uma equipa B onde os jogadores podem evoluir dentro de casa na primeira época de seniores ? Não bastou os jogadores emprestados a Mafras. Fátimas e outras equipas que tais ?

Porque raio se continuam a repetir, ano após ano, os mesmos erros ?

Que emprestem o Leandro Pimenta eu ainda compreendo, pois está mais que visto que é uma carta fora do baralho do Benfica, mesmo assim deveriam procurar uma equipa da Primeira Liga e o que não faltam são equipas sem dinheiro que aceitam jogadores emprestados, embora ache um erro pois é bem mais jogador que o Luciano Teixeira ou o João Mário. Agora enviar um dos mais prometedores jogadores da formação do Benfica para longe do controlo dos treinadores e mesmo da equipa A parece um erro brutal.

A menos que seja necessário criar espaço para Deyversons, Correas e outros que tais que enxamearam a passada temporada o Benfica B. Se assim for, compreendo perfeitamente qual a direcção, não me peçam é para subscrever essa política.

Quanto ao Miguel Rosa, espero que seja mesmo emprestado ao Belém, pois o facto de ele ter jogado no Benfica B na época passada, embora tenha sido importante para melhorar o desempenho desportivo da equipa, foi muito contra-producente na evolução do jogador, visto que o nível de desafio que o jogador tinha era muito reduzido, tendo em conta as suas experiências anteriores.

16 comentários:

João disse...

Muito provavelmente não é para entender.....

Seismilhoesum disse...

Essa de emprestar, para "rodar" os nossos jogadores a clubes sulamericanos, ou seja, não os habituar ao futebol EUROPEU apenas pode partir de incompetência ou então .....

aalto disse...

e agora...manter a carraça!
ou seja: 2013 foi perfeito, não há nada a mudar!

BRAVO LFV.

Pedro disse...

É tanto erro que custa acreditar que é apenas incompetência...

PP disse...

O problema do Benfica é ser um clube rico!

Isto noutra sociedade não seria um problema, mas sim uma enorme vantagem.

Tivesse o Benfica endividado e jogadores como Miguel Vítor, Miguel Rosa, David Simão, Leandro Pimenta, Sancidino Silva, entre muitos outros, seriam com certeza apostas.

Não é por falta de qualidade que eles não jogam na equipa A. Não digo serem titulares, mas poderiam muito bem ser opções de banco.

Prefere-se ir buscar jogadores, que embora talentosos, vêm de ligas cuja competitividade é menor que as nossas ligas secundárias, do que apostar na nossa formação? Formação essa que começa a dar cartas por todo esse mundo?

Eu só encontro explicação no dinheiro. Mas, porquê gastar mal gasto, perguntam-me?

Simples! Desde que o Benfica arranje dois ou três grandes jogadores que assegurem a qualidade da equipa e permita esta ter performances mínimas, ou seja, pode contratar vários outros de menor qualidade e de várias origens, onde possa-se lavar dinheiro através de "off-shores" que os sócios e adeptos "comem calados".

É isto que muitos lá no poleiro pensam e agem.

Não sei quanto a vocês, mas eu como Benfiquista já estou fartinho disto tudo. É que nem sequer temos o gostinho de vencer troféus...

Estamos a empobrecer-nos cada vez mais, não só a nível financeiro, como também em troféus, mas acima de tudo em valores. É com estas políticas que vamos recriar a mística Benfiquista?

Claro que não!

Anónimo disse...

negociatas.

O Bandido disse...

A direcção do Benfica é abstracta demais para ser entendida..

Miguel Nunes disse...

Ah BCool, pensei que nunca iriamos concordar com nada!

abraço

Anónimo disse...

Eu espero que o Rosa vá para o FCP e faça uma de Maniche... Outro jogador maltratado como Miguel Vitor

hertz disse...

Eu sinceramente também não intendo essa de emprestar jogadores a clubes sulamericanos.
Em relação a essa notícia do Académico, sendo eu de Viseu seria um prazer ter esses jogadores no meu Académico mas acho uma péssima decisão do Benfica. Se querem emprestar o Leandro, então que fosse a um clube de 1ª Liga. Se é para ficar na 2ª Liga então ficava na equipa B. O Sancidino é um erro o seu 1º ano de sénior ser noutra equipa de 2ª Liga em vez da equipa B. De qualquer das formas isto ainda está por confirmar. O Leandro desmentiu isto no facebook, pelo menos disse que não sabia de nada. A ver vamos.

Olha, o Miguel Rosa está a estragar-se no Benfica. Por mim era deixá-lo ir para o rapaz prosseguir a sua carreira. O Benfica está a cortar-lhe as pernas.

Anónimo disse...

foda-se..

eu gosto de mais do miguel rosa para querer que ele se torne em algo parecido ao focinho de porco do maniche.

que ele prove que é um grande jogador, que chegue à selecção, mas, foda-se, tudo menos maniche!

Anónimo disse...

mas estamos todos a fingir que não entendemos.. mas não entendemos o quê?

esta merda está toda minada. as equipas b são mais uma possibilidade de negócio para os empresários que controlam os clubes. foda-se.

"ah.. com que então queres aquele sérvio talentoso que joga na holanda.. tudo bem, mas olha, tenho aqui mais 30, 15 deles são primos do que já lá tens, que te vão dar um jeitaço".

e é isto.

Pedro disse...

Peguemos no caso Insua.
A concrectizar-se deverá ser por uma verba a ronda os 4/5 milhões de euros.

Pergunta: o salto qualitativo é assim tão maior do que ficarmos com Melgarejo e/ou apostarmos num Carole?

PP disse...

No caso do Insua eu até acho que vale a pena o investimento.

Não entendo os investimentos de 10 M€ que se fala em Markovic, quando ainda há uma época investimos 8-9 M€ num Ola John. São dois miúdos que jogam em posições que o Benfica precisa de ter gente com calo e outra estaleca, para que nos momentos mais intensos não borrem.

Enquanto se investe à grande em sectores onde mal ou bem há gente que pode desempenhar o papel, noutros mantêm-se as graves carências.

Dá-me a clara sensação que se protege os interesses de terceiros e só em último caso o do Glorioso!

=(

moleculasdeamor disse...

Aos 24 anos o Miguel Rosa ou conta ou...deixem-no ir à vida dele!

JotaPê disse...

BCool,

"Entreposto de jogadores" diz-te alguma coisa?

PS: Já agora, alguém me ilucida acerca do paradeiro daqueles chinês muita jeitoso que fomos buscar ao mafra?